Exercício extra-classe #



Baixar 15.51 Kb.
Encontro04.06.2018
Tamanho15.51 Kb.

Universidade de São Paulo

Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”

Departamento de Engenharia de Biossistemas

LCE 630 – Agrometeorologia dos Cultivos

Prof. Paulo C. Sentelhas

EXERCÍCIO EXTRA-CLASSE # 3

1 > Com os dados diários de temperatura máxima e mínima dos últimos 30 anos de Piracicaba, disponíveis no site www.leb.esalq.usp.br/postocon.html, determine a variação do ciclo semeadura-maturação fisiológica do milho (cv. Pioneer 3556), considerando-se:
Data de semeadura: 15 de outubro (Safra das águas)

01 de março (Safrinha)


Constante térmica (CT) = 1339 ºC.dia

Temperatura-base inferior (Tb) = 10ºC


a) Compare os resultados e os apresente numa tabela (juntamente com a Tmed do ciclo) e na forma gráfica, discutindo-os. Avalie o valor médio, o desvio padrão. Discuta os resultados.

b) Caso haja um aumento de 1, 3 e 5ºC nas temperaturas da região, o que ocorreria com o ciclo do milho na safra e na safrinha, considerando-se as duas metodologias?


Universidade de São Paulo

Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”

Departamento de Engenharia de Biossistemas

LCE 630 – Agrometeorologia dos Cultivos

Prof. Paulo C. Sentelhas

EXERCÍCIO EXTRA-CLASSE # 3

1 > Com os dados diários de temperatura máxima e mínima dos últimos 30 anos de Piracicaba, disponíveis no site www.leb.esalq.usp.br/postocon.html, determine a variação do ciclo semeadura-maturação fisiológica do milho (cv. Pioneer 3556), considerando-se:
Data de semeadura: 15 de outubro (Safra das águas)

01 de março (Safrinha)


Constante térmica (CT) = 1339 ºC.dia

Temperatura-base inferior (Tb) = 10ºC


a) Compare os resultados e os apresente numa tabela (juntamente com a Tmed do ciclo) e na forma gráfica, discutindo-os. Avalie o valor médio, o desvio padrão. Discuta os resultados.

b) Caso haja um aumento de 1, 3 e 5ºC nas temperaturas da região, o que ocorreria com o ciclo do milho na safra e na safrinha, considerando-se as duas metodologias?


Universidade de São Paulo

Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”

Departamento de Engenharia de Biossistemas

LCE 630 – Agrometeorologia dos Cultivos

Prof. Paulo C. Sentelhas

EXERCÍCIO EXTRA-CLASSE # 3

1 > Com os dados diários de temperatura máxima e mínima dos últimos 30 anos de Piracicaba, disponíveis no site www.leb.esalq.usp.br/postocon.html, determine a variação do ciclo semeadura-maturação fisiológica do milho (cv. Pioneer 3556), considerando-se:
Data de semeadura: 15 de outubro (Safra das águas)

01 de março (Safrinha)


Constante térmica (CT) = 1339 ºC.dia

Temperatura-base inferior (Tb) = 10ºC


a) Compare os resultados e os apresente numa tabela (juntamente com a Tmed do ciclo) e na forma gráfica, discutindo-os. Avalie o valor médio, o desvio padrão. Discuta os resultados.

b) Caso haja um aumento de 1, 3 e 5ºC nas temperaturas da região, o que ocorreria com o ciclo do milho na safra e na safrinha, considerando-se as duas metodologias?


Universidade de São Paulo

Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”

Departamento de Engenharia de Biossistemas

LCE 630 – Agrometeorologia dos Cultivos

Prof. Paulo C. Sentelhas

EXERCÍCIO EXTRA-CLASSE # 3

1 > Com os dados diários de temperatura máxima e mínima dos últimos 30 anos de Piracicaba, disponíveis no site www.leb.esalq.usp.br/postocon.html, determine a variação do ciclo semeadura-maturação fisiológica do milho (cv. Pioneer 3556), considerando-se:
Data de semeadura: 15 de outubro (Safra das águas)

01 de março (Safrinha)


Constante térmica (CT) = 1339 ºC.dia

Temperatura-base inferior (Tb) = 10ºC


a) Compare os resultados e os apresente numa tabela (juntamente com a Tmed do ciclo) e na forma gráfica, discutindo-os. Avalie o valor médio, o desvio padrão. Discuta os resultados.

b) Caso haja um aumento de 1, 3 e 5ºC nas temperaturas da região, o que ocorreria com o ciclo do milho na safra e na safrinha, considerando-se as duas metodologias?




©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal