Discurso pronunciado pelo Deputado Felipe Bornier – phs/RJ



Baixar 7.72 Kb.
Encontro01.03.2018
Tamanho7.72 Kb.

Discurso pronunciado pelo Deputado Felipe Bornier – PHS/RJ. Na Sessão de 09 de Abril de 2007.
Senhor Presidente,

Senhoras e Senhores Deputados,

Ontem 08 de Abril, comemorou-se o Dia Mundial de Combate ao Câncer. Atualmente, o câncer é a segunda causa de morte por doença, no Brasil. Somente na Região Nordeste, ele representa a terceira causa de morte por doença. Nas demais regiões, segue-se às doenças cardiovasculares, como causa de morte, com incidência maior na Região Sul.

Os motivos que levam ao grande número de casos são o aumento da expectativa de vida da população em geral, associada à maior exposição a fatores de risco. O tipo de câncer que mais cresce é o de pulmão, em conseqüência da propagação do hábito de fumar.

Hoje já se sabe que são raros os casos de câncer relacionados exclusivamente a fatores hereditários. No entanto, pode-se dizer que é forte a influência de fatores externos, como o meio ambientes ou hábitos e costumes presentes em nosso dia-a-dia. Essa pode ser uma boa notícia, pois assim fica mais fácil evitar esse problema. Sem causar grandes transtornos em nossa rotina ou deixar de lado quilo que gostamos de fazer ou comer, é possível reduzir os riscos de adoecer.

O que chama mais a atenção Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados é o alta índice de câncer em crianças e adolescente. Segundo o INCA, todo ano surgem entre 12 e 13 mil casos de câncer em crianças no Brasil. É a terceira causa-morte de crianças entre um e 14 anos de idade, por falta de tratamento e diagnóstico a tempo. Além disto, um diagnóstico demorado pode exigir tratamentos mais traumáticos, capazes de deixar seqüelas ou exigir amputação.

É importante destacar que o diagnóstico precoce é a melhor arma contra o câncer infantil. Isto serve de alerta para os sintomas que, no início do câncer, parecem típicos de doenças corriqueiras das crianças. Com o diagnóstico a tempo, 60% dos casos da infância têm cura.

Os sintomas envolvem manifestações comuns a outras doenças não malignas como palidez, anemia, febre baixa, perda de peso, sudorese noturna, dor óssea ou nas juntas, ínguas, dor de cabeça, dificuldade para andar, inchaços e vômitos. É sempre bom investigar: um sintoma de verminose, como a barriga inchada, pode indicar um tumor no rim ou alças intestinais, por exemplo. Os tumores malignos que mais acometem crianças e adolescentes são a leucemia, Sarcoma de Ewing, Linfoma de Hodgkin, Retinoblastoma, Câncer hepático e Osteossarcoma.



Uma alimentação saudável, manter distância de hábitos como cigarro, bebidas alcóolicas e estresse, podem diminuir sobremaneira a incidência de câncer.
Era o que tinha a dizer.

FELIPE BORNIER

Deputado Federal PHS/RJ
: sileg -> integras
integras -> Pronunciamento do Senhor Deputado Oliveira Filho – pl-pr, na Sessão de 02 de abril de 2002
integras -> Senhor Diretor
integras -> 16 de abril,Campanha da Voz
integras -> É só falar em saúde pública que o brasileiro torce o nariz
integras -> Gostaria de falar sobre a situação das mulheres presas no Brasil
integras -> Gostaria de falar sobre a situação das mulheres presas no Brasil
integras -> O sr. Neuton lima
integras -> Deputado Arthur Virgílio Neto, na sessão da Câmara dos Deputados, em de de 2002. O sr. Arthur virgílio
integras -> Discurso sobre os problemas de boca do acre crime ambiental e rebelião de presos deputado marcelo serafim (psb-am)
integras -> Difusora do progresso e depositária de uma proposta de desenvolvimento, Goiânia faz 70 anos dentro de uma concepção moderna de cidade funcional e que possibilita uma ótima qualidade de vida a seus habitantes




©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal