Licenciatura em Engenharia Civil 3º ano / 2º semestre



Baixar 0.58 Mb.
Página1/3
Encontro08.10.2019
Tamanho0.58 Mb.
  1   2   3

Planeamento Regional e Urbano Ano Lectivo 2006/2007

Licenciatura em Engenharia Civil

ano / 2º semestre

1ª parte: Guia de apoio à realização dos cartogramas do modelo digital do terreno, de declives e de exposições solares da cidade de Lisboa em ArcGIS



  1. No disco D: do computador do LTI criar uma pasta com a designação: PRU_Tx_Gy (x – n.º da turma, y – n.º do grupo). Nesta pasta criar duas pastas: “dados” e “output”.




  1. Gravar os dados que os alunos trouxeram na pen na pasta D:\ PRU_Tx_Gy \dados.




  1. Abrir o programa ArcGis e seleccionar ArcMap.




  1. Carregar a extensão 3D Analyst:

- Tools

- Extensions

- Activar o item 3D Analyst.


  1. Activar os menus do 3D Analyst:

View  seleccionar Toolbarsactivar 3D Analyst.


  1. Introduzir a informação de base:

Add Data: altimetria_cnivel, altimetria_pcotado, lim_lx, lim_area_estudo e plan_lx2006.


  1. ATENÇÃO! Gravar o ficheiro de ArcMap na pasta PRU_Tx_Gy (não esquecer de ir guardando o trabalho – Save!)




  1. Criar o modelo digital de terreno:

- No comando do 3D Analyst seleccionar Create / Modify TIN Create TIN from features (nota: TIN – Triangulated Irregular Network)

- Seleccionar altimetria_cnivel; Feature type: 3D Lines; Height source: ; Triangulate as: mass point; Tag value field:



- Aparece automaticamente uma nova layer com a designação tin.


  1. Alterar o aspecto gráfico da shape lim_lx:

- Seleccionar a polyline da shape lim_lx para activar as suas propriedades;

- Seleccionar Fill ColorNo Color; Outline Colorescolher uma cor; Outline Width  1,5 (por exemplo)

- Mover (arrastar com o rato) a shape lim_lx para o topo (este passo tem como objectivo a visualização do limite da cidade independentemente dos cartogramas serem feitos só para Lisboa ou Lisboa + envolvente).


  1. Organizar as classes do modelo digital de terreno:

- Seleccionar a layer tin  pressionar duas vezes o botão esquerdo do rato para activar a layer properties (ou, em alternativa, pressionar a tecla direita do rato)  seleccionar Simbology

- Definição do n.º de classes: Classes: por exemplo 7 (cf. Lisboa em Mapas);



- Definição dos intervalos: ClassifyBreak values: 20, 50, 80, 100, 150, 200 e (500, por exemplo) (cf. Lisboa em Mapas);

- Definição das cores: editar cada cor na legenda e seleccionar as cores apresentadas neste exemplo (cf. Lisboa em Mapas):



  1. Construir a layer de declives:

- No comando do 3D Analyst seleccionar Surface analysis Slope

- Input surface: tin; Output measurement: seleccionar percent; Z factor: 1; Output cell size: 10; Output raster: D:\ PRU_Tx_Gy \output\declives.




  1. Organizar as classes da layer de declives:

- Seleccionar a layer declives  pressionar duas vezes o botão esquerdo do rato para activar a layer properties (ou, em alternativa, pressionar a tecla direita do rato)  seleccionar Simbology

- Definição do n.º de classes: Classes: 4;

- Definição dos intervalos: ClassifyBreak values: 4, 12, 25 e (???  manter o valor que surge por defeito);

- Definição das cores: editar cada cor na legenda e seleccionar as cores apresentadas neste exemplo:






  1. Construir a layer de exposições solares:

- No comando do 3D Analyst seleccionar Surface analysis Aspect

- Input surface: tin; Output cell size: 10; Output raster: D:\ PRU_Tx_Gy \output\exposolares.




  1. Organizar as classes da layer de exposições solares:

- Seleccionar a layer exposolares  pressionar duas vezes o botão esquerdo do rato para activar a layer properties (ou, em alternativa, pressionar a tecla direita do rato)  seleccionar Simbology

- Definição do n.º de classes: Classes: Equal intervals 10;



- Definição das cores: editar cada cor na legenda e seleccionar as cores apresentadas neste exemplo:


As cores frias devem representar os quadrantes menos beneficiados em luz solar e as cores quentes os quadrantes onde se verifica uma insolação mais elevada, isto é, as vertentes voltadas a sul.






  1. Elaborar uma nova layer de exposições solares, tal que a classe “flat” passe a integrar a classe de declives [0-4%]:




  1   2   3


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal