Procedimento operacional padrão código: pop. Hc



Baixar 27.21 Kb.
Encontro09.11.2017
Tamanho27.21 Kb.



PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO

Código:

POP.HC.036

ASPIRAÇÃO OROTRAQUEAL

Revisão: 01




Elaborador:

Supervisor Médico do HC.

Data:

Assinatura:



Aprovador:

Supervisora de Enfermagem do HC

Data:

Assinatura:




1. Objetivo:
Sistematizar o processo de aspiração orotraqueal dos pacientes em Home Care pelo Grupo Ideal – HC.
2. Aplicação:
Ao Grupo Ideal – HC.
3. Responsabilidade:


Cargos Envolvidos:

Setor

Enfermeiro

HC

Técnico de enfermagem

HC


4. Definição:
Aspiração orotraqueal é a retirada de secreção das vias aéreas superiores e inferiores do paciente, quando este está impossibilitado de fazê-lo pela tosse efetiva.

HC: Home Care.


5. Procedimento:


Sujeito

Procedimento

Observação

Enfermeiro e/ou técnico de enfermagem

## Aspiração Traqueal:

- Lavar as mãos;

- Explicar o procedimento e a finalidade ao paciente ;

- Verificar se o aspirador está funcionando;

- Abrir o pacote de cateteres removendo apenas a extremidade plástica e conectando na tubulação do aspirador;

- Deixar o cateter no invólucro esterilizado até o momento de usar;

- Pinçar a sonda;

- Introduzir cuidadosamente o cateter, sem acionar o vácuo na cânula, até que o paciente apresente reflexo de tosse;

- Aspirar acionando o vácuo, girando suave e continuamente à medida que o retira;

- Evitar movimentos verticais porque podem traumatizar o tecido;

- Deixar o paciente respirar e relaxar antes de aspirar novamente;

- Repetir o processo quantas vezes forem necessárias;

- Limpar a tubulação com água, desprezar a sonda;

- Lavar as mãos;

- Anotar no prontuário eletrônico-IW do paciente o aspecto do local e secreção e as reações do paciente.
## Aspiração Oral:
- Lavar as mãos;

- Explicar ao paciente o que vai ser feito;

- Verificar se o aspirador está funcionando;

- Pinçar a sonda;

- Introduzir a sonda na boca e a faringe sem fazer vácuo;

- Girar a sonda para evitar irritação da mucosa na boca;

- Limpar a tubulação com água, desprezar a sonda;

- Lavar as mãos;

- Deixar a unidade em ordem;

- Anotar no prontuário eletrônico-IW, aspecto do local e secreção e reação do paciente;

- Quando o paciente estiver com cânula de Guedel deve-se fazer a aspiração na luz da cânula
## Aspiração Nasal
- Lavar as mãos;

- Explicar ao paciente o que vai ser feito;

- Verificar se o aspirador está funcionando;

- Pinçar a sonda;

- Introduzir suavemente nas narinas a sonda umedecida sem fazer vácuo ou força;

- Aspirar e girar o cateter ao retirar para evitar lesões;

- Desprezar o cateter;

- Lavar as mãos;

- Deixar a unidade em ordem;

- Anotar no prontuário eletrônico-IW, aspecto do local e das secreções e reações do paciente

- Anotar gastos na folha de gastos (anexo 1 POP.HC.001).

- Evoluir procedimento no prontuário eletrônico-IW.

- Anotar gastos na folha de gastos.(Anexo 3 POP.HC.001).


Conforme a quantidade e a qualidade das secreções;

Em caso de aspiração do tubo orotraqueal e estando a secreção muito espessa, realizar inalação com SF0,9%;


O cateter deverá ser escolhido de acordo com o calibre do tubo orotraqueal ou da cânula de traqueostomia, sendo que os cateteres muito calibrosos traumatizam a traqueia, e os finos não produzem uma aspiração eficaz;
As bocas dos frascos AD oi água filtrada, utilizados para as sondas deverão permanecer protegidos com gazes.


* Material necessário:

- Sonda de aspiração

- Mascara, luvas estéril para aspiração traqueal, e de procedimento para nasal e oral.

- Água filtrada para lavar o sistema de aspiração.






6. Participação na descrição do processo:


R. Nonato G. De Matos.

Supervisor Médico do HC

Daniela Mendes.

Enfermeira da UTI do HRAN

Mariana Borges.

Enfermeira


7. Anexo:
Anexo 1: POP.HC.001

Anexo 3: POP.HC.001


8. Referência:
Não se aplica a este documento.
9. Natureza das Alterações:


Item

Alterações

5.0

Realizar inalação antes de realizar as aspirações

5.0

Lavar o sistema de aspiração com agua filtrada

Revisado

14/04/2015 Renata Ramalho Magalhães – Enfermeira Educação Continuada

Aprovado

14/04/2015 Dr. André Minchillo – Vice Presidente









Elaborado em: 12/03/2012

PROIBIDO REPRODUZIR

Página 1 de 2








©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal