Plano de disciplina



Baixar 55.21 Kb.
Encontro04.06.2018
Tamanho55.21 Kb.






PLANO DE DISCIPLINA



1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

nome do programa:

Unidade:

Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal

Escola de Veterinária/UFG

Disciplina




Código




VIROLOGIA ANIMAL APLICADA

SAN006



Mestrado ( X ) Doutorado ( X )




Carga horária









45 horas


Teóricas:

24 horas


Práticas:

22 horas


Nº de Créditos:

03 créditos


Ementa











Informações teóricas sobre as principais infecções virais dos animais domésticos em relação à etiologia, patogenia, diagnóstico laboratorial, epizootiologia, prevenção e controle. Execução de técnicas de pesquisa de antígenos virais através de técnicas sorológicas (reação de imunofluorescência indireta - IFI, reação de hemaglutinação- HA, ensaio imunoenzimático - EIEA), identificação de vírus a partir de técnicas moleculares (reação em cadeia de polimerase -PCR, eletroforese em gel de poliacrilamida - EGPA), isolamento e identificação de vírus em animais e culturas celulares, pesquisa de anticorpos virais através de técnicas sorológicas (soroneutralização – SN, imunodifusão em gel – IDGA).

Docentes












1. Coordenador da Disciplina: Profa. Dra. Wilia Diederichsen de Brito

2. Participantes: Profa Dra Ana Paula Kipnis










































______________________________________

______________________________________

Profa. Dra. Wilia Diederichsen de Brito

Responsável pela Disciplina



Prof. Dr. Eugenio Gonçalves Araújo

Coordenador do Curso de Pós-Graduação



2.OBJETIVOS

2.1. Gerais



  • Capacitar os alunos no reconhecimento das características das principais infecções virais dos animais domésticos;

  • Introduzir os alunos em algumas técnicas de diagnóstico viral.




2.2. Específicos

  • Estudo da etiologia das infecções de algumas infecções virais (características morfoestruturais, mecanismo de replicação na célula hospedeira e resistência / sensibilidade a agentes físicos e químicos);

  • Estudo das principais características de patogenia das infecções virais;

  • Discussão sobre formas de prevenção / controle de algumas infecções virais;

  • Desenvolvimento de técnicas sorológicas e moleculares para a identificação de vírus em amostras clínicas;

  • Desenvolvimento de técnicas de isolamento e identificação viral em animais de laboratório e culturas celulares;

  • Desenvolvimento de técnicas sorológicas na pesquisa de anticorpos virais.


















3. PROGRAMAÇÃO TEÓRICA-PRÁTICA DA DISCIPLINA


3.1. Discriminação do conteúdo




Horas previstas







Teórico

  1. Imunidade anti-viral e mecanismos de evasão viral a resposta dos hospedeiro

  2. Viroses de importância econômica que atingem animais


Prático

  1. Métodos de diagnóstico viral direto – pesquisa de antígenos virais:

    1. Técnicas sorológicas

      • Ensaio imunoenzimático

    2. Técnicas moleculares

  1. Técnicas de isolamento, identificação e titulação viral:

    1. Inoculação vírus em cultura

      • Observação de efeito citopático

      • Cálculo título viral

  2. Sorologia: pesquisa de anticorpos:

    1. Reação de soroneutralização

    2. Reação de imunodifusão em gel

    3. Ensaio imunoenzimático



08

16



12
06

04







4. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO

4.1. Atividades teóricas e práticas




Data




Assunto

Obs







T
P

Apresentação do curso. Distribuição de artigos e seminários.

Imunidade viral

Métodos estudo viral: cultura celular


IPTSP







T

P


Mecanismos de evasão viral

Métodos estudo viral: cultura celular



IPTSP







T

P


Mecanismos de persistência viral

Métodos estudo viral: cultura celular



IPTSP







P

Métodos moleculares de pesquisa de ácido nucléico EGPA

IPTSP







P

EGPA

IPTSP







T

P


Seminários

EGPA


IPTSP







T

P


Seminários

PCR: extração



IPTSP







T

P


Seminários

PCR


IPTSP







T

P


Seminários

PCR


IPTSP







T

P


Seminários

Métodos sorológicos de identificação de antígeno e anticorpos virais: EIE



IPTSP







T

P


Controle e erradicação de viroses

EIE


IPTSP







T

Avaliação

IPTSP






5. ESTRATÉGIAS DE ENSINO

5.1. Descrição das estratégias

O curso teórico será ministrado através de aulas expositivas, seminários e palestras com a utilização de recursos audiovisuais. As aulas práticas serão ministradas no Laboratório de Virologia Veterinária e os resultados obtidos serão analisados em conjunto.





6. RECURSOS DIDÁTICOS

6.1. Descrição dos recursos

  1. Quadro negro

  2. Projeções de diapositivos com o auxílio de projetor multimídia

  3. Equipamentos do Laboratório de Virologia Animal para desenvolvimento das técnicas laboratorial de estudo e diagnóstico


7. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

7.1. Descrição dos critérios

A avaliação dos alunos será realizada através de seminários apresentados de forma oral




8. BIBLIOGRAFIA BÁSICA




  • Fields BN, Knipe DM, Howley PM eds. Fields Virology. 3rd ed. New York: Lippincott - Raven Press, 1996.

  • Flores, EF et al. Virologia Veterinaria. Santa Maria, EdUFSM, 2007.

  • Fenner, K., Bachmann, PA., Gibbs, EPJ., et alii, Veterinary Virology. Orlando. Academic Press, 1992.

  • Hirsh, CD., Zee, YC. Veterinary Microbiology. Malden, Blackwell Science, 1999.

  • Sambrook, J., Fritsch, EF., Maniatis, T. Molecular Cloning. 2nd ed. New York, Cold Springs Harbor Laboratory Press.

  • http://www.virology.ws/virology-101/

  • http://www.oie.int/international-standard-setting/terrestrial-manual/access-online/

  • Artigos recomendados




©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal