Domingo, 18 de Agosto de 2001



Baixar 78.93 Kb.
Página3/3
Encontro18.09.2019
Tamanho78.93 Kb.
1   2   3






















Memórias de Uma Teia Mundial
Sábado, 18 de Agosto de 2001

Com o nascimento da World Wide Web, em 1991, surgem as primeiras aplicações, como o programa de cifra PGP (Pretty Good Privacy) ou a primeira WebCam, a Trojan Room Coffee Pot, na Universidade de Cambridge, Reino Unido.

Em 1992, aparece a expressão "surfar a Internet", que se concretizará com o lançamento em 1993 do primeiro "browser" generalizado - o Mosaic, mais tarde Netscape -, quando já existiam 50 servidores Web. Em Dezembro de 1993, com mais de 200 servidores Web, aparecem as primeiras notícias na imprensa generalista ("The New York Times" nos EUA, "The Guardian" e "The Economist" em Inglaterra). E Robert Cailliau, do Laboratório Europeu de Física de Partículas, prepara a primeira conferência internacional sobre a WWW, que se realiza em Maio de 1994, e onde só metade dos 800 interessados consegue lugar.

O ano de 1994 é o da divulgação da Internet em Portugal, tendo lugar o primeiro "workshop" no país. Lá fora, a Web acolhe o primeiro anúncio publicitário (na HotWired), a Internet Talk Radio inicia as suas emissões, os Rolling Stones emitem a sua "tournée" Voodoo Lounge e vende-se a primeira "pizza" pela Web. Em paralelo, o russo Vladimir Levin torna-se o primeiro assaltante virtual de bancos, ao desviar milhões de dólares do Citibank, enquanto nasce o primeiro ciberbanco, o First Virtual. A empresa de advocacia Canter & Siegel inicia o "spam" (E-mails não solicitados). Aos 1500 servidores Web existentes juntam-se a ONU, a Casa Branca e o Vaticano.

Em Fevereiro de 1995, o Parlamento Europeu recebe o encontro sobre as "auto-estradas da informação", onde os industriais europeus confirmam o atraso em relação aos Estados Unidos. Quando a Netscape já dominava o mercado, a Microsoft inclui o Internet Explorer no sistema operativo Windows95 e inicia a guerra dos "browsers", cuja vitória lhe trouxe dissabores judiciais ainda não finalizados.

Em Portugal, salientam-se os primeiros fornecedores comerciais de acesso Esotérica e Telepac, e nasce o Sapo (Serviço de Apontadores Portugueses). Nos Estados Unidos, aparece a Amazon, a tecnologia Java (da Sun), o Real Audio ou o telefone pela Internet. Com dez milhões de servidores para 40 milhões de utilizadores, generalizam-se os motores de busca, o domínio .tv (do Tuvalu) é vendido por 15 mil dólares e a Netscape inicia a entrada das "dotcom" na Bolsa. A loucura pela Web está instalada.

Em 1997, Matt Drudge publica na Web a primeira história sobre Bill Clinton e Monica Lewinsky e inicia a Web-tablóide. O endereço business.com é comercializado por 150 mil dólares. No primeiro trimestre de 1998, a Web tem entre 275 e 320 milhões de páginas, há dois milhões de endereços e a Compaq paga 3,3 milhões de dólares pelo endereço altavista.com.

O ano de 1999 é o dos pais. O então vice-presidente dos EUA, Al Gore, afirma que ele próprio inventou a Internet, seguido pelo ministro inglês Gordon Brown ("neste mês, há 30 anos, a Internet foi inventada na Grã-Bretanha"). Existem 37 mil "newsgroups", 60 milhões de servidores e 200 milhões de utilizadores. Nasce o MP3, desencadeia-se a primeira ciberguerra (Sérvia e Kosovo) e o domínio business.com é revendido por 7,5 milhões de dólares.

No ano passado, com mais de mil milhões de páginas indexadas, surge o Napster e validam-se os anteriores alertas sobre a segurança das redes: o primeiro ataque em massa de negação de acesso a servidores afecta a Yahoo, a Amazon ou a eBay. No lado folclórico, a cidade de Halfway, nos Estados Unidos, muda o nome para Half.com e Mitch Maddox autodenomina-se DotComGuy e fecha-se sozinho em casa com a Internet.

Em 2001, chega a consolidação. No primeiro semestre, abrem falência 330 empresas, a par de 726 aquisições e fusões. O assunto das "dot-bombs" está na ordem do dia: "Oitenta por cento de todas as 'start-ups' [novos projectos empresariais] falham, mas isso acontece em todos os negócios", dizia Vint Cerf, um dos pais da Internet, em Julho durante a entrega dos Webby - os Óscares da Web.



P.F.







© 2000 PÚBLICO Comunicação Social, SA
Emails: Direcção Editorial - Webmaster - Publicidade



1   2   3


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal