Osvaldo polidoro (reencarnação de Allan Kardec) textos divinos I


ORAÇÕES MARAVILHOSAS E EVANGELHO DA JUSTIÇA DIVINA



Baixar 1.42 Mb.
Página7/17
Encontro18.09.2019
Tamanho1.42 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   ...   17

ORAÇÕES MARAVILHOSAS E EVANGELHO DA JUSTIÇA DIVINA

A GRANDE RENOVAÇÃO DA HUMANIDADE


“A Doutrina que vos prego é do Pai, não é minha” – Jesus.

“Aquele que se esbater contra esta rocha rebentar-se-á, e aquele, sobre quem ela cair, será esmigalhado” – Jesus.

P – Que fato testemunha a realidade das afirmações bíblicas?

R – Que os homens passam, como peregrinos da carne e do mundo, e como espíritos vão prestar contas à Justiça Divina, que nunca passará. Bem podeis compreender, que o Infinito e a Eternidade, comportando Mundos e Humanidades, e as Leis Regentes Fundamentais, em nada dependem do homem, ou de sua sabedoria, para serem o que são, como são e para o que são.

P – Qual a melhor conduta do homem, frente às Verdades Divinas ou Fundamentais?

R – Como parte integrante das Verdades Divinas, ou Fundamentais, e por ser espírito, ou da Essência que Deus é, comportando em potencial as Virtudes Divinas, que cumpre desabrochar, o melhor comportamento é aprender a viver em harmonia com as Leis Regentes Fundamentais.

P – Qual o pior dos erros do homem?

R – Por ignorar a Essência Divina Onipresente, que tudo rege através de Leis Regentes Fundamentais, entregar-se ao ridículo de se julgar juiz da Essência Divina ou Deus, praticando atos desarmônicos, ou crimes, pelos quais responderá totalmente, queira ou não.

P – Onde aprenderia o homem a primeira lição doutrinária?

R – Em tudo quanto existe e é, no Infinito e na Eternidade, contendo Leis Fundamentais e Determinantes, e que em nada dependem do homem, para serem como são. Negar UM PRINCÍPIO e as LEIS REGENTES é ato que ninguém deveria praticar.

P – Onde aprenderia o homem as demais lições doutrinárias?

R – As onze grandes Bíblias da Humanidade, contendo os ensinos deixados pelos Grandes Iniciados, Mestres, Profetas ou Cristos, provam o quanto a Essência Divina, ou Deus, tem enviado lições.

P – Qual a síntese das lições doutrinárias?

R – Respeito à VERDADE, ao AMOR e à VIRTUDE, ou a tudo aquilo que mais beneficia o espírito, em sua marcha no rumo da volta à UNIDADE DIVINA.

P – Qual o maior documento iniciático enviado por Deus ao homem?

R – A Lei de Deus ou Código de Moral Divina, ou que ensina a importância do sentido Moral da vida, fora do que tudo redundará em pranto e ranger dos dentes. A Lei Moral ensina, que ninguém deve fazer aos outros, aquilo que não quer que os outros lhe façam. Estude o homem a Lei, e saiba que por cima dela jamais passará:

1 – Eu sou o Senhor teu Deus, não há outro Deus.

2 – Não farás imagens quaisquer, para as adorar.

3 – Não pronunciarás em vão o nome de Deus.

4 – Terás um dia, na semana, para descanso e recolhimento.

5 – Honrarás pai e mãe.

6 – Não matarás.

7 – Não cometerás adultério.

8 – Não furtarás.

9 – Não darás falso testemunho.

10 – Não desejarás o que é do teu próximo.
P – Dentre os Grandes Iniciados, Profetas ou Mestres, quem mais exemplificou o Comportamento Certo?

R – O Cristo Divino Molde, Exemplo de Renúncia até à morte ou desencarnação, e que além de deixar o túmulo vazio, também cumpriu a Promessa do Pai, derramando o Espírito sobre toda a carne, ou generalizando a Revelação. A falsa ciência e a falsa bondade arremetem seus dardos contra a VERDADE, mas o triunfo não será delas, e sim da VERDADE. Todas as humanidades, em processo evolutivo, recebem um Código de Moral Divina e um Cristo Divino Molde. Esta realidade é totalmente significativa, para todo espírito, visto que, sem VERDADE e sem AMOR, ninguém triunfará jamais. Antes de pensar em religiosismos, sectarismos etc., pense o homem em viver de acordo com a Lei Moral e o Cristo Modelo, para que, ao desencarnar, não tenha de enfrentar o pranto e ranger dos dentes, e as futuras encarnações expiatórias.

P – Então, com a Lei Moral, o Cristo Divino Molde e a Revelação ou Consolador generalizado, temos a Matriz Doutrinária da Bíblia judeu-cristã?

R – Com a Lei Moral, o Cristo Modelo e o Consolador que Ele generalizou, não tem o homem apenas a Síntese Doutrinária da Bíblia judeu-cristã, mas sim a Síntese Doutrinária das onze grandes Bíblias da Humanidade. Esta VERDADE DOUTRINÁRIA contém o PODER DIVINO, que fundirá todas as Bíblias, unindo todos os homens no seio da VERDADE, do AMOR e da VIRTUDE. A JUSTIÇA DIVINA, que zela pela VERDADE FUNDAMENTAL, fará com que todo espírito a ELA se curve, custe o que custar. Ai daquele que, depois de conhecer, lutar contra esta VERDADE DOUTRINÁRIA.

P – Para bem conhecer, qual a melhor leitura?

R – As promessas do Velho Testamento; o Evangelho Segundo João; o Livro dos Atos dos Apóstolos; o Apocalipse. Porque nada ficou e nada ficará sem cumprimento. E como é nossa obrigação informar primeiro, para depois responsabilizar, concitamos a que estudem os textos seguintes, que nada ocultam:

PRIMEIRO TEMPO – Moisés, o grande médium e cultor do revelacionismo, deseja que a Revelação tenha caráter generalizado:

“Quem dera que o Senhor desse o Seu Espírito Santo e que toda a carne profetizasse” – Números, 11, 29.

SEGUNDO TEMPO – Deus promete a generalização da Revelação para dias futuros:

“Derramarei o Meu Espírito Santo sobre a tua semente, e a minha bênção sobre a tua descendência” – Isaías, 44, 3.

“Derramarei o Meu Espírito Santo sobre toda a carne, e vossos filhos e filhas profetizarão, vossos velhos terão sonhos e vossos jovens terão visões” – Joel, 2, 28.

“Faz dos seus anjos espíritos e dos seus ministros fogo abrasador” – Salmos, 104. (Cuidado com certas Bíblias adulteradas).

TERCEIRO TEMPO – João Batista e Jesus, durante a encarnação preparam o ambiente humano, para que possa haver o CUMPRIMENTO DA PROMESSA DO PAI. Observe-se bem, que promessas fizeram, que fenômenos mediúnicos produziram, tudo conforme as promessas do Velho Testamento:

“Sobre aquele que vires descer o Espírito Santo, esse é que em Espírito batizará” – João, 1, 33.

“Mas o Consolador, o Espírito Santo, a quem o Pai enviará em meu nome, ele vos ensinará todas as coisas, e vos lembrará tudo quanto vos tenho dito” – João, 14, 26.

“Porém, quando vier o Espírito da verdade, ele vos guiará em toda a verdade...” – João, 16, 13.

“Daqui em diante vereis o céu aberto e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do Homem” – João, 1, 51.

“Deus não é de mortos, mas de vivos, porque aqueles que forem dignos da ressurreição, serão como os anjos do céu” – Mateus, cap. 22.

“Eis que estava falando com ele dois varões, que eram Moisés e Elias” – Lucas, cap. 9.

QUARTO TEMPO – Depois de tudo preparar durante a encarnação, Jesus é perseguido, insultado, preso, manietado, cuspido, esbofeteado, surrado com azorrague de pontas de chumbo e crucificado. Foi o único, dentre os Grandes Mestres e Iniciadores, que voltou como espírito, para epilogar a tarefa messiânica. Observe-se o que aconteceu, para a Generalização do Consolador, a comunicabilidade dos anjos, espíritos ou almas, a realidade viva da Doutrina do Caminho, ficar no mundo:

“Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que virá sobre vós, e me sereis testemunhas em Jerusalém, Judéia e Samaria e até aos confins da Terra” – Atos, cap. 1.

“E foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito lhes concedia que falassem” – Atos, cap. 2.

“Porque para vós é a promessa, e para quantos estiverem longe, quantos o Senhor a Si quiser chamar” – Atos, cap. 2.

“Porque a um pelo Espírito é dada a palavra de sabedoria, a outro de ciência, a outro a fé, a outro o dom de curar, a outro a produção de maravilhas, a outro a profecia, a outro o discernimento dos espíritos, a outro as línguas diversas, e a outro as interpretações” – I Ep. Coríntios, cap. 12.

“Quem tiver ouvidos, ouça o que diz o Espírito às Igrejas” – Apocalipse, cap. 2.

“Porque o testemunho de Jesus é o Espírito de Profecias” – Apocalipse, cap. 19.

“Duros de cerviz, e vazios de coração, vós sempre resistis ao Espírito Santo; sois como vossos pais” – Atos, cap. 7.

“E os discípulos estavam cheios de alegria e do Espírito Santo” – Atos, cap. 13.

“Viu claramente, em visão, um anjo de Deus” – Atos, cap. 10.

“E disse-me o Espírito que fosse com eles” – Atos, cap. 11.

“Porque esta noite, o anjo de Deus, de quem sou e a quem sirvo, esteve comigo” – Atos, cap. 27.

“E disse o Senhor, em visão, a Paulo” – Atos, cap. 18.

“Estendendo a tua mão para curar e para que se façam sinais e prodígios pelo nome de teu santo filho Jesus” – Atos, cap. 4.

“Porque, sendo exaltado por Deus, e, tendo recebido de Deus a promessa do Espírito, derramou a este sobre vós, como agora o estais vendo e ouvindo” – Atos, 2, 33.

“Caríssimos, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque muitos já foram os falsos profetas que se levantaram no mundo” – I Ep. de João, cap. 4.

Sem cleros e sem igrejas convencionais, ou conchavismos de grupos formalistas e fazedores de discursos histéricos, foi a Excelsa Doutrina do Caminho sendo praticada pelos Apóstolos e discípulos, até o quarto século, quando Roma fundou sua Igreja e começou a chamar o Consolador Generalizado, o cultivo dos dons espirituais ou mediúnicos de COISA DE BELZEBU. Tudo chafurdou em ignorâncias, erros, materialismos, brutalidades, inquisições, politicalhas etc. Quando a Reforma surgiu, foi apenas mais uma Igreja Convencional que apareceu, fazedora de discursos histéricos, também chamando a Revelação Generalizada por Jesus de COISA DO DIABO. E essas duas porcarias, a romana e a dita reformista, vivem até hoje ludibriando as gentes, fabricando ignorâncias, erros, materialismos etc. Alguém deveria se interessar pela VERDADE e pelos jovens do mundo inteiro, ensinando-lhes o VERDADEIRO CRISTIANISMO, a Doutrina que, por ter fundamento na Moral Divina, no Amor e na Revelação, nunca poderia ficar escravizada aos mesquinhos interesses de igrejas convencionais ou tabelinhas forjadas por fariseus e politiqueiros quaisquer. Aprendam os jovens a ler a Bíblia, conheçam as Matrizes Doutrinárias que ela contém, e partam mundo afora a ensinar a VERDADE aos apóstatas que, em nome de Deus, da Verdade, de Jesus e dos Apóstolos, nada mais têm feito do que desviar a Humanidade da Excelsa Doutrina do Caminho.

P – Considerando o momento histórico, com suas convulsões tremendas, grandezas científicas e profundas incursões nos domínios da imoralidade, qual seria o melhor setor de trabalho doutrinário, a ser aplicado pela pessoa mais conscientizada?

R – O mais importante a fazer é aquilo que o Cristo Modelo ressaltou, quando retornando ao seio dos discípulos, depois da crucificação, mandou entregar a Mensagem da Verdade, do Amor e da Virtude, à Humanidade. E a Mensagem é MORAL DIVINA, AMOR-RENÚNCIA, CONSOLADOR GENERALIZADO. Leia cada um, com o devido critério, aquilo que os textos bíblico-proféticos transmitem, e, somando a esse entendimento, mais a certeza de que o PROGRAMA DIVINO terá cumprimento, queira ou não o homem, tudo ficará definido, como melhor a ser feito. A Excelsa Doutrina do Caminho é acima de continentes, países, regiões, raças, povos, famílias, religiões, sectarismos etc. O Livro dos Atos dos Apóstolos contém UM ESPÍRITO DOUTRINÁRIO total, porque além de focalizar a DOUTRINA EM SI, revela o caráter universal do trabalho apostolar, a importância de colocar a Moral, o Amor e a Revelação, acima de individualismos e de interesses subalternos quaisquer.

P – Considerando as falhas humanas, por onde entram ignorâncias, infantilidades e erros muito prejudiciais, não é de supor o quanto demorará, para que tenha cumprimento a fusão de todas as Bíblias, tendo por base a Lei de Deus, o Cristo Divino Molde e a Revelação Generalizada, como BASE INICIÁTICA ESSENCIAL?

R – Quem disse que o PROGRAMA DIVINO tem pressa, ou que em Deus falte a noção de tudo? Que é novidade, na Ordem Divina? Quem irá abalar os alicerces do Infinito, da Eternidade e das Leis Regentes Fundamentais? Por que tem o homem a mania de julgar a Sabedoria Divina pelo prisma das ignorâncias e falibilidades humanas? Ninguém nega o fator ciclos evolutivos, para mundos, humanidades e indivíduos; mas, também, ninguém nega que a JUSTIÇA DIVINA sabe ocupar todos os recursos, para obrigar a respeitar as Leis Divinas.

P – Deus tarda mas não falta?

R – Deus nem tarde nem falta, mas sim oferece Leis, Elementos e Fatos, para que, no Tempo e no Espaço, tudo e todos marchem no rumo da Sagrada Finalidade. Estais terminando de viver os últimos milênios, da primeira metade evolutiva do Planeta e da Humanidade. Portanto, o bom senso manda considerar aquilo que terá de acontecer, durante a vivência da segunda metade evolutiva. Como assinala o Apocalipse, depois do primeiro céu e da primeira terra virá um novo céu e uma nova terra... É por isso que estamos transmitindo a Mensagem Certa, na Hora Apocalíptica Certa, sem deixar de dizer, também certo, que ela será a Glória de uns e a tormenta de muitos outros... Assim como, ao jovem de vinte anos, pode-se e deve-se pedir muito mais senso dos deveres, do que se espera de uma criança de cinco anos, assim mesmo, deve-se responsabilizar muito mais a Humanidade, pelo que já atingiu, ao findar a primeira metade evolutiva. Para cada idade evolutiva importa uma obrigação maior, e, acima de religiosismos e de sectarismos, a JUSTIÇA DIVINA a isso obrigará, através de acontecimentos múltiplos. Em verdade afirmamos, tudo será abalado, com vistas ao que o bíblico-profetismo assinala. Nada ficará sem cumprimento.

P – Esta realidade está implícita no movimento de Restauração do Cristianismo, de modo total, ou haverá modificações informativas, através dos ciclos futuros?

R – Convém distinguir entre o que é Verdade Matriz e o que é periférico ou conseqüente. Entre o que é axioma e o que é corolário. Matriz é, na Doutrina do Caminho, que mais tarde denominaram Cristianismo, MORAL DIVINA, AMOR-RENÚNCIA E CONSOLADOR GENERALIZADO. É o Espírito da Bíblia, que importa ser ensinado à Humanidade, como movimento universal. Ensinem a ler a Bíblia, porque nenhuma estultícia humana poderá jamais contra ela, contra o seu Espírito Profético. Façam os apóstolos de agora e do porvir, aquilo que o Cristo Modelo ordenou, no primeiro capítulo do Livro dos Atos. Sem Moral, sem Amor e sem Revelação, ninguém conseguirá nada de verdadeiramente importante, em termos de Sagrada Finalidade a ser atingida. Cuide cada um, com todo respeito possível, do que é ESSENCIAL, porque o mais tudo virá normalmente ou como acréscimo justo.

P – Entretanto, não é certo que nos meios religiosos, ou no seio dos cleros e das falácias teologais, toda sorte de contradições, balbúrdias, inversões, subversões, depravações etc., estão prevalecendo, ou tomando conta dos veículos de comunicação?

R – Não é certo que o Sermão Profético e o Apocalipse assinalam, que tudo isso aconteceria? Por que, foram feitas as advertências bíblico-proféticas? Não é nos meios religiosos, ou ditos santos, que a abominação da desolação campeia fartamente? Entretanto, de onde surtiram as corrupções doutrinárias? Quem chamou e chama a Revelação generalizada por Jesus de coisa de Belzebu? Em verdade afirmamos, que não pode haver a Total Restauração do Cristianismo, sem que os cleros, sem que as igrejas convencionais sejam postas de pernas para o ar. Todo e qualquer erro, fabricado por quem quer que seja, sob pretexto qualquer, será demolido, custe o que custar. Parem de confundir as VERDADES DIVINAS com os engodos humanos!

P – É o mal decorrente do religiosismo profissional?

R – Não apenas isso, pois em grande parte os erros derivaram das maquinações politiqueiras e de muitos outros interesses subalternos ou até mesmo imundos. Basta considerar, que dentre os cultivadores do mediunismo, muitíssimos são os que praticam ligações trevosas, magia negra etc. O homem tem permitido, com muita facilidade, a penetração do reino das trevas, na Seara da Verdade. Colocar ignorâncias, erros, falhas, mediocrismos, xaropismos etc., no lugar da Lei Moral, da Verdade Doutrinária, do Cristo Modelo e da Revelação, é fato fartamente corrente. Terríveis e comprometedoras contradições, sobre as verdades bíblico-proféticas, sobre Jesus e muitas outras realidades respeitáveis correm mundo e passam por BOA DOUTRINA. Em verdade, muitos males derivam do fato de atribuírem gordas importâncias ao que é relativíssimo, deixando de respeitar a VERDADE INDERROGÁVEL E NECESSÁRIA. Na hora cíclico-histórica em que o PROGRAMA DIVINO manda trabalhar pela infusão de todas as Bíblias, demonstrando que a Lei Moral, o Cristo Divino Molde e o Consolador Generalizado concentram o ESPÍRITO DA VERDADE INICIÁTICA, o que vemos, com profundo desgosto, é grassar farisaísmos, politicalhas, prepotências mandonistas, panelinhas, igrejinhas lambuzadas com mórbidos fanatismos por homens, livrecos, médiuns e um aluvião de verdadezinhas rançosas e comprometedoras. E como se tudo isso de porcarias não bastasse, ainda ocorre que elementos religiosos, clericais, doutrinários etc., defendem e propagam corrupções, vícios nefandos, inversões sexuais, ideologias contrárias a tudo quanto a Lei Moral e o Cristo Modelo representam, como VERDADES INDERROGÁVEIS.

P – Então, pelo exposto, muitos milênios serão necessários, para que a Humanidade atinja um elevado grau de consciência doutrinária?

R – O novo céu e a nova terra, ou a segunda metade evolutiva da Humanidade, desponta nos horizontes da História. Todas as comoções necessárias virão, para que a Humanidade se compenetre disso. Como Chave Iniciática Fundamental, por Ordem Divina, tereis a Lei Moral, o Cristo Modelo e a Revelação Generalizada. O mais tudo é questão de pormenores. Quem trabalhar para isto terá a recompensa de Servo Fiel, e quem for contra, terá a paga que a isso corresponder.

P – Sendo certo que a Humanidade atravessa um tempo de transição, não é certo que se pergunte, sobre o fim do tempo de transição?

R – O tempo de transição está entregando a história humana, ou a Humanidade, ao tempo que no Apocalipse é denominado NOVO CÉU E NOVA TERRA, ou que alguns encarnados e desencarnados denominam NOVO DIA, NOVA MADRUGADA, NOVA ERA etc. Como não há saltos violentos, mas sim apenas trânsito algum tanto forçado, porque é necessário oferecer tempo para o devido entendimento, afirmamos que o período mais grave ou intenso irá findando pelos meados do século vinte e um. Algumas gerações estão enfrentando o período de transição, com a saída de uns e a entrada de outros, no mundo carnal, e tudo isto é parte integrante normal do Plano Renovador. Até meados do século vinte e um, a Humanidade inteira será renovada, isto é, bilhões de espíritos deixarão o mundo carnal, outros bilhões nele entrarão, e dessa grandiosa operação demográfica, surtirá uma profunda renovação de conhecimentos e comportamento. Importa reconhecer que as Lições Divinas são entregues através dos fatos humanos normais ou vivenciais, embora haja, de tempos em tempos, necessidade de algum forçamento, da parte do Plano Diretor. Em virtude do mau comportamento, de elementos menos conscientes, temos a deplorar este fato: os avisos do Plano Diretor não estão sendo entregues à Humanidade, com a precisão devida. Meios de comunicação, que o Plano Diretor fez chegar ao alcance do homem, são usados fartamente para tratar de assuntos e acontecimentos de nenhuma importância, enquanto que, para os de total importância, nada é oferecido. Bem poucos, no mundo, e no seio do Movimento de Renovação, pensam e agem certo, ou com vistas ao premente momento histórico, carecente de imediatos lastros informativos, de caráter iniciático ou profético.

P – Então, muitos daqueles que se julgam donos da VERDADE e da DOUTRINA, verdadeiramente estão acumulando falhas, pelas quais terão de responder?

R – Sem dúvida. Porque cada um terá de responder, rigorosamente, por quantos recursos a Providência lhe pôs ao alcance, para produzir o trabalho devido. Aqueles, por cuja ação truncadora, a Humanidade não tiver, em tempo, o devido aviso, certamente por muito mais responderão. Os informes bíblico-proféticos não são dados por acaso, e, todo aquele que truncar a sua veiculação à Humanidade, caro pagará. Para com a VERDADE e para com a DOUTRINA, o muito que cada um pode ser, é trabalhador fiel, nada mais. Prestigiar instituições, indivíduos, interesses editoriais e seus devidos capitais aplicados, caprichos sectários, igrejinhas etc., é comportamento que pode estar em completa contradição com a VERDADE e a DOUTRINA, e, portanto, com o Plano Diretor, cuja função é EXECUTAR ORDENS DA DIVINA PROVIDÊNCIA. E podem estar certos, aqueles que com suas ações imprudentes prejudicam o Plano Diretor, em sua função de executar as ordens da Divina Providência, que aparências de respeito à DOUTRINA em nada os defenderá, frente à JUSTIÇA DIVINA. Quem não está com a VERDADE, que deixe de se fingir amigo da DOUTRINA. Iludir o mundo qualquer um pode, mas iludir a JUSTIÇA DIVINA a ninguém é dado.

P – Pode alguém alegar dificuldade, para entender os textos bíblico-proféticos?

R – Não, pois são perfeitamente claros, diretos e frontais. A Lei de Deus ou Moral é de difícil entendimento? O Cristo Exemplo de Comportamento, ou Modelar, e que não deixou túmulo cheio, é de difícil entendimento? O Pentecoste, ou Derrame de Espírito sobre a carne, é de difícil entendimento? Entender o Espiritismo como apenas Restauração da Doutrina do Caminho, é de difícil entendimento? Se alguém pecar por ignorância, esse alguém será desculpado... Os outros não, porque tudo é muito simples e diretamente vai à inteligência.

P – Não seria ponderável, atribuir muito da negligência, à falta de melhores contatos com o mundo dos espíritos?

R – Os Grandes Iniciados, Patriarcas, Profetas, Cristos e Discípulos, foram Missionários que mantiveram contatos com o mundo dos anjos, espíritos ou almas, e ensinaram praticamente tais realidades. Se cleresias surgiram, interessadas em blasfemar contra a Revelação, chamando-a de coisa do diabo, ou de Belzebu, isso não pode ser imputado à Providência Divina. Quem errou, e quem concorreu para que o erro viesse a prevalecer, a eles é que a JUSTIÇA DIVINA fará prestar contas, na Hora da Sabatina.

P – Da sabatina?

R – Da sabatina, sim, ou da prestação de contas. Havendo a hora de ensinar, é normal que haja a hora de sabatinar, de pedir contas do que foi ensinado. Faz dois mil anos, quase, que a Providência Divina mandou à carne o Cristo Planetário de então, para ensinar de uma vez para sempre a importância fundamental da Moral Divina, do Amor-renúncia e do Consolador Generalizado, cuja função é advertir, ilustrar e consolar. É difícil entender, que agora seja uma hora de prestação de contas? Como entenderam a Lei Moral? Como interpretaram o Cristo Modelo? Que fizeram do Batismo de Espírito? Que valor atribuíram, ao trabalho e ao martírio de tão elevados missionários?

P – Então, volto a perguntar, gravíssimas contas serão pedidas a muitos?

R – Por que, não devia ser assim? Quem tem o direito de brincar com as Leis Divinas? É justificável que, para ficar com os míseros interesses mundanos, julgue-se alguém com o direito de negar ou adulterar os ensinos que a Providência Divina tem enviado? Ou julga alguém, que podendo iludir aos homens, poderá também iludir a Deus, o Princípio que tudo emana, sustenta e destina?

P – Quem vai ensinar tudo isso?

R – Faz quase dois mil anos, que um Delegado Celestial passou pela carne, mandando viver a Lei de Deus, deixando os Divinos Exemplos de Comportamento, e Generalizando o Consolador, a partir do Pentecoste. Se, portanto, chegou a hora daquele semelhante ao Filho do homem, como assinala o Apocalipse, com vara de ferro guiar e pedir contas, por Ordem Divina, é justo que assim seja. Deus sempre enviou ensinamentos, e sempre conferiu liberdade de ação, porém nunca mandou alguém contradizer a VERDADE, o AMOR e a VIRTUDE. Quem for inteligente, reconheça a importância da hora presente, deixando de lado as mesquinharias humanas, para bem desempenhar a Tarefa Divina.

P – É muito fácil entender o ESPÍRITO DA BÍBLIA, o seu SENTIDO PROFÉTICO, ou aquele OBJETIVO SAGRADO que caracteriza tudo nela, do primeiro capítulo do Gênese ao último capítulo do Apocalipse; entretanto, o mais difícil é arregimentar elementos humanos, para a VERDADEIRA TAREFA DIVINA. Que diz, a respeito?

R – O mais importante, em uma árvore, não são o tronco, os galhos e os frutos, mas sim as RAÍZES... Entendam o alcance desta MENSAGEM CRÍSTICA, e tudo ficará muito mais fácil, aos que quiserem entrar para a VERDADEIRA TAREFA DIVINA. Coopere, cada leitor desta MENSAGEM CRÍSTICA, para que ela se estenda a todos os rincões da Terra, porque INFORMAR CERTO é a primeira das obrigações. Quanto ao COMPORTAMENTO MORAL, é do exclusivo arbítrio de cada um, como assinalam a Lei Moral e o Cristo Divino Molde, as Testemunhas Inderrogáveis, diante de quem todo erro terá de se rebentar.

P – Isso quer dizer, que o cultivo de verdadezinhas periféricas, muito em moda nos meios religiosistas e sectários, prejudica o verdadeiro trabalho informativo da Doutrina do Caminho?

R – As verdadezinhas periféricas, os mediocrismos ou xaropismos, como pode ser muito bem observado, estão sempre a serviço de interesses subalternos de cleresias e rotulismos, igrejinhas e maquinações politiqueiras, afora outras muitas inclinações, algumas bem repugnantes por serem perversões contra as leis de harmonia. É necessário ler Romanos, 1, 22 a 32, reconhecendo que aquelas gravíssimas advertências não foram feitas por acaso.

P – Cumpre, então, a cada um, entender bem o que é ou deixa de ser bom proselitismo?

R – Proselitista é o Código Moral, mandando não cometer erros. O mesmo é o Cristo Modelo, mandando cada um tomar a sua cruz, e segui-Lo. Todos os ideais, bons ou ruins, certos ou errados, são por natureza proselitistas. Importa, a cada um, discernir entre o certo e o errado. E fique isto bem entendido: A MENSAGEM FALA A CADA UM, EM PARTICULAR, PORQUE ASSIM AGE A JUSTIÇA DIVINA.

P – Qual o pior dos erros?

R – Pensar que a Lei Moral e o Cristo Modelo sejam passageiros, estejam sujeitos aos relativismos humanos. Ninguém é proibido de ter os seus palpites; mas, fique bem entendido, quem desencarna e presta contas à JUSTIÇA DIVINA, é o homem...

P – Entretanto, principalmente no presente século, quantos homens, pretensos donos de credos, até mesmo da VERDADE e da DOUTRINA, escrevem livros e fazem discursos, apresentando conceitos contraditórios, até mesmo odiosos, contra tudo quanto de mais respeitável a Providência Divina enviou à Humanidade?

R – Os que transmitem erros e os que os aceitam são iguais... Quem tem a Lei Moral e o Cristo Divino Molde por BALIZAS DIVINAS, por que anda desviado? Não é por assim querer? Se Deus oferece o BARCO e o REMO, quem os despreza, para ficar com os palpiteiros humanos, aonde irá parar? Quem quiser pode observar, que muitos vivem devorando centenas de livros, enquanto só abrem a boca para dizer asneiras, contradições, xaropismos etc. Provam, com isso, que estão fora da VERDADE MATRIZ, QUE É CURTA, CONCISA E IMPASSÁVEL. Quem tiver que agir, confira suas intenções com a Lei Moral e o Cristo Modelo. Poderá perder, perante o mundo, mas nunca perderá perante a JUSTIÇA DIVINA.

P – É dever fundamental, para efeito de responsabilidades espirituais, atender ao que determinam as Verdades Matrizes?

R – Observe, quem quiser saber certo, que os Grandes Iniciados, Mestres, Profetas, Cristos e Apóstolos, tiveram por base de todo trabalho doutrinário, as VERDADES DOUTRINÁRIAS FUNDAMENTAIS. Verdadeiramente, quanto mais lúcido é o espírito, tanto mais se atém às CAUSAS DETERMINANTES. O fenômeno, em si, é menos do que a CAUSA que o determina. O espírito tacanho fica sempre com o exterior dos fatos, enquanto o lúcido procura a CAUSA DETERMINANTE, o moto que prova a origem e a finalidade de tudo e de todos. Portanto, como todo espírito é obrigado a evoluir, porque as Leis Regentes assim determinam, obrigando-o a enfrentar circunstâncias que tais, a CONSCIÊNCIA DA UNIDADE, A DOUTRINA DO DIVINO MONISMO, será o ápice de todo conhecimento. É por isso que todas as Bíblias serão fundidas em uma só, contendo esta Moral Divina, o Cristo Divino Molde e o Consolador por Ele generalizado, como Matriz Doutrinária Fundamental. O apóstolo desta CAUSA DIVINA, terá de Deus a paga justa.

P – Quanto de tempo e de lutas custará, para que todos entendam a importância da Moral Divina, do Cristo Divino Molde e do Consolador Generalizado, para que a fundição das Bíblias se consolide?

R – Todo espírito que cresce, que vem a conhecer mais sobre a VERDADE, o AMOR e a VIRTUDE, torna-se acima de cleresias, idolatrias ou simulações, sectarismos e misoneísmos, igrejinhas ou conchavismos de grupos, com seus mórbidos estreitismos, fanatismos por homens, livros, médiuns, tabelinhas forjadas por homens etc. Quem liberta, realmente, é a VERDADE TOTAL cada vez mais conhecida, a UNIDADE DO PRINCÍPIO COMO BASE E A UNIDADE DO MOVIMENTO EM GERAL, para que o espírito use de todos os recursos fornecidos pelas LEIS REGENTES, no sentido de se realizar totalmente, em termos de UNIÃO DIVINA. A Lei Moral, o Cristo Modelo e a Revelação jamais serão escravos de relativismos quaisquer, porque são realmente INSTITUIÇÕES DIVINAS, são e valem como tais, acima de palpites humanos. Quem quiser pode ignorar, negar, usar mal, insultar, blasfemar ou pretender contra todos os ódios, que de nada adiantará. Valem por Deus e, portanto, saibam os inteligentes e honestos, que fora da Lei, do Cristo Modelo e da Revelação, ninguém conseguirá atingir a Sagrada Finalidade, o Estado de União Divina.

P – Pode-se admitir que tudo isso ocorra, sem que a JUSTIÇA DIVINA intervenha e ponha o fermento dos fariseus, a hipocrisia, de pernas para o ar? Não é certo que em nome de todas as VIRTUDES DIVINAS, de tudo quanto se diga SAGRADO, funcionam as maiores patifarias?

R – Evolução é de baixo para cima, não de cima para baixo... O tempo, o espaço e tudo o mais, em termos ecológicos, mesológicos etc., para que servem, sem ser para o espírito ir desabrochando, crescendo, compreendendo e vindo a ter um melhor comportamento, e, assim sendo atingir um dia o Estado de Uno com o Princípio? Se o que já conseguiu é fato, por que não o será o futuro, com suas muito maiores possibilidades? Não estão, o Planeta e a sua Humanidade, nos beirais do Novo Céu e da Nova Terra, ou da Grande Renovação, anunciada no Apocalipse? Pode alguém, por ser materialista, ignorante, fanático, sectário, mórbido escravo de ideologias ou filosofias contrárias, afirmar que as verdades bíblico-proféticas não se irão cumprir? Tornamos a dizer: Não confundam as VERDADES ETERNAS, PERFEITAS E IMUTÁVEIS DE DEUS, com os palpites daqueles que, querendo ou não, na carne, são meros candidatos a moribundos e a defuntos.

P – Passando a ignorância, passará a contradição?



R – A contradição pode ser filha da ignorância e pode ser filha da hipocrisia, ou de ambos. Em termos religiosos, é absolutamente certo que a hipocrisia comanda o espetáculo. Interesses de bolso, pança, orgulhos, vaidades, mandonismos, maquiavelismos politiqueiros, inversões sexuais etc., estão funcionando intensamente. O homem realmente sensato é aquele que vive fundamentado nas Verdades Fundamentais, que não dependem do homem, e, portanto, quando alguém fala, pretendendo passar por autoridade religiosa, ou espiritual, ele o analisa simplesmente, para saber se é equilibrado ou não, simples ou não, mascarado ou caricato etc. O mundo está cheio de gente bem intencionada, que não consegue estar com a VERDADE, o AMOR e a VIRTUDE, porque os seus defeitos e o seu orgulho não permitem... Está cheio de gente que vive adulando a Misericórdia Divina, porque pretende, com isso, passar por cima da JUSTIÇA DIVINA... Enfim, o


Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   ...   17


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
Universidade estadual
união acórdãos
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande