O que Estás Esperando



Baixar 0.61 Mb.
Página1/2
Encontro07.10.2019
Tamanho0.61 Mb.
  1   2




Sermões que Preguei

Por Paulo Lopes


O Que Estás Esperando

João 5: 1- 15



Introdução:
O clima é de festa, de alegria. As multidões se espremem nas praças tomadas de grande exultação.

O texto narra que Jesus também foi a esta festa. Porque Jesus se alegra com os que se alegram, Jesus tem prazer na festa, na alegria, e na satisfação do seu povo.

Mas no meio daquela festa, Jesus toma a direção do Tanque de Betesda. E ali no Tanque de Betesda havia uma outra multidão, que se encontrava em outro clima; numa outra situação, num outro ambiente. Ambiente de dor, ambiente de perda, ambiente de tristeza, ambiente de derrota e fracasso.

Tanque de Betesda significa literalmente “Casa das águas que fluem” ou “Casa da misericórdia”.

Quando olho para o Tanque de Betesda, onde se encontravam cegos, coxos, paralíticos... Vejo muita gente ali doente emocionalmente, fisicamente, moralmente, espiritualmente.

Algo que impressiona neste texto, é que aquela multidão estava ali no Tanque de Betesda, Sabe por quê? Havia uma ponta de esperança para eles.

Sim! Acreditava-se que um anjo descia naquele lugar e agitava as águas do Tanque e o primeiro que pulava ou se lançava no tanque era curado.

O povo sempre busca a sua chance de libertação, de cura e de respostas para seus problemas.

As multidões se acotovelam em torno de qualquer proposta de solução para a sua vida. É por isso que o povo estava lá, esperando uma solução, esperando uma saída, uma resposta divina; uma intervenção miraculosa.

Assim como o povo estava lá no Tanque de Betesda, esperando algo, talvez nesta noite muitos de nós estejamos esperando algo de Deus.

E é por isso que vamos refletir no seguinte tema: “O QUE ESTÁS ESPERANDO?”

Baseado neste tema destacamos três atitudes de Jesus em relação àquele paralítico:




  1. JESUS VÊ O QUE NOSSOS OLHOS NÃO PODEM ENXERGAR (v. 3).

Jesus andando por aquele tanque viu tanta gente gemendo, chorando, sofrendo, desesperada, cegos, aleijados, sucatas humanas.

De repente Jesus olha e vê um homem paralítico; faz uma leitura da vida deste homem, como afirma o salmista, no Salmo 139.16: “Os teus olhos me viram a substância ainda informe, e no teu livro foram escritos todos os meus dias, cada um deles escrito e determinado, quando nem um deles havia ainda”.

Jesus percebe o perfil deste homem: aleijado há 38 anos; deformado; atrofiado; corpo mirrado; sucateado pelo desespero, pela dor e pela enfermidade.
Uma verdadeira maquete de desesperança; um protótipo da ruína do ser humano.

Jesus viu aquele homem, o sondou, o conheceu, mergulhou no seu passado, recuou na sua juventude. Observe que se lermos o versículo de João 5.14, aquele homem estava daquele jeito por causa de um erro no passado, devido às más escolhas, a uma vida desregrada.

Um pecado não resolvido que agitava a mente perturbando a consciência e tornando infrutífera a vida.

Esse era o maior problema deste homem. Mas Jesus o viu, o conheceu, o sondou, investigou a sua alma.

Quero dizer nesta noite que Jesus está olhando para nossa vida também. Ele nos conhece, Ele sabe o nosso nome, sabe da nossa história, o nosso passado, os nossos segredos, as coisas mais ocultas do nosso ser, aquilo que escondemos de todo mundo, Ele pesa e sonda o que está por detrás do véu do nosso coração.

Poderemos nos tapear; nos enganarmos; enganarmos nossa consciência. Quero dizer algo, e espero que você não esqueça jamais: Jesus conhece nossa vida, os nossos pecados, as nossas famílias, nossos casamentos, nossas emoções, consciências, crises e traumas, e assim mesmo Ele nos ama e não desiste de nós!





  1. JESUS SE COMPADECE DE NÓS (v. 6)

A situação daquele homem estava tão complicada que ele não procurou a Jesus. Não estava pedindo nada. Estava em terrível prostração, numa desesperança descomunal, conformado com sua tragédia de tal maneira, que não pede nada.

Quem o aborda é Jesus. Quem inicia o diálogo é Jesus. Quem o toca é Jesus. Quem o vê é Jesus.

Queridos, quero dizer nesta noite que, muitos de nós, talvez estejamos nesta situação.

Quem sabe estejamos descrentes de uma solução!

Nós não cremos que Deus pode intervir!

Talvez um pecado, um vício que nós tentamos deixar tantas vezes...

Já tentamos pular na água tantas vezes, mas alguém pula na nossa frente. Vemos pessoas sendo curadas do nosso lado. Gente se convertendo a nossa direita e esquerda. Gente largando o pecado, o vício, acertando a vida, e nós continuamos nos afundando, nos atolando no pecado, no vício. Talvez chegamos a ponto de questionarmos: “Pra mim não tem mais jeito, pra mim não tem mais solução, não tem mais saída, pra mim não há respostas”.

Por isso Jesus olha para aquele homem paralítico e lhe faz uma pergunta: “Queres ser curado?”

A resposta dele é categórica: “Senhor, eu não tenho ninguém! Ninguém! Pra mim não tem mais jeito. Eu não tenho amigos. Não tenho família. Eu não tenho pessoas que se interessem por mim. Eu estou sozinho na vida. Estou curtindo a minha dor a sós. Cheguei ao fim do poço”.

Talvez seja o nosso retrato, mas eu quero lhes dizer agora duas coisas importantes:




  1. – Se você se sente só, saiba que Jesus está ao seu lado: => Isaías 41: 17;

  2. – Se você se sente desamparado, saiba que Jesus coloca você de pé: => Isaías 41.13.




  1. JESUS CRISTO AGE COM PODER EM NOSSA VIDA (v.8)

O Senhor olhou para aquele homem e fez uma pergunta ímpar, bastante gloriosa: Queres ser curado? Em outras palavras: “Você se importa com o seu problema o suficiente para fazer alguma coisa a respeito, mesmo que isso exija alguma ação, esforço, sacrifício, ou até de renúncia de sua parte?”.

Havia algumas barreiras que impediam e escravizavam aquele homem de receber a cura, tornando a sua vida estática, irreversível e prejudicial. São elas:



  • O momento em que a água era agitada;

  • Somente um doente era curado;

  • Para ser curado tinha de ser o primeiro;

  • Aquele homem não tinha quem o ajudasse.


Conclusão:

O paralítico esperava que algo especial lhe acontecesse.

Diante daquele tanque, esperando o mover sobrenatural, aguardou por trinta e oito anos o poder divino promover uma mudança à sua vida.

Quem sabe este não é o retrato de alguns de nós? Quantas vezes temos tentado nos mover em direção às águas do rio de Deus, mas, enfraquecidos e sem perspectivas, estamos tal e qual o paralítico?



Não devemos esquecer que:

1 – Jesus vê o que nossos olhos não podem enxergar;

2 – Jesus se compadece de nós;

3 – Jesus age com poder em nossas vidas.

Talvez nossa perspectiva esteja idêntica ao paralítico, pois ele:


  • Estava conformado com sua posição de prostrado, devido às inúmeras tentativas. “Quem sabe? Um dia irei ser curado. E Jesus, ali no Tanque de Betesda ver o sofrimento do paralítico”.

  • Ele ficou esperançoso, diante da proposta de Jesus: “QUERES SER CURADO?” Opa ! Chegou a minha vez! Alguém se compadeceu de mim! Jesus com o seu infinito amor se compadece do paralítico.

  • Ele ficou curado. Quando obedeceu a ordem profética e a ação restauradora de Jesus: “Levanta-te. Toma o teu leito e anda”.

Em nome de Jesus eu te desafio nesta hora, a vir aqui à frente para orarmos juntos e sermos ministrados pelo Espírito Santo, pois é ele que efetua o querer como o realizar.

Andando na Luz

(I Jo. 1: 5 – 10).

Sugestão: “Apagar As Luzes por alguns Segundos”.
A LUZ é maravilhosa! Ela nos alegra, nos anima e nos acalma!

Já a ESCURIDÃO, está ligada às coisas más e pouco recomendáveis!

A chegada da luz do dia faz com que as pessoas despertem e se movimentem.

Com a chegada da noite, acontece justamente o contrário: As pessoas procuram abrigarem-se em casa.

Ao levantarmos uma pedra no jardim pela manhã, a LUZ do sol começa a invadir aquele ponto escuro e muitas criaturas fogem apressadas.

Sabe o que aconteceu?

A LUZ as deixou expostas! Essas criaturas têm ódio da LUZ!

Precisamos ter coragem de nos colocarmos sob a LUZ da Palavra de Deus.

Amados a LUZ de Deus não só nos expõe como também cura, liberta e salva.

Queridos, a Luz de Deus é Jesus!

Vejamos em Jo. 8: 12.
JESUS É A LUZ DO MUNDO (Jo. 8: 12).

A palavra MUNDO aqui é abrangente: Humanidade de um modo geral ou grupo dos que não têm Jesus como seu Salvador e Mestre.

O primeiro impacto da LUZ no coração humano é revelar a fraqueza do homem e a sua natureza pecaminosa.

É por isso que o Senhor Jesus requer, em primeiro lugar, ARREPENDIMENTO (Mt. 4: 17).

Mas, será que só os incrédulos precisam de arrependimento?

Quanto mais andarmos com Jesus, a Sua LUZ irá nos revelar o quanto precisamos nos arrepender de nossos maus atos.

Vamos pensar...


  1. Do que devo me arrepender hoje?

  2. Tenho mais interesse na pureza que Cristo requer de mim, ou nos prazeres que o mundo me tem oferecido?

  3. Tenho resistido às ofertas de Faraó ou ao Espírito Santo?


VOCÊ É A LUZ DO MUNDO (Mt. 5: 14 e 16).

Jesus é a LUZ do mundo!

Aquele que é a LUZ nos diz que nós somos a LUZ do mundo!

Como isto é possível?

Observemos uma lâmpada: não possui luz própria, mas pode recebê-la da fonte de energia e refleti-la.

O que somos afinal: Lâmpadas ou LUZ?

Amados, só poderemos ser LUZ para o mundo se recebermos a LUZ de Cristo que gerará em nós uma fonte inesgotável de energia fazendo-nos refletir a sua própria Glória!
Vamos pensar: Qual tem sido o nosso propósito de vida?


  1. Refletir a Luz de Jesus Cristo?

  2. Viver uma vida de completa escuridão espiritual?

  3. Queremos possuir interiormente trevas ou luz?

O Senhor requer que andemos na LUZ...


ANDAR NA LUZ (I Jo.1:5).

Sabe por quê?

Em Deus não há trevas!

Ao andarmos com Deus, diariamente Ele irá remover a escuridão de nossas vidas.

É necessário que atentemos para um detalhe que muitas vezes nos passa despercebido. João dá ênfase aos olhos nos versos de 1 a 3, dizendo:

“... temos visto; contemplamos; o que vimos e ouvimos”.

João contemplava a Luz que era também a Palavra de Deus e a Palavra da Vida. Jesus é a Palavra, Ele é o Verbo de Deus.

Quando estou em comunhão com Cristo, ando em novidade de vida. “Conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará” (Jo. 8: 32).

É o próprio Jesus que diz: “... a boca fala do que está cheio o coração” (Mt. 12: 34).

Com o que você tem enchido o seu coração? A recomendação do apostolo Paulo é: “Enchei-vos...” (Ef. 5:18).

Amados irmãos, o pecado interrompe a comunhão com Deus. Pecado é desobediência.

Mas, felizmente, não precisamos carregar essa culpa.

Não devemos permitir que a culpa se acumule;

Ao contrário, devemos nos colocar ao lado de Deus contra o pecado; confessando-o, logo que o detectarmos, e verdadeiramente arrependidos pedir perdão a Deus.

O próximo passo é agradecer a Deus pelo perdão concedido, porque Ele é Fiel e Sua presença misericordiosa é constante em nossas vidas.

Garante-nos a Palavra de Deus em 1 Jo. 1: 9 “Se confessarmos os nossos pecados...”.


Querido irmão:


  1. Não permita que suas dívidas se acumulem;

  2. Jesus já pagou todas as nossas dívidas, ao morrer por mim e por você na Cruz do Calvário;

  3. Decida-se hoje por estar na Luz de Cristo.


CONCLUSÃO:

A Palavra de Deus nos garante que Jesus é a Luz do mundo;

Também nos garante que o Senhor Jesus nos afirma que nós somos a Luz do mundo.

Amado irmão resta agora andarmos como Luz e não como lâmpadas.

Ao iniciarmos esta mensagem levantamos uma pedra neste lugar; A LUZ de Cristo invadiu aquele ponto mais escuro de nossas vidas e muitas coisas o Espírito Santo nos revelou.

Sabe o que aconteceu?

A LUZ as deixou expostas! E essas criaturas têm ódio da LUZ!

Precisamos ter coragem de nos colocarmos sob a LUZ da Palavra de Deus. Precisamos nos arrepender de nossos maus passos.

Precisamos ter coragem de sob a Luz de Cristo, permitir que o Espírito Santo nos leve ao arrependimento.

Não permita que suas dívidas se acumulem;

Jesus já pagou todas as nossas dívidas, ao morrer por mim e por você na Cruz do Calvário;

Precisamos agir com coragem e confessar os nossos pecados.

Precisamos viver corajosamente na LUZ que revela toda a imundície do pecado.

Diga SIM para Jesus e um sonoro NÃO para o Diabo.

Decida-se hoje por estar na Luz de Cristo.

Que o Senhor nos Abençoe!


Jesus, o Pastor Infalível

(Jo. 10.1 – 16)



  1. Introdução:

Durante a II Guerra Mundial, chamava-se de pastor um piloto que guiava outro piloto de volta à base ou porta-aviões, cujo avião estava parcialmente danificado, voando lado a lado para manter contato visual.

No oriente, as tarefas do pastor eram:

1- ficar atentos aos inimigos que tentavam atacar o rebanho.

2 - defender o rebanho dos agressores.

3 - curar a ovelha ferida e doente.

4 - achar e salvar a ovelha perdida ou presa em armadilha.

5 - amar o rebanho, compartilhando sua vida e desta forma ganhando a sua confiança

O Título apresentado pelo evangelista João, para este capítulo é: Jesus, o Bom Pastor;

O seu ensino principal trata sobre o caráter da atividade salvífica de Jesus.

O salmista Davi no salmo 23. 1 declara ser Deus o Pastor que além de prover a segurança, a proteção... ; enfim, dá-nos a garantia de que nada faltará às ovelhas de seu rebanho.

Isaías descreve no cap. 40. versículo11 Deus como o Pastor que toma em seus braços os cordeirinhos, a fim de protegê-los; e, que não deixará nunca de cuidar de cada uma de suas ovelhas de um modo particular; pois Ele conhece as necessidades de cada um de nós.

Zacarias descreve no cap. 13, versículo 7, numa perspectiva profética, o Pastor-Messias divinamente escolhido e que sofre: Jesus é este messias! Ele é o Pastor que sofreu em favor de suas ovelhas.

No texto que lemos, Jesus apresenta o seu ministério como a obra de um pastor de ovelhas. Nos versículos 11 e 14, o Mestre declara: “Eu sou o Bom Pastor...!”

Nesta declaração, Jesus vai muito mais longe do que as palavras possam querer traduzir; é como se Ele dissesse: “Eu sou para com todos aqueles que crêem em mim, o que um bom pastor é para as suas ovelhas: cuidadoso, vigilante e amoroso”.


Visualizando a Jesus como o Pastor, e nós como o seu rebanho, convido à reflexão do seguinte tema: JESUS, O PASTOR INFALÍVEL!
Jesus é o Pastor infalível por que:


  1. ELE CONHECE O SEU REBANHO (3, 14)

Essa frase tem uma dupla significação:

A – Conhecer por lhe pertencer:



    • O rebanho foi dado a Jesus pelo próprio Deus, e ninguém pode lhe tirar;

(28/29) – “Eu lhes dou a vida eterna;... ninguém as arrebatará da minha mão; Aquilo que meu Pai me deu é maior que tudo, e da mão do Pai ninguém pode arrebatar”.

B – Conhecer por entender:



  • O rebanho segue ao Pastor que entende todas as suas necessidades; Conduz o rebanho por lugares tranqüilos, alimentando e protegendo;

(3/4) – “... as ovelhas ouvem a sua voz, ele chama pelo nome as suas ovelhas e as conduz para fora. Depois de fazer sair todas, as que lhe pertencem, vai adiante delas, e elas o seguem porque lhe reconhecem a voz”.

  • Jesus conhece as suas ovelhas e é reconhecido como seu Pastor Infalível, porque há uma comunhão entre o rebanho e o pastor;

  1. poimen = Pastor – aquele ao qual lhe é submetido um rebanho a fim de que seja em todos os seus preceitos seguido.

Metáfora => descreve a Cristo como o Pastor.

  1. poimne = Rebanho de ovelhas

Metáfora =>do rebanho de Cristo, i.e., o conjunto daqueles que seguem a Jesus como seu guia e protetor

  • A Graça de Deus que elege, é também Graça Eficaz; Jesus o nosso Pastor infalível, conhece todas as suas ovelhas, e ao chamá-las pelo nome, revela-se de tal modo que elas o respondem.

  • Esteja você onde estiver; fazendo o que quer que seja... quando Ele chamar o seu nome, você o ouvirá e o reconhecerá como o seu Pastor.

Jesus é o nosso Pastor infalível por que:




  1. ELE PROTEGE O SEU REBANHO (11, 15)

Pastor é aquele que guarda, oferecendo proteção, amparo, favor, benevolência.

Mercenário é aquele que trabalha ou age com interesse único no pagamento que foi contratado. Em surgindo qualquer dificuldade, abandona o posto.

(12/13) – “O mercenário, que não é pastor, a quem não pertencem as ovelhas, vê vir o lobo, abandona as ovelhas e foge; então o lobo as arrebata e as dispersa. O mercenário foge, porque é mercenário e não tem cuidado com as ovelhas”.

aphiemi = Abandonar, negligenciar, partir de modo que o que é deixado fique para trás.

Metáfora => O rebanho é deixado e abandonado à sua própria sorte.

Jesus declara que Ele é o bom Pastor prometido nas profecias, conforme Isaías 40. 11; Ez. 34. 23, e tantas outras.

kalos = BOM; excelente, escolhido, apropriado, admirável; que conforta e dá suporte, que confere honra;

A principal característica de Jesus como o Bom Pastor é o conforto que oferece às suas ovelhas, conferindo honra a cada uma delas.
Jesus é o Pastor infalível por que:
3. ELE PROCURA AS OVELHAS PERDIDAS (16)


  • “Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco; também me convém agregar estas, e elas ouvirão a minha voz, e haverá um rebanho e um Pastor”.

  • O termo “outras ovelhas que não são deste aprisco” refere-se a todos aqueles que, eleitos por Deus desde a eternidade para fazer parte deste rebanho, andam vagando como ovelhas sem pastor.

APRISCO era entre os gregos do tempo de Homero, um espaço sem cobertura ao redor da casa, cercado por um muro, no qual estavam os abrigos para os animais. Daí, entre os orientais, aquele espaço aberto, sem telhado, cercado por um muro, em campo aberto, no qual ovelhas eram arrebanhadas durante a noite.

Notemos que APRISCO = localidade específica. Ex.: o aprisco da Igreja Presbiteriana em Padre Miguel;

Existem os CURRAIS também:

a)- Prostituição;

b)- Drogas;

c)- Homossexualismo; muitos outros...



  • Notemos, ainda que REBANHO = IGREJA DE CRISTO Universalmente falando.

  • O Senhor Jesus nos chama para compor o seu rebanho...

Conclusão:


Como já vimos, amados ouvintes, o Senhor Jesus é o Pastor Infalível!

Sim! É o Pastor que não pode falhar, porque Ele:



  • Conhece o Seu rebanho e é reconhecido por suas ovelhas: “Ele as chama pelo nome, e elas ouvem a sua voz....”

  • Protege o Seu rebanho, dando Sua vida por Suas ovelhas;

  • Procura as ovelhas perdidas do Seu rebanho. Ele tem controle sobre todas as ovelhas que lhe pertencem.

  • (10) – “O ladrão vem somente para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância”.

  • A Vida Eterna é dada somente àqueles que confiam em Jesus, como Seu Pastor infalível.

  • A vida que Jesus dá é única porque é eterna!

  • Ele dá essa vida em crescente abundância às suas ovelhas, que entram e saem no aprisco, e as conduz para os verdes pastos em segurança.

  • Você quer fazer parte deste rebanho?


Mulheres que surpreendem semeiam o

Amor gerando frutos de Harmonia, Paz e Felicidade
... pois, aquilo que o homem semear, isso também ceifará” (Gl 6. 7c)
Esta afirmação é feita pelo apóstolo Paulo logo após sua exposição aos gálatas sobre o que são as Obras da Carne e o Fruto do Espírito (Gl 5. 19 – 23). Observe como está escrito:

  1. As obras da carne são... Resultado dos desejos e ações humanas;

  2. O fruto do Espírito é... Resulto da Ação divina no homem.

Precisamos refletir em alguns argumentos do Apóstolo Paulo na passagem de Gl 5:

    1. Quem anda sob a direção do espírito Santo não satisfaz os desejos da carne;

    2. A carne é contra o Espírito e o Espírito é contra a carne: o desejo da carne é contrário ao Espírito Santo e o desejo do espírito santo é que o homem não dê lugar aos desejos da carne.

    3. Se somos guiados por Deus resistiremos aos desejos da carne e, por conseguinte, não praticaremos as obras da carne (19 – 21); antes, produziremos o fruto do Espírito Santo que é o AMOR (22).

Assim, quero propor uma experiência:

Peguemos sementes de:



  1. Amor perfeito gigante suíço amarelo;

  2. Cravina dobrada;

  3. Crisântemo dobrado.

A partir dessas sementes vamos plantá-las, acompanhar seu desenvolvimento até alcançarmos o produto final, as flores, que chamaremos de nosso objetivo.

Para isso é necessário conhecermos alguns passos sobre a semeadura.

Escolher o que vamos colher


  • Amor Perfeito, Cravina ou Crisântemo.

  • Não conseguiremos colher o que não tivermos plantado.

Preparar o terreno

  • Remexer a terra

  • Adubá-la com o adubo certo

  • Retirar ervas daninhas se surgirem

  • Usar com sabedoria o que gratuitamente nos é concedido por Deus: Sol, sombra, água

  • Deixar a terra descansar se necessário

Lançar a semente

  • Não é jogar de qualquer jeito, deixando-a prá lá

  • É cuidar com atenção e com os cuidados necessários

  • Regar no tempo e quantidade certos

  • Acompanhar o desenvolvimento diário

4º Alcançar o objetivo final

  • Obter o fruto de todo esse investimento: as Flores.

Vamos à nossa experiência? O que você quer colher? Vamos fazer nossa semeadura?

Escolha a sua semente, prepare a terra no recipiente, lance a semente, vamos regar, vamos acompanhar o desenvolvimento dessa operação se possível anotando, dia-a-dia, tudo o que formos observando até a chegada do resultado final.

Mulheres que surpreendem semeiam o AMOR gerando frutos de Paz, Harmonia e Felicidade.

Assim como fizermos com essa sementinha devemos proceder com nossas famílias. Como é nossa família?

Se não é do jeito que gostaríamos que fosse, o que fazer para alcançarmos a restauração de nossas famílias?



  1. ESCOLHA QUAL FAMÍLIA QUER TER

    1. Uma família equilibrada?

    2. Uma família que vive em harmonia?

    3. Ou “Tá na mão de Deus, Irmão!” e “Deus sabe de todas as coisas”?




  1. PREPARE O TERRENO

    1. Lc 6.43 – 45: Cuidado com o que alimenta o coração.

    2. Tg 3.2, 3, 5, 9 – 12: Cuidado com a língua.

    3. Tg 3.13 – 18: Falar só com sabedoria; caso contrário, cale-se!

    4. Mt 13.23: Ouvir e compreender o que se ouve; meditar, refletir e etc.

    5. 1Tm 4.12; Tt 2.7 e 8: Ser padrão; ser exemplo, modelo...




  1. LANCE A SEMENTE

    1. Dt. 22.9: Escolha a semente certa

    2. Ec 11.4 e 6: Investimento e dedicação

    3. Jr 4.3: Retirar as ervas daninhas

    4. Cl 3.12 – 17: Como cultivar, na visão de Deus




  1. REGUE DIARIAMENTE

    1. Cl 4. 5 e 6: Oração e Prudência




  1. PREPARE-SE PARA COLHER OS FRUTOS

    1. Sl 13 1 – 3: Frutos no viver dos justos

    2. MT 7.17, 18 e 20: Árvore boa, frutos bons

    3. MT 12.33 – Qual fruto queremos produzir?

Precisamos semear o AMOR em nossas famílias.

Só assim colheremos frutos de harmonia, paz e felicidade.

Então, que posição tomar?



  • Jo 15.4 e 5 – Sem relacionamento com Cristo jamais frutificaremos

  • Gl 5.22 e 23 – Semear o AMOR no Espírito

Semear o AMOR, em meio às nossas famílias, nos levará a colher frutos de harmonia, paz e felicidade. Se cuidarmos dela com o cuidado, dedicação e atenção devidas, iremos colher frutos de harmonia, paz e felicidade.

Deus nos abençoe e nos ajude a cultivar em meio às nossas famílias o AMOR.

BUSCAI AO SENHOR ENQUANTO SE PODE ACHAR...
Is 55.6 – 11:

6 – Buscai o Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto.

7 – Deixe o perverso o seu caminho, o iníquo, os seus pensamentos; converta-se ao Senhor, que se compadecerá dele, e volte-se para o nosso Deus, porque é rico em perdoar.

8 – Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem o vosso caminho, os meus caminhos, diz o Senhor,

(...)

11 – Assim será a palavra que sair da minha boca: não voltará para mim vazia, mas fará o que me apraz e prosperará naquilo para que a designei.


Introdução:
Conta-se que certo Pastor estava orando em sua casa por membros de sua Igreja.
Quando intercedia pela irmã Georgina e seu esposo, o Sr. Antônio Soares que não era crente, de repente levantou-se dizendo para sua esposa que já se preparava para colocar o almoço à mesa: “Vou almoçar com Georgina e Antônio”, ao que sua esposa estranhando tentou de todo jeito persuadi-lo que almoçasse em casa. Mas, recusando apenas pegou alguns folhetos, saindo apressadamente.
Chegando à casa de Georgina foi recebido com muita alegria e juntando-se à mesa dos Soares revelou o que sentira quando orava em favor deles e que é por isso que estava ali. Pois, sentira em seu coração um forte desejo de por uma vez mais, falar com o amigo Antônio a respeito da salvação de sua alma.
Depois de longa conversa e explicações de vários textos do evangelho, despediu-se deixando em mãos do amigo um folheto intitulado: “É mais tarde do que pensas!”. Antônio, após passar a vista naquele folheto colocou-o no bolso de seu blusão.
À tarde, naquele mesmo dia, houve um trágico acidente que envolveu um ônibus lotado que pegou fogo. Entre os que não conseguiram sobreviver, foi encontrado carbonizado e de joelhos, o corpo do Sr. Antônio. No bolso de seu blusão, que não se queimou totalmente, foi achado bastante chamuscado o folheto: “É mais tarde do que pensas!”.
Não podemos saber se o Sr. Antônio, na angústia da morte, teria se ajoelhado e clamado pela misericórdia do Senhor... mas, nesta manhã quero falar algo para você que tem ficado adiando sua decisão por Jesus Cristo, sendo apenas “amigo do evangelho”... você que diz sempre que “estou quase lá!”, ou “sou mais crente que você imagina”, ou ainda vive dizendo: “estou esperando consertar uma coisinha...”
Existe um apelo de urgência, que é necessário responder! Afinal, hoje É MAIS TARDE DO QUE VOCÊ PENSA!
O texto que lemos nos fala da necessidade que o homem tem de se voltar para Deus, invocando-O e buscando-O, para desta forma encontrarmos o perdão.

Aqueles que nunca pensaram no céu, vão se lembrar dele no primeiro minuto de inferno... Só que, então, já será tarde demais!

Tema: PALAVRA QUE NÃO PODE FALHAR.
I) – É URGENTE BUSCAR. (6)
Deus utiliza-se do profeta Isaías para descrever a Sua maravilhosa Graça, que é oferecida gratuitamente a todos – (55.1) “... Vinde, comprai, SEM DINHEIRO e SEM PREÇO...”. Não fizemos nada que nos dê o mérito de receber! É a GRAÇA DE DEUS!
Mas, algo curioso nos chama a atenção no capítulo 55 de Isaías: nos versículos 1-3 e depois no versículo 6: o tempo dos verbos se encontra no Imperativo Afirmativo: Vinde, comprai, comei, ouvi-me, inclinai, buscai, invocai...
Existem duas formas de flexionar o Imperativo afirmativo:


  1. IMPERATIVO CATEGÓRICO – Expressa uma ordem que deve ser cumprida sem condição. ex.: “Não matarás!”

  2. IMPERATIVO HIPOTÉTICO – Expressa uma ordem que está subordinada a uma condição de um fim determinado. Ex.: “Estuda, se quiseres ser aprovado!”

E, especificamente no V. 6, o verbo está flexionado como imperativo hipotético, ou seja:



    • Buscai... enquanto...

    • Invocai-o... enquanto...

É urgente que busquemos ao Senhor, porque só assim poderemos encontrá-lO; complete

comigo: “Buscai, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus, e todas as coisas vos serão acrescentadas”.
É urgente invocar o nome do Senhor, porque por enquanto Ele está por perto.
II) – É URGENTE MUDAR DE VIDA. (7)
O Senhor utilizando-se ainda do profeta Isaías, agora fala da necessidade urgente de ser procedida uma mudança de vida àqueles que ouvem a Sua mensagem:

O tempo dos verbos vão nos chamar à atenção agora neste versículo:

“Deixe o perverso o seu caminho e o iníquo os seus pensamentos; converta-se ao Senhor... e volte-se para o nosso Deus...”
Aqui os verbos se encontram no Presente do Indicativo que é o tempo verbal que nos faz entender que a necessidade da ação a ser tomada é simultânea ao momento de seu anúncio;
ex.: Entre sem bater! Bata antes de entrar!
O Senhor espera que você entenda que é urgente buscá-lo; o Senhor espera ainda que você compreenda que mudar de vida é algo urgente e, como tal, precisa ser feito hoje.
III) – É URGENTE CRER. (11)
Neste versículo os verbos vão nos chamar a atenção, porque estão flexionados no Futuro do Presente: “... será, não voltará, fará, prosperará...”
O Futuro do Presente é o tempo verbal que indica uma situação futura certa em relação ao momento de sua anunciação; ex.: “Comerei todo o almoço com satisfação!”
Deus, a fim de fazer-se entender sem que haja quaisquer dúvidas, utiliza-se das palavras do versículo 10, para mostrar que tais coisas não podem voltar atrás após serem desencadeadas:


    • A chuva não volta ao céu, sem primeiro regar a terra, fazê-la fecundar, dar frutos e saciar ao que tem fome.

    • A Sua Palavra não pode voltar vazia; mas, antes, cumpre os Seus desígnios, fazendo conforme Sua vontade, prosperando na minha e na sua vida.

Conclusão:


Certa vez, as águas iam deslizando calmas e serenas em direção a uma gigantesca cascata. De repente, uma águia gigantesca desceu imponente e poderosa cravando suas afiadíssimas garras sobre o corpo de um bezerro morto que ia sendo levado correnteza abaixo.
Aquele gigante alado devorava sua presa, sem qualquer preocupação com o perigo que se aproximava, talvez confiada na força brutal de suas asas e na destreza de seu vôo, e por isso, manteve-se acomodada sobre o seu banquete.
Mas, de repente, a rainha do espaço caiu no precipício, descendo vertiginosamente, engolfada pela força da água, sucumbiu esmagada implacável e inapelavelmente sem poder reagir.
Poderia ter alçado vôo antes da queda; sim! Poderia ter evitado aquela tragédia... mas, morreu porque deixou para depois. Morreu porque não agiu no tempo certo. Esteve quase salva, porém fatalmente perdida!
Amados Irmãos. Jovem ou adolescente, novo ou idoso... É urgente crer que esta palavra é para você! O Senhor nesta manhã espera que você entenda que é urgente buscá-lo; o Senhor espera ainda que você compreenda que mudar de vida é algo urgente e, como tal, precisa ser feito hoje.
Não perca mais esta oportunidade! Lembre-se do perigo de estar quase salvo...




  1   2


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal