Instituto de Ciências Educativas



Baixar 0.88 Mb.
Página1/3
Encontro01.10.2019
Tamanho0.88 Mb.
  1   2   3





INSTITUTO DE

CIÊNCIAS EDUCATIVAS





2013 -2014

25 de Novembro





Teste Formativo de Economia A

12º Ano Curso Científico-Humanístico de CSE


Professor Hugo Gonçalves





I (50 Pontos)
As questões que se seguem são de escolha múltipla. Das quatro respostas (A a D), apenas uma está correta. Selecione a resposta correta na folha de respostas.
1. O crescimento económico, numa sociedade, traduz-se:

a. No aumento do valor dos bens e serviços produzidos, num determinado intervalo de tempo;

b. Na satisfação das necessidades básicas de toda a população, durante um ano;

c. Na repartição equitativa da riqueza criada, num determinado período de tempo;

d. Na diminuição, a longo prazo, das agressões ambientais de origem industrial.
2. O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é um indicador que pretende:

a. Quantificar o crescimento económico dos países;

b. Quantificar o nível de desenvolvimento dos países;

c. Associar economia e ambiente no mesmo indicador de desenvolvimento;

d. Distinguir os países quanto ao seu grau de industrialização.
3. O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é um indicador que avalia:

a. O crescimento demográfico;

b. As reservas de recursos naturais;

c. Algumas dimensões do progresso social;

d. O envelhecimento da população.
4. A ordenação dos países pelo IDH pode ser diferente da ordenação dos mesmos países pelo PIB

per capita, porque o IDH é um indicador:

a. Que contempla menos dimensões do desenvolvimento do que o PIB per capita;

b. De crescimento económico, e o PIB per capita não;

c. Que ignora o PIB per capita dos países considerados;

d. Composto e o PIB per capita é um indicador simples.

5. O desenvolvimento humano:

a. Implica melhoria da qualidade de vida da população;

b. É medido apenas por indicadores económicos;

c. Não tem em consideração a diminuição das desigualdades sociais;

d. Traduz-se na expansão contínua da produção.
6. O indicador PIB per capita é utilizado no estudo do bem-estar das sociedades. No entanto, apresenta várias limitações, nomeadamente em relação a:

a. Contabilização das diferenças de preços entre países;

b. Não contabilização da economia informal;

c. Contabilização das atividades destinadas a autoconsumo;

d. Não contabilização das relações sociais.
7. A taxa de analfabetização e o grau de participação na vida politica são:

a. Ambos indicadores económicos;

b. Indicadores políticos e demográficos, respetivamente;

c. Ambos indicadores socioculturais;

d. Indicadores socioculturais e políticos respetivamente.
8. São exemplos de indicadores compostos de desenvolvimento:

a. O PIB per capita e o PNB per capita;

b. A Taxa de Mortalidade e a Esperança Média de Vida;

c. A taxa de natalidade e a taxa de Mortalidade Infantil:

d. O IDH e o Índice de Pobreza Humana.
9. A concretização de crescimento económico, numa sociedade, pressupõe preocupações essenciais de:

a. Natureza ambiental;

b. Aumento da produção;

c. Estabilidade social;

d. Integração social.
10. Os designados «indicadores simples de desenvolvimento» devem ser entendidos como:

a. Medidas exatas do grau de desenvolvimento atingido pelos diferentes países;

b. Quantificações do crescimento económico anual dos diferentes países;

c. Conceções diferentes do conceito de desenvolvimento adotado pelos diferentes países;

d. Medidas parciais, de dimensões relevantes, do nível de desenvolvimento dos países.


II (100 Pontos)

1. O quadro mostra-nos o IDH de alguns países em 2005.







  1   2   3


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal