Programa Nacional do Livro Didático



Baixar 343.56 Kb.
Página2/8
Encontro30.06.2019
Tamanho343.56 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8



B.3. ASPECTOS SOBRE A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO CIENTÍFICO


7.

a) A obra apresenta a ciência como sendo a única forma de conhecimento, sem reconhecer a diversidade de formas do conhecimento humano e as diferenças entre elas.

(X) Sim (Apresentar argumentos abaixo, exemplificando) ( ) Não

Em nenhum trecho da obra se detectou a intenção de se valorizar o conhecimento tradicional das populações humanas sobre os seres vivos. Assuntos transversais praticamente não são abordados, não havendo qualquer informação que não seja o mero fornecimento de informações técnicas.








8.

A obra apresenta:

a) o conhecimento científico como verdade absoluta ou retrato da realidade.

b) a ciência como neutra, sem reconhecer a influência de valores e interesses sobre a prática científica.


( ) Sim (Apresentar argumentos abaixo, exemplificando) (X) Não

Observações:








9.

a) As analogias e as metáforas presentes na obra são utilizadas de forma inadequada, sem a devida explicitação das semelhanças e diferenças em relação aos fenômenos estudados.

( ) Sim (Apresentar argumentos abaixo, exemplificando) (X) Não

Observações:








10.

a) Na obra, são negligenciadas a abrangência teórica e a pertinência educacional no tratamento dos assuntos, priorizando conceitos e teorias secundárias, que não se encontram claramente estabelecidas, ou mesmo pseudocientíficas, em detrimento dos conceitos e das teorias centrais, estruturadoras do pensamento biológico.

( ) Sim (Apresentar argumentos abaixo, exemplificando) (X) Não

Observações:








11.

a) Na obra, os conceitos centrais da área são apresentados de forma compartimentada e linear, sem a preocupação de abordá-los de forma recorrente, em diferentes contextos explicativos e situações concretas, dificultando, assim, a construção de sistemas conceituais mais integrados.

(X) Sim ( ) Parcialmente (Apresentar argumentos abaixo, exemplificando) ( ) Não (Apresentar argumentos abaixo, exemplificando)

A obra no MP (pág. XX) afirma que “É preciso superar a visão de que... o conhecimento científico se resume a um conjunto de dados e informações isolados e estanques, desarticulados dos contextos social, econômico, histórico, político e cultural” e, mais adiante que “... o conhecimento, em biologia, deve ser tratado e analisado de forma contextualizada, para que o aluno compreenda a ampla relação existente entre a produção científica e os contextos social, econômico de sua produção...”. Estas afirmações no MP atentam para o objetivo da obra em desenvolver um texto de maneira contextualizada, com as experiências culturais dos alunos.

Todavia, as intenções relatadas no MP não se traduzem no Livro do Aluno. Na obra não há integração entre os diversos temas biológicos abordados no livro, assim como adequação aos problemas brasileiros de ordem social, econômica, político ou cultural, dotados da visão de um Brasil heterogêneo, como realidades regionais distintas e com problemas específicos. Os temas são vistos sem uma abordagem evolutiva apropriada, dispersos e sem fundamentação filogenética. Abaixo, seguem alguns comentários mais específicos a fim de exemplificar estas afirmações.

Volume 2

A biodiversidade é apresentada de maneira fragmentada. A abordagem evolutiva na caracterização e comparação dos diversos grupos taxonômicos não foi utilizada como substrato para a integração das informações apresentadas no livro. A obra carece de uma topologia filogenética, atualizada, clara e precisa que sirva de suporte para a apresentação dos seres vivos sob um enfoque evolutivo. Embora a obra tente inserir conceitos norteadores dos metazoários nas páginas XX a XX, ao discorrer sobre as formas de vida propriamente ditas o faz como se não compartilhassem relações filogenéticas. Novidades evolutivas não são examinadas sobre um prisma evolutivo ou ecológico, sendo sua funcionalidade pouco trabalhada. Desta maneira, o educando não pode vislumbrar o encadeamento que existe desde a primeira forma de vida até os seres que conhecemos atualmente. Não há relação explícita entre a biodiversidade apresentada e os conhecimentos apresentados em outras unidades, como em Citologia, Histologia, Ecologia e Evolução, visto à falta de uma visão integradora de todo o conhecimento biológico.

O resultado final é uma obra compartimentada e superficial, que lega ao leitor apenas a memorização de termos e informações desarticuladas com sua realidade temporal, histórica, cultural e social.



1   2   3   4   5   6   7   8


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal