Estado da paraíBA



Baixar 6.5 Kb.
Encontro02.07.2019
Tamanho6.5 Kb.





ESTADO DA PARAÍBA

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

COORDENAÇÃO DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA
Paralisia Flácida Aguda na Paraíba

PFA/PB
Reunião: 08/09/2004 Local: Sala do CES Horário: 09 as 12h



Clientela: Coordenadora Nacional de Paralisia Flácida Aguda do MS; Técnica Responsável pela PFA na região NE e Coordenadora de VE- SES_PB

Técnico responsável pela PFA/SES; Técnicos do setor de Imunopreveníveis, Chefe de Imunização, Representante da Atenção Básica, Coord. VE do 1º, 3º, e 10º NRS e representantes das Secretarias municipais de saúde de: João Pessoa, Campina Grande, Santa Rita e Sousa.


Objetivos: Discutir a situação de PFA no Estado da Paraíba.

Manter o monitoramento de deficiência motora em menores de 15 anos


Preocupações: 1- Aumentar a sensibilidade de Vigilância de Portos e aeroportos para evitar a possibilidade de importação do vírus por meio do turismo;

2-Risco (remoto) de derivação do vírus vacinal em localidades com baixas coberturas vacinais na rotina.


Pendências do MS: Documento regulamentando o trabalho nos portos e aeroportos do Brasil sobre a necessidade de vacinação.
Situação da Paraíba

Jan- Julho de 2004


Casos de PFA esperados no ano: 11

Casos de PFA notificados de jan/jul 2004: 10 Taxa de notificação 90%

Percentual de notificações negativas enviadas oportunamente: 100%

Percentual de investigações realizadas oportunamente (48h): 100%

Percentual de coletas de fezes oportunamente (até 14º dia): 70% isso porque a procura da assistência nas Unidades de Saúde se deu tardiamente.

Percentual de revisita realizado: 60% (os demais ainda estão dentro do prazo mínimo de 60 dias)

Percentual de casos sem encerramento: 10% (continuam aguardando resultado das revisitas para encerrar).

Municípios que apresentaram casos: João Pessoa, Campina Grande, Sousa, Esperança, Solânea, Uiraúna e Pilões.

Municípios que pactuaram encontrar casos de PFA: João Pessoa, Campina Grande e Santa Rita.
João Pessoa, 09 de setembro de 2004

Dionéia Garcia



Coordenadora







©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal