Histologia geral



Baixar 80.14 Kb.
Encontro21.10.2017
Tamanho80.14 Kb.









Curso: Medicina Veterinária Período: 1º

Disciplina: Histologia Geral e Embriologia - Semestre: 2015 I

Profª: Patrícia Mendes

ROTEIRO DE AULA PRÁTICA –



1ª etapa –

HISTOLOGIA GERAL

Aluno(a):_________________________________________________________________

Lâmina nº:

Secção: Pele fina

Coloração: H.E.



  • A olho nu observe que uma face deste corte apresenta-se bastante corada.

  • Focalize esta região com aumento pequeno, identifique o epitélio de revestimento (estratificado pavimentoso) e a camada de queratina.

  • O tecido epitelial repousa sobre um tecido conjuntivo, e que a interface entre os dois tecidos é muito ondulada.

  • Neste local, o tecido conjuntivo parece projetar-se para o interior do epitélio, originando as chamadas papilas dérmicas.




Aumento: _____x



Lâmina nº:

Secção: Pele grossa 1

Coloração: H.E.



  • A olho nu observe a camada de queratina.

  • Esquematize este corte e compare-o ao da pele fina.

  • Destaque as principais diferenças observadas.




Aumento: _____x



Lâmina nº:

Secção: Intestino delgado

Coloração: H.E.



  • Focalize com aumento menor a camada mais interna do intestino, em contato com a luz ou lúmen deste órgão: é a mucosa.

  • Toda mucosa é formada por um revestimento epitelial apoiado sobre uma camada de tecido conjuntivo, separado pela membrana basal.

  • Focalize o epitélio que reveste internamente o intestino e comprove que neste epitélio só se observa uma única fileira de núcleos.

  • Observe agora a forma e disposição destes núcleos (lembre-se que a forma da célula epitelial acompanha a forma do núcleo). Classifique este epitélio.

  • O revestimento epitelial deste órgão não é homogêneo, pois ocorre um outro tipo celular, representado por células com citoplasma abundante e muito claro, com núcleo pequeno e fortemente corado, localizado na base da célula. São as células caliciformes, produtoras de muco.


Aumento: _____x



Lâmina nº:

Secção: Língua

Coloração: H.E.



  • A superfície dorsal da língua apresenta papilas gustativas: filiformes, com seu formato cônico e uma fungiforme, com a forma de cogumelo.

  • O interior da língua apresenta tecido conjuntivo e feixes de músculo estriado esquelético dispostos em várias posições.

  • Um aumento médio (100x) das papilas mostra o epitélio estratificado pavimentoso que se apoia sobre tecido conjuntivo (TC). No interior da papila fungiforme é possível observar os botões gustativos.




Aumento: _____x



Lâmina nº:

Secção: Seio paranasal

Coloração: H.E.



  • Septo nasal: Peça de cartilagem hialina que sustenta as fossas nasais e divide em dois compartimentos simetricamente semelhantes.

  • As fossas nasais são histologicamente dividida em TRÊS REGIÕES: (Observar o revestimento das mucosas das diferentes regiões).



  1. ÁREA VESTIBULAR: Região anterior das fossas nasais a qual aquece, lubrifica e comunica as vias respiratórias com o meio externo. Nesta região a mucosa de revestimento é formada pelo epitélio estratificado pavimentoso e uma lâmina própria rica em fibras colágenas conferindo grande resistência.



Área Vestibular

Aumento: _____x



  1. ÁREA RESPIRATÓRIA: A maior parte das fossas nasais apresenta-se revestida por uma mucosa contendo epitélio "típico respiratório", o epitélio pseudoestratificado cilíndrico ciliado com células caliciformes. A produção de muco e o batimento ciliar são responsáveis pela corrente viscosa formada no interior deste aparelho a qual elimina impurezas e lubrifica as vias respiratórias.



Área respiratória

Aumento: _____x



  1. ÁREA OLFATÓRIA: Apresenta-se revestida por um epitélio especializado na captação de estímulos olfativos. A população celular do epitélio que reveste esta mucosa contém células nervosas (neurônios bipolares) interpostos com células cilíndricas ciliadas e arredondadas basais.



Lâmina nº:

Secção: Bexiga

Coloração: H.E.



  • Este epitélio estratificado é diferente dos demais epitélios e é típico das vias urinárias.

  • Ele tem a capacidade de alterar a quantidade de suas camadas celulares de acordo com o grau de distensão destas vias.

  • Quando vazios, bexiga e ureter exibem até 8 camadas de células que quando cheios reduzem-se para três camadas.

  • A região rósea formada por células com formas variadas e com grandes formações claras no interior do citoplasma constitui o epitélio de transição, o qual está apoiado no tecido conjuntivo.

  • Note que os núcleos das células são pequenos e circulares próximo ao conjuntivo e maiores em direção a superfície e as células começam a adquirir um aspecto piriforme (forma de pêra).

  • As células superficiais são as maiores, bem coradas, em forma de cúpula, muitas vezes binucleadas.




Aumento: _____x



Lâmina nº:

Secção: Ducto espermático

Coloração: H.E.



  • O ducto espermático é revestido por um epitélio pseudo-estratificado cilíndrico com estereocílios.

  • As células com estereocílios ajudam a deslocar o espermatozóide no sentido do ducto epididimário.




Aumento: _____x



Lâmina nº:

Secção: Ovário

Coloração: H.E.



  • Os ovários têm aproximadamente 3 cm de comprimento, 1,5 cm de largura e 1 cm de espessura.

  • A sua superfície é recoberta por um epitélio pavimentoso ou cúbico simples, o epitélio germinativo.

  • Debaixo do epitélio germinativo há uma camada de tecido conjuntivo denso, a túnica albugínea, que é responsável pela cor esbranquiçada do ovário.

  • Abaixo da túnica há uma região chamada cortical, onde predominam os folículos ovarianos que contém os ovócitos.




Aumento: _____x



Lâmina nº:

Secção: Rim

Coloração: H.E.



  • A região medular do rim mostra os túbulos coletores em cortes transversais.

  • O revestimento destes segmentos tubulares é feito pelo epitélio cúbico simples que como características mostra células com glicocálix bem evidente e núcleos centrais e esféricos.




Aumento: _____x



Lâmina nº:

Secção: Útero

Coloração: H.E.



  • O útero é um órgão em forma de pêra que possui uma parede relativamente espessa formada por 3 camadas: serosa (mesotélio e tecido conjuntivo), mucosa (endométrio) e de músculo liso (miométrio).

  • O endométrio, camada mais interna, está constituído por epitélio cilíndrico simples (revestimento interno do lúmen uterino) e lâmina própria, que contém inúmeras glândulas tubulares simples (glândulas endometriais).




Aumento: _____x



Lâmina nº:

Secção: Pulmão

Coloração: H.E.



  • Em aumento menor (40x) vê-se inúmeros espaços aéreos terminais, os alvéolos.

  • Grupos de alvéolos, com uma abertura em comum são os sacos alveolares.

  • Os tubos maiores são os brônquios que apresentam porções de cartilagem hialina na sua parede.

  • Próximo ao brônquio, aparecem artérias com parede muito espessa.

  • Esquematize os alvéolos pulmonares (epitélio simples cúbico a pavimentoso) e o endotélio dos vasos sanguíneos.




Aumento: _____x



Lâmina nº:

Secção: Coração 1

Coloração: H.E.



  • O revestimento epitelial interno do coração é constituído inicialmente por epitélio pavimentoso formado apenas por uma camada de células.

  • Esta camada epitelial apresenta seus núcleos achatados acompanhando a forma da célula e está associada ao tecido conjuntivo frouxo.

  • Estes dois tecidos formam o endocárdio.




Aumento: _____x



Lâmina nº:

Secção: Pâncreas

Coloração: H.E.



  • Os ácinos pancreáticos pertencentes à porção exócrina do pâncreas caracterizam-se por apresentar células piramidais com ápice acidófilo (terço superior) contendo grânulos de zimogênio.

  • A região apical das células acinares apresenta-se bem corada em rosa relativa aos grânulos secretores que contém proenzimas digestivas.

  • A base das células é basófila devido à grande quantidade de retículo endoplasmático granular situado logo abaixo do núcleo (terço inferior).




Aumento: _____x



Lâmina nº:

Secção: Parótida

Coloração: H.E.



  • Glândula exócrina acinosa composta, envolvidas por cápsula de tecido conjuntivo que emite septos que sustentam e dividem o parênquima em lóbulos levando vasos sanguíneos e filetes nervosos.

  • Porção secretora - Ácinos serosos: células piramidais com núcleos centrais.

  • Porção ductal - Ductos intralobulares; Ducto Intercalar: luz pequena, células cúbicas e basófilas; Ducto Estriado: luz evidente, células cilíndricas e acidófilas; Ductos extralobulares ou excretores; Ductos revestidos por epitélio estratificado contendo luz bem evidente. Estes ductos situam-se circundados abundantemente por tecido conjuntivo (septos).

  • OBS: Estroma: tecido conjuntivo de sustentação reponsável pela vascularização e inervação; Parênquima: tecido epitelial de revestimento e glandular, ácinos e ductos.




Aumento: _____x



Lâmina nº:

Secção: Pele pilosa

Coloração: H.E.



  • Esquematizar os folículos pilosos e as glândulas sebáceas anexas ao folículo.

  • Observar também a presença das glândulas sudoríparas.




Aumento: _____x



Lâmina nº:

Secção: Tecido adiposo

Coloração: H.E.



  • Caracterizado pela presença de adipócitos contendo uma rica gota de gordura.

  • O citoplasma apresenta-se comprimido pela presença dos lipídeos que foram dissolvidos durante a preparação da lâmina por isso este tecido é pouco corado.

  • O núcleo localiza-se na periferia da célula.




Aumento: _____x



Lâmina nº:

Secção: Pele grossa 2

Coloração: H.E.



  • Este corte de pele palmar mostra o epitélio estratificado apoiado em tecido conjuntivo frouxo seguido de denso não modelado.

  • Pode-se perceber nitidamente a diferença entre o aspecto dos dois tipos de tecido conjuntivo pela aparência de ambos.

  • No caso do conjuntivo frouxo ocorre um equilíbrio na frequência dos componentes do tecido.

  • Entretanto no denso não modelado a quantidade de fibras colágenas organizadas em várias direções se sobressai aos núcleos e ao material amorfo.

  • As fibras colágenas se salientam no tecido pela acidofilia conferida as mesmas neste preparado.




Aumento: _____x





©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal