Lacc – uel : Lista de Frequência e Participação



Baixar 23.28 Kb.
Encontro28.10.2017
Tamanho23.28 Kb.




LIGA ACADÊMICA DE Clínica Cirúrgica
ANATOMIA : SISTEMA RESPIRATÓRIO


NARIZ

É a porção mais proeminente da face. Localiza-se no centro da face, por baixo da região frontal, por cima do lábio superior entre as duas regiões orbitais e entre as duas regiões genianas. Dele partem três sulcos :

- Sulco nasopalpebral

- Sulco nasogeniano

- Sulco nasolabial
Ele tem a forma de uma pirâmide triangular com três faces : lateral-esquerda, lateral-direita, e posterior. No crânio do indivíduo morto, o lugar do nariz fica evidenciado como forame piriforme.

Além das três faces, o nariz possui:

- Vértice ou raiz próximo à glabela;

- Asas do nariz;

- Septo nasal ou columela na porção inferior do nariz.
Arquitetura do Nariz
 ÓSSEA

- Ossos Nasais

- Ramos ascendentes das Maxilas
 CARTILAGINOSA

- Cartilagem do Septo

- Cartilagem Lateral

- Cartilagem das Asas do nariz

- Cartilagens Acessórias
 MUSCULAR

- Músculo Piramidal

- Músculo Constritor da Asa do nariz

- Músculo Dilatador da Asa do nariz

- Músculo Elevador Comum da Asa do nariz e do Lábio Superior
 REVESTIMENTO

- Membrana Fibrosa - revestimento das estruturas ( cartilagens, ossos, etc ).

- Tegumento ( com glândulas ) - revestimento externo.

- Mucosa Ptuitária - revestimento interno.

Funções
1. Aquecimento do ar

2. Eliminação de vapor de água

3. Filtração

4. Olfação


A rigor, o Sistema Respiratório começa na traquéia. O nariz funciona como uma cobertura.
No interior do nariz, vamos encontrar:

- VESTÍBULO, porção próxima às narinas e que é revestida por tegumento contendo as vibrissas, pêlos responsáveis pela filtração do ar;

- LÍMEN NASAL, limite entre o vestíbulo e as fossas nasais;

- FOSSAS NASAIS cujas paredes apresentam ressaltos e depressões, sua parte óssea está revestida pela mucosa ptuitária ( cor amarela = rica em nervos, função olfativa; cor avermelhada = rica em vasos, função de aquecer o ar ).


Os ressaltos das fossas nasais são representados pelas conchas superior, média e inferior, sendo que a superior e a média são projeções ósseas do osso etmóide; enquanto que a concha inferior constitui um osso isolado.

As depressões das fossas nasais são representadas pelos meatos superior, médio e inferior, sendo que no meato inferior encontra-se o óstio do conduto nasolacrimal.



LARINGE

É a região mais importante da fonação. O laringe está localizado na porção média e anterior do pescoço por baixo do osso hióide da língua e por cima da traquéia. Possui a forma de uma pirâmide triangular com três bordas : uma anterior, uma posterior direita e uma posterior esquerda, sendo que na parte superior externa da borda anterior encontramos a proeminência laríngea ( pomo de adão ).

Internamente, o laringe é dividido em três regiões tomando-se como base uma região central chamada glote. As regiões são as seguintes :
REGIÃO SUPRAGLÓTICA

Contém o ádito do laringe, delimitado pela cartilagem epiglote e pelas pregas ariteno-epiglóticas direita e esquerda. O vestíbulo é o espaço compreendido entre a epiglote e a corda vocal superior.


REGIÃO GLÓTICA

A glote é a região mais importante da laringe, pois nela estão as cordas vocais:

- Corda Vocal Superior ( falsa ) - ligamento tiro-aritenóide superior, também chamado de prega vestibular.
- Corda Vocal Inferior ( verdadeira ) - ligamento tiro-aritenóide inferior + músculo cricotireoidiano ( tecido muscular + conjuntivo ), conjunto chamado de prega vocal.
A glote é o espaço compreendido entre as duas cordas vocais inferiores + cartilagens aritenóides ( parte membranosa + cartilaginosa ). O ventrículo é o espaço compreendido entre as cordas vocais superiores e inferiores.

A região infraglótica não possui nenhuma estrutura importante.


Arquitetura

 Músculos extrínsecos e intrínsecos;

 Junturas e Ligamentos;

 Mucosa do laringe;

 Osso hióide;

 Cartilagens :

 Ímpares : TIREÓIDE, CRICÓIDE e EPIGLOTE

 Pares : ARITENÓIDE, CORNICULADA ( no ápice da Aritenóide ) e CUNEIFORME ( encravada na prega ariteno-epiglótica ).



TRAQUÉIA

Órgão de passagem que conduz o ar. É formada por um conjunto de peças circulares de cartilagem hialina. Internamente, ela é revestida por tecido epitelial pseudoestratificado cilíndrico com cílios. O último anel se modifica formando uma quilha ou carina.

Os brônquios têm a mesma constituição da traquéia, sendo que o direito é mais curto, mais calibroso e mais aproximado da região vertical do que o esquerdo.

PULMÃO

Órgão central da respiração com a forma de um semicone. Faces costal (costelas), inferior (diafragmática) e mediastinal, sendo que a face costal possui sulcos profundos que separam o pulmão em lobos e estes dividem-se em pedaços menores chamados de lóbulos :

- Pulmão esquerdo - 2 lobos

- Pulmão direito - 3 lobos


As dimensões aproximadas dos pulmões : 25 cm de comprimento, 15 cm antero-posteriormente, 10 cm transversalmente.

SEGMENTAÇÃO BRONCO-PULMONAR

Os brônquios possuem porções extrapulmonares e intrapulmonares.


Brônquio Lobar  B. Segmentar  B. Subsegmentar  Brônquios Poliédricos
SEGMENTAÇÃO PULMONAR
Pulmão Direito

Lobo superior : Lobo médio : Lobo inferior :

- B. Seg. Apical - B. Seg. Lateral - B. Seg. Superior

- B. Seg. Posterior - B. Seg. Medial - B. Seg. Posterior

- B. Seg. Anterior - B. Seg. Anterior

- B. Seg. Lateral

- B. Seg. Medial

Pulmão Esquerdo


Lobo superior : Lobo inferior :

- B. Seg. Apicoposterior - B. Seg. Superior

- B. Seg. Anterior - B. Seg. Anteromedial

- B. Seg. Lingular Superior - B. Seg. Posterior



- B. Seg. Lingular Inferior - B. Seg. Lateral
Língula do pulmão : pertence ao lobo superior do pulmão esquerdo.

Pleuras : membranas serosas com duas lâminas ( uma na víscera e outra na parede torácica ).

Pedículo ou Hilo : elemento que vai nutrir a víscera ( artéria, nervos, veias, etc ).

Líquido pleural : serve para a lubrificação, facilitando movimentos respiratórios.




©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal