Melanoma X nevo de spitz: um lactente de 4 meses apresentou 30 mitoses/ mm²



Baixar 12.58 Kb.
Encontro06.03.2018
Tamanho12.58 Kb.

MELANOMA x NEVO DE SPITZ: LACTENTE DE 4 MESES COM LESÃO PIGMENTADA COM 30 MITOSES/ MM². MELHOR TRATAMENTO?
AlbertoWainstein, Nathália Paz, Carlyle Barral, Adelanir Barroso, Flávia Bittencourt, Milhem Kansaon, Gilles Landman, Nilceo Michalany, Gil Patrus, Marcelo Salomé.

BioCancer, UFMG, FHEMIG, ONCAD -Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.


Objetivo: Apresentar um caso raro de um lactente de 4 meses, com lesão melanocítica agressiva, com 2 meses de evolução de um pequeno folículo eritematoso ao melanoma. O paciente não apresentou outras lesões pigmentadas.

Metodologia: Descrever as características de um nevo de Spitz com alta proliferação e comparar com o melanoma, uma vez que, em alguns casos, a diferenciação é difícil e a conduta clínica é diferente em cada caso.
Resultados: Não há um consenso sobre a histologia e a terminologia de tumores que não são nem um nevo de Spitz típico, nem um melanoma maligno. A histologia, a clínica e critérios auxiliares devem ser considerados na interpretação final da lesão. No presente estudo, um lactente com uma lesão cutânea de 3 mm de diâmetro no membro inferior esquerdo, que se assemelhava a uma foliculite e posteriormente tornou-se pigmentada, foi biopsiada. O estudo anátomo-patológico evidenciou melanoma cutâneo com Breslow de 2.6mm e nível IV de Clark. A revisão da histologia não afastou um nevo de Spitz com 30 mitoses/mm². O paciente também apresentou um linfonodo inguinal palpável. Foi utilizada uma margem cirúrgica de 1 cm e realizada biópsia de linfonodo sentinela (BLS). A BLS foi negativa no HE, mas positiva para HMB-45, Melan-A e S100, descrita como células névicas sem alterações no linfonodo biopsiado.
Conclusão: As lesões melanocíticas com alto índice mitótico foram tratadas como melanoma. A ressecção e a BLS foram realizadas sem nenhuma morbidade. Consideramos a BLS negativa para metástases. O paciente deverá ser cuidadosamente acompanhado, através de ultra-som linfonodal com Doppler e outros exames para avaliar recorrência e metástases.

MELANOMA x SPITZ NEVUS: A 4 MONTHS NEWBORN WITH 30 MITOSIS/MM² . BEST TREATMENT?
AlbertoWainstein, Nathália Paz, Carlyle Barral, Adelanir Barroso, Flávia Bittencourt, Milhem Kansaon, Gilles Landman, Nilceo Michalany, Gil Patrus, Marcelo Salomé.

BioCancer, UFMG, FHEMIG, ONCAD -Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil.


Objectives: Introduce a rare case of a 4 months newborn with a unique aggressive melanocyte lesion, with 2 months of evolution from a small red folliculate to a melanoma/spitz nevus. Patient had no other pigmented lesion.


Methods: Describe the characteristics of high proliferate Spitz nevus and compare it with melanoma as though they are sometimes difficult to differentiate and the clinical conduct has a great disparity.


Results: There is a lack of consensus about histopathology and also a terminology of the tumors that are neither typical nevus Spitz, neither malignant melanoma. Histopathological, clinical and ancillary criteria must be considerate in the final interpretation of epitheloid/spindle cell lesion. At the present, a newborn with a 3 mm diameter cutaneous lesion in the left limb, which resembled a folliculitis that later became pigmented, was biopsied. The histological study evidenced a cutaneous melanoma, Breslow 2.6 mm, Clark IV. A histology review did not discharge a Spitz nevus with 30 mitosis/mm². Also, there was a palpable lymph node in inguinal region. We performed a 1cm enlargement margin resection with sentinel lymph node biopsy (SLNB) dissection that was negative for metastasis at H & E but was positive for HMB-45, Melan-A and S100 described as normal melanocytes in the lymph node.


Conclusions: Our standard care for melanocytes lesions with high proliferative mitosis index is to concern as a melanoma. Resection and SLNB biopsy was done with no morbidity. We consider SLNB negative for metastasis. Patient should be carefully monitored by lymph nodal ultrasound with Doppler and regular examinations for recurrence and metastasis.

MELANOMA x NEVO DE SPITZ: UM LACTENTE DE 4 MESES APRESENTOU 30 MITOSES/ MM². QUAL O MELHOR TRATAMENTO?
NOMES:
- Nathália mansur paz

- Carlyle marques barral

- ADELANIR BARROSO

- Gil PATRUS

- Marcelo salomé

- FLÁVIA vasques BITTENCOURT

- GILLES Landman

- Milhem Kansaon

- NILCEO MICHALANY

- alberto julius alves wainstein

JUSTIFICATIVA DE AUTORES
- GILLES Landman

- NILCEO MICHALANY

- MARCELO SALOME

- GIL PATRUS

Patologistas Consultores.
- CARLYLE BARRAL

- ADELANIR BARROSO

Médicos do serviço de medicina nuclear.


Compartilhe com seus amigos:


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
Universidade estadual
união acórdãos
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande