Petite Messe Solennelle chega ao Teatro Bradesco



Baixar 0.99 Mb.
Página1/2
Encontro07.10.2019
Tamanho0.99 Mb.
  1   2



Petite Messe Solennelle chega ao Teatro Bradesco

Composição sacra vem sob a direção do Maestro Michele Campanella e acompanhamento do coral lírico do Teatro Municipal de São Paulo

No dia 27 de setembro, segunda-feira, às 21h, o Mº Michele Campanella chega ao Teatro Bradesco com a sua formação da composição sacra Petite Messe Solennelle. Escrita em 1863 por Goachino Rossini, o Maestro traz aos palcos do teatro o coral lírico do Teatro Municipal de São Paulo – composto por cerca de 90 pessoas – além da pianista Mônica Leone, da contralto Daniela Del Monaco, da soprano Artemisa Repa, do baixista Renato Vielmi, do tenor Anselmo Fabiani e do Maestro Danielle Rossi, responsável pelo harmonium.

Inicialmente, a execução do Petite Messe Solenelle incluía dois pianos, um harmonium (tipicamente usado nas igrejas para a execução de música sacra), solistas (soprano, contralto, tenor e baixo) e coral (sopranos,contraltos, tenores e baixos). Na partitura original, Rossini havia previsto que os solistas cantassem com o coro e o segundo piano reforçasse o som do primeiro, sem ter que seguir uma parte independente.

A primeira apresentação deste trabalho foi no dia 14 de março 1864 na sala Pillet-Will, como exigido pelo próprio Rossini: doze vozes do coro e quatro solistas. Foi dedicada à condessa Lousa Pillet-Will, na presença de poucas pessoas e alguns críticos. A apresentação alcançou grande sucesso e foi repetida várias vezes.

Rossini quis orquestrar a Petite Messe, em 1867, por ter sido pressionado por muitos, mas acima de tudo, porque ele acreditava que, se alguém tivesse escrito a música para a orquestra depois da sua morte, o trabalho não teria mantido a característica original.

Rossini deixou de compor óperas após o sucesso que obteve com a sua última peça para o teatro, Guillherme Tell (1829). Desde então, dedicou-se à composição de música de câmara e textos sacros, sem publicar nenhum trabalho, mas deixando obras-primas especialmente no campo da música sacra.

Destas, duas são consideradas as melhores composições do século XIX: Stabat Mater, composta em 1841 e Petite Messe Solennelle, composta em 1863, "o pecado final da velhice" - assim o compositor definia seus trabalhos escritos durante a velhice, trabalhos de preparação para o nascimento de uma obra-prima.

Uma obra nova, quase ousada num período em que reinava o romantismo, com sua melodia, que só mais tarde seria avaliada como obra-prima de Rossini: ela antecipa os tempos da música moderna criando novas formas estéticas e futuristas que se desenvolveriam a partir da metade de 1800 até o início do século XIX.



Depois de terminar o trabalho, Rossini escreveu: "Querido Deus, aqui terminei esta humilde Messe. Eu fiz música sacra ou abençoada música? Eu nasci para a opera buffa, Você sabe: pouca ciência, um pequeno coração, isso é tudo. Seja Você abençoado e me conceda o Paraíso" (Gioachino Rossini, Passy, 1863).
Michele Campanella
Considerado um dos maiores e virtuosos intérpretes de Liszt, Michele Campanella formou-se na escola de piano napolitana de Vincenzo Vitale, alcançando em seguida o Grand Prix du Disque, conferido pela Sociedade "Ferenc Liszt" de Budapeste em 1976, 1977 e 1998. Ele tocou nas mais importantes orquestras européias e norte americana, sob as regências de Claudio Abbado, Gianluigi Gelmetti, Eliahu Inbal, Zubin Mehta, Riccardo Muti, George Prêtre, Wolfgang Sawallisch, Christian Thielemann.


: downloads
downloads -> 1. As figuras abaixo mostram esquema tridimensional e cortes histológicos da odontogênese. Entenda as figuras e responda as questões abaixo. Identifique as estruturas apontadas e as fases do desenvolvimento dentário
downloads -> 1997, Secretaria de Estado da Saúde do Paraná
downloads -> Pré-Avaliação de Geografia – Prof. Nivaldo 8º Ano ef – IV bimestre Data
downloads -> Reposicionamento do nervo inferior alveolar em conjunção com o posicionamento de implantes ósseo integrados: Relatório de um ca
downloads -> Hemorragia do soalho da boca, resultado da perfuração lingual durante o implante
downloads -> 100 motivos para ir ao dentista parte 07 Antônio Inácio Ribeiro 2001 odontex
downloads -> ReconstituiçÃo de defeitos maxilares alveolares com enxerto de sinfisis mandibular para implantes dentarios
downloads -> Biologia Tecidual aplicada à implantodontia


  1   2


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal