Exercícios Fonoterapia Bases para a reeducação da voz e da fala



Baixar 52.72 Kb.
Encontro24.10.2017
Tamanho52.72 Kb.

Exercícios - Fonoterapia
Bases para a reeducação da voz e da fala
Vamos trabalhar com os seguintes elementos básicos para adquirirmos uma bela voz: relaxamento, respiração, ressonância, articulação, postura corporal e propriocepção.
3.1. Exercícios Iniciais para relaxamento:

a) relaxe bem o corpo balançando e soltando braços e pernas suavemente (em pé)

b) mova lentamente a cabeça p/ direita e p/ esquerda, p/ cima e p/ baixo (5x)

c) gire lentamente a cabeça no sentido horário e anti-horário (5x)

3.2. Exercícios Iniciais para respiração:

a) inspire e expire profundamente, soltando o ar pela boca lentamente (5x)

b) inspire e expire profundamente, soltando o ar pela boca com sopro (5x)

c) inspire lentamente levantando os braços e expire lentamente baixando os braços (5x)

d) inspire profundamente e expire emitindo o som da letra S (5x) – “secando pneu”

e) inspire profundamente e expire emitindo o som da letra Z (5x) – “vôo do besouro”

Relaxamento
O nosso corpo e os nossos órgãos fonoarticulatórios devem estar num estado equilibrado de tensão para que a produção da voz e a articulação das palavras ocorra de forma clara e precisa. Os exercícios têm o objetivo de perceber estados de tensão no nosso corpo e aprender a reequilibrá-los.
Obs.: Devemos fazer o relaxamento de olhos abertos

a) Língua repousada; b) Olhos descontraídos; c) Eixo corporal equilibrado.


4.1. Relaxamento Específico

Pescoço:


a) sentado, mover lentamente a cabeça p/direita, p/esquerda, p/cima, p/baixo acompanhando com o olhar (5x)

b) inclinar lentamente a cabeça para a direita e para a esquerda (5x)

c) girar lentamente a cabeça fazendo rotação para direita e esquerda (5x)
Ombros:

a) elevar e baixar os ombros lentamente (5x)

b) elevar lentamente e soltar rapidamente (5x)

c) girar os ombros lentamente para frente e para trás (5x)


Mandíbula – lábios – língua – palato

a) abrir e fechar a boca lentamente (5x)

b) abrir a boca lentamente e fechar rapidamente (5x)

c) abrir a boca rapidamente e fechar lentamente (5x)

d) movimentar lentamente a mandíbula para a direita e esquerda (10x)

e) movimentar lentamente a mandíbula para frente e para trás (10x)

f) inspirar pelo nariz abrindo a boca lentamente, bocejando e soltando o ar pela boca (10x)

g) bocejar com a boca fechada (5x)

h) estalar a língua lentamente movimentando a mandíbula (20x)

i) inspirar – pausa – soltar e vibrar os lábios suavemente (10x)

j) inspirar – pausa – vibrar a língua com som contínuo e forte de rrrrrrr.......

k) inspira – pausa – vibrar a língua com som contínuo e suave de rrrrrr.......


Mobilidade e Tonicidade dos Órgãos Fonoarticulatórios
Agora que já estamos com a tensão muscular equilibrada, vamos aperfeiçoar a mobilidade e o tônus da musculatura orofacial para que possamos ter uma fala bem articulada, uma dicção clara e firme.
6.1 - Exercícios:

a) mandíbula cerrada, juntar os lábios fazendo bico e separar sem mostrar os dentes (10x)

b) mandíbula cerrada, juntar os lábios fazendo bico e separar mostrando os dentes (10x)

c) abrir e fechar a boca ampla e rapidamente (20x)

d) inspirar – pausa – vibrar os lábios fortemente (10x)

e) abrir a boca e estirar a língua para fora e para dentro (10x)

f) estalar a língua com os dentes ocluídos (20x)

g) tocar as bochechas com a ponta da língua (20x)

h) inspirar – pausa – vibrar a língua sem som (10x)

i) inspirar – pausa – vibrar a língua com som (10x)

j) tocar os lábios lateralmente com a ponta da língua (20x)

k) tocar os lábios superior e inferior com a ponta da língua (20x)

l) passar a ponta da língua em volta dos dentes no sentido horário e anti-horário (10x)

m) afilar e alargar a língua(20x)

n) canelar a língua (10x)

o) estalar a língua com a boca aberta sem movimentar a mandíbula (10x)

p) encher os lábios de ar (10x)

q) pressionar os lábios suavemente (10x)

r) pressionar os lábios fortemente (10x)

s) encher as bochechas de ar e soprar (10x)

t) encher as bochechas e passar o ar de um lado ao outro (10x)

s) sugar as bochechas (10x)

t) emitir a vogal /a/ passando para /ã/, sem movimentar a mandíbula (15x)

u) emitir o fonema /k/ várias vezes.

v) encher os lábios de ar e soltar soprando (10x)
Respiração
A função primordial da respiração é promover as trocas gasosas, fornecendo energia ao organismo e purificando o sangue. É um dos elementos básicos na comunicação verbal. É a força do ar expiratório que faz vibrar as cordas vocais, produzindo a voz.

Nesta etapa, vamos reeducar a forma de respirar, aumentar a capacidade respiratória e aprimorar a coordenação pneumo-fono-articulatória, com o intuito de produzir uma voz firme e constante e uma fala mais prolongada.


Obs.: Com as mãos sobre as últimas costelas, braços cruzados, faça os exercícios preliminares.

1° - Exercício: inspira pelo nariz – pausa – expira pela boca com alívio (5x)

2º - Exercício: inspira pelo nariz – pausa – expira pela boca lentamente (5x)

3° - Exercício: com a boca aberta inspira pelo nariz – pausa – expira pela boca (5x)

4º - Exercício: inspira pelo nariz – pausa – expira pelo nariz, continuando pela boca (5x)

5º - Exercício: inspira pelo nariz – pausa – expira como um pneu esvaziando (5x)


7.1 - Exercícios:

a) inspira lentamente pelo nariz – pausa – expira lentamente pela boca soprando (5x)

b) inspira – pausa – expira – pausa – expira soprando (5x)

c) inspira – pausa – expira – pausa – expira – pausa – expira soprando (3x)

d) inspira – pausa – expira emitindo som de /s/ prolongado, secando pneu (5x)

e) inspira – pausa – emite sssss – pausa – emite sssss (5x)

f) inspira – pausa – emite sssss – pausa – emite sssss – pausa – emite sssss (3x)

g) inspira – pausa – expira emitindo som de /z/ prolongado, besouro voando (5x)

h) inspira – pausa – emite zzzzz – pausa – emite zzzzz (5x)

i) inspira – pausa – emite zzzzz – pausa – emite zzzzz – pausa – emite zzzzz (3x)

j) inspira – pausa – emite ssssszzzzzzzzzz ( suavemente ) – (3x)

k) inspira – pausa – expira emitindo as vogais sem som (uma de cada vez)

l) inspira – pausa – emite as vogais com som (uma de cada vez)

7.2 - Exercícios para ampliar a capacidade e o controle pneumofonoarticulatório (fôlego)

Dizer com apenas uma inspiração e uma expiração as seguintes frases:


  1. O Pedro tem cuidado com a capa belga de cor preta que comprou do Conde Tadeu que andou longo tempo na Bélgica comprando quadros do colega pintor Gaspar e também pintando quadros ganhando bastante prática com os estudos adquiridos.

  2. A pomba branca bicou o dedo de Paquito que correndo de dor tropeçou perto do banco da casa de campo de Guido quebrando o pé que durante trinta dias o privou de brincar de papagaio com o Braga na beira da ponte perto do lago onde também passeiam pescando bacuris.

  3. O palacete tombado no pântano era pouco parecido ao portento que o pacato padrinho pão duro conseguia pagar compadecimento, prebendas e paciências. Nas paredes perdidas um petulante papagaio particular perseguia os papa-moscas, para poder atender o paladar em pandarecos desde a partida do padre Paladino, na padiola, tocando pandeiro.

Ressonância


A ressonância que é feita com o uso das cavidades ressoadoras do aparelho fonador, é que empresta o timbre a voz, que é a identidade vocal do indivíduo. Significa vibração sonora, retumbância, amplificação da voz, o aumento das vibrações aéreas.

Os exercícios que faremos a seguir, têm como objetivo explorar de forma adequada e equilibrada o uso destas caixas de ressonância, amplificando e tornando a voz mais forte, bela e cheia.

8.1 - Exercícios básicos:

Obs.: Estes exercícios são feitos com “zumbido”, como se tentasse pronunciar o fonema /m/ continuamente com os lábios unidos, sem abrir a boca.
1º - com as mãos entrelaçadas sobre a nuca,emitir o som zumbido ( hummmmmm ) com percepção desta parte do corpo.

2º - realizar o mesmo exercício com as mãos sobre a cabeça.

3º - realizar o mesmo exercício com percepção no nariz.

4º - realizar o mesmo exercício com percepção no queixo.


8.2 - Exercícios:

Diga:


1º - Morummmmm – Torummmmm – Sorummmmm (com todas as consoantes)

2º - Mummmmmm – Tummmmmm – Dummmmm (com todas as consoantes)

3º - inspirar – pausa – emitir /m/ mmmmmaaaaaa (com todas as vogais)

4º - inspirar – pausa – emitir mmmmmãããããã (com todas as vogais nasais)

5º - combinar as vogais nasais prolongando a emissão: ãinãinãenãõãun

6º - inspirar – pausa – emitir /n/ nnnnnnaaaaaa (com todas as vogais)

7º - inspirar – pausa – emitir nnnnnnnãããããããã (com todas as vogais nasais)
Articulação
É a produção de sons da fala através da interrupção ou constricção da corrente de ar expiratória, sonorizada ou não, ocasionada pelos movimentos de lábios, língua e véu. Realiza-se de forma automática mas pode ser controlada ou monitorada através de sensações táteis e cinestésicas ( feedback ). Está relacionada a dicção, que é a pronúncia dos sons da palavra; a maneira e a arte de dizer; de recitar. Ter boa dicção é pronunciar bem as palavras, articulando os fonemas de forma ampla e coordenada; é tornar fácil de ser entendida. Para tanto, faz-se necessário treinar e praticar bastante os exercícios com os órgãos fonoarticulatórios, para que possamos falar com clareza, com menor esforço, pronunciando corretamente os fonemas e alcançando o sucesso nos nossos empreendimentos.
9.1 - Exercícios:
1º - Abrir e fechar a boca ampla e lentamente (10x)

2º - Abrir e fechar a boca ampla e rapidamente (10x)

3º - Abrir a boca lentamente e fechá-la rapidamente (10x)

4º - Abrir a boca rapidamente e fechá-la lentamente (10x)

5º - Inspirar – pausa – expirar emitindo as vogais bem articuladas até acabar o ar (5x)

6º - Inspirar – pausa – pronunciar continuamente PA – TA – KA (com todas as vogais)

7º - Inspirar – pausa – pronunciar continuamente BA – DA – GA (com todas as vogais)

8º - Inspirar – pausa – pronunciar continuamente FA – SA – XA (com todas as vogais)

9º - Inspirar – pausa – pronunciar continuamente MA – DA – NHA (com as vogais)

10º - Inspirar – pausa – pronunciar continuamente VA – ZA – JÁ (com todas as vogais)

11º - Inspirar – pausa – pronunciar continuamente LA - RRA – RA – LHA (com vogais)

12º- Pronunciar a seqüência horizontal, seguindo-se de forma vertical:


Bra – Bre – Bri – Bro – Bru Bla – Ble – Bli – Blo - Blu

Pra – Pre – Pri – Pro – Pru Pla – Ple – Pli – Plo – Plu

Dra – Dre – Dri – Dro – Dru Dla – Del – Dli – Dlo – Dlu

Tra – Tre – Tri – Tro – Tru Tla – Tle – Tli – Tlo – Tlu

Vra – Vre – Vri – Vro – Vru Vla – Vle – Vli – Vlo – Vlu

Fra – Fre – Fri – Fro – Fru Fla – Fle – Fli – Flo – Flu


13º - Pronunciar a seqüência anterior de forma alternada, ex.: Bra – Bla

14º - Pronunciar a seqüência seguinte:


Sbra –Sbre – Sbri – Sbro – Sbru Sbla – Sble – Sbli – Sblo – Sblu

Spra – Spre – Spri – Spro – Spru Spla – Sple – Spli – Splo – Splu

……(completar a seqüência) (etc.)
15º - Pronunciar as seqüências rapidamente e com precisão na emissão de cada sílaba:
>RAGRACLA – REGRECLE – RIGRICLI – ROGROCLO – RUGRUCLU

>TRATLATAR – TRETLETER – TRITLITIR – TROTLOTOR – TRUTLUTUR

>GLAPRAZARRA...GLEPREZERRE.....GLIPRIZIRRI....GLOPROZORRO......GLUPRUZURRU

>MANHARATLA...MENHERETLE....MINHIRITLI...MONHOROTLO.................MUNHIRUTLU

>LARALA......LERELE......LIRILI......LOROLR.....LURULU

>PRAGLATARLHA....PRGLETERLHE....PRIGLITIRLHI....PROGLOTORLHO........PRUGLUTURLHU

>RARRALA – RERRELE – RIRRILI – RORROLO - RURRULU
Exercícios Gerais para colocação da Voz


  1. IA- IE- II- IO- IU (subindo e descendo) – tornar voz aguda

  2. UA- UE- UI- UO- UU (subindo e descendo) – tornar voz grave

  3. MI NI – MI NI – MI NI – MI NI (subindo) – ressoante

  4. BLIC-BLAC-BLOC-BLUC-BLEC

BLOC-BLIC-BLAC-BLUC-BLEC

BLUC-BLEC-BLIC-BLAC-BLUC (voz clara/articulação)

BLOC-BLIC-BLUC-BLACBLUC

BLAC-BLOC-BLUC-BLIC-BLEC



  1. DINNNG-DANNNG-DONNNG-DUNNNG-DENNNG

DONNNG-DINNNG-DANNNG-DUNNNG-DENNNG

DUNNNG-DENNNG-DINNNG-DANNNG-DENNNG (ressonância)

DENNNG-DINNNG-DUNNNG-DANNNG-DENNNG


  1. UI-UI-UI-UI-UI-UI (trazer a voz para os lábios)

  2. L-U-O-A – L-U-O-A – L-U-O-A – L-U-O-A (desembutir a voz)

  3. NHIAOU – NHIAOU –NHIAOU – NHIAOU (ressonância)

  4. XIBRABA – XIBREBE –XIBRIBI – XIBROBO – XIBRUBU (projetar a voz)

  5. A E I O U A E I O U A E I O U A E I O U A E I O U (articulação/ fôlego)

  6. MMMMMMÔÔÔÔÔÔNNNN (ressonância)

  7. Emitir as vogais e projetá-las, jogando a voz junto com as mãos (posição inicial: braços cruzados, mãos fechadas sobre o peito. Emitir e jogar abrindo as mãos.)

Higiene Vocal – Como cuidar da sua Voz




  • Não gritar ou falar durante muito tempo;

  • Não se expor a mudanças de temperatura ambiental, tomando cuidado inclusive com bebidas muito geladas;

  • Não pigarrear ou tossir, pois este hábito promove atrito entre as pregas vocais. Engolir saliva ou tomar água;

  • Evitar bebidas alcoólicas, pois estas atuam como anestésicos, melhorando a voz aparentemente e mascarando seu abuso. O mesmo acontece com “sprays” e pastilhas.

  • Beber sempre bastante água, principalmente em ambiente com ar condicionado;

  • Fazer gargarejos suaves com água morna e pouco sal.

  • Não falar em ambientes muito ruidosos, evitando “competir” com os outros;

  • No caso de ser alérgico, evitar exposição a poeira, gás, cheiros muito fortes;

  • Não fumar, pois o fumo irrita a mucosa de todo o aparelho fonador, especialmente as pregas vocais e pode causar câncer;

  • Cuidar da sua saúde como um todo, pois qualquer problema no seu corpo pode influenciar na produção da sua voz;

  • Mastigar bem os alimentos, dar preferência aos leves e evitar os muito temperados;

  • Evitar alimentos achocolatados e derivados de leite, principalmente antes do uso profissional da voz, pois estes aumentam a secreção no trato vocal;

  • Enquanto estiver falando, manter a postura do corpo reta, no eixo, porém relaxada, principalmente a cabeça;

  • Não usar roupas apertadas, principalmente na região do pescoço e da cintura; dar preferência a tecidos mais leves e naturais;

  • Prestar atenção ao tipo de calçado: saltos altos prejudicam a postura e solas grossas de borracha impedem o fluxo natural de suas energias;

  • Realizar exercícios de aquecimento vocal orientados pelo Fonoaudiólogo, principalmente no momento que antecede o uso profissional da voz;

  • Procurar um profissional especializado quando perceber alguma alteração como ardência e dor na garganta, perda da voz ou rouquidão. A consulta com um otorrinolaringologista é necessária caso os sintomas permaneçam por mais de dez dias.


Exercícios diários:
 
1- Aquecimento vocal: Inspira pelo nariz - pausa - vibração de língua do tom grave p/ agudo - (10x) -Inicio das atividades - AQUECIMENTO
2- Inspira - pausa - expira pela boca soprando com bico - (10x) - RELAXAMENTO
3- Inspira pelo nariz abrindo a boca e soltando o ar com bocejo - (10x) - RELAXAMENTO
4- Inspirar pelo nariz - pausa - vibrar língua no seu tom normal (único), sem variar - RELAXAMENTO
4- Abrir e fechar a boca rapidamente a amplamente (10x) - AQUECIMENTO
5- Estalar a língua com a boca aberta e fixa / abrindo e fechando a boca / e com os dentes juntos - Fazer 10 vezes cada tipo separadamente. - AQUECIMENTO
6- Passar a língua entre os dentes e os lábios no sentido horário e anti-horário (10x cada sentido) - AQUECIMENTO
7- Desaquecimento da voz - ao final do dia - Inspira pelo nariz - pausa - vibra língua do tom agudo p/ grave (10x) - DESAQUECIMENTO
 
OBS.: Esta sequência pode ser feita diariamente, inclusive durante as pausas do seu trabalho, nas quais você deve ingerir água, fazer repouso vocal (não falar nada) e fazer somente os exercícios de relaxamento vocal.




©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal