O futuro no presente” Motivando o Protagonismo Juvenil “Que mundo eu quero



Baixar 132.91 Kb.
Encontro04.02.2019
Tamanho132.91 Kb.


O Futuro no presente”


Motivando o Protagonismo Juvenil
Que mundo eu quero ,

Que mundo eu vou deixar”
em

Marechal Cândido Rondon -PR,

Pelos Grêmios Estudantis - atuantes.


2015



A palavra protagonista vem do grego Protagonistés . O principal lutador. A personagem

principal de uma peça dramática, pessoa que desempenha ou ocupa o primeiro lugar em

um acontecimento.


O que é?

É a atuação de adolescentes e jovens, através de uma participação construtiva. Envolvendo-se com as questões da própria adolescência/juventude, assim como,

com as questões sociais do mundo, da comunidade... Pensando global (O planeta) e atuando

localmente ( em casa, na escola, na comunidade...) o adolescente pode contribuir para a

assegurar os seus direitos, para a resolução de problemas da sua comunidade, da sua escola...

Protagonista é...

Aquele ou aquela que protagoniza.

A palavra protagonista vem do grego Protagonistés .O principal lutador. A personagem

principal de uma peça dramática, pessoa que desempenha ou ocupa o primeiro lugar em

um acontecimento.



Por que protagonizar?

A maioria de adolescentes e jovens tem muitas questões, desejos, sonhos... e buscam

respostas. Algumas questões vêm da própria fase que estão vivendo, mudanças corporais,

primeiras experiências sexuais com um parceiro ou parceira, estimulados pelas primeiras

paixões, primeiro amor, primeiras descobertas... Estas questões nem sempre encontram

respostas, pois a escola, a família, a sociedade não estão preparadas para isso.

Outras questões são impostas pela desigualdade social provocando a exclusão de

uma grande parcela desta população. A estes e estas falta escola pública de qualidade, o

atendimento à saúde, a segurança, o lazer.

Os jovens também podem encontra respostas, mas para isso precisam da

referência dos adultos, de escuta e parceria...

Reconhecer o adolescente e o jovem, não como problema, mas como parte da solução é meio caminho andado..... Por isso é necessário e urgente abrir espaços e facilitar processos que permitam a participação efetiva de crianças, adole e jovens na construção do modelo e da dinâmica social da sua comunidade, do seu país, do planeta

No Estatuto da Criança e do Adolescente . ECA - Título II . Do Direito Fundamental, Capítulo

II . Do direito à liberdade, ao respeito e à dignidade. O Art. 15 diz que a criança e o adolescente têm

direito à liberdade, ao respeito e à dignidade como pessoas humanas em processo de desenvolvimento e como sujeitos de direitos civis, humanos e sociais garantidos na Constituição e nas leis.

O Art. 16, diz que toda criança e adolescente tem entre outros, o direito de conviver com

a família, participar da vida da comunidade , brincar, praticar esportes. Direito a se expressar e

opinar. Por tanto é direitos de todos os jovens e adolescentes, enquanto cidadãs e cidadãos participarem da definição dos modelos de atendimento aos seus direitos como a escola, a saúde, o lazer... E é dever do Estado, da família , do adulto, abrir espaços para a escuta, a expressão o aprendizado. Só assim podem desenvolver-se, agregar valores e atuar em prol de uma coletividade.

Como e onde protagonizar?

Na escola, na rua, em grupos organizados da comunidade.

Trocando aprendizados, construindo novos saberes, democratizando informações, construindo estratégias, desenvolvendo ações em parceria.

1 – IDENTIFICAÇÃO:
Abrangência do Projeto: Grêmios Estudantis de Colégios e Escolas Estaduais Particulares no Município, que estão ativos na data do convite para participar do Projeto.

* Após levantamento verificou-se ser o número de 16 (dezesseis) Grêmios Estudantis de Escolas e Colégios Estaduais.

1.1 - Nome do Projeto:“ O Futuro no presente” Motivando o Protagonismo Juvenil em Marechal Cândido Rondon/PR, através dos Grêmios Estudantis Atuantes.


2. CLASSIFICAÇÃO DO PROJETO:

2.1.1. Defesa e Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente e Jovem – DH

E Todos juntos pela Comunidade - ODM;



3 – BREVE DIANÓSTICO DA REALIDADE:

Os projetos do Programa de Voluntariado do Paraná - Ação Social Marechal Cândido Rondon / PROVOPAR, Gestão 2009/2012, foram inovadores e buscaram a viabilização para o funcionamento de um movimento para outras ações concretas e permanentes dentro da comunidade rondonense, e como tal; envolveu a atuação permanente de pessoas, voluntariamente.

Ao atingir o objetivo geral e realizar a avaliação conjuntamente com os 9 Grêmios Estudantis participantes do projeto de 2012, pontuou-se a necessidade de ampliação e a busca de uma maior abrangência para o projeto de 2013.

Como o Programa de Voluntariado do Paraná - Ação Social Marechal Cândido Rondon / PROVOPAR, não possui todos os recursos necessários para a ampliação sugerida e pleiteada pelos adolescentes, compartilhou com a rede de atendimento junto ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA, ao qual conjuntamente com a Comissão Especial de Implantação e Monitoramento do Protagonismo e Participação de Crianças e Adolescentes, deliberou a necessidade de oportunizar o projeto 2013 pela Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS, como um dos grupos de atuação do Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, articulando a rede para ampliação da atuação do jovem na comunidade em que vive e recebe as interferências no convívio social.


Para o projeto social de 2013, os adolescentes e jovens diretamente envolvidos, bem como a comunidade escolar e comunitária envolvida pelo Grêmio ao qual representam, desenvolveram diversas ações. Todas as ações atenderam rigorosamente o cronograma proposto, superando o estabelecido pelo objetivo geral; registrado em relatório próprio arquivado na Secretaria Municipal de Assistência Social.

Por ser uma proposta para as gerações de hoje e do futuro, faz-se necessário o envolvimento de adolescentes, jovens e a comunidade em geral; através de uma participação construtiva e instrumentalizada, ampliando o conhecimento e formando cidadãos conscientes do seu papel social. Faz se necessário o respaldo da comunidade escolar e comunitária em oportunizar a participação, compondo um olhar de transição das responsabilidades para as diversas conduções futuras, na vida pessoal, social e comunitária.


Para a proposta de 2014, seguiu-se com o plano das capacitações já testadas e aprovadas no projeto de 2013, e a participação ativa nas atividades do Projeto local dos “Encontros e Caminhos”- CAB - ITAIPU- Binacional/2014. Houve os ajustes e suprimentos em participações das campanhas e outras atividades e o incremento na participação para a Feira de Profissões, a primeira feira no município no formato apresentado.
As expectativas dos adolesceres e jovens participantes no projeto de 2013 foram consideradas e esse Projeto Social alinha as diretrizes para a busca do conhecimento das profissões mais requisitadas regionalmente enquanto mercado de trabalho, conhecimento das áreas afins; e o perfil de cada profissional que vir buscar o conhecimento para se habilitar ao respectivo trabalho que o curso escolhido lhe proporcionará. Ainda haverá um momento de avaliação final como um evento socioeducativo, ao qual teremos que aguardar para receber as informações de como isso deverá acontecer, pelos próprios participantes do projeto social; ou seja: Os adolescentes e jovens atuantes nos Grêmios estudantis inscritos para o Projeto Social 2014.
Para a proposta de 2015, seguiu-se com o plano das atividades e ações já testadas e aprovadas nas edições anteriores do projeto, com a inclusão de melhorias para as capacitações; com a realização de vídeo aula para disponibilizar via espaço aberto no facebook: O Futuro no Presente; com possibilidades de maior participação e comodidade aos participantes. Os Grêmios Estudantis participantes terão que comprovar a participação das referidas capacitações através de textos enviados a equipe de coordenação sendo que no mínimo, 7 textos para as Escolas com até o 9os anos e 9 textos para os Colégios com Ensino Médio . Houve os ajustes, para as possíveis ampliações na ação denominada como Feira de Profissões – 2015, diante do sucesso alcançado em 2014, a primeira feira no município no formato apresentado, que consolida um grande passo rumo ao objetivo que o projeto “O Futuro no Presente. Acredita-se que com os resultados planejados poderá viabilizar futuramente o surgimento de um novo projeto para a Feira de Profissões, para atender melhor a expectativa das parcerias que se fazem necessárias para a execução com qualidade da referida ação e pela importância e abrangência que se acredita alcançar com o planejamento 2015. O atual desta forma estará aberto para consolidar novas parcerias, com atividades que possam somar e impulsionar rumo ao cumprimento da finalidade que o Projeto O Futuro no Presente se propôs.
As expectativas dos adolesceres e jovens participantes da Primeira Feira de Profissões foram consideradas e essa nova edição do Projeto Social alinha as diretrizes para ampliar as possibilidades na busca do conhecimento das profissões mais requisitadas regionalmente enquanto mercado de trabalho, conhecimento das áreas afins; e o perfil de cada profissional que vir buscar o conhecimento para se habilitar ao respectivo trabalho que o curso escolhido lhe proporcionará. Bem como buscará uma maior aproximação das informações anteriores à visitação e durante a Feira de Profissões. Ainda haverá um momento de avaliação final como parte imprescindível, ao qual teremos que aguardar de como isso deverá acontecer, pelos próprios participantes do projeto social; ou seja: Os adolescentes e jovens atuantes nos Grêmios estudantis inscritos para o Projeto Social 2015 e a melhor condução participativa de toda a equipe executora do Projeto Social.

Os Grêmios Estudantis participantes do projeto que acompanharem todas as etapas propostas até outubro serão contemplados com um tablete para servir de equipamento para o desenvolvimento de ações planejadas e aprovadas pelo referido Grêmio Estudantil do educandário ao qual o aluno pertence e ao qual o tablet estará vinculado. O equipamento é um elemento de fomento ao protagonismo juvenil proposto por este projeto social, com alcance para potencializar os resultados para o bem comum da comunidade ao qual estes Grêmios Estudantis estão inseridos diretamente.


Tratando-se de uma proposta que nasce para fortalecer a participação dos jovens envolvidos direta e indiretamente, a ideia de movimento fortalece a tese da necessidade crescente do envolvimento de adolescentes e jovens para a sua continuidade. Dependendo para tal, da mínima organização, e da vontade em protagonizar.

Nas deliberações finais da 8ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente em Brasília – DF que aconteceu; de 7 a 10 de dezembro de 2009 no Eixo 4 – Participação de Crianças e Adolescentes em Espaços de Construção da Cidadania aprovou-se 14 propostas importantes, com a participação do adolescente como delegado pela 1ª vez na história do Brasil. Decisões estas que vêm respaldando ações para a implantação e implementação da política local/ municipal.

Ao analisarmos a Proposta nº 45 – do Eixo 4 mencionado acima - Garantir recursos materiais, humanos e estruturais necessários para a organização de crianças e adolescentes em entidades representativas como grêmios e colegiados estudantis, associações e conselhos escolares, para participarem na construção do projeto político pedagógico e na gestão das escolas, garantindo a defesa dos direitos de crianças e adolescentes no âmbito escolar, aliados a dificuldade do Estado em cumprir com o deferido, a Secretaria Municipal de Assistência Social – SMAS, entendeu ser importante a viabilização deste projeto social, que poderá assegurar e fortalecer a participação do adolescente e do jovem concretamente através de Grêmios Estudantis dos Colégios Estaduais e Particulares, uma vez que os mesmos poderão ser os multiplicados de diversas ações que venham de encontro com a demanda da Política Pública de Assistência Social.
Na VIII Conferência Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente em Curitiba – PR que aconteceu; 07 a 09 de maio de 2011 no Eixo 3 – Protagonismo e Participação de Crianças e Adolescentes, mais uma vez foi amplamente debatido e exigido a participação. A proposta aprovada de ação para implementação: Garantir o direito de crianças e

Adolescentes à comunicação, implementando programas de ampliação do acesso e capacitação de crianças e adolescentes para utilização da mídia, com a finalidade de efetivar o protagonismo juvenil e a participação popular, sinaliza mais uma vez a necessidade de enquanto município; avançar e oportunizar a implementação do projeto que se apresenta.


A I Conferência Municipal da Juventude, em 18 de agosto de 2011, no Eixo 5: - Direito à participação; inclusive após amplo debate e participação aprovou a proposta para a instituição do Conselho Municipal da Juventude como forma de propiciar o diálogo entre o poder público municipal e as entidades civis representativas da juventude, o que coloca a necessidade de oportunizar a participação do jovens; e para que isto se concretize ainda se faz necessária toda uma estruturação, principalmente instrumentalizando os próprios adolescentes e jovens para uma participação efetiva e atuante.
Muitas das propostas precisam do respaldo e encaminhamentos das demais esferas de governo para a implementação, assim sendo cabe ao município fortalecer, oportunizar e instrumentalizar a participação de crianças, adolescentes e jovens para que possam ser protagonistas de sua história, da nossa história, e que diante do exposto; justifica-se a implementação do presente projeto.



3.1 – Problemas:
Entre os diversos problemas e questões cruciais que continuam a desafiar as políticas de desenvolvimento social no município, seguramente uma das mais importantes é a ampliação de políticas públicas para o adolescente e para a juventude. O expressivo contingente de adolescentes e jovens existentes no conjunto geral da população, somado ao avanço tecnológico e o acesso dos adolescentes e jovens a apropriação de conhecimento advindo deste avanço tecnológico, o aumento da violência em especial, nesta faixa etária e o declínio das oportunidades de trabalho atrativas e sem a exigência da experiência profissional, que esta faixa etária não tem como apresentar; estão deixando a população de adolescentes e jovens com maiores desafios para o enfrentamento das conquistas para a sua vida pessoal e social. O futuro participante.
Sobretudo o segmento de adolescentes e jovens que está sendo vítima de situações sociais precárias para garantir uma participação ativa no processo de conquista da cidadania, advindas da questão econômica e social posta pelas gerações que os antecederam.
Em outras palavras, é preciso investir no adolescente e na juventude, combatendo a vulnerabilidade social pelo aumento do capital humano e social que poderá proporcionar a substituição do clima de descrença reinante por um sentimento de confiança no futuro.
Alternativas mais consistentes tornam-se necessário e urgente. Precisamos valorizar a participação dos jovens. Essa participação é indispensável para a conquista da autonomia. O jovem de hoje não pode mais aceitar as condições de expectador passivo. Precisamos enquanto comunidade oportunizar meios e instrumentalizar para que esses adultos de amanhã, cada vez mais preparados, ativos, líderes e cumpridores de seu papel social, tenham as melhores condições que nós atuais líderes; possamos deixar como legado.

3.2 – Oportunidades:

Para atingir sua finalidade social, a Secretaria Municipal de Assistência Social - SMAS, gestão 2013/2016 compartilha o papel de indutora de um verdadeiro movimento social rumo à quebra de paradigmas, articulando, compartilhando, somando esforços e dividindo responsabilidades com os diversos atores do município em torno de uma série de programas e projetos, e que compõem a Rede de Proteção de famílias em vulnerabilidade e executa a Garantias de Direitos Humanos e Sociais em Marechal Cândido Rondon.

Esse novo projeto, com a missão de articular a rede de serviços existentes, poderá possibilitar mais uma das oportunidades de fomentar, motivar e propiciar o Protagonismo Juvenil através dos Grêmios Estudantis atuantes dos Colégios Estaduais e Particulares.

Os Grêmios Estudantis inscritos, através da assinatura do termo de adesão, terão acesso a ampliação do papel social no posicionamento frente às questões locais, de fomentadores e articuladores de ações de impacto na comunidade em geral.


Cada ano é possível avançar nas conquistas, para o ano de 2015 as diversas atividades do projeto atenderão de forma transversal a sustentabilidade, inclusão e questões de gênero, oportunizando conhecimentos para que jovens lideres protagonizem na conquista dos Objetivos do Desenvolvimento do Milênio - ODM.


4 – PÚBLICO-ALVO:

Atender os Grêmios Estudantis dos Colégios Estaduais e Particulares, no município de Marechal Cândido Rondon, que estão em amplo e regular funcionamento. Oportunizando adolescentes e jovens do Ensino Fundamental e Médio,  pertencentes:

      1. Colégio Estadual Eron Domingues

      Presidente Grêmio: Leonardo Miranda de Azevedo

      2. Colégio Est. Antonio Maximiliano Ceretta

      Presidente:  Bruna Yasmin Vagner Villa Verdez

      3. Col. Est. Frentino Sackser

      Presidente: Marlus Armendana Speck

      4. Col. Est. Campo Margarida ( Margarida)

      Presidente: Estefani Gabrieli Martins Bertuci

      5. Esc. Est. Monteiro Lobato

      Presidente: Ana Carolina Cordeiro Góes

      6. Esc. Est. Marechal Rondon

      Presidente: Patricia Rockenbach Maehler

      7. Esc. Est. Novo Três Passos

      Presidente:

      9. Esc. Est.Nilso Franceski ( Iguiporã)

      Presidente: Gabrieli Carolini Lowe

      10.Esc. Est. Zulmiro Trento ( Novo Horizonte)

      Presidente: Luciano Rodrigues dos Santos

      11.Esc. Est. Paulo Freire

      Presidente: Isabel Beatriz Feiden da Costa

      12.Colegio SESI

      Presidente: Claudio Henrique Weiss Nisczak

      13.Colégio Evangélico Martin Luther;

      Presidente: Kepler Fernandes Otto

      14. Escola Estadual Porto Mendes;

      Presidente: Tais Fontes Schlickmann

      15. Colégio Rui Barbosa;

      Presidente: João Eduardo dos Santos

Critérios de inserção:


  • Estar ativo e atuante.


5 – OBJETIVOS

GERAL:

Oportunizar mais uma alternativa para fomentar a participação instrumentalizada de adolescentes e jovens nas discussões de seus direitos e deveres, através de um processo integrado entre capacitação e ações de instrumentalização e voluntariado, para os representantes de cada diretoria de Grêmio atuante, para que os mesmos se empoderem do seu papel de líder e que instrumentalizados, socializem os conhecimentos recebidos para com os demais sócios e membros dos Grêmios Estudantis também protagonizem; inclusive como forma de ampliar a participação social do grupo representante.



ESPECÍFICOS:

Ampliar as oportunidades de fomentar, motivar e propiciar o Protagonismo Juvenil através dos Grêmios Estudantis atuantes dos Colégios Estaduais e Particulares, através de capacitações on line; ampliando o acesso a todos participarem das capacitações;

Sensibilizar permanentemente as famílias, a comunidade, a sociedade em geral e o poder público para que crianças, adolescentes e jovens possam ser ouvidos, entendidos e possam participar das decisões a seu respeito, como parte da sua formação para a cidadania;
Assegurar a todas as crianças, adolescentes e jovens o acesso a informação para o exercício de seu direito à participação sobre temas relacionados às políticas sociais, educacionais, econômicas e ambientais, inseridas no PPP(Projeto Político Pedagógico), PDE (Plano de Desenvolvimento Educacional), matriz curricular e planejamento pedagógico;
Assegurar às crianças, adolescentes e jovens o direito de participar, opinar e ter suas ideias consideradas nos espaços de articulação, elaboração, deliberação, execução e fiscalização das políticas públicas voltadas a esse público;
Viabilizar a participação de crianças, adolescentes e jovens nos Conselhos dos Direitos através da Comissão Especial, no Comitê Gestor do Meio Ambiente do Município e outros setoriais dentro da legalidade;
Garantir processos qualificados de formação que estimulem as crianças, adolescentes e jovens a se tornarem agentes multiplicadores dos seus direitos e deveres em grupos comunitários e escolas a fim de ampliar a sua força política e representativa;
Garantir o cumprimento da lei, em relação aos meios de comunicação sensibilizando e mobilizando para garantir a expressão das opiniões da criança e do adolescente em suas diversidades, ampliando o processo de democratização dos meios de comunicação, da sociedade, bem como divulgar políticas e programas direcionados a todos os interesses da população infanto-juvenil;

6 –CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO

6.1 – O representante da Diretoria de cada Grêmio Estudantil atuante e o Diretor de cada um dos Educandários ao quais os Grêmios pertencem serão convidados a participar da Reunião de Lançamento do Projeto: “ O Futuro no presente” - Motivando o Protagonismo Juvenil em Marechal Cândido Rondon/PR, e serem informados da proposta para o ano. Será disponibilizado o material para a participação e as instruções de formalização. A referida reunião será no dia 15 de abril, às 8:30 horas no Auditório do Paço Municipal “Arlindo Alberto Lamb” . Na sequencia da referida reunião os presidentes dos Grêmios juntamente com seus diretores e professores encarregados pelo acompanhamento do projeto, responsáveis pelo andamento no educandário, terão um momento especial para formalizar a participação do projeto; através da assinatura do termo de adesão.


6.2 – O Termo de Adesão deverá ser assinado pelos representantes legais e entregue até a data 09 de abril;

6.3 - Todos os Grêmios participantes do Projeto poderão reunir todos os alunos; para elaborar um cronograma de ação para o ano de 2015 contemplando as datas das atividades do “O Futuro no Presente” e as demais conforme estratégia de cada diretoria dos Grêmios Estudantis. Anexar ao Cronograma de Ação, a diretoria completa dos Grêmios Estudantis através do preenchimento correto da ficha cadastral de todos os integrantes da diretoria do Grêmio Estudantil com as informações solicitadas.

Enviar, todos os documentos acima devidamente preenchidos, em envelope lacrado para a Secretaria Municipal de Assistência Social – Projeto Social: O Futuro no Presente – Motivando o Protagonismo Juvenil em Marechal Cândido Rondon-PR, até a data de 09 de maio, juntamente com o Termo de Adesão preenchido e assinado;

6.4 – Todos os integrantes da diretoria do Grêmio, bem como até cinco (5) integrantes de cada educandário, devidamente inscritos, receberão uma camiseta de identificação do Grêmio Estudantil, com a cor escolhida em 2013;

6.5 - Poderão ser desenvolvidas algumas ações internas, na forma que melhor identifique cada um dos Grêmios Estudantis inscritos, em cada um dos educandários com responsabilidade individual dos organizadores, inclusive possibilitando o intercâmbio entre os demais Grêmios Estudantis;


O objetivo dessas articulações internas, podendo ser chamadas de “Mesas Redondas ou de Rodas de Conversas, ou outras formas” é de debater, interagir, integrar, incluir e empoderar todos os sócios e participantes bem como a comunidade local com a informação da importância dos Grêmios Estudantis serem protagonistas através de uma participação construtiva da sociedade. Quando o cronograma de ação estiver aprovado em Assembleia do Grêmio, cabe ao Grêmio Estudantil, comunicar a Secretaria Municipal de Assistência Social - Projeto Social: O Futuro no Presente – Motivando o Protagonismo Juvenil em Marechal Cândido Rondon-PR, para que o mesmo acompanhe no mínimo a realização de uma das ações e realizar em conjunto a avaliação do mesmo. A data da presença da equipe de apoio das Secretarias Parceiras deverá ser agendada com 15 dias de antecedência no mínimo, para que a mesma providencie a divulgação oficial aos órgãos de imprensa e informe, caso haja a necessidade, dos encaminhamentos necessários. A diretriz das chamadas “Mesas Redondas ou de Rodas de Conversas, ou outras formas” deverá necessariamente trabalhar paralelamente com as diversas atividades do projeto para atender de forma transversal a sustentabilidade, inclusão e questões de gênero, oportunizando conhecimentos para que jovens lideres protagonizem na conquista dos Objetivos do Desenvolvimento do Milênio - ODM. Inclusive para cada “Mesas Redondas ou de Rodas de Conversas, conforme a demanda exigida pelos usuários; será criado ação específica.
6.6 - Poderá ser utilizado para comprometer e incluir os demais participantes ou ainda para outras questões conforme o interesse de cada Grêmio Estudantil e deverão necessariamente cumprir a agenda entre junho a outubro;

6.7 – Cada Grêmio Estudantil deverá participar de encontro educativo de interação, que acontecerá no dia 09 de maio, com no mínimo os integrantes titulares da atual diretoria e 01 (um) representante no mínimo, do Educandário ou da APM/APMF; ao qual o Grêmio Estudantil pertence. Neste encontro também poderão ser esclarecidas algumas dúvidas sobre o Projeto Social;

6.8 – A diretoria executiva ou demais sócios dos Grêmios, poderão participar de uma Capacitação Continuada durante o ano, de forma on line, através de vídeo aulas conforme a disponibilidade e interesse de cada participante. As capacitações serão: Formação de Lideranças, Motivação, Oratória e Elaboração de Projetos e informada através do endereço eletrônico do espaço aberto do facebook: O futuro no presente; para aliar a tecnologia em favor de garantir um melhor aproveitamento e disposição para os interessados participantes;

6.9 - A diretoria executiva ou demais sócios dos Grêmios, deverá informar para os estudantes que realizarem as capacitações propostas pelo Projeto através das vídeo aulas, que para serem certificados necessitam que os Grêmios Estudantis ao qual pertencem enviem textos de até 30 linhas, discorrendo sobre a aprendizagem pelas informações recebidas, com o nome completo dos alunos que completaram a aprendizagem. Os Grêmios Estudantis das Escolas com até o nono ano deverão realizar 07 textos e os Colégios com ensino médio 9 textos, enviando para a Secretaria Municipal de Assistência Social ou Secretaria Municipal de Educação para as devidos encaminhamentos;

6.10 – Cada Grêmio Estudantil poderá oportunizar condições de seus integrantes na participação de um grupo de aprendizagem da Formação de Educadores Ambientais (FEA) pelo Conselho dos Municípios Lindeiros, que poderá vir a habilitar-se ao Comitê Local Do Cultivando Agua Boa- ITAIPU- Binacional, quando demostrarem interesse, disponibilidade e as condições para a participação;


6.11 – Cada Grêmio Estudantil poderá disponibilizar, no mínimo, 04 (quatro) representantes que poderão participar de atividades voluntarias, com o educandário ao qual pertencem, com o conhecimento e consentimento prévio do estudante voluntario, inclusive durante a visitação da Feira de Profissões;
6.12 – Para a realização da Feira de Profissões o Projeto Social buscará o apoio de todas as instituições universitárias e técnicas da região para expor devidamente os ramos profissionais e as informações que se fazem necessárias. O Projeto Social disporá de local adequado, instalação de stander, água, luz, banheiros, internet. As demais necessidades conforme a instituição, ficará a cargo de cada uma das instituições inscritas (instalação, mobília, material de divulgação dos cursos, recursos humanos para o devido atendimento,etc...);

6.13 - Será selecionado de um dos Grêmios Estudantis participantes, 01 (um) Projeto Social de maior impacto para a comunidade rondonense e estará apto a receber pelo município, um valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais) em repasse para distribuição gratuita a ser utilizado para a execução do referido projeto social e o Grêmio Estudantil que cumprir o cronograma de ações até outubro, estará apto a receber pelo município, um tablete para melhor desenvolver as atividades planejadas e aprovadas pelo Grêmio Estudantil para o educandário ao qual pertencem;


6.14 – Os participantes do Projeto mais atuantes, segundo a avaliação dos resultados de atuação; poderão segundo critérios próprios do Evento Cultivando Água Boa - participar no Cultivando Água Boa 2015/ ITAIPU- Binacional, em Foz do Iguaçu – no mês de novembro de 2015;
6.15 - No inicio de dezembro, verificar a melhor data para avaliar os resultados do projeto de 2015 e projetar o 2016 e participar como atividade de encerramento do projeto para o ano.

CRONOGRAMA DE ACAO – O Futuro no Presente/2015:



Atividades:

DEZ

2014


MAR

ABR

MAI

JUN

JUL

AGO

SET

OUT

NOV

DEZ

Elaboração do Projeto, Aprovação CMDCA e Encaminhamentos.

X































Lançamento, Entrega de Materiais (Termo de Adesão, Ficha Cadastral, Links, Autorização Uso da imagem).







15

























Retorno dos (Ficha Cadastral), entrega de camisetas.










09






















Evento educativo de integração e Palestra Show. Haverá lanche – 200 pessoas










09






















“Roda de Conversa”













X







X

X







Premio Escola Sustentavel













X

X

X

X

X







Capacitação: Oratória (em vídeo)

300 metas












X

X

X

X

X

X







Capacitação: Motivação (em vídeo)

300 metas












X

X

X

X

X

X







Capacitação: Elaboração de Projetos Sociais-(em vídeo)
15 metas










X

X

X

X

X

X







Capacitação: Formação de Lideranças(em vídeo)
300 metas










X

X

X

X

X

X







Reunião de Organização da Feira de Profissões com as instituições parceiras













X




X













Feira de Profissões (M, T, N)

“Dia Internacional da Juventude 12/08”- (planejamento específico)





















27













Entrega dos Certificados das Capacitações

























X







Evento Sociocultural CAB “ O caminho Adiante” - Foz do Iguaçu




























X




Avaliação Final do Projeto































X


7 – AVALIAÇÃO DO PROJETO:
A avaliação do Projeto será cinco etapas:
-Pelos Adolescentes e Jovens Participantes do Projeto;

-Pelo Educandário;

-Pela APM/APMF;

-Pelo CMDCA;

-Por duas reuniões com os representantes da Secretaria Municipal de Assistência Social e de Educação para as devidas sugestões e definições.
8 – PLANO DE APLICAÇÃO:

8.1. Recursos Previstos e Deliberados pelo FMDCA:


DESPESAS

UNITÁRIO

TOTAL

Palestras,Capacitações, eventos e materiais de distribuição gratuita

Dependendo da complexidade


R$ 8.000,00

Material didático, de

apoio e divulgação(cerificados,avaliações, papel A4, tonner, cartazes, folders, adesivos, banners, outros de expediente e gráficos)



Conforme orçamento

R$ 3.000,00

Lanche para a Feira de Profissoes, palestras e capacitações;

Conforme orçamento



R$ 10.000,00



Camisetas

25 até cada

R$ 9.000,00

Organização da Feira (som, transporte, standards/divisórias, chaveiros, informática).

R$6.000,00

R$ 40.000,00

TOTAL DE CUSTOS DELIBERADOS

R$ 70.000,00

R$ 70.000,00










TOTAL DO PROJETO




R$ 70, 000,00

8.2 - Recursos Disponibilizados pelo Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente- FMDCA de Marechal Cândido Rondon-PR, em até R$ 70.000,00 (setenta mil reais);

8.3 - Contrapartida do Proponente Disponibilizados pelo Grêmio Estudantil Inscrito, através de participação nas atividades propostas, do trabalho voluntário esporadicamente quando convidado e motivado e pela participação efetiva, instrumentalizada e criativa, inclusive como forma de ampliar a participação social do grupo representante.



Marechal Cândido Rondon, 08 de dezembro de 2014.



________________________________

Maria Cleonice Spohr Fröehlich

Secretaria Municipal de Assistência Social

________________________________

Leonir Giliane Reuter

Responsável pela Elaboração

Coordenação do Projeto

________________________________

Responsável pela Execução do Projeto

Secretaria Municipal de Assistência Social

________________________________________

Responsável pelo Acompanhamento do Projeto

Secretaria Municipal de Educação


Compartilhe com seus amigos:


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
Universidade estadual
união acórdãos
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande