Paulo ganem souto



Baixar 3.67 Mb.
Página18/58
Encontro21.10.2017
Tamanho3.67 Mb.
1   ...   14   15   16   17   18   19   20   21   ...   58

BI-RADS





  • BI-RADS 0 – Inconclusivo. Necessita avaliação de imagem adicional ou mamografia anterior para comparação;

  • BI-RADS 1 – Negativo;

  • BI-RADS 2 – Achados benignos como fibroadenomas calcificados, múltiplas calcificações secretoras, microestruturas com conteúdo gorduroso;

  • BI-RADS 3 – Provável achado benigno, necessita de seguimento.

  • BI-RADS 4 – Anormalidade suspeita de malignidade (considerar necessidade de biópsia)

  • BI-RADS 5 – Altamente sugestivo de malignidade

Encaminhar para ginecologista com relatório

Encaminhar para mastologista com relatório



CÂNCER DE PELE
EPIDEMIOLOGIA:

O câncer de pele é o de maior incidência entre todos os cânceres na população em geral e é dividido em dois grandes grupos: melanoma e não melanoma. Apesar da elevada incidência este câncer tem grande possibilidade de cura quando tratado adequadamente e em tempo hábil, contribuindo para a redução da mortalidade. O melanoma é responsável por aproximadamente 8% dos casos de câncer de pele em Salvador-Bahia (2001) e apresenta alta letalidade principalmente por sua capacidade de desenvolvimento de metástases muito precocemente.


PREVENÇÃO:



  1. Procurar não se expor diretamente ao sol entre as 10 e 16 horas. Ao sol, observar a própria sombra, caso ela não esteja presente é sinal de que o sol está no pico mais alto e representando o maior perigo. É o momento de se encontrar um abrigo.

  2. Os raios solares são danosos mesmo em dias nublados.

  3. A melhor forma de proteção são as roupas adequadas, ou seja, camisas com mangas compridas, gola alta e calças. Portar acessórios como chapéus, sombrinhas e óculos escuros.

  4. O uso de Foto Protetor Solar (FPS) fator 15 ou maior é muito conveniente para ajudar na proteção.

  5. As pessoas que se expõem pouco, mas que são vítimas de queimaduras solares ocasionais, são as mais propensas a desenvolver Melanoma Maligno.

  6. As pessoas que tomam sol todos os dias são as mais propensas a desenvolver Câncer de Pele Não-Melanoma.

  7. As pessoas de pele branca com sardas, olhos claros e cabelos ruivos são as que mais desenvolvem qualquer tipo de câncer de pele.

  8. As pessoas que tem muitos Sinais são as mais propensas a desenvolver Melanoma Maligno.


DETECÇÃO PRECOCE:

  1. Qualquer Sinal na pele de crescimento progressivo, que apresente prurido, sangramento freqüente ou mudança nas suas características (cor, tamanho, consistência).

  1. Qualquer ferida que não cicatrize em 4 semanas.

  2. Qualquer mancha de nascença que mude de cor, espessura ou tamanho.

  3. Qualquer lesão em forma de nódulo, de coloração rósea, avermelhada ou escura, de crescimento lento porém progressivo.

  4. Cicatrizes que se ulceram, sobretudo as de queimaduras.

  5. Orientar os pacientes de alto risco para que executem o auto-exame a cada três meses.


AUTO-EXAME PARA DETECÇÃO DO CANCER DE PELE PRECOCEMENTE:

  1. Com a ajuda de um espelho, examine a frente e as costas de seu corpo. Depois levante seus braços e olhe seu lado direito e o esquerdo.

  2. Dobre os cotovelos e olhe com cuidado a parte interna do seu braço e também a palma de sua mão.

  3. Olhe a parte posterior de sua coxa e pés, os espaços entre os dedos e a sola dos pés.

  4. Examine sua nuca com um espelho de mão, retirando o cabelo para uma visão mais minuciosa. Observe todo o couro cabeludo.

  5. Olhe suas costas, as nádegas e a área genital com a ajuda de um espelho de mão.

  6. Observar escurecimento em unhas.

CANCER DE PELE NÃO-MELANOMA

CARACTERÍSTICAS:

  • O melanoma é um tipo de câncer que tem origem nos melanócitos. É o mais grave devido à sua alta possibilidade de metástases.

  • Representa 4% a 8% dos tipos de câncer de pele e tem predominância nos adultos brancos;

  • Fatores de risco: sensibilidade ao sol (queimadura pelo sol e não-bronzeamento) em pessoas de pele clara, história prévia de câncer de pele, história familiar de Melanoma, Nevo congênito (sinal escuro), maturidade (propensão aumenta após os 15 anos de idade), Nevo displásico (lesões escuras da pele com alterações celulares pré-cancerosas) e Xeroderma pigmentoso (doença congênita que se caracteriza pela intolerância total da pele ao sol, com queimaduras extensas, lesões crônicas e tumores múltiplos)

  • Aparecimento de um sinal escuro de bordas irregulares que pode ser acompanhada de prurido ou descamação, em pele antes normal ou a modificação de uma lesão pigmentada com aumento de tamanho, alteração na coloração ou da forma.

  • A coloração da lesão pode variar de castanho-claro até a cor negra (Melanoma típico) ou apresentar áreas de despigmentação (Melanoma com áreas de regressão espontânea).


DETECÇÃO PRECOCE PARA MELANOMA MALIGNO (SISTEMA ABCD):

AAssimetria – Uma metade não se parece com a outra

B – Bordas irregulares - Borda recortada ou com fraca definição

C – Cor variada – Varia de uma área para outra; sombras de marrom, preto e, às vezes, branco, vermelho ou azul.

D – Diâmetro – Maior que 6 mm (diâmetro de um lápis)


CARACTERÍSTICAS:



  • São, sobretudo, de dois tipos: Carcinoma Basocelular e Carcinoma Espinocelular (ou Epidermóide).

  • O Carcinoma Basocelular é originário das células basais da epiderme e dos folículos pilosos.

  • O Carcinoma Espinocelular tem origem nos queratinócitos da epiderme, podendo também surgir no epitélio escamoso das mucosas

  • Apresentam altos índices de cura devido à facilidade de detecção precoce.

  • O Carcinoma Basocelular tem evolução mais lenta que o Espinocelular, sendo que este último tem maior possibilidade de gerar metástases.

  • Fatores de risco: indivíduos que trabalham com exposição direta ao sol; pessoas de pele clara; doenças cutâneas prévias como Vitiligo ou queimaduras; fatores irritadiços crônicos; exposição a fatores químicos.

  • Pico de incidência: Por volta dos 40 anos porém, devido a constante exposição dos jovens aos raios solares, a média de idade vem diminuindo.

  • Os locais mais freqüentes de aparecimento são o rosto e braços por estarem sujeitos a maior exposição solar.

  • Feridas que demoram mais de 4 semanas para cicatrizar;

  • Nodulações de crescimento lento, principalmente se com profusão de pequenos vasos;

  • Lesões queratósicas que evoluem para ulcerações;

  • Lesões que descamam ou sangram.

EM CASO SUSPEITO DE CÂNCER DE PELE ENCAMINHAR À UNIDADE DE REFERÊNCIA COM RELATÓRIO.
CANCER PRÓSTATA

EPIDEMIOLOGIA:

A estimativa da incidência deste câncer para o ano de 2005 no Brasil é de 46.330 novos casos. É a segunda causa de óbitos por neoplasia em homens sendo superado apenas pelo câncer de pulmão (Brasil/2002) e a primeira na Bahia.

Possui características de câncer da terceira idade. Em Salvador, 94% do total de casos ocorreram em homens acima de 55 anos. (Registro de Câncer de Base Populacional – RCBP/ 2002).




FATORES DE RISCO:


  • Idade superior a 50 anos;




  • História familiar – pai ou irmão com câncer de próstata antes de 60 anos pode aumentar o risco de 3 a 10 vezes em relação à população geral;




  • Dieta rica em gordura, carne vermelha e leite, e alto consumo energético total podem ter relação positiva com a ocorrência desta patologia.




  • Uso prolongado de anabolizantes.








PRINCIPAIS SINAIS DE ALERTA:


  • Necessidade freqüente de urinar, principalmente à noite;




  • Dificuldade no ato de urinar;




  • Dor a micção;




  • Presença de sangue na urina.






ORIENTAÇÕES IMPORTANTES:

  • Orientar, principalmente, aos homens com mais de 50 anos de idade a realizar exames clínicos para a detecção precoce anualmente;

  • Orientar quanto a necessidade de procurar imediatamente a UBS em caso de surgimento de algum dos sinais de alerta;

  • Manter uma dieta saudável, rica em fibras, vegetais e frutas e reduzir a quantidade de gorduras (principalmente de origem animal), leite e carne vermelha na dieta;

  • Fazer no mínimo 30 minutos de atividade física na maioria dos dias da semana;

  • Manter o peso adequado – ver Índice de Massa Corpórea - IMC;

  • Diminuir o consumo de álcool;

  • Não fumar.


CANCER DE PRÓSTATA / FLUXOGRAMA


Demanda espontânea ou Busca ativa baseada nos fatores de risco / sinais de alerta



UBS/USF



1   ...   14   15   16   17   18   19   20   21   ...   58


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal