Programa Nacional do Livro Didático



Baixar 343.56 Kb.
Página6/8
Encontro30.06.2019
Tamanho343.56 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8



C.5. ASPECTOS SOBRE O LIVRO DO PROFESSOR





42.

Descrição da estrutura geral da obra no livro do professor, explicitando a articulação pretendida entre suas partes e/ou unidades e os objetivos específicos de cada uma delas.

Quanto ao aspecto acima, a obra é avaliada como: O ( ) B ( ) R ( ) I (X)

O MP não apresenta item específico explicando a estrutura geral da obra e, como conseqüência, não há explicação a respeito da articulação pretendida entre suas partes.



43. Apresentação, no livro do professor, de orientações claras e precisas para a abordagem do conteúdo em sala de aula.

Quanto ao aspecto acima, a obra é avaliada como: O ( ) B (X) R ( ) I ( )

O MP apresenta orientações direcionadas à abordagem do conteúdo em sala de aula ao discorrer sobre a organização de cada um dos volumes (item 05 do MP nos três volumes). Estas orientações estão devidamente organizadas pelas unidades temáticas do livro do aluno, mas são por vezes demais sucintas. Abaixo, seguem alguns bons exemplos que sintetizam a qualidade das orientações do MP.



Volume 2

- pág. XX – Nesta página o MP ao discorrer sobre a classificação dos seres vivos afirma que “Cabe aqui destacar a importância desses observadores da natureza, desde Aristóteles até os dias atuais, quando a classificação continua sendo realizada, mas agora também pelos geneticistas associados aos taxonomistas. Nessa unidade cabe ao professor fazer com que o aluno entenda que a classificação dos seres vivos procura estabelecer a relação de parentesco evolutivo entre eles”. Esta afirmação no MP incentiva a abordagem de história e filosofia das ciências e igualmente à formar no aluno, e professor, o desenvolvimento de abordagem evolutiva ao discorrer sobre os seres vivos.

- pág. XX – Nesta página o MP ao discorrer sobre a evolução dos grandes grupos afirma que “É importante reconhecermos quais foram os primeiros organismos na Terra, como eles viviam e como evoluíam. Quais foram os processos que possibilitaram a ‘ evolução em grande escala’ gerando os grandes grupos. Dentro deste processo o reconhecimento dos períodos e eras geológicas é bastante importante para possibilitar o enquadramento temporal do surgimento dos brandes grupos, culminando com o processo evolutivo do próprio homem”. Verifica-se aqui a preocupação do MP em inserir o homem com ser em evolução e relacionar de maneira contextualizadora a importância de se conhecer as eras, período e épocas geológicas.


44.

Presença, no livro do professor, de sugestões de atividades complementares.

Quanto ao aspecto acima, a obra é avaliada como: O ( ) B ( ) R ( ) I ( X )

O MP no item referente à organização dos volumes (item 05) procura sugerir atividades para o desenvolvimento dos temas abordados em sala de aula. Estas sugestões não estão itemizadas, o que dificulta o pronto reconhecimento e utilização das mesmas. Estas atividades envolvem pesquisas individuais e em grupo, discussões, apresentações e leituras de textos, mas não especifica as fontes bibliográficas que estariam primariamente sendo utilizadas pelos alunos. Além disso, não tem especial atenção à dificuldade que certas escolas têm na aquisição de certos materiais, como microscópios óticos e estereoscópicos e acesso à internet. Quanto a este último caso, a obra, utiliza de modo recorrente, a Internet como fonte primária de informações para pesquisa, discussões, trabalhos extra-classe, trabalhos de classe e trabalhos individuais e de grupo. Não há a proposição de livros paradidáticos e/ou outros textos para leitura dos alunos ou do professor. Aspecto grave é a proposição, em experimentos demonstrativos de substâncias de efeito tóxico aos alunos e ao próprio professor, caso manuseadas de maneira indevida. Além disso, há omissão de explicações mais claras dos experimentos na obra, onde não são fornecidos os materiais, métodos, produtos e interpretação, omissões estas recorrentes nos três volumes. A fim de exemplificar estas omissões e descuidos pela obra, seguem abaixo transcrições do MP.

Volume 2

- pág. XX – Nesta página o MP propõe que o aluno desenvolva atividades relacionadas aos animais. Entre elas, destaca-se a recomendação para o aluno no laboratório “Observar o comportamento de um animal vivo, uma aranha ou um ratinho, durante alguns dias. Após o experimento, o animal pode ser solto ou doado para um aluno”. Nota-se no MP a falta de cuidado ao propor tais atividades. A depender da aranhas, estas por serem em geral peçonhentas podem causar malefícios à saúde do aluno, até mesmo a morte. O “ratinho” pode morder o discente e igualmente pode trazer traumas físicos e contaminações conseqüentes. Além disso, a obra recomenda “soltar” o animal. Esta recomendação incorre em perigo aos discentes e ao meio ambiente, pois (a) animais de laboratório não devem ser soltos na natureza pois podem levar consigo agentes infecciosos que contaminarão as populações de outros animais silvestres; (b) caso o animal seja peçonhento, como certas aranhas, ou capaz de causar traumas físicos e transmitir doenças infecciosas, como roedores, então estes não devem ser soltos; (c) soltar um animal foram de seu ambiente natural poderá causar problemas sérios de sobrevivência do mesmo, além de ferir princípios éticos de conduta com animais; (d) recomendar que os alunos levem estes animais para casa, a depender dos animais, poderá acarretar as observações mencionadas em (a), (b) e (c).



45.

Presença, no livro do professor, de subsídios conceitualmente consistentes para correção e discussão das atividades e dos exercícios propostos.

Quanto ao aspecto acima, a obra é avaliada como: O ( ) B ( ) R ( ) I (X)

O MP não oferece subsídios conceitualmente consistentes para a correção e discussão das atividades e exercícios propostos. Não há textos complementares aprofundados, textos com atualizações que visem complementar o conhecimento do professor, assim como a recomendação de páginas na Internet ou vídeos com este fim. As atividades são baseadas principalmente em pesquisas em Internet ou entrevistas e não há informações adicionais sobre os assuntos a pesquisar. Os produtos destas pesquisas não são comentados em detalhes, estando em geral ausentes do texto.








46.

Presença, no livro do professor, de tratamento do processo de avaliação da aprendizagem.

Quanto ao aspecto acima, a obra é avaliada como: O ( ) B ( ) R ( ) I (X)

O MP (págs. XX a XX) discorre sobre a avaliação. O tratamento deste item foi sumário e pouco esclarecedor, não apresentando especificamente métodos claros de avaliação do educando. A seguinte afirmação (pág. XX) sintetiza o pouco que foi informado pelo MP: “Assim, o que constitui a avaliação, ao final de um período de trabalho, é resultado tanto de um acompanhamento contínuo e sistemático, pelo professor, quanto de momentos específicos de formalização em atividades de pesquisa, experimentação, discussão e produção escrita”.







47.

Presença, no livro do professor, de sugestões de instrumentos diversificados de avaliação.

Quanto ao aspecto acima, a obra é avaliada como: O ( ) B ( ) R ( ) I (X)

O MP não cita instrumentos de avaliação, nem mesmo os tradicionalmente utilizados em sala de aula.








48.

Contribuição para formação e atualização do professor, oferecendo conhecimentos atualizados, necessários para compreensão adequada de aspectos específicos das atividades ou mesmo de toda a proposta pedagógica da obra.

Quanto ao aspecto acima, a obra é avaliada como: O ( ) B ( ) R ( ) I (X)

O MP não adiciona textos e/ou outras informações de interesse para a atualização ou informação do professor quanto a aspectos didáticos, de conteúdo biológico, de conteúdos de interface ou sobre a estrutura e funcionamento do ensino médio. Assim sendo, não contribui para a formação e atualização do professor.








49.

Clareza e adequação da linguagem utilizada no livro do professor.

Quanto ao aspecto acima, a obra é avaliada como: O ( ) B ( ) R ( ) I (X)

O MP discorre sobre os assuntos tratados de maneira pouco organizada. Não itemiza estes assuntos, agrupando diferentes aspectos em parágrafos únicos. Além disso, a linguagem é superficial em conteúdo, o que não auxilia o professor e pode trazer a má compreensão do pretendido, sendo, portanto, pouco clara e inadequada ao MP. Exemplos da falta de clareza e adequação podem ser notadas em trechos transcritos nos itens 43 e 44 desta ficha de avaliação.








50.

Presença, no livro do professor, de referências bibliográficas e leituras complementares.

Quanto ao aspecto acima, a obra é avaliada como: O ( ) B ( ) R ( ) I (X)

O MP apresenta no item 06 nos volumes 1, 2 e 3 listas de referências bibliográficas. Todavia, as referências destas listas não estão citadas no texto do MP e tão pouco há descrição sumária da importância e assuntos relacionados a cada uma, o que torna difícil, e improvável, a utilização das mesmas pelos professores que adotarem a obra. Não há leituras complementares no MP, o que igualmente impede a atualização do professores pelo próprio MP e/ou utilização destas leituras pelo professor junto aos alunos.




1   2   3   4   5   6   7   8


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal