Língua portuguesa e literatura brasileira



Baixar 188.32 Kb.
Página5/5
Encontro21.10.2017
Tamanho188.32 Kb.
1   2   3   4   5

CORRETA(S).


  1. Doenças como tabagismo, anemia e derrame cerebral são classificadas como infecciosas.

  2. A leptospirose, o tétano e a raiva (hidrofobia) são doenças infecciosas causadas por bactérias.

  1. O dengue é causado por um protozoário e sua transmissão ocorre pela picada do mosquito Aedes aegypti.

  1. A malária, a amebíase e a doença de Chagas são enfermidades causadas por protozoários.

  1. A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS) é causada por retrovírus que possuem uma enzima chamada transcriptase reversa que, ao contrário do que ocorre normalmente em uma célula, possibilita a transcrição do RNA viral em DNA.

  1. A elefantíase (ou filariose) é uma doença causada por um platelminto chamado Schistosoma mansoni.



Questão 37

Considere as afirmativas abaixo:


Glândula A – produz hormônio do crescimento, prolactina, folículo estimulante, luteinizante, melanotrófico.

Glândula B – produz tiroxina.

Glândula C – produz insulina e glucagon.

Glândula D – produz hormônios conhecidos como corticosteróides, adrenalina e noradre-nalina.
Sobre essas glândulas e os hormônios que elas produzem, é CORRETO afirmar que:


  1. a localização das glândulas A, B e C no corpo humano é, respectivamente, no pescoço, na base do cérebro e no abdome.

  1. a localização das glândulas A e B no corpo humano é, respectivamente, na base do cérebro e no pescoço, e das glândulas C e D é no abdome.

  1. as glândulas A, B, C e D são, respectivamente, a tireóide, a hipófise, o pâncreas e as suprarrenais.

  1. o hormônio FSH ou folículo estimulante, produzido pela glândula A, promove o crescimento e a regeneração do tecido ósseo.

  1. o hormônio insulina, produzido pela Glândula C, atua diminuindo a glicemia do sangue.

  1. a glândula A é responsável pela produção dos hormônios conhecidos como trofinas, que são responsáveis pela estimulação de outros órgãos ou glândulas.


Questão 38

Atualmente são conhecidas mais de 70 mil espécies de fungos e, a cada ano, são descritas entre 1,5 e 2 mil novas espécies. Estimativas conservadoras calculam em mais de 1,5 milhão o número de espécies de fungos viventes, número só superado pelo de espécies de insetos.

AMABIS & MARTHO. Biologia dos Organismos. São Paulo: Moderna, 2005. p. 117. v. 2.
A respeito desses seres vivos, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).


  1. A parede celular dos fungos é composta por quitina, enquanto a dos vegetais é formada por celulose.

  1. A substância de reserva dos fungos é o glicogênio, presente também em animais e plantas.

  1. Alguns tipos de fungos apresentam um modo de vida conhecido como saprofagia, que é responsável pela decomposição de matéria orgânica.

  1. Alguns tipos de fungos associam-se a determinadas algas formando os líquens; quando a associação com a alga é permanente, os fungos adquirem a capacidade de realizar a fotossíntese.

  1. Micorrizas são associações entre as raízes de certas plantas e fungos, nas quais somente o fungo tem vantagens.

  1. Nas plantas, os fungos podem provocar doenças como a ferrugem, que ataca o cafeeiro e outras plantas economicamente importantes.




Questão 39

Quando um pedaço de floresta é destruído pelo fogo e o local fica abandonado, a mata pode se reconstituir dentro de algumas décadas.


Com relação a este assunto, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).


  1. Ao processo de reconstituição do ambiente denomina-se sucessão ecológica.

  2. Comunidades pioneiras colonizam a área e são sucedidas por outras.

  1. O solo descoberto recebe sol direto e se torna mais seco, favorecendo a germinação das sementes das árvores nativas que eventualmente tenham permanecido no local após o incêndio.

  1. No estágio em que predominam plantas arbustivas, o solo passa a reter mais umidade, favorecendo a germinação de sementes de plantas arbóreas.

  1. Apesar dos danos à vegetação, a fauna sofre pouco nestas condições, uma vez que os animais têm uma alta capacidade de dispersão.

  1. Exemplos de plantas pioneiras são as bromélias epífitas.



Questão 40

A distribuição dos seres vivos em cinco Reinos (Monera, Protista, Fungi, Vegetal, Animal) foi proposta em 1969 pelo cientista norte-americano Robert H. Whittaker, amplamente aceita na época e atualmente utilizada pela maioria dos autores de livros didáticos. Para fazer esta divisão, o cientista levou em conta, principalmente, os seguintes critérios: a) número de células do organismo; b) presença de carioteca; c) autotrofismo ou heterotrofismo; d) forma de incorporação dos alimentos.


Com relação aos cinco reinos e aos critérios adotados por Whittaker, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).


  1. Os seres dos Reinos Monera e Protista são procariontes, ao passo que os seres dos outros reinos são eucariontes.

  2. Dos cinco reinos, o Reino Animal é o único a ser formado por indivíduos exclusivamente heterótrofos.

  1. O único reino formado por seres unicelulares e pluricelulares autótrofos é o Reino Fungi.

  1. Os organismos que pertencem ao reino dos fungos apresentam as seguintes características: são uni ou pluricelulares, autótrofos ou heterótrofos e eucariontes.

  1. Todos os indivíduos do Reino Animal e Vegetal são pluricelulares.

  1. Podemos encontrar seres autótrofos nos Reinos Monera e Vegetal.






SOMENTE ESTA PARTE PODERÁ SER DESTACADA


COPERVE CONCURSO VESTIBULAR-UFSC/2009 – suplementar PROVA 1: amarela






1   2   3   4   5


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal