Disciplina: Tópicos especiais de História e Política (hh 090)



Baixar 23.95 Kb.
Encontro18.09.2019
Tamanho23.95 Kb.


PROGRAMA DE DISCIPLINA

IDENTIFICAÇÃO:

História Contemporânea I (HH056)
Carga horária semestral: 60 h/aula Carga horária semanal: 04 h/aula

1º semestre de 2009 - Curso de História

Professora Helenice Rodrigues

EMENTA:

O século XIX: entre tradição e modernidade (1815/1914)



Objetivos: Interpretar esse século à luz de uma abordagem histórica, sociológica, econômica e filosófica, tentando salientar os principais acontecimentos históricos, as idéias políticas (liberalismo, socialismo, nacionalismo),os movimentos literários e artísticos (o romantismo, o modernismo), ou seja, as linhas fortes que delinearam e imprimiram o século XIX. Era da revolução e do progresso, o século XIX avança entre reações e transformações.

PROGRAMA
I - A Revolução Francesa (1789/99) e nova ordem política (1815/1850)

1 – A Europa da Restauração: o retorno à tradição

2 – A idéia democrática e a ideologia liberal (as revoluções de 1830/1848)

3 – A idéia da nação e o movimento das nacionalidades (1830/1914)


II– Do romantismo à modernidade:

1 – O romantismo na literatura e nas artes européias

2 – A modernidade: uma nova atitude mental e intelectual

3 – As mutações sociais, econômicas e culturais


III - Movimento social, sindicalismo e socialismo:

1 – A revolução industrial e a divisão social do trabalho

2 – O movimento operário e o socialismo

3 – O capitalismo industrial e a ordem burguesa


IV – O triunfo do capitalismo e a era da modernidade:

1 – A urbanização e as novas formas de sociabilidade

2 – Os movimentos estéticos vanguardistas

3 – A europeização do mundo : o imperialismo (a “economia mundo”)




BIBLIOGRAFIA (sumária)
AGULHON, Maurice. 1848: O aprendizado da República, Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1991.

ANDERSON, Benedict. Nação e consciência nacional. São Paulo, Ática. 1989.

ARENDT, Hannah. Da Revolução, São Paulo, Ática, 1988.

BERSTEIN, Serge; MILZA, Pierre. Histoire du XIX siècle. Paris, Hatier, 1996.

BRUIT, Hector. O imperialismo. São Paulo, Atual, 1994.

CABANET, P. La question nationale au XIX siècle. Paris, La Découverte, 1997.

CARON, J.C.; VERNUS, M. L’Europe au XIX siècle. Des nations aux nationalismes, 1814/1914, Paris, Armand Colin, 1996.

CHARLE Christophe. Les intellectuels em Europe au XIX siècle – essai d’histoire comparée. Paris, Le Seuil, 1996.

HOBSBAWM, Eric, J. A era das revoluções: 1879/1848, Rio, Paz e Terra, 1981.

-----------------------. A era do capital: 1848/1870, Rio, Paz e terra, 1988.

-----------------------. A era dos impérios: 1875/1914, Rio, Paz e Terra, 1988.

-----------------------.A era das revoluções(1789/1848). Rio, Paz e Terra, 1998.

----------------------- Ecos da Marselhesa: dois séculos revêem a Revolução francesa, São Paulo, Cia das Letras, 1996.

----------------------- Da revolução inglesa ao imperialismo, Rio, Forense – Universitária, 1978.

-----------------------Nações e nacionalismos. Rio, Paz e Terra, 1990.

FERRO, Marc. História das colonizações: das conquistas às independências – séc. XVIII ao XX, São Paulo, Cia das Letras, 1994.

MAYER, Arno. A força da tradição: a persistência do Antigo Regime, São Paulo, Cia das Letras, 1987.

MARX, KARL. O dezoito brumário de Louis Bonaparte. São Paulo, Centauro, 2000.

RANCIÈRE, Jacques. A noite dos proletários : arquivos do sonho, São Paulo, Cia das Letras, 1988.

RÉMOND, RENÉ. O século XX (1815/1914) – (Introdução à história do nosso tempo), São Paulo, Ed. Cultrix, 1997.

STAROBINSKI, Jean. A invenção da liberdade, São Paulo, Ed. UNESP, 1994.

-----------------------. 1789: os emblemas da razão, São Paulo, Cia das Letras, 1987.

TOCQUEVILLE, Aléxis, de. A democracia na América, São Paulo, Abril Cultural, 1985.

THOMPSON, E. P, A formação da classe operária inglesa, Rio, Paz e Terra, 1988.



WEBER, Eugen. França “Fin de siècle », São Paulo, Cia das Letras, 1989.
PS: A bibliografia será complementada ao longo do curso.








©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal