Nome do/a 1º. Autor/a email Nome do/a 2º. autor/a (se houver) Email Nome do/a 3º. autor/a (se houver) email resumo



Baixar 21.06 Kb.
Encontro12.11.2017
Tamanho21.06 Kb.

ISSN: 2446-7022



TÍTULO DO ARTIGO1

Subtítulo (se houver)


Nome do/a 1º. Autor/a

email
Nome do/a 2º. autor/a (se houver)

Email
Nome do/a 3º. autor/a (se houver)

email

RESUMO

Elemento obrigatório, constituído de uma sequência de frases concisas e objetivas, com um mínimo de 300 e o máximo de 500 palavras, seguido, logo abaixo, das palavras representativas do conteúdo do trabalho, isto é, palavras-chave e/ou descritores, conforme a NBR 6028. Digitado em fonte Arial, tamanho 10, espaçamento simples.



PALAVRAS-CHAVE: Elemento obrigatório, devem figurar logo abaixo do resumo, antecedidas da expressão Palavras-chave:, separadas entre si por ponto e finalizadas também por ponto. No mínimo 3 e máximo 5 palavras-chave. Digitado em fonte Arial, tamanho 10, espaçamento simples.

1 INTRODUÇÃO
Parte inicial do artigo, em que devem constar a delimitação do assunto tratado, os objetivos da pesquisa e outros elementos necessários para situar o tema do artigo.

Para redigir o artigo, em Word for Windows (versão 6.0 ou superior) o tamanho (excluindo-se os anexos e apêndices) deve ficar entre, no mínimo 06 (seis) páginas e no máximo 08 (oito) páginas.

O espacejamento 1,5 (um e meio) entre linhas e parágrafos. Entre partes do texto e entre texto e exemplos, citações, tabelas, ilustrações, etc, deve-se utilizar espaço duplo.

Os parágrafos devem estar digitados com a margem direita justificada. Nesse estilo, a primeira linha de cada parágrafo de texto possui adentramento de 1,25 cm. Não use o recurso da tecla TAB.

O texto completo do artigo deve ser digitado com fonte Arial, tamanho 12, em formato negrito [Estilo Título de Seção]. O título da INTRODUÇÃO deve ser redigido na terceira linha após as palavras-chave. Os demais títulos das seções, duas linhas após o último parágrafo da seção anterior. Os títulos de seções são numerados com algarismos arábicos SEM o ponto (1 INTRODUÇÃO, 2 DESENVOLVIMENTO e assim por diante).
2 DESENVOLVIMENTO

Parte principal do artigo, que contém a exposição ordenada e pormenorizada do assunto tratado. Divide-se em seções e subseções, conforme a NBR 6024, que variam em função da abordagem do tema e do método. Necessariamente a expressão “DESENVOLVIMENTO” não aparece e sim as seções e subseções; este último se houver.

As referências nas seções devem ser indexadas pelo sistema autor data. Para citar, resumir ou parafrasear um excerto da página 36 de uma obra publicada em 2005 por Pedro da Silva, a indexação completa deve ser (SILVA, 2005, p. 36). Quando o sobrenome vier fora dos parênteses, apenas a primeira letra do sobrenome é maiúscula. Citações no meio do texto sempre devem vir entre aspas. Use itálico para indicar ênfase ou grafar termos estrangeiros.
Citações longas devem ser digitadas com fonte Arial, tamanho 10, em formato normal [Estilo Citação]. O parágrafo está com a margem direita justificada a 4 cm da margem esquerda. Utiliza-se esse tipo de parágrafo quando o trecho citado tiver mais de 3 linhas.

Digite um parágrafo de texto na segunda linha após um parágrafo de citação. A seguir, há um exemplo com uma figura. Nesta publicação, não se está fazendo distinção entre figura, tabela, quadro, gráfico, etc. Tabelas, quadros, ilustrações (desenhos, gráficos etc.) devem ser entregues prontos para a editoração eletrônica. Não se admitem ilustrações fotocopiadas. Elas deverão ser devidamente escaneadas e inseridas no texto. No caso de uso de imagens, foto, gráfico ou tabela, não se esquecer de colocar o Título acima com a respectiva numeração, bem como a FONTE que ficará abaixo. Se as formas descritas anteriormente forem das pessoas que escreveram o artigo, será colocada na Fonte a expressão “o autor” ou “os autores” e ou “as autoras”, respeitando-se os gêneros.


Figura 1 – Título da figura.




Fonte: a autora
Um parágrafo de texto deve ser digitado na segunda linha após um título de figura. Um título de figura deve ser digitado com fonte Arial, tamanho 12, formato normal, em parágrafo centralizado [Estilo Título de Figura].

Neste parágrafo, há um exemplo com nota de rodapé sobre como proceder em casos onde seja necessária transcrição fonética. 2 Se houver nota no título, o autor deve marcar com asterisco (*). Não se deve usar nota de rodapé para citar referência.


2.1 SUBSEÇÃO SECUNDÁRIA (Maiúscula SEM NEGRITO)
2.1.1 Subseção terciária (Minúscula em negrito).

3 CONSIDERAÇÕES FINAIS
Parte final do artigo, na qual se apresentam as conclusões correspondentes aos objetivos e hipóteses.
REFERÊNCIAS (segue abaixo alguns dos formatos para cada tipo)

[artigo] BONINI, Adair. Veículo de comunicação e gênero textual: noções conflitantes. D.E.L.T.A., v. 19, n. 1, p. 65-89, 2003.

[capítulo] CRISTÓVÃO, Vera Lúcia Lopes. Modelo didático de gênero como instrumento para formação de professores. In: MEURER, José Luiz; MOTTA-ROTH, Désirée (Orgs.). Gêneros textuais e práticas discursivas. Bauru, SP: Edusc, 2002.

[livro com mais de um autor] MEURER, J. L., BONINI, Adair, MOTTA-ROTH, Désirée. Gêneros: teorias, métodos, debates. São Paulo: Parábola, 2005.

[livro] RAUEN, Fábio José. Roteiros de Pesquisa. Rio do Sul, SC: Nova Era, 2006.

[internet] CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO DE ADULTOS, 5., 2003, Bangcoc, Anais eletrônico. Brasília, DF: UNESCO; MEC, 2004. Disponível em: . Acesso em: 4 jan. 2009.


[internet] CONGRESSO BRASILEIRO DE METEOROLOGIA, 13., 2004, Fortaleza. Anais. Brasília, DF: SBMET, 2004.
[tese e dissertação] SILVA, Sueli Maria Goulart. Sobre a interferência da produção científica e tecnológica da universidade no desenvolvimento local: o caso da Ciência da Computação. 2005. Tese (Doutorado em Administração) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2005.
[leis e decretos] BRASIL. Lei n. 8.080, de 19 de setembro de 1990. Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília , DF , 20 set . 1990. Disponível em : Acesso em: 23 abr. 2010.
[leis e decretos] SÃO PAULO. Decreto n. 42.822, de 20 de janeiro de 1998. Dispõe sobre a desativação de unidades administrativas de órgãos da Administração direta e das autarquias do Estado e dá providências correlatas. Lex: coletânea de legislação e jurisprudência, São Paulo, v. 62, n. 3, p. 217-200, 1998.
[leis e decretos] BRASIL. Lei n. 9394/96 de Diretrizes e Bases da Educacão Nacional, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional (LDBEN). Disponível em: Acesso em: 17 ago 2014.
OBSERVAÇÃO: A primeira referência deve ser redigida na segunda linha abaixo da expressão Referências. As referências devem seguir a NBR 6023 da ABNT: os autores devem ser citados em ordem alfabética, sem numeração, sem espaço entre as referências e sem adentramento; o principal sobrenome do autor em maiúsculas, seguido de vírgula e iniciais dos demais nomes do autor; se houver outros autores devem ser separados uns dos outros por ponto e vírgula; título de livro, de revista e de anais, em itálico; título de artigo: letra normal, como a do texto; se houver mais de uma obra do mesmo autor, seu nome deve ser substituído por um traço de cinco toques; mais de uma obra do mesmo autor no mesmo ano, use uma letra (a, b, ...) após a data. Ordene referências de mesmo autor em ordem decrescente.



1 Baseadas nas orientações do EPEAL 2014 disponível em: http://www.epealufal.com.br


2 Caso seja necessária transcrição fonética, o autor deve obter as fontes IPA. Fontes IPA estão disponíveis no sítio: .






©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal