Estado do rio grande do sul prefeitura municipal de canoas



Baixar 2.14 Mb.
Página8/20
Encontro18.09.2019
Tamanho2.14 Mb.
1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   ...   20

  • MARCA: I

  • CONSUMO MÉDIO MENSAL: 1. 000 unidades

  • Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500







  • 70

    12.000

    Unidades



                1. BOLSA SIMPLES PARA COLETA DE SANGUE, capacidade 450ml, confeccionada em pvc, atóxico, formato anatômico com os cantos internos arredondados, estéreis, apirogênica, segmentos de coleta numerados, agulha 16g e bisel trifacetado, anticoagulante cpda-1, pasteurizadas em embalagem impermeável de acordo com o regulamento técnico mic/ms nº 003/88.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 1. 000 unidades

                4. Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500







    71

    48

    Unidades



                1. BOLSA TÉRMICA quente/frio – em PVC flexível, seladas, contendo gel atóxico à base de celulose vegetal que não endurece quando congelada até a temperatura de 15 graus negativos, de 250 a 350 ml.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 04 Unidades

                4. Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500




    72

    48

    Unidades



                1. BOLSA TÉRMICA quente/frio - em PVC flexível, seladas, contendo gel atóxico à base de celulose vegetal que não endurece quando congelada até a temperatura de 15 graus negativos, 600ml.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 04 Unidades

                4. Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500




    73

    12.000

    Unidades



                1. BOLSA TRIPLA PARA COLETA DE SANGUE para cinco dias, com sistema de sítio coletor no tubo de coleta que possibilite a retirada de amostras em tubos à vácuo, com capacidade 450ml, atóxico, formato anatômico com todos os cantos internos arredondados, estéril, apirogênica, segmentos de coleta e transferência numerados,bolsas satélites com capacidade de aproximadamente 500ml, sendo que uma das bolsas satélite é confeccionada com plástico pvc atóxico e plastificante tri- 2- extril trimelitato (totm) especial para preservação de plaquetas por 5 dias,agulha 16g e bisel trifacetado, anticoagulante cpda-1, pasteurizadas em embalagem impermeável à vácuo, de acordo com o regulamento técnico mic/ms nº 003/88.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 1. 000 unidades

                4. Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500







    74

    240

    Unidades



                1. BOLSAS RESPIRATÓRIAS, em silicone, capacidade 2 litros.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 20 unidades

                4. Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500




    75

    240

    Unidades



                1. BOLSAS RESPIRATÓRIAS, em silicone, capacidade 3 litros.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 20 unidades

                4. Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500




    76

    240

    Unidades



                1. BOLSAS RESPIRATÓRIAS, em silicone, capacidade 5 litros.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 20 unidades

                4. Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500




    77

    240

    Unidades



                1. BOLSAS RESPIRATÓRIAS, em silicone, capacidade 500ml.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 20 unidades

                4. Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500




    78

    240

    Unidades



                1. BOLSAS VAZIAS P/ DIÁLISE PERITONIAL, com capacidade de 2 litros.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 20 unidades

                4. Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500







    79

    240

    Unidades



                1. BOLSAS VAZIAS P/ DIÁLISE PERITONIAL com capacidade de 5 litros.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 12 unidades

    Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500





    80

    240

    Unidades



    BOTA que posiciona o pé corretamente evitando pressões sobre o calcâneo. Sua base deve controlar a rotação da perna e os movimentos de eversão do pé, desta maneira pressões sobre os maléolos obtidos. Presença de orifícios que permitam uma boa ventilação, prevenindo a formação de úlceras de pressão, material lavável.

    INDICAR MARCA:

    CONSUMO MÉDIO MENSAL: 20

    Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500







    81

    288

    Unidades



                1. BRAÇADEIRA PARA INJEÇÃO, altura regulável, base de ferro fundido, esmaltado parte superior cromada, altura mínima 0,86 e altura máxima 1,14m.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 24 unidades

                4. Secretaria Municipal da Saúde – (51) 3462-1726 – Adriana







    82

    120

    Unidades



                1. CABO DE BISTURI, em aço inoxidável, nº 03.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 10 unidades

                4. Secretaria Municipal da Saúde – (51) 3462-1726 – Adriana







    83

    60

    Unidades



                1. CABO DE LARINGOSCÓPIO ADULTO – material cromado com encaixe universal para as lâminas.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 05 Unidades

                4. Sendo: 01 unidade – SMS e 04 unidades – HPSC.







    84

    60

    Unidades



                1. CABO DE LARINGOSCÓPIO INFANTIL – material cromado com encaixe universal para as lâminas.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 05 Unidades

                4. Sendo: 01 unidade – SMS e 04 unidades – HPSC.







    85

    360

    Unidades



                1. CABO p/ marca passo transitório ( 7f ), eletrodo para marca-passo provisório estéril, confeccionado em material atóxico, apirogênico, hipoalergênico, radiopaco, apropriado para o procedimento dentro dos padrões da ABNT.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 30 unidades

                4. Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500







    86

    360

    Unidades



                1. CABO p/ marca passo transitório (6 f).Eletrodo para marca-passo provisório estéril, confeccionado em material atóxico, apirogênico, hipoalergênico, radiopaco, apropriado para o procedimento dentro dos padrões da ABNT.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 30 unidades

    Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500




    87

                1. 360 Unidades

                1. CABO p/ marca passo transitório (8 f), eletrodo para marca-passo provisório estéril, confeccionado em material atóxico, apirogênico, hipoalergênico, radiopaco, apropriado para o procedimento dentro dos padrões da ABNT.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 30 unidades

    Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500




    88

                1. 1.200 rolos

                1. CADARÇO, branco em algodão confeccionada em fios de algodão resistente, com trama bem fechada, sem elasticidade, garantindo a precisão da fixação, rolos de aproximadamente 100 m.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 100 rolos

    Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500





    89

    12

    Unidades



                1. CAIXA TÉRMICA para ser utilizada no transporte de sangue, capacidade aproximada: 12L. Dimensões aproximadas: comprimento 31,2cm x largura 21,9cm x altura 29,8cm. Tampa com sistema que garanta completa vedação. Revestimento externo e interno em polipropileno. Revestimento interno, entre as duas camadas, em poliuretano injetado, de alta densidade proporcionando maior tempo de conservação. Cor: azul Royal. Com alças fixas.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 01 Unidade

    Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500





    90

    120

    Galões



                1. CAL SODADA mistura em forma granulada, de hidróxido de cálcio com hidróxido de sódio ou hidróxido de potássio, ou ambos, utilizada para absorver/reter dióxido de carbono, em provas de metabolismo basal, em canister de aparelhos de anestesia, por reaspiração e na oxigenoterapia, embalagem constando dados de identificação e procedência, data de fabricação e validade, com registro em órgão competente. Galão de aproximadamente 3,4 kg.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 10 galões

                4. Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500.




    91

    120

    unidades



                1. Cálice graduado de vidro 1000ml com graduação mínima de 20 em 20 ml.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 10 Unidades

                4. Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500




    92

    120

    unidades



                1. Cálice graduado de plástico 1000ml com graduação mínima de 20 em 20 ml.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 10 Unidades

                4. Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500




    93

    120

    unidades



                1. Cálice graduado de vidro de aproximadamente 150ml com graduação mínima de 10 em 10ml.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 10 Unidades

                4. Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500




    94

    12

    Caixas



                1. Campos para bandeja, não estéreis, impermeáveis, confeccionado, fibras de viscose e poliéster, gramatura 40g/m2, tamanho 40x40cm. Caixa com 500 unidades. Com validade de 03 (três) anos, Reg. Ms: 80063160001.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 1caixa

                4. Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500




    95

    12.000

    Unidades




                1. CAMPO PLÁSTICO descartável estéril com embalagem individual c/ 120x9cm.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 1.000

                4. Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500




    96

    360

    Unidades



                1. CANHÕES, para adaptar agulha em coleta vacutainer.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 30 unidades

                4. Secretaria Municipal da Saúde – (51)3462-1726– Adriana







    97

    120

    Unidades



                1. CÂNULA DE GUEDEL Nº 0, fabricada em PVC atóxico, transparente, inodora. Devem permitir esterilização em autoclave a vapor.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 10 Unidades

                4. Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500







    98

    120

    Unidades



                1. CÂNULA DE GUEDEL Nº 01, fabricada em PVC atóxico, transparente, inodora. Devem permitir esterilização em autoclave a vapor.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 10 Unidades

    Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500




    99

    120

    Unidades



                1. CÂNULA DE GUEDEL Nº 02, fabricada em PVC atóxico, transparente, inodora. Devem permitir esterilização em autoclave a vapor.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 10 Unidades

                4. Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500




    100

    120

    Unidades



                1. CÂNULA DE GUEDEL Nº 03, fabricada em PVC atóxico, transparente, inodora. Devem permitir esterilização em autoclave a vapor.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 10 Unidades

    Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500





    101

    120

    Unidades



                1. CÂNULA DE GUEDEL Nº 04, fabricada em PVC atóxico, transparente, inodora. Devem permitir esterilização em autoclave a vapor.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 10 Unidades

    Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500




    102

    120

    Unidades



                1. CÂNULA DE GUEDEL Nº 05, fabricada em PVC atóxico, transparente, inodora. Devem permitir esterilização em autoclave a vapor.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 10 Unidades

                4. Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500




    103

    120

    Unidades



                1. CÂNULA TRAQUEOSTOMIA METÁLICA (INOX) Nº 0, totalmente inoxidável, composta de 03 partes: cânula interna de inox com conexão giratória fenestrada para trava, cânula externa inoxidável com trava e aba com aberturas laterais para fixação da cânula, obriturador em inox, não devem provocar inoxidação, numeração impressa na cânula, embalada individualmente constando externamente os dados de identificação e procedência.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 10 Unidades

                4. Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500




    104

    120

    Unidades



                1. CÂNULA TRAQUEOSTOMIA METÁLICA (INOX) Nº 1, totalmente inoxidável, composto de 03 partes: cânula interna de inox com conexão giratória fenestrada para trava, cânula externa inoxidável com trava e aba com aberturas laterais para fixação da cânula, obriturador em inox, não devem provocar inoxidação, numeração impressa na cânula, embalada individualmente constando externamente os dados de identificação e procedência.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 10 Unidades.

                4. Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500







    105

    120

    Unidades



                1. CÂNULA TRAQUEOSTOMIA METÁLICA (INOX) Nº 2, totalmente inoxidável, composto de 03 partes: cânula interna de inox com conexão giratória fenestrada para trava, cânula externa inoxidável com trava e aba com aberturas laterais para fixação da cânula, obriturador em inox, não devem provocar inoxidação, numeração impressa na cânula, embalada individualmente constando externamente os dados de identificação e procedência.

                2. MARCA:

                3. CONSUMO MÉDIO MENSAL: 10 Unidades.

                4. Secretaria de Gestão Hospitalar – (51) 3415-4500







    106

    120

    Unidades



                1. CÂNULA TRAQUEOSTOMIA METÁLICA (INOX) Nº 3, totalmente inoxidável, composto de 03 partes: cânula interna de inox com conexão giratória fenestrada para trava, cânula externa inoxidável com trava e aba com aberturas laterais para fixação da cânula, obriturador em inox, não devem provocar inoxidação, numeração impressa na cânula, embalada individualmente constando externamente os dados de identificação e procedência.



    1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   ...   20


    ©aneste.org 2017
    enviar mensagem

        Página principal