Meu filho apareceu com bolinhas no corpo e o médico disse que era molusco. O que é isso? É alergia?



Baixar 8.59 Kb.
Encontro30.06.2019
Tamanho8.59 Kb.


Molusco contagioso
- Informações básicas
- Dúvidas mais freqüentes

- Meu filho apareceu com bolinhas no corpo e o médico disse que era molusco. O que é isso? É alergia?

Molusco contagioso é o nome dado para uma virose da pele que se acompanha de pequenas lesões em forma de bolinhas esbranquiçadas. O causador do problema é um vírus chamado “Poxvírus” (Parapoxvirus DNA). É uma doença relativamente comum em crianças pequenas e não é causado por alergia. Crianças portadoras de dermatite atópica podem ter mais propensão para a doença.


- Como fica o aspecto da pele?

As lesões são pequenas, elevadas, podendo ser únicas ou numerosas. Têm tamanhos diferentes, estando em geral agrupadas, parecendo pequenas verrugas. Aparecem mais em tronco e membros superiores, tendo aspecto perolado. Assemelham-se a pápulas esbranquiçadas e transparentes, salientes e umbilicadas, contendo em seu interior uma massa consistente e esbranquiçada.


- É uma doença grave?

A doença infantil perturba mais por causa do aspecto estético, mas não tem gravidade. Evolui de forma benigna. Alguns casos podem ser desconfortáveis pelo número de lesões que surgem, assustando a família. Os casos em adultos devem ser sempre investigados pelo médico especialista.


- Como se pega a doença?

O vírus se transmite de pessoa para pessoa. É mais comum em crianças que freqüentam piscinas, em especial as aquecidas. Pode também ser transmitido através de objetos pessoais, como por exemplo, toalhas compartilhadas.


- O que a pessoa sente? Dói?

As lesões em geral não são desconfortáveis. Em alguns casos pode se complicar, inflamar e até infeccionar, surgindo dor no local.


- O que fazer?

Recomenda-se procurar um médico dermatologista para confirmar o diagnóstico. Existem outras doenças da pele com aspecto semelhante que podem se confundir com o molusco contagioso, como por exemplo, o líquen nítido, herpes simples e verrugas. Por isso, o exame do médico é imprescindível para se indicar o tratamento.



- Como tratar?

Em muitos casos a resolução é espontânea. Recomenda-se hidratar para assim fortalecer a pele. Casos mais intensos podem ser tratados pelo médico com remédios aplicados no local ou retirando as lesões através de uma curetagem rápida e indolor. Recomenda-se afastar da piscina durante o tratamento.



Fontes:
www.blogdalergia.blogspot.com

www.unimedjp.com.br




©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal