Lcc 1 – Programa do curso



Baixar 20.74 Kb.
Encontro17.02.2018
Tamanho20.74 Kb.

Língua Chinesa (Mandarim)
Docente: Maria Trigoso

SÚMULA DESCRITIVA
Nível I - Destina-se a fornecer aos alunos uma introdução básica à língua chinesa moderna (escrita e falada). No final do curso, os alunos deverão ser capazes de (i) ler e escrever em pinyin, (ii) analisar um sinograma em componentes e traços, (iii) reconhecer e produzir os quatro tons do putonghua, (iv) entender e utilizar entre 50 a 75 palavras, (v) produzir frases a partir de cerca de dez padrões frásticos.

Nível II - Destina-se a consolidar as bases da língua chinesa tanto a nível da fala como da escrita. No final do curso, os alunos deverão ser capazes de (i) ler e escrever entre 50 a 75 sinogramas; (ii) entender e utilizar entre 100 a 125 palavras; (iii) produzir frases a partir de cerca de vinte padrões frásticos; (iv) procurar/encontrar num dicionário a pronúncia e o significado de qualquer sinograma chinês.

Nível III – Adquiridos os fundamentos básicos da escrita (capacidade de analisar um sinograma em componentes e traços) e da leitura (capacidade de usar o dicionário, os alunos são incentivados, neste nível, a começar a praticar a língua nas suas quatro vertentes (ouvir, falar, ler e escrever). No final do curso, eles deverão ser capazes de (i) ler e escrever entre 100 a 125 sinogramas, (ii) cumprimentar (e responder a um cumprimento) e identificar-se (dizer e perguntar pelo nome, nacionalidade, profissão) utilizando um vocabulário de cerca de 150 palavras e recorrendo a três dezenas de padrões frásticos.

Nível IV - Este curso destina-se a reforçar a prática oral e escrita da língua chinesa. No final do curso, os alunos deverão ser capazes de (i) ler e escrever entre 150 a 175 sinogramas, (ii) manter uma pequena conversa social (línguas faladas, hobbies, comida e bebida), utilizando um vocabulário de cerca de 200 palavras e recorrendo a cerca de quatro dezenas de padrões frásticos, (iii) ler e escrever pequenos textos chinês (postal de viagem, e-mail, recado, etc).

Com a realização deste nível, dá-se por completa a iniciação à aprendizagem da língua chinesa moderna falada e escrita. Os conhecimentos teóricos adquiridos e a prática (oral e escrita) proporcionada deverão ter conferido aos alunos a autonomia necessária para prosseguirem, por si próprios, com o estudo da língua chinesa.



PROGRAMA
Chinês I

  • Os sons: fonemas (consoantes e vogais) e sílabas (inicial, final e tom).

  • Os tons: os quatro tons e o tom neutro; as mudanças de tom e as combinações dos quatro tons com o tom neutro.

  • O sinograma: análise linguística (componentes) e análise gráfica (traços); diferentes tipos de caractere (pictograma, ideograma e composto fonético-semântico).

  • Padrões frásticos: frases contrastivas com verbos estativos; verbos estativos com modificadores adverbiais; diferentes tipos de perguntas (com a partícula ma, de escolha e de seguimento); frases com verbos de classificação; frases com objecto e complemento; frases com palavras interrogativas; frases com a partícula ba; frases com verbos de acção; frases com verbos modais: perguntas de escolha com objectos ou complementos: frases com sujeitos (ou tópicos) co-ordenados em sucessão; orações coordenadas com diferentes objectos do mesmo verbo.


Chinês II

  • A organização do dicionário chinês: conceito de bushou. Prática da consulta do dicionário.

  • Prática da escrita e da leitura.

  • Padrões frásticos: quantificação e especificação dos substantivos (conceito de liangci); perguntas indirectas; frases com a construção em pivot; substantivos modificados por outros substantivos; frases com verbo reduplicado; perguntas de escolha com verbos modais dissilábicos; frases com objectos directos e indirectos; substantivos modificados por orações com de; reduplicação da liangci.


Chinês III

  • Prática escrita e prática oral com recurso a meios audiovisuais e à internet.

  • Iniciação à tradução do chinês para português.

  • Continuação da aquisição, e da prática de utilização, de padrões frásticos: frases com a partícula modal le (mudança de estado e excesso); frases com advérbios usados como conjunções correlativas; palavras de lugar e de direcção; zai como verbo principal com complemento; existência num lugar (you); colocações incluindo palavras de lugar; modificação por palavras de lugar; partícula le (acção iminente); verbos estativos como advérbios; expressões verbais em série; zai como co-verbo (lugar da acção principal); modificação de substantivos por orações contendo expressões de lugar; verbos de classificação (emprego, estatuto, função); os predicados formados por sujeito e predicado.


Chinês IV

  • Prática escrita e prática oral com recurso a meios audiovisuais e à internet.

  • Iniciação à retroversão (do português para o chinês).

  • Continuação da aquisição, e da prática de utilização, de padrões frásticos: “ir” e “vir”; “para” e “de”; meios de transporte; finalidade do “ir” e “vir”; palavras interrogativas como indefinidos; indicação da pluralidade em perguntas (dou); perguntas de escolha complexas; expressões de tempo; partícula frástica le (facto ocorrido); sufixo verbal -le (acção completa); combinação do sufixo verbal -le com a partícula frástica le; tempo específico relativo; expressão da inclusão e exclusão (palavras interrogativas como indefinidos); contraste entre jiu e cai; sufixo verbal –guo; zai como complemento do verbo; contraste entre o lugar como adverbial e o lugar como complemento; a construção shi…de; tempo passado e tempo durante o qual; verbos de locomoção; verbos compostos (lai e qu) de movimento.



BIBLIOGRAFIA
Nível I

  • Alleton, Vivianne. 1990. L' écriture chinoise. Paris: PUF

  • Bjorksten, Johan. 1994. Learn to Write Chinese Characters.Yale Univ Press.

  • Coulmas, Florian. 1989. The Writing Systems of the World. Oxford: Blackwell.

  • Tan, Huay Peng. 1963. Fun With Chinese Characters (3 vols) Singapore: Hippocrene books

  • Trigoso, Maria, trad.1998. Gramática Concisa da Língua Chinesa. Macau: Instituto Politécnico de Macau

  • Tung, Ping-cheng. 1982. Character Text for Colloquial Chinese. London: School of Oriental and African Studies.

  • Yip. Po-ching. 1008. Basic Chinese. London: Routledge

Nível II

  • Boltz, William G. 1994. The Origin and Early Development of the Chinese Writing System. New Haven: American Oriental Society.

  • Aleton, Vivianne. 1973. Grammaire du Chinois. Paris: PUF.

  • Harbaugh, Rick (Editor), Chinese Characters: A Genealogy and Dictionary

  • Li Dejin e Cheng Meizhen. 1991. Grammaire du chinois pratique. Beijing: Sinolingua

  • Yip, Po-Ching and Don Rimmington. 1998. Basic Chinese: A Grammar and Workbook. London: Routledge.

  • Tung, Ping-cheng. 1982. Character Text for Colloquial Chinese. London: School of Oriental and African Studies.

Nível III

  • Chao, Yuen Ren. 1968. A Grammar of Spoken Chinese. Berkeley: Univ. of California Press.

  • McCawley, James D. 1984. The Eater's Guide to Chinese Characters. Chicago: Univ. of Chicago Press.

  • 汉英词典 Han Ying cidian (A Chinese-English Dictionary). 1995. Beijing: Shangwu yinshuguan.

  • Tung, Ping-cheng. 1982. Character Text for Colloquial Chinese. London: School of Oriental and African Studies.

Nível IV

  • Chen, Ping. 1999. Modern Chinese: History and Sociolinguistics. Cambridge: Cambridge Univ. Press.

  • DeFrancis, John. 1989. Visible Speech: The Diverse Oneness of Writing Systems. Honolulu: Univ. of Hawaii Press.

  • Hansen, Chad. 1983 Language and Logic in Ancient China. Ann Arbor: Univ. of Michigan Press.

  • Kao, Henry S.R. and Rumjahn Hoosain, eds. 1986. Linguistics, Psychology, and the Chinese Language. Hong Kong: Centre of Asian Studies, Univ. of Hong Kong.

  • Mathews, Robert H. 1943. Mathew's Chinese English Dictionary. Published for the Harvard-Yenching Institute. Cambridge MA: Univ-of Harvard

  • Norman, Jerry. 1988. Chinese. Cambridge Univ. Press.

  • Ramsey, S. Robert. 1987. The Languages of China. Princeton: Princeton Univ. Press.





©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal