Osvaldo polidoro (reencarnação de Allan Kardec) textos divinos I



Baixar 1.42 Mb.
Página5/17
Encontro18.09.2019
Tamanho1.42 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   17

ORAÇÕES E VÓS SOIS DEUSES

Organizado por OSVALDO POLIDORO

Nada é mais tolo do que afirmar que não há Espiritismo fora de Kardec; Espiritismo não é questão de nomes ou palavras, mas sim de leis, elementos e fenômenos. Estudem as 8 Grandes Bíblias da Humanidade, sejam inteligentes e honestos, e estareis contribuindo para o triunfo da Verdade, do Amor e da Virtude; isto é, estareis forjando o triunfo da Consciência da Unidade, a Chave da Sabedoria Fundamental.

Para lembrar apenas o Cristianismo:

O Espírito Gabriel devia esperar Kardec, para enunciar o nascimento de João Batista?

Devia esperar Kardec, para enunciar a Maria o nascimento de Jesus?

Os sonhos de José, deviam ser proibidos ou tidos por errados, porque Kardec não os autorizou?

Todos os fenômenos mediúnicos de Jesus, inclusive o do Tabor, comunicando com Moisés e Elias, e todos os demais, e também os dos Apóstolos, foram mistificações, porque não foram autorizados pela Codificação?

Deus sabe o que faz, pois não?

Então, só resta apelar para a Justiça Divina.

Aviso Inicial
Chegou, para esta Humanidade, o tempo de transição mais vasto e profundo de toda a sua História; é aquele acontecimento que está citado no Apocalipse sobre a grande renovação, para antes do ano dois mil. Jamais fim do mundo ou da Humanidade, que isso é mais ridículo do que absurdo. Nenhum cataclismo, nenhuma guerra conseguirá jamais destruir totalmente a Humanidade. Por estar tudo subordinado à Justiça Divina, todos os acontecimentos humanos marcham para a finalidade a ser atingida, a união vibracional total de cada espírito, com o Princípio, Deus ou Pai Divino.

A Consciência da Unidade, o conhecimento de que do UM FUNDAMENTAL ou Deus é que tudo emana; que no UM FUNDAMENTAL tudo move e atinge a Sagrada Finalidade, é realidade que todos deverão entender e viver. Todo aquele que desconhece esta realidade, por certo se prejudica, porque funciona fora de ordem. Ninguém fere a Lei de Harmonia, sem pagar caro pela insânia.

A Consciência da Unidade é, como movimento idealista, simples DIVINISMO. É a certeza da UNIDADE, ou da realidade que é Deus como Princípio Emanador, e Deus como Revelado ou Emanado, aquilo que erradamente chamam de Criação. Os verdadeiros Mestres, Grandes Iniciados ou Iniciadores, sempre ensinaram assim. E jamais seriam Grandes Iniciados, ou Iniciadores, se assim não ensinassem. Jesus, como irmão Modelo, para afirmar esta realidade, disse simplesmente: EU SOU O PRINCÍPIO, O MESMO QUE VOS FALO. Isto é, repetiu o: VÓS SOIS DEUSES.

Religiões forjadas por homens, cleresias, comércios idólatras, politicalhas e outros corruptos movimentos, é que tudo desvirtuaram, através dos tempos, fazendo as gentes perderem a noção real da VERDADE FUNDAMENTAL; isto é, a noção de Origem Divina, Evolução Gradativa e Volta à Unidade, em equidade vibracional total.

As três palavras que representam o Ideal Divino são: Inteligência, Sabedoria e Comportamento.

As três palavras que representam a realização do Ideal Divino são: Verdade, Amor e Virtude.

Com Inteligência, Sabedoria e Comportamento, cada espírito realizará em si mesmo a Verdade Conhecida, o Amor Praticado e a Virtude Acumulada.

Esta realidade é fundamental: O verdadeiro sábio é aquele que sabe usar, com prudência, todos os recursos e todas as liberdades que Deus oferece. Quem assim fizer questão de conhecer e viver, por certo não experimentará o pranto e o ranger dos dentes.

Ai daquele que, confiando na crença ou na fé, pretender dispensar a obrigação de BOM COMPORTAMENTO.

A Dolorosa Experiência


Damos aqui, em resumo, aquilo que disse um espírito. Quem ainda está peregrinando pela encarnação, e tem o seu fanatismo religioso e, talvez muitos outros, tire destas confissões os devidos proveitos. Não poderá dizer, depois de ler isto, que não sabia das Verdades Divinas. Ao desencarnar, se tiver de sofrer o que sofreu o irmão comunicante, em dores e desilusões, remorsos etc., será por conta e risco de suas teimosias. Leiam com atenção:

“Eu tinha a minha religião e, como todos os crentes, das muitas centenas de modalidades que há na Terra, achava que a minha era a única a salvar; minha cor, minha raça, meu povo, minhas peculiaridades, tudo era mais e melhor perante Deus, a Justiça Divina etc.

“Como eu pensava, segundo como me mandavam pensar as tabelinhas religiosistas dos meus padres: conjunto de graus hierárquicos, vestes, rituais, sacramentos e pontos-de-vista, até Deus tinha de aceitar assim, porque os padres e as tabelas eram do presente imediato, práticos, e Deus estava longe, fora, no Céu etc.

“A Terra era tudo, o Infinito e a Eternidade eram em função da Terra e da Humanidade, e isso mesmo, tudo tendo na minha raça, no meu povo, nas minhas verdades de algibeira, toda a importância, a razão-de-ser de Deus e de tudo.

“Todos os crentes poderiam ter o seu pedacinho de Céu, mas o meu Céu era superior de todos os demais, porque minha religião era a verdadeira; todos teriam de, ao morrer, reconhecer a supremacia das minhas verdades, vindo a mim e dizendo-me palavras de perdão e sujeição.

“Entretanto, irmãos, deixei a carne entre dores, continuei com dores por muito tempo, habitante de lugar sombrio, nada tendo feito a minha religião, os meus padres ou quem quer que fosse, por mim; depois de bons penares, fui procurado e conduzido a lugar melhor, sendo tratado por irmãos de outras crenças, de outras raças, que também tinham vivido suas frustrações, por causa de suas supremacias religiosas, raciais etc.

“De minha parte, tenho a dizer que muito aprendi com a desencarnação; aprendi que Deus não é de religiões, de fingimentos, de aparências, do faz-de-conta que tanto engorda aqueles que se valem do Seu Nome para viver à custa dos tolos que neles acreditam...

“A Terra é apenas um pontinho na imensidão do Cosmo; a Humanidade, constituída de encarnados e desencarnados, é infinitesimal em face da Humanidade Cósmica; a importância que há, realmente, está na Origem Divina dos espíritos, no Processo Evolutivo a ser realizado e na Volta ao Seio Divino, por parte dos espíritos. No dia em que todos os habitantes do Planeta souberem isto, terão sabido da Verdade que é a Chave de Todas as Verdades. Aquilo que está fora deste conhecimento e deste propósito, está fora da Divina Ordem Moral, estando destinado ao pranto e ranger dos dentes...

“Trabalho junto a espíritos socorristas, em região espiritual apropriada, isto é, de relativa luminosidade; tendo encontro marcado com as lágrimas e as dores, os fanatismos religiosos e as dúvidas cruciantes, os arrependimentos, os remorsos e as expectativas futuras... Porque há o futuro, no seio do Eterno Presente, para que os espíritos vivam, aprendam e venham a ser Unos um dia...

“Pouco espero de minha advertência de irmão mais experimentado, conclamando a que pensem e procedam, melhor do que eu pensei e procedi... Sei que a cada um cabe o direito fundamental de experiência própria, e, por isso mesmo, concito a que usem bem o dever de aprender, procurando fazê-lo sem muito sofrimento...

“Em lugar de adular a Deus, por meio de simulações religiosistas, discursos e palavrórios, tão do gosto dos cleros capciosos, procurem compreender as Leis Divinas ou Fundamentais, e vivê-las, ou viver de acordo com elas. Mesmo porque, nenhum espírito, seja quem for, do vosso calendário iniciático, poderá jamais passar por cima da Justiça Divina, ou dizer que outros, maiores do que ele, possam fazê-lo. Esta verdade é aquela que deve morar nos fundamentos conceptivos de quem quer, de fato, estar bem perante si mesmo, na carne ou fora dela. O mundo espiritual está cheio de consciências terrivelmente constrangidas, porque não deram importância a esta realidade fundamental... Isto é, passaram a vida acreditando em mistifórios clericais, religiosistas sectários etc., esquecendo a ciência do fazer bem.

“Tudo está acontecendo, na Terra, em termos de comoções e grandiosas conquistas, e profundos ensinamentos iniciáticos, para o grande trânsito entre a fase da juventude, que passa, e a fase da maturidade, que começará por volta dos meados do século vinte e um, considerando-se, porém, que tudo é entrosado, dando o devido tempo, para que as inteligências mais lúcidas compreendam e tomem as devidas medidas de prudência.

“Conhecer a VERDADE e praticar o BEM é a meta certa, devendo findar a longuíssima fase de crenças clericais, formalistas e formulistas, idólatras, politiqueiras etc. Pretender que se vá a Deus, longe e fora, por meio de simulacros ou de discursozinhos histéricos de crentes quaisquer, também é prática que cairá. Crer será ridículo, porque o certo é conhecer, visto que em Deus nada depende de conceitos humanos etc. Três realidades ficarão eternamente de pé, para serem conhecidas e vividas, por aqueles que, ao desencarnar, quiserem estar a salvo de tremendas desilusões: VÓS SOIS DEUSES – AMAI-VOS UNS AOS OUTROS – TEREIS DE SER ESPÍRITO E VERDADE, OU DEUS EM DEUS, OU INTEGRANTES DA UNIDADE DIVINA.

“Muito bem alerta a Bíblia sobre a comunicabilidade dos espíritos. Discernir é trabalho necessário, não só em virtude dos espíritos propositalmente maldosos, porém em virtude da ignorância, da mediocridade que aceitaram do mundo, e que tornam a derramar sobre os encarnados, com aquelas longuíssimas arengas a título de lições de moral etc. Fanatismos religiosistas, misticismos tolos, sectarismos rampeiros, frivolidades, idolatrias, superstições, falsa autoridade perante encarnados ignorantes, tudo isso anda vogando pela literatura mediúnica, como se fosse importante. A falta de conhecimento, por parte dos encarnados, de conhecimento da Origem, Evolução e Sagrada Finalidade do espírito, faz aceitar afirmações medíocres e ridículas, vindas do plano espiritual. Sobre a vida nos planos erráticos, aquilo que há, vale como entronização da inferioridade, de mediocrismo evolutivo dos espíritos que se comunicam, que transmitem tais informes.

“Ninguém mais tem o direito de ignorar sua Divina Essência Fundamental, sua Origem Divina, compreendendo a evolução como desabrochamento das Virtudes Divinas que possui em estado latente, até atingir a União Vibracional Total, a volta à Unidade Essencial ou Deus. E que, para isso, conhecer a VERDADE e praticar o BEM tudo resume, para encarnados e desencarnados. É necessário deixar de lado a caudal de verdadezinhas medíocres e ridículas que vogam nos meios espíritas, e procurar viver consoante a Origem Divina e a Sagrada Finalidade a ser atingida.

“Estais vivendo o tempo previsto, no Sermão Profético de Jesus e nas páginas do Apocalipse, sobre escândalos, imoralidades, depravações, corrupções etc. Como está escrito, a onda trevosa será tal, que até muitos conhecedores se deixarão arrastar pela imundícia, pensando que nada mais pode consertar a Humanidade. Vede bem, porque aí estão bem perto, o dilúvio de fogo e a separação entre cabritos e ovelhas. Nada acontecerá por acaso, tudo está pesado e medido.

“Fato imensamente chocante é aquele dos negadores de Deus, da imortalidade da alma e de suas responsabilidades morais. Comparecem ao mundo espiritual, ignorantes, aparvalhados, intrigados, ridículos e, por vezes, mergulhados em angústias ou depressões terrivelmente constrangedoras. Isto, quando venham a merecer os lugares de relativa luz, por merecimentos em virtude de obras boas praticadas durante a encarnação, ou derivação de vidas anteriores. Porque a grande maioria mergulha primeiro nos lugares de dor, para tempos depois ser recolhida e instruída, que é quando sofre os abalos do novo conhecimento: de Deus, da imortalidade, responsabilidade segundo as obras etc.

“Aquela citação contida no Apocalipse, cap 14, versos 6 e 7, sobre a necessidade de se voltar o homem a Deus, o Princípio ou Pai Divino, acima de tudo e para todos os efeitos, virá a ser o motivo de tremendos acontecimentos, em toda a Terra e em toda a Humanidade. Ninguém poderá deter a marcha do homem, ou espírito, para Deus, e os abalos serão tanto maiores e mais dolorosos, quanto mais o homem se fizer contrário a ela, em suas obras. Todos os movimentos iniciáticos, de todos os tempos, lastreando nomes de pessoas, terão de ceder lugar ao DIVINISMO, movimento que congregará todos os homens, de todos os continentes, raças, povos, nações etc. A Lei de Deus, a Excelsa Doutrina do Pai transmitida por Jesus Cristo e o ministério da Revelação, certamente ficarão de pé, inabaláveis. Tudo o mais terá de mudar, ainda que custe muito a muitos conceitos humanos, ou interesses criados por homens, facções etc.

“É de suma importância ler o Livro dos Atos dos Apóstolos, o capítulo final do Apocalipse, e, acima de tudo, ter muito cuidado com o que dizem e fazem espíritos encarnados e desencarnados, aqueles que se julgam donos do Espiritismo e da consciência dos seus semelhantes, por motivos politiqueiros, sectários, mandonistas, conchavistas etc. Não é mais criminoso o fermento dos fariseus, por estas alturas da História... O pior está em certas perversões mentais, morais, sensuais e sexuais, que invadem os meios em geral, e pretendem passar por recomendáveis, ou pelo menos com direito a foro e vigência... Cuidem-se os prudentes, porque a hora cíclico-histórica é de tremenda significação, para o destino de cada um”.

AOS QUE REALIZAM SESSÕES DE PASSES,


RADIAÇÕES E CURAS!

AOS QUE NECESSITAM DE AUXÍLIO ESPIRITUAL!

AOS CONHECEDORES DAS VERDADES
BÍBLICO-PROFÉTICAS!
1 – Qualquer estudioso das 8 Grandes Bíblias da Humanidade descobre, nos seus ensinos, que há um Plano Divino, para os efeitos de Origem, Evolução e Finalidade, quer dos Mundos, quer das Humanidades.

2 – Descobre que esse Plano Divino sempre foi veiculado através da comunicação de anjos, espíritos ou almas, por meio de pessoas dotadas de dons espirituais, mediunidades etc.

3 – De todas as 8 Grandes Bíblias da Humanidade, a chamada Bíblia Ocidental é um verdadeiro Tratado Mediúnico, pois do Gênese ao Apocalipse tudo gira em torno de homens dotados de dons espirituais, que tiveram contato com anjos, espíritos ou almas, que transmitiram advertências, ilustrações e consolações.

4 – Começando com as comunicações de Gabriel, as visões de José, e tudo o mais que aconteceu com Jesus, da Manjedoura ao Pentecoste, tudo é fenomenologia profética, mediúnica ou espírita.

5 – Zoroastro, Crisna, Moisés e Jesus fizeram tudo para generalizar a Revelação, a comunicabilidade dos espíritos, anjos ou almas. Procure estudá-los!

6 – O Livro dos Atos dos Apóstolos, que relata o grandioso fenômeno do Pentecoste, deve ser o ponto-de-partida dos estudiosos do Espiritismo Divinista, pois testemunha que jamais Jesus prometeu Consolador algum para dezoito séculos mais tarde. O testemunho de Jesus é o espírito de profecia, é a Revelação!

7 – O Consolador é o mesmo que Ministério da Revelação, isto é, comunicabilidade dos espíritos, em variantes modalidades fenomênicas, e o motivo daquilo que sempre foi chamado milagroso, maravilhoso, divino, extraterreno, sobrenatural, cabalístico, sibilino, hermético, ocultista, esotérico etc.

8 – O menor fenômeno mediúnico pode abalar os conceitos científicos, os dogmas humanos, ou as leis conhecidas, mas, entenda-se bem, isso é por parte da falta de estudos daqueles que se dizem cientistas, porque realmente tudo é e existe e faz parte de uma UNIDADE TOTAL OU FUNDAMENTAL.

9 – Como diz o Velho Testamento, enquanto o homem não descobrir a SABEDORIA DA UNIDADE, sua ciência será – “Estultícia para Deus”.

10 – O homem descobre, aos poucos, aquilo que no Princípio ou Deus é eterno, perfeito e imutável, isto é, constitui UNIDADE FUNDAMENTAL ESSENCIAL.

11 – É totalmente importante que estudem os textos bíblicos que se encontram neste livrete, todos aqueles que pretenderem auxílios espirituais, pois fora da SABEDORIA DIVINA tudo se reduz a ignorância, mediocridade, desespero e ridículo.

12 – A Moral dos Dez Mandamentos, a Divina Exemplificação de Jesus Cristo e o cultivo sadio da Revelação, constituem a CHAVE DA SABEDORIA BÍBLICA, e, portanto, quem se levantar contra será esmigalhado, como Jesus afirmou.

13 – Tudo será abalado, nos Mundos e nas Humanidades, mas a Lei de Deus, a Divina Modelagem dos Cristos Planetários e a Revelação jamais o serão.

14 – Em virtude de tais VERDADES FUNDAMENTAIS, recomendamos aos precisados de auxílios espirituais, estudar, conhecer e viver as verdades seguintes:

a – Leia as orações deste livrete, com todo o recolhimento possível, e, se puder, deitado no seu leito ou em lugar cômodo, se o seu caso for de tratamento médico-espiritual. Os Guias médicos necessitam da ajuda mental dos pacientes, para realizar seus trabalhos.

b – Participe das sessões, orando pelos outros, pois as permutas fluídicas e eletromagnéticas são indispensáveis para quaisquer trabalhos espirituais.

c – Não pense em termos de fé, esperança e caridade, mas sim em temos de CONHECIMENTO, CERTEZA E BONDADE, pois em Deus tudo é questão de LEIS, ELEMENTOS E FATOS. Todos os fenômenos decorrem de leis fundamentais. Mistérios, milagres e enigmas não existem em Deus, são argumentos de ignorantes ou maliciosos.

d – Remédios e água fluida têm seus efeitos aumentados, quando a pessoa participa de orações em conjunto e ora pelos outros. Quem não dá não recebe!

e – Todas as pessoas que sabem, pensam e agem decentemente fornecem fluidos e eletromagnetismo para que os Guias possam aplicar nos doentes e precisados, sejam encarnados ou desencarnados. Procure ser útil!

f – Os médiuns videntes, desdobrantes e auditivos devem relatar o trabalho dos Guias, ou passar adiante seus avisos. Medite sobre os textos bíblicos seguintes, e saberá o que é Cristianismo verdadeiro ou Espiritismo Divinista:

“Derramarei o Meu Espírito Santo sobre toda a carne, e vossos filhos e filhas profetizarão, vossos velhos terão sonhos e vossos jovens terão visões” – Joel, 2, 28.

“Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que virá sobre vós, e me sereis testemunhas em Jerusalém, Judéia e Samaria, e até os confins da Terra” – Atos, cap. 1.

“Porque a um pelo Espírito é dada a palavra de sabedoria, a outro de ciência, a outro o dom de curar, a outro a produção de maravilhas, a outro a profecia, a outro o discernimento dos espíritos, a outro as línguas diversas, e a outro as interpretações” – I Ep. Coríntios, cap. 12.

g – Jamais as sessões de passes, radiações e curas devem ser feitas conjuntamente com as de doutrinação de espíritos sofredores, pois estas costumam ser, por natureza, de muito baixo teor vibracional, prejudicando o melhor trabalho dos Guias médicos.

h – De maneira alguma as cansativas e contraditórias conferências devem ser realizadas nas sessões de passes, radiações e curas, pois desarmonizam as mentes e provocam alterações nas emissões fluídas e eletromagnéticas das pessoas, o que prejudica muito o trabalho dos Guias.

i – As sessões de passes, radiações e curas devem ser curtas, pois tudo que é longo, e por demais falado, aborrece e prejudica. De muito bom alvitre é recomendar, aos precisados em geral, as boas leituras doutrinárias, em suas casas, para que sejam realmente proveitosas.

j – Horas de comunhão mental, através da oração, podem ser 6, 12, 18 e 21 horas; mas, ao deitar, fazer oração e recolhimento é muito importante, porque durante a dormida o espírito do precisado ajuda no trabalho dos Guias.

l – Entretanto, ligar com o Princípio ou Deus, ou com os Guias Espirituais, é ato de qualquer momento e local. Falar nem sempre é orar! Entendam bem...

m – Afora o ato de ligar com os Guias, pela oração, todos devem compreender que Deus, o Princípio Emanador, é Essência Onipresente, Onisciente e Onipotente, sendo errado procurá-Lo fora, longe e de quando em quando. Todos devem reconhecer, que viver O ESTADO DE SINTONIA PERENE, para com Deus, é o justo, necessário, bom e útil. A ligação entre o Princípio e os seres emanados é inalienável.

n – Da Divina Essência que Deus é, dela os Seus chamados filhos também são. E toda centelha emanada num tempo, terá de realizar o seu processo evolutivo para vir a ser UNA. Ninguém deixará de retornar à UNIDADE ESSENCIAL, em equidade vibracional. Entendam: em equidade vibracional!

o – Os Cristos, ou Verbos Divinos, ou Elos Divinos, como os chamais, nada mais são do que centelhas a tais níveis evoluídos ou unas com o Princípio. Procurem ler tudo sobre as palavras bíblicas, quando dizem: VÓS SOIS DEUSES, OU QUE DEUS É ESPÍRITO E VERDADE E SEUS FILHOS DEVEM VIR A SER O MESMO.

p – Leiam com muita atenção, neste livrete, o capítulo MINUTA EVOLUTIVA SINTÉTICA. É minúsculo na forma, porém é infinito na essência, porque contém a CHAVE DE TODA A SABEDORIA INICIÁTICA. E faça que outros também o conheçam!

q – O que devem ler os que adentram uma sessão de passes, radiações e curas? Devem ler de tudo, sem nunca dogmatizar ou se escravizar a coisa alguma, sejam homens, livros, instituições etc. O grau de cultura, portanto o de assimilação, varia muito de pessoa para pessoa, sendo menos interessante aconselhar leituras estas ou aquelas. Leiam de tudo e saibam separar entre alhos e bugalhos.

A Revelação é acima de Cleros


e Religiões
Na vida de todos os antigos Grandes Iniciados pontificaram os fenômenos mediúnicos, espíritas ou teofânicos; procure conhecer, não vá na onda daqueles que tiram proveitos da ignorância das gentes, fora ou dentro do Espiritismo.

Moisés recebeu a Lei de Deus por via mediúnica; e a Lei nunca foi madrinha de cleresias, religiosismos, panelas e panelinhas etc.

A vida de Jesus deve ser estudada e imitada; ela é todo um programa de feitos e fatos mediúnicos, desde antes do Seu nascimento. Saiba e diga isso a todos.

Os sinais e prodígios, ou fenômenos mediúnicos, teofânicos ou proféticos, ou espíritas, constituem o TESTEMUNHO DA EXCELSA DOUTRINA DO CAMINHO, deixada viva por JESUS CRISTO. Só aos parvos ou portadores de má-fé se admite que não respeitem a VERDADE DOS TEXTOS BÍBLICOS.

Se JESUS viesse ao plano carnal, para fabricar mais um clero, seria o mais tolo de todos os homens, pois dessas porcarias idólatras e politiqueiras a Humanidade sempre esteve cheia. Na Lei de DEUS, na Divina Modelagem de JESUS CRISTO e no cultivo sadio da Revelação não cabem os que exploram os ignorantes com os seus simulacros, discursozinhos histéricos, aparências de culto, fanatismos por homens e livros etc.

Quando os homens forjam religiões, sectarismos, camarilhas, igrejinhas, panelas e panelinhas, para fins politiqueiros, mandonistas, ou quaisquer interesses de pança, bolso, estômago, sexo, orgulho, egoísmo, ciúmes, vaidades etc., certamente a falsa bondade e a falsa ciência prevalecem. E costumam prevalecer através de inquisições, perseguições, calúnias, falsidades, traições etc. A verdadeira autoridade espiritual jamais se comprova através de rótulos, de títulos forjados por homens, ou de formulismos e idolatrias; ela só pode ser provada com a vivência da Lei de Deus, com a imitação do CRISTO-Exemplar e com o cultivo sadio da Revelação.

Também, APRENDENDO a ler a Bíblia, todos ficarão sabendo o que é o Consolador, o Ministério da Revelação, a Comunicabilidade dos Anjos, Espíritos ou Almas, e não baboseiras mentirosas e exploradoras que os cleros fazem questão de impor aos tolos, precisamente para explorá-los. E saberão, também, que JESUS jamais prometeu Consolador algum para dezoito ou vinte séculos depois... Os três livros indicados tudo ensinam, sobre isso tudo e muito mais ainda, como foi profetizado que aconteceria. Leiam e aprendam o que DEUS vos manda dizer no tempo certo.

Oração a Bezerra de Menezes


Nós Te rogamos, Pai de Infinita Bondade e Justiça, as graças de Jesus Cristo, através de Bezerra de Menezes e suas legiões de companheiros. Que eles nos assistam, Senhor, consolando os aflitos, curando aqueles que se tornem merecedores, confortando aqueles que tiverem suas provas e expiações a passar, esclarecendo aos que desejarem conhecer a Verdade e assistindo a todos quantos apelam ao Teu Infinito Amor.

Jesus, Divino Portador da Graça e da Verdade, estende Tuas mãos dadivosas em socorro daqueles que Te reconhecem o Despenseiro Fiel e Prudente; faze-o, Divino Modelo, através de Tuas legiões consoladoras, de Teus Santos Espíritos, a fim de que a Fé se eleve, a Esperança aumente, a Bondade se expanda e o Amor triunfe sobre todas as coisas.

Bezerra de Menezes, Apóstolo do Bem e da Paz, amigo dos humildes e dos enfermos, movimenta as tuas falanges amigas em benefício daqueles que sofrem, sejam males físicos ou espirituais. Santos Espíritos, dignos obreiros do Senhor, derramai as graças e as curas sobre a humanidade sofredora, a fim de que as criaturas se tornem amigas da Paz e do Conhecimento, da Harmonia e do Perdão, semeando pelo mundo os Divinos Exemplos de Jesus Cristo.

Oração a Maria


Meiga filha do Eterno Pai, amparai aos que peregrinam os rincões inferiores da vida, para que neles aflore o desejo de Conhecimento, Certeza e Bondade, deixando de parte as idolatrias, os paganismos, os ritualismos e todas as formas inferiores de culto espiritual.

Anjo tutelar das legiões que socorrem nas trevas e nos lugares de dor, atendei ao clamor daqueles que, arrependidos, anseiam reencontrar o Caminho da Verdade que livra.

Doce Mensageira do Amor, derramai vossa ternura maternal sobre os corações aflitos, para que se elevem às alturas do trabalho redentor.

Senhora Eleita, inspirai o sentimento da Verdade, do Amor e da Virtude nos corações de todos aqueles que tendem aos desatinos do mundo, para que não desçam aos lugares de pranto e ranger dos dentes.

Levantai, ó Senhora, dos abismos tenebrosos, a todos quantos erraram por causa dos fanatismos religiosos.

Intercedei, ó meiga estrela, por aqueles que, esquecidos da Lei e olvidados de Jesus Cristo, mergulharam nos lugares de sombra e de dor.

Ó ternura, ponde sentimento de pureza em todos os corações femininos, para que se convertam em verdadeiros anjos guardiães.

Sede a luz, ó Maria, daqueles olhos que não podem ver.

Amparai, ó Senhora, aos que fraquejam ao longo dos caminhos da vida.

Ouvi, ó Símbolo das Mães, a voz dos que não podem falar.

Enxugai a lágrima, ó meiga irmã, daqueles que padecem falta de misericórdia.

Dominadora de paixões, sede o anjo guardião, daqueles que temem resvalar nas vielas do pecado.

Consoladora dos aflitos, ungi com o Bálsamo do Amor aos que se encontram de coração angustiado.

Guiai os passos, ó doce amiga, dos que tendem a desanimar em face das torturas do mundo.

Depositai, ó Maria, em todos os corações, o sentimento de igualdade perante as leis que regem o Universo Infinito.

Conduzi ao pórtico da Verdade, ó candura, a quem se encontrar perambulando pelos caminhos da inverdade e do crime.

Envolvei com o vosso azulino manto, ó Maria, a todos aqueles que procuram as verdades eternas, perfeitas e imutáveis de Deus, através da Divina Modelagem de Jesus Cristo.

Apontai, ó luminosa estrela, ao Testamento da Moral, do Amor, da Revelação, da Sabedoria e da Virtude, para que todos os filhos do Altíssimo encontrem, de uma vez para sempre, os braços abertos do Divino Amigo.

Oração para a Fluidificação da Água
Peço a Deus, o Princípio Onipresente, Onisciente e Onipotente, e ao Cristo Planetário, forças para as Legiões Angélicas ou Mensageiras, para que possam lutar contra o Mal, em qualquer forma que se apresente, e vencê-lo.

Como não existe merecimento, fora do respeito à Verdade, ao Amor e à Virtude, prometo aplicar esforços no sentido de viver a Lei de Deus, compreender e imitar o Verbo Exemplar e cultivar nobremente os Dons do Espírito Santo, Carismas ou Mediunidades, sem os quais não pode haver a Consoladora Revelação.

Rogo a Deus, que enviou o Verbo Modelo, para entregar o Glorioso Pentecoste, ou Derrame de Dons Mediúnicos para toda a carne, para que a Humanidade tenha realmente dignos medianeiros, que dêem de graça o de graça recebido, nutrindo verdadeiro respeito à Doutrina do Caminho.

Como encarnado, sujeito a necessidades, doenças, dores, aflições, e também sujeito à morte física e responsabilidade perante a Justiça Divina, rogo o dom do bom discernimento espiritual, assim como rogo, para o corpo, as energias e os fluídos a serem depositados nesta água.

E como quem tanto necessita e roga, reconhecido agradeço a Deus, às Legiões Angélicas e Socorristas e ao meu Espírito Guia ou Anjo Guardião.

Oração dos Pretos Velhos


Ao Sagrado Princípio do Todo invocamos, do mais íntimo de nossa Consciência, em sinal de reverência à Verdade, ao Amor e à Virtude, propositando cooperar junto às Legiões de Pretos Velhos, Índios, Hindus e Caboclos, para os serviços que são chamados a desempenhar na Ordem Doutrinária.

Ao Cristo apelamos, como Diretor Planetário e Senhor dos Sete Escalões em que se distribui a Humanidade Terrestre, composta de encarnados e desencarnados, desejando oferecer colaboração eficiente, de caráter fraterno, em defesa da Verdade e da Justiça, contra aqueles que, contrariando os Sagrados Objetivos da Vida, se entregam aos atos que contradizem a Lei de Deus.

Conscientes da integridade da Justiça Divina, afirmamos a mais fiel e intensa observância dos Mandamentos da Lei, conforme o Divino Exemplo do Verbo Exemplar, para todos os efeitos invocativos. Acima de alternativas constituirá barreira contra o Mal, em qualquer sentido em que se apresente, venha de onde vier, seja contra quem for, conquanto que, em defesa da Verdade, do Bem e do Bom.

Conseqüentemente, que aos bondosos Pretos Velhos seja dado refletir, em seus trabalhos, os sábios e santos desígnios daqueles que, traduzindo a Divina Tutela do Cristo Planetário, assim determinarem das Altas Esferas da Vida.

Que as legiões de Índios, simples, espontâneas e valorosas, sempre maravilhosamente ligadas à natureza exuberante, possam agir sob a direção benévola e rigorosa dos Altos Mentores da Vida Planetária. Lutando pela Ordem e pelo Bem, pelo progresso no seio do Amor, que tenham de Deus as graças devidas.

Que às numerosas legiões de Hindus, profundamente ligadas às mais remotas Civilizações do Planeta, formando portanto nas Altas Cortes da Hierarquia Terrestre, sejam concedidas pelo Senhor Planetário as devidas oportunidades, para que forcem, sustentem e imponham a Suprema Autoridade. Que nesta hora cíclica, em que a Terra transita de uma para outra Era, as Mentes humanas possam receber os eflúvios da Pureza e da Sabedoria, a fim de que sintam os Divinos Apelos do Cristo, em favor dos Santos Desígnios do Pai amantíssimo, que é a divinização de todos os filhos.

Que as legiões de Caboclos, humildes e bondosos, tão ligadas aos que peregrinam a encarnação, para efeito de expiações, missões e provas, a todos possam envolver, proteger e sustentar, desde que se esforcem a bem da Moral, do Amor, da Revelação, da Sabedoria e da Virtude, pois que, fora dessa Ordem Doutrinária, não há Evangelho.

O Encontro Marcado


Todos têm encontro marcado com a desencarnação... São felizes aqueles que, na hora exata, permanecem de consciência tranqüila... Como isto não é dado de graça a ninguém, porque não existem salvadores gratuitos, ou lavadores de pecados alheios, importa tomar muito cuidado.

No capítulo 22, do Apocalipse, termina a Bíblia... Por isso mesmo, sobre a Lei de Deus e a Divina Modelagem de Jesus Cristo, ele adverte como deve fazê-lo... É normal que os inteligentes e honestos procurem estar com ele, isto é, com as suas advertências.

Porque o mundo nunca será sem Deus... A Humanidade jamais deixará de ser responsável... A Justiça Divina jamais falhará... Portanto, convidamos aos sensatos, no sentido de que deixem de querer resolver os problemas de Deus... Resolvam os seus, que é quanto basta...

Quem tem encontro marcado consigo mesmo, depois da desencarnação, faz bem em ser prudente...

Marchando para fora, do Planeta ou da Matéria, estareis marchando para a Casa Cósmica que nunca deixou de ser vossa... O importante é marchar para dentro, em termos de Verdade, Amor e Virtude, até realizar a União Total com o Divino Centro Emanador, que é Deus, participando integralmente de Sua Divina Essência. Quem tem encontro marcado consigo mesmo, através da Desencarnação, não pode perder tempo com superficialidades ou fanatismos religiosistas. Espiritismo é muito mais do que aquilo que já sabeis.

Minuta Evolutiva Sintética


1 – No princípio tudo é Espírito ou Essência Divina.

2 – Da Essência Divina tudo parte, seja o espiritual ou o material.

3 – As centelhas espirituais são emanadas em estado de simplicidade absoluta, contendo as Virtudes Divinas em potencial; com o desabrochamento, no seio dos mundos e intermundos, enfrentando condições e situações, é que desabrocha e torna a ser parte integrante da Unidade Essencial, ou Deus, em equidade vibracional.

4 – A matéria começa no Espírito, em termos de gama, vem a ser Luz Divina, Energia, Éter, Substância, Gás, Vapor, Líquido e Sólido. Depois do Espírito Essencial, lembrai-vos, tudo é gama, nada é realmente simples. Só em Deus, ou na Unidade Fundamental, é que a Unidade permanece, como simples, não complexa.

5 – Os espíritos e os planetas estão sujeitos à lei de origem, evolução e finalidade. Importa, sempre, considerar os fatores – leis, elementos e fatos.

6 – Deus, ou o Princípio, não responde pela ignorância da centelha espiritual, pelos seus conceitos. Para melhor conceituar, é necessário evoluir.

7 – Leis fundamentais regem os fenômenos da matéria, e leis morais regem os fenômenos espirituais, mas, nos fundamentos, tudo se encerra numa só Lei. Na Unidade tudo é, movimenta e atinge a finalidade.

8 – Pensai nos Altos Espíritos, ou Cristos, e tereis o início dos movimentos inteligentes que originam o aparecimento dos planetas. Nada sem inteligência!

9 – Pensai na evolução normal, através dos mundos e intermundos, e tereis a explicação da cristificação das centelhas, isto é, dos espíritos.

10 – Nenhum espírito, da vossa história ou do vosso conhecimento, representa ou é totalmente UNO AO PRINCÍPIO. Não podeis, ainda, compreender a UNIÃO TOTAL, a reintegração total da centelha, no Princípio ou Deus.

11 – Entendendo ou não, VÓS SOIS DEUSES.

12 – Nos devidos tempos, tereis as devidas informações, porque Deus não falha e a Administração Planetária funciona normalmente.

13 – Deus e a Administração Planetária não falham, porém dão tempo, para que as centelhas, com os acontecimentos da vida, despertem para a Realidade Fundamental, isto é, para si mesmas. Procurai entender.

14 – Muito antes dos três reinos, mineral, vegetal e animal, a centelha emanada pelo Princípio, ou Deus, já movimentava, já desabrochava. Centenas de milhões de anos desabrocha, até atingir o primata humano.

15 – Depois de atingir ao que chamais razão, ou inteligência, ou capacidade de raciocínio, tudo desabrocha mais depressa.

16 – O intercâmbio entre encarnados e desencarnados é simples, há em todos os níveis da escala biológica, mas, entendei bem, a melhor consciência disso, advém da melhor evolução atingida.

17 – No plano dos encarnados misturam-se espíritos dos mais variantes graus evolutivos, para que haja possibilidades de trabalho e evolução para todos. Isso já não ocorre no plano espiritual, a não ser em condições bem mais restritas.

18 – Em Deus não existem milagres, mistérios ou enigmas, mas sim leis, elementos e fatos. Mas existiriam os cleros, sem haver ignorâncias, erros e ridículos?

19 – Não foram mais do que dez, até ao presente, os verdadeiros Grandes Iniciados que encarnaram entre vós, num curso de mais de duzentos e quarenta mil anos. Depois vieram os fabricantes de religiões, tribofes, igrejinhas etc.

20 – Os Grandes Iniciados ensinaram VERDADES FUNDAMENTAIS, jamais fundaram religiões. Depois vieram vultos menores, com os seus altos e baixos normais, e andaram fundando religiões, cleresias, sectarismos, politiquismos etc.

21 – Em tudo quanto foi ensinado, ou do seio de tudo isso, dois pólos fundamentais, de ORDEM MORAL, serão eternamente salientes: A LEI DE DEUS e a DIVINA EXEMPLIFICAÇÃO DE JESUS CRISTO. Tudo o que for contra será esmigalhado, porque jamais alguém triunfará espiritualmente fora da DIVINA ORDEM MORAL.

22 – O homem descobre, aos poucos e sofrendo muito, aquilo mesmo que em Deus é eterno, perfeito e imutável. O melhor a descobrir é a Consciência da Unidade.

23 – Entender é uma coisa, ser, é coisa totalmente diferente. Realizai-vos!

24 – Moisés e Jesus encarnaram ao mesmo tempo; João Batista repetiu a importância fundamental da Lei de Deus, ou da Justiça Divina, e o Cristo Modelo deixou a Divina Modelagem. Representam os dois pólos da Divina Ordem Moral.

25 – Ninguém jamais foi, nem jamais será redentor ou salvador gratuito de quem quer que seja. Cuidado com as patifarias clericais, com as suas mentiras.

26 – Todos têm as mesmas oportunidades, e todos deverão realizar, em si, aquele Reino Interior, ou o Vós Sois Deuses, que não virá com mostras exteriores.

27 – Confundir INICIAÇÕES com religiões é obra de ignorantes ou de loucos.

28 – A VERDADE não precisa de advogados ou padrinhos, e sim de trabalhadores ou exemplificadores. Deus não é escravo de teologias, maquinações etc.

29 – Quem mais sabe é apenas mais responsável, nada mais.

30 – Cristos, ou Administradores de mundos e humanidades, não fabricam leis, mas apenas as aplicam. Só na UNIDADE TOTAL há sabedoria e autoridade totais.

31 – Acabai com os cleros, se quiserdes acabar com os erros maiores, em termos de Ciência Espiritual Fundamental. Porém, mesmo acabando com eles, nos meios doutrinários aparecerão as camarilhas, os ignorantes fantasiados de donos das Verdades Iniciáticas.

32 – Nada sabeis ao certo, sobre Moisés, ou o transmissor da Lei de Deus, porque Saul destruiu os documentos, e tudo foi, mais de quatrocentos anos depois, reescrito segundo as opiniões e conversas de algumas pessoas. O caráter iniciático do Gênese perdeu-se totalmente.

33 – O Evangelho de Jesus, o Cristo Modelo, é o mesmo Jesus. Cuidado, muito cuidado com aqueles que, em nome de Jesus, inventam formalismos e formulismos, ou fazem discursos histéricos etc. Procurai imitar o Modelo! Reproduzi os feitos de Jesus! Vivei a Lei de Deus e cultivai a comunicabilidade dos anjos, espíritos ou almas, assim como Moisés e Jesus o fizeram.

34 – Procurai conhecer tudo sobre Rama, os Budas, os Vedas, Hermes, Zoroastro, Orfeu, Crisna, Moisés, Pitágoras, Jesus, Apóstolos, Maomé etc. Procurai entender, para discernir, entre as Verdades Divinas e as condições humanas, em todos eles. Quem tem que agenciar as Verdades Divinas são os homens, e os homens falham, uns mais e outros menos. Também, considerai o missionário no seio do seu tempo e da sua gente etc. O fanatismo kardecista é ultra-criminoso.

35 – Muita coisa que passa por TUDO, perante os tolos em termos de obras doutrinárias ou mediúnicas, nem sequer serve de abecedário, perante a VERDADE TOTAL OU DIVINA. Cuidado com os ignorantes que tudo aceitam, porém muito mais cuidado ainda, com as camarilhas mandonistas, politiqueiras etc.

36 – A Codificação se afirma obra incompleta, falha e omissa, e marca a volta de Kardec, para terminar a restauração do Cristianismo; entretanto, há muita gente dogmatizando sobre os erros, as falhas e os ridículos da Codificação, porque com isso defendem seus interesses subalternos, orgulhos, vaidades, ciúmes etc.

37 – Boas intenções não significam felizes soluções.

38 – Nenhum homem, encarnado ou desencarnado, é mais do que a Lei de Deus e a Divina Modelagem de Jesus Cristo.

39 – Há espíritos medíocres, derramando escritos ou comunicações; mas o pior é que há encarnados, que atribuem a tais mediocridades o caráter de Sabedoria Divina etc. Convidamos a não perder o senso do ridículo, para evitar o erro.

40 – Seja como for, a importância está na edificação do Cristo Interno, que não virá de fora. Por isso Jesus sentenciou – DAI DIGNOS FRUTOS PELO EXEMPLO.

41 – Infinitas são as verdadezinhas relativas, mas, UMA SÓ É A ESSENCIAL.

42 – Muitos são os que se prejudicam, por deixarem de parte a ÚNICA VERDADE ESSENCIAL, e se atirarem no torvelinho das verdadezinhas rasteiras. Daí surtem os fanatismos por homens, livrecos, instituições, tudo aquilo que beneficia igrejinhas, súcias e panelinhas, com os seus politiquismos e suas prepotências mandonistas, e tudo falsamente acobertado com o




1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   17


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal