Doença de kawasaki: um desafio diagnóstico nome dos autores



Baixar 5.89 Kb.
Encontro02.07.2019
Tamanho5.89 Kb.





DOENÇA DE KAWASAKI: UM DESAFIO DIAGNÓSTICO

Nome dos autores:

Marina Pacheco Coelho, William Graupner Pereira, Gustavo Razente Fassina, Estefânia Mocelin, Flávia Saraçol Vignol



Área do Conhecimento: Saúde Materno-Infantil

Palavras Chave: Doença de Kawasaki, diagnóstico, tratamento.

Resumo
Introdução: Lactente, 10 meses, atendida em pronto socorro infantil com febre há 3 dias acompanhada de calafrios e episódio convulsivo, sem aparente foco de infecção. Internada, manteve-se febril 38ºC, prostrada, com eritema em tórax e dorso que poupava membros, hiperemia e placas em orofaringe. Iniciado tratamento para Faringite com Amoxicilina, teve alta 2 dias depois. Um dia após alta, criança é novamente internada, com persistência da febre, inapetência, não aceitando antibiótico via oral e hipótese diagnóstica de escarlatina pós faringite estreptocócica. Ao exame físico: febril, taquicardica, eritema em face e tronco e hiperemia conjuntival bilateral. Evoluiu com lesões pápulo-eritematosas de caráter migratório para mãos e pés (não descamativas), edema em extremidades, fissuras labiais e língua em framboesa. Ao Ecocardiograma: dilatação de ambas artérias coronárias com presença de derrame pericárdico circular pequeno. O quadro sugeria Doença de Kawasaki (DK), vasculite sistêmica que acomete principalmente crianças menores de 5 anos. Iniciada terapêutica de prova com imunoglobulina endovenosa e ácido acetilsalicílico, a criança evoluiu com rápida defervescência, desaparecimento do exantema, aumento do apetite e aparente melhora clínica. Objetivo: apresentar um caso de DK em que a apresentação inicial foi um quadro de convulsão febril. Metodologia: Revisão do caso clinico, analise de exames. Resultados: O diagnóstico da DK é predominantemente clínico e os exames laboratoriais e de imagem pouco auxiliam, desta forma, mesmo na presença de diversos sinais e sintomas, o diagnóstico se torna difícil pela semelhança com outras patologias. A suspeita precoce é de suma importância uma vez que a prescrição da terapêutica específica, em curto período de tempo, diminui as probabilidades de complicações.


De 22 a 26 de outubro de 2012

FURG - Campus Carreiros





Compartilhe com seus amigos:


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande