Plano de concurso



Baixar 47.72 Kb.
Encontro14.09.2018
Tamanho47.72 Kb.

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ



INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS
Plano de concurso pARA PROFESSOR ADJUNTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM zoologia

I – Identificação

i. 1 - Título: CONCURSO PÚBLICO, PARA PROVIMENTO DE CARGO DE DOCENTE DA CARREIRA DO MAGISTÉRIO SUPERIOR, DO INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ.
i. 2 – CLASSE: ADJUNTO.
i. 3 – REGIME DE TRABALHO: contrato de 40 horas semanais, em regime de Dedicação Exclusiva (DE).
i. 4- MATÉRIA: ZOOLOGIA.
i. 5- NÚMERO DE VAGAS: 1(uma).
i. 6 – JUSTIFICATIVA: O provimento do cargo de docente solicitado irá atender as necessidades dos Cursos de graduação em Licenciatura (diurno e noturno) e Bacharelado em Ciências Biológicas do Instituto de Ciências Biológicas e do Programa de Pós-graduação em Zoologia. Atualmente existem seis professores que atendem as cinco disciplinas de Zoologia na graduação, sem contar as disciplinas de estágio rotatório e TCC. O programa de Pós-Graduação possui curso de mestrado e doutorado e funciona dentro de um convênio entre a UFPA e o Museu Paraense Emílio Goeldi. Atualmente, existem 19 professores do Museu Goeldi e apenas 10 professores da UFPA. A entrada de mais um docente na UFPA ajudaria a equilibrar este quadro. Pelas razões acima expostas, a presença de um docente na área de Zoologia atenderá não apenas a demanda do ensino de Graduação bem como da Pós-graduação em Zoologia.

II – da inscrição
ii. 1 - Perfil do candidato Poderão inscrever-se ao concurso:

Graduados em Biologia ou áreas afins e que tenham doutorado ou livre docência em Zoologia ou áreas afins. Os diplomas deverão ter sido expedidos por instituição de ensino superior nacional ou estrangeira funcionando legalmente, desde que registrado ou revalidado.
ii. 2 – local: Secretaria do Instituto de Ciências Biológicas, Universidade Federal do Pará, Cidade Universitária Prof. José da Silveira Neto. Rua Augusto Correa nº1. CEP 66075-110, Belém, Pará, Brasil. Fone: 55 91 3201-7102 - Fax: 55 91 3201-7601. E-mail: antonia@ufpa.br.
ii. 3 – período e horário: As inscrições deverão ser realizadas no prazo de trinta (30) dias contados a partir da data de publicação do edital do concurso no Diário Oficial da União, de Segunda à sexta, de 8:30 às 12:00 e 14:00 às 17:00.
ii. 4 – documentos: No ato da inscrição o candidato deverá apresentar juntamente com sua ficha de inscrição os documentos listados abaixo.

  1. Fotocópia autenticada do diploma ou certificado de graduação;

  2. Fotocópia autenticada do diploma ou certificado do doutorado;

  3. Fotocópia autenticada da carteira de identidade ou outro documento legal com fotografia, de modo a possibilitar a identificação do candidato. No caso de estrangeiro, apresentar passaporte;

  4. Comprovante de estar em dia com suas obrigações militares, para os candidatos do sexo masculino;

  5. Fotocópia autenticada do título de eleitor e comprovante de quitação com as obrigações eleitorais;

  6. Fotocópia autenticada da Célula do Cadastro de Pessoa Física (CPF) do Ministério da Fazenda, caso o número do mesmo não conste na Carteira de Identidade;

  7. Histórico Escolar do Doutorado;

  8. Curriculum vitae (formato Lattes) em 5 (cinco) vias, discriminando a experiência acadêmica, didática, científica, cultural e profissional, acompanhados de documentos comprobatórios de todos os títulos e/ou atividades em fotocópias autenticadas;

  9. Comprovante de pagamento da taxa de inscrição em favor da Universidade Federal do Pará.


ii. 5 – etapas: A inscrição constará das seguintes etapas:

  1. Entrega dos documentos necessários no local de inscrição ou atendidas as exigências do edital, as inscrições poderão ser feitas pelo correio, para endereço constante no edital até a data limite para inscrição.

  2. Homologação da inscrição, a ser realizada e divulgada pelo colegiado da Pós-graduação em Zoologia ou pela comissão julgadora após a análise dos documentos apresentados.

  3. As inscrições homologadas serão divulgadas até 72 (setenta e duas) horas antes da realização da prova escrita.



iii- da comissão julgadora

A comissão julgadora será composta de cinco docentes das classes de Adjunto ou Titular, sendo que os seguintes nomes foram sugeridos pelo colegiado do curso de Pós-Graduação em Zoologia para comporem a banca.

1- Prof. Dr. José Antônio Marin Fernades (UFPA, ICB);

2- Profa. Dra. Roberta de Melo Valente (UFPA, ICB);

3- Dr. Alexandre Bragio Bonaldo (Museu Paraense Emílio Goeldi, MPEG);

4- Profa. Dra. Maria Cristina dos Santos Costa (UFPA, ICB);

5- Profa. Dra. Ana Cristina Mendes de Oliveira (UFPA, ICB);

6- Profa. Dra. Maria Cristina Esposito (UFPA, ICB);

7- Prof. Dr. Orlando Tobias Silveira (Museu Paraense Emílio Goeldi);

8- Dra. Teresa Cristina Sauer de Ávila Pires (Museu Paraense Emílio Goeldi);

9- Dra. Marlúcia Bonifácio Martins (Museu Paraense Emílio Goeldi);

10- Prof. Dr. Selvino Neckel de Oliveira (UFPA, ICB);

11- Profa Dra. Jocélia Grazia (UFRGS);

12- Prof. Dr. Sergio Antonio Vanin (USP).

IV – DAS PROVAS

O Concurso compreenderá:

1) Julgamento de Títulos;

2) Prova escrita, com leitura coletiva;

3) Prova didática.

4) Prova Prática.


Iv.1 – Julgamento dos títulos

O Julgamento de títulos precede as demais etapas do concurso e obedece aos artigos 69, 232-236 do Regimento Geral da UFPA.

A pontuação da prova de títulos deve ser feita de modo que o candidato que apresente título compatível com a classe e a matéria a que se refere o concurso obtenha, pelo menos, a pontuação mínima exigida nessa prova.

Os títulos apresentados pelos candidatos serão classificados, para efeito de julgamento e avaliação, em quatro grupos, com a seguinte ponderação:


Atividades didáticas (peso 3)

  1. Exercício de magistério como professor em instituição de ensino superior. Atribuição de pontuação progressivamente descendente de acordo com o tempo exercido e esse exercício ter sido feito nas seguintes categorias: professor titular; professor adjunto; professor assistente; professor auxiliar; professor visitante ou substituto; professor eventual de disciplina. Peso 1.

  2. Experiência de orientação de discentes. Atribuição de pontuação progressivamente descendente de acordo com o nível e o número de orientados: orientação de tese de doutorado; orientação de dissertação de mestrado; orientação de monografia de especialização; orientação de trabalho de Conclusão de Curso de graduação ou bolsista de Iniciação Científica; orientação de monitoria; estágio de Iniciação Científica, estágio de extensão ou equivalente. Peso 1.

  3. Experiência de Coordenação de Curso. Atribuição de pontuação progressivamente descendente de acordo com o nível e o tempo exercidos: curso de pós-graduação com doutorado; curso de pós-graduação somente com mestrado; curso de especialização; curso de graduação; disciplina isolada de pós-graduação senso estrito; disciplina isolada de curso de especialização; disciplina isolada de graduação. Peso 1.


atividades científicas (peso 4)

  1. Participação em projetos de pesquisa, extensão e/ou ensino. Atribuição de pontuação progressivamente descendente de acordo com o tipo de participação e o tempo exercido: coordenação de programa de pesquisa interinstitucional; coordenação de programa de pesquisa interdepartamental; coordenação de projeto de pesquisa interdepartamental; participação em programa ou projeto de pesquisa. Peso 1,5.

  2. Produção Científica. Atribuição de pontuação progressivamente descendente de acordo com o número de trabalhos científicos publicados da seguinte forma: Autoria de livro com ISBN; artigos em revista qualis A ou capítulo de livro internacional; artigos em revista qualis B ou capítulo de livro nacional; artigos em revistas qualis C ou comunicações científicas; trabalho completo em Anais; resumos. Peso 2,5.


atividades acadêmicas (peso 2)

  1. Atividade administrativa de chefia. Atribuição de pontuação progressivamente descendente de acordo com o cargo e tempo exercidos: cargo na administração superior de instituição de nível superior (reitor, vice-reitor, pró-reitor); cargo na administração intermediária (diretor de centro, Instituto, faculdade, núcleo ou equivalente); cargo na administração de base (chefe de departamento, laboratório, serviço, ou equivalente). Peso 1.

  2. Participação em bancas examinadoras. Atribuição de pontuação progressivamente descendente de acordo com o nível e o número de vezes: teses de doutorado; dissertações de mestrado; monografias de especialização ou equivalente; trabalhos de conclusão de curso de graduação. Peso 0,5.

  3. Participação em conselhos ou comissões. Atribuição de pontuação progressivamente descendente de acordo com o nível e o tempo exercidos: conselhos ou comissões interinstitucionais; conselhos ou comissões da administração superior; conselhos ou comissões da administração intermediária (centros, institutos, faculdades, núcleos ou equivalente); conselhos ou comissões departamentais. Peso 0,5.


Atividades profissionais (peso 1)

  1. Cargos, funções e atividades profissionais, inclusive prestação de serviços de pesquisa em outras instituições públicas e privadas relacionadas com a área de conhecimento (por ano). Peso 0,5.

  2. Estágios de aperfeiçoamento profissional em instituições públicas e privadas relacionadas com a área de conhecimento. Peso 0,25.

  3. Participação em sociedade científica relacionada com a área de conhecimento. Peso 0,25.


observações

Os títulos receberão pontuação decrescente conforme especificamente relacionados com a matéria do concurso.

Na contagem do tempo exercido em uma atividade serão considerados cumulativos os tempos de experiência em cada tipo de cargo ou função, e se exercidos simultaneamente em dois ou mais órgãos.

Na contagem do tempo exercido em uma atividade far-se-á arredondamento para mais quando a fração do total for superior a 6 meses e para menos se inferior.

O exercício da suplência de cargos ou funções, participação em bancas, conselhos ou comissões, ou outras situações semelhantes, receberá um quarto dos pontos atribuídos ao exercício pleno.

Casos omissos serão julgados pela comissão examinadora.
IV.2 - Prova Escrita – consistirá de dissertação sobre um tema dentre os constantes do programa elaborado para o concurso, a ser sorteado em horário estabelecido e na presença de todos os candidatos, e terá a duração de 4 (quatro) horas.


  1. A leitura e o julgamento da prova escrita serão feitos dentro de até 48 (quarenta e oito horas) após a sua realização, havendo obrigatoriedade da presença dos candidatos.

  2. O não comparecimento no horário e local estabelecidos para o sorteio do ponto e leitura das provas, implicará em eliminação do candidato faltoso.

  3. Durante a leitura não poderá ocorrer nenhuma correção ou acréscimo no que foi anteriormente redigido pelos candidatos.

  4. O ponto sorteado para a Prova Escrita estará automaticamente eliminado da Prova Didática.


IV.3 - Prova Didática – consistirá de uma aula proferida em tempo variável de 50 (cinqüenta) a 60 (sessenta) minutos sobre um dos temas constantes do programa elaborado para o concurso, sorteado na presença dos candidatos, com um mínimo de 24 (vinte e quatro) horas de antecedência da realização da mesma. O não comparecimento no horário e local estabelecidos para o sorteio do ponto implicará em eliminação do candidato faltoso.


  1. Ao iniciar a prova didática o candidato deverá fornecer a cada um dos integrantes da Banca Examinadora, composta por cinco membros, o respectivo plano de aula.

  2. O candidato poderá utilizar durante a prova quaisquer recursos didáticos por ele julgados necessários; no caso de equipamentos, estes deverão ser solicitados à Banca com antecedência mínima de 12 horas, desde que disponíveis na Instituição.

  3. Todos os candidatos deverão estar presentes no local da prova no horário determinado para o início da mesma, conservando-se incomunicáveis, desde a chamada até a preleção de cada qual inclusive durante esta, não sendo permitido nenhum candidato assistir a prova dos demais concorrentes.


IV. 4 – Prova Prática – Atualmente o ICB não possui infra-estrutura de laboratórios para realização de uma prova prática para um concurso, pois os mesmos estão sendo usados intensivamente nas aulas de Graduação. Portanto, A prova prática será substituída pela apresentação de um plano de trabalho (pesquisa) a ser desenvolvido no Instituto de Ciências Biológicas. A duração da apresentação terá tempo variável de 30 a 40 minutos. O não comparecimento no horário e local estabelecidos para exposição do plano de pesquisa implicará em eliminação do candidato faltoso. Os equipamentos necessários para apresentação devem ser solicitados com antecedência mínima de 12 horas, desde que disponíveis na Instituição.

V - Programa

As provas escrita e didática serão baseadas nos seguintes tópicos, seguidos de bibliografia correspondente. Nos tópicos referentes aos táxons deverão ser ministrados conhecimentos básicos sobre sistemática, evolução, filogenia, diversidade, morfologia, fisiologia e biologia.


v.1 - Tópicos para a prova escrita e didática

1.

Dimensão da diversidade biológica; táxons e categorias

O escopo de ação da sistemática entre as ciências e Escolas de Sistemática



2.

Conceitos básicos em sistemática filogenética: Plesiomorfia e apomorfia; homologia; analogia; monofilia; táxon merofilético, grupo externo.

3.

Origem e evolução dos Metazoários

Hipóteses sobre a filogenia dos Metazoários



4.

Parazoa: Porifera e Placozoa

5.

Cnidaria e Ctenophora

6.

Origem, evolução e morfologia dos Bilatéria

7.

Platyhelminthes

8.

Rotifera; Acanthocephala; Gnasthostomulida; Micrognathozoa

9.

Annelida

10.

Trochozoa: Composição e relações de parentesco

11.

Molusca

12.

Ecdysozoa: Composição e relações de parentesco

13.

Origem, evolução e morfologia de Arthropoda

14.

Arthropoda: Trilobitomorpha e Chelicerata: Xiphosura e Pycnogonida

15.

Arthropoda: Chelicerata: Arachnida

16.

Arthropoda: Myriapoda: Chilopoda, Symphila, Diplopoda, Pauropoda.

17.

Arthropoda: Hexapoda

18.

Arthropoda: Crustacea: Malacostraca

19.

Echinodermata

20.

Urochordata e Cephalochordata


V.2 - Bibliografia sugerida

AMORIM, D. S. 1994. Elementos básicos de sistemática filogenética. Sociedade Brasileira de Entomologia, São Paulo, 314 pp.

BORROR, D. J. & DELONG, D. M. 1988. Introdução ao Estudo dos Insetos. 1ª reimpressão. Ed. Edgard Blucher Ltda., São Paulo, SP. 653pp.

BRUSCA, R. C. & BRUSCA, G. J. 1990. Invertebrates. Ed. Sinauer Associates, USA. 922pp.

HALANYCH, K.M. 2004. The new view of animal phylogeny. Ann. Rev. Ecol. Syst. 35: 229-56.

Ruppert, E. E.; Fox, R.S & Barnes, R. D. 2005. Zoologia dos invertebrados. Ed. Rocca, 7ª ed. São Paulo, São Paulo. 1145pp.

VI. JULGAMENTO, CLASIFICAÇÃO, INDICAÇÃO, HOMOLOGAÇÃO E DISPOSIÇÕES GERAIS
VI.1 - Julgamento – Os membros da comissão julgadora atribuirão notas entre 0 a 5 para cada uma das provas de cada candidato, inclusive ao julgamento de títulos. A nota do candidato de cada prova será obtida pela média aritmética das notas atribuídas por cada membro da comissão julgadora. Em todas as provas, cada examinador atribuirá um conceito e seu correspondente valor numérico, na forma do artigo 69 do Regimento Geral da UFPA:

0 a 2,99 Insuficiente

3,0 a 3,99 Regular

4,0 a 4,99 Bom

5,0 Excelente
A nota final (NF) de cada candidato será obtida pela média aritmética simples das quatro avaliações (prova escrita, prova didática, exposição do plano de trabalho e julgamento de títulos).
VI.2 - Classificação


  1. Será aprovado o candidato que obtiver, no julgamento de títulos e de cada prova, no mínimo, o conceito R (Regular) ou valor numérico correspondente, obtido pela média aritmética dos valores atribuídos pelos diferentes membros da banca examinadora.

  2. Os candidatos aprovados serão classificados pela Banca Examinadora, obedecendo a ordem decrescente da média aritmética geral, obtida a partir das notas finais de cada prova.

  3. O resultado final do concurso será divulgado em até 7 (sete) dias após a última prova, sendo vedada a divulgação parcial, salvo da prova de títulos e a homologação da inscrição.


VI.3 - Indicação

A Banca Examinadora encaminhará à administração superior da UFPA o relatório do concurso público, com parecer conclusivo, indicando para o preenchimento da vaga o candidato que for classificado em primeiro lugar.



VII. Atividades a serem exercidas pelo docente

O candidato aprovado deverá realizar as seguintes atividades:

a) Atuar nas disciplinas: Animalia I, Animalia II (parte de invertebrados) e Métodos filogenéticos, para os cursos de Licenciatura e Bacharelado em Biologia e ainda, outras disciplinas relacionadas com matéria do concurso.

b) Colaborar nas disciplinas de pós-graduação Evolução e Diversidade de Invertebrados, Fundamentos de Sistemática e Nomenclatura Zoológica e outras disciplinas afins.

c) Orientar estudantes de Iniciação Científica, Trabalho de Conclusão de Curso, Mestrado e Doutorado.

d) Participar de projetos de pesquisa dentro das linhas da pós-graduação em Zoologia.



e) Integrar-se a todas as atividades acadêmicas, extensionistas e administrativas do Instituto de Ciências Biológicas.



Página /





©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal