Glicemia capilar



Baixar 22.77 Kb.
Encontro11.07.2019
Tamanho22.77 Kb.



PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO

Código:

POP.HC.030

GLICEMIA CAPILAR

Revisão: 01




Elaborador:

Supervisor Médico do HC.


Data:

Assinatura:



Aprovador:

Supervisora de Enfermagem do HC


Data:

Assinatura:




1. Objetivo
Sistematizar o processo de verificação da glicemia capilar dos pacientes em Internação Domiciliar, pelo Grupo Ideal - HC.
2. Aplicação
Ao Grupo Ideal – HC.
3. Responsabilidade


Cargos Envolvidos




Médico (a)

HC

Equipe de Enfermagem

HC


4. Definições
Glicemia Capilar: Exame relacionado com a dosagem de glicemia, solicitado para pacientes com diagnostico definido de Diabetes.

HC: Home Care.


5. Procedimento


SUJEITO

PROCEDIMENTO

OBSERVAÇÕES

Médico (a)

 Prescrever o procedimento no prontuário eletrônico-IW do paciente.




Enfermeiro (a)

 Tomar ciência do procedimento na prescrição médica e orientar o técnico ou auxiliar de enfermagem, caso seja necessário.




Técnico (a) ou Auxiliar de Enfermagem


 Lavar as mãos;

 Reunir o material e levá-lo junto ao paciente;

 Explicar o que vai ser feito ao paciente;

 Ligar o glicosímetro e inserir a fita no aparelho para a leitura;

 Calçar as luvas;

 Perguntar ao paciente em qual dedo prefere a coleta quando este estiver consciente;

 Comprimir a polpa digital para concentrar mais sangue;

 Fazer a punção na parte lateral direita ou esquerda da polpa digital;*

 Colocar uma gota se sangue sobre a fita, tomando cuidado prévio de não tocar na fita;

 Orientar ao paciente comprimir o local da punção com o algodão úmido;

 Informar o resultado ao paciente e anotar na evolução da enfermagem e na prescrição médica;


  • Administrar medicações (glicose ou hipoglicemiantes) conforme resultado e prescrição médica.

  • Anotar gastos na folha de gastos do paciente. (Anexo 3 POP.HC.001.)

Kit de materiais:

- 01 agulha 13X4,5 ou lanceta;

- 01 bola de algodão seco e 01 bola embedida em álcool;

- 02 luvas de procedimento;

- 01 fita teste;

Material Permanente:

- 01 glicosímetro;

- 01 cuba

* A parte lateral da polpa digital possui menor quantidade de terminações nervosas tornando a punção menos dolorida.




6. Participantes na descrição do processo


R. Nonato G. De Matos

Supervisor Médico do HC

Mariana Borges.

Enfermeira


7. Anexo
Anexo 3: POP.HC.001
8. Referências:
Não se aplica a este procedimento.
9. Natureza das alterações





Alterações

Revisado

14/04/2015 Renata Ramalho Magalhães – Enfermeira Educação Continuada

Aprovado

14/04/2015 Dr. André Minchillo – Vice Presidente




Elaborado em: 12/03/2012

PROIBIDO REPRODUZIR

Página de 2








©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal