Dicionário pessoal


Caporal – 1. Ant. Lus. Cabo-de-esquadra (2). 2. Certa qualidade de fumo



Baixar 1.35 Mb.
Página6/28
Encontro21.10.2017
Tamanho1.35 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   28

Caporal – 1. Ant. Lus. Cabo-de-esquadra (2). 2. Certa qualidade de fumo.


Carantonha - Cara grande e feia; caraça, carão, cariz, carranca, esgar.

Carapaça – Revestimento quitinoso ou calcário que protege o tronco de vários animais, entre eles os cágados e as tartarugas.

Carapuça – Barrete cônico. Designação comum a vários objetos semelhantes a esse. Alusão pérfida; dito crítico; indireta. Bras. Ferramenta com que os calafates introduzem as cavilhas de madeira para evitar que se rachem. Bras. Gír. Teatr. Papel feito expressamente para um ator.

Carbonário – Membro de uma sociedade secreta e revolucionária que atuou na Itália, França e Espanha no princípio do séc. XIX. P. ext. Membro de qualquer sociedade secreta e revolucionária.

Carbônio - Carbono. Elemento de número atômico 6, cristalino (grafita ou diamante), capaz de formar extensas cadeias de átomos, e que constitui dezenas de milhares de compostos.

Cardinal – Adj. 2 g. 1. Principal, fundamental; cardinal. 2. Ver numeral.

Cardo – Planta da família das compostas (Centaurea melitensis), considerada praga da lavoura, de flores amarelas, folhas com espinho, acinzentadas, e caule ereto, revestido de pelos.

Carestia – Escassez, falta; carência. 2. Qualidade do que é caro. 3. Preço alto, superior ao valor real. 4. Alta de preço; encarecimento. 5. Escassez, falta; carência. [Sin., p. us.: careza.]

Cariz – Semblante, cara. 2. Aspecto, aparência. 3.Aparência da atmosfera, do céu; celagem. 4. Pop. V. carantonha. 5. Bot. V. alcaravia.

Carmesim – Adj. 2 g. S. m. Diz-se de, ou cor vermelha muito viva. V. carmim.

Carmim – Matéria corante, de um vermelho muito vivo, ligeiramente arroxeado, extraída, originariamente, da cochonilha-do-carmim. A cor do carmim (1); carmesim.

Caroável – Carinhoso, meigo, afetuoso, afeiçoado, amigo.

Carolíngio – 1. Pertencente ou relativo à dinastia de Carlos Magno, rei dos francos e imperador do Ocidente (742-814). S. m. 2. Indivíduo dessa dinastia.

Carrança – Diz-se de, ou pessoa apegada ao passado.

Carraspana – Bebedeira. Repreensão.

Cassandra – Pessoa que profetiza desgraças e que, ger., não é acreditada.

Castiço – De boa casta, de boa raça. 2. Próprio para reproduzir a raça, a casta. 3. Fig. Vernáculo (2 e 3).

Castro-alvense – De, ou pertencente ou relativo a Castro Alves (BA). O natural ou habitante de Castro Alves.

Catadupa – Queda de grande porção de água corrente; queda-d'água; salto. P. ext. Jorro, derramamento. [Em catadupas: Em grande quantidade.]

Catadura – Aspecto, semblante, aparência, disposição de ânimo.

Catafalco - Estrado alto sobre o qual se coloca o féretro; essa. (A, 196)

Catalepsia - Estado mórbido, ligado à auto-hipnose ou à histeria, caracterizado por enrijamento dos membros, insensibilidade, respiração e pulsos lentos, e palidez cutânea.

Catalisador – Diz-se de, ou substância que produz catálise: modificação (em geral, aumento) de velocidade de uma reação química pela presença e atuação de uma substância que não se altera no processo.

Cataplasma – [Do gr. katáplasma, pelo lat. cataplasma.] S. f. Farmac. Papa medicamentosa que se aplica, entre dois panos, a uma parte do corpo dorida ou inflamada. Peça dos arreios à qual se prendem as argolas por onde passam as guias das cavalgaduras. Fig. Pessoa fraca, débil. Fig. Pessoa indolente, molenga.

Catapulta - S. f. 1. Mil. Ant. Engenho de guerra usado na Antiguidade para lançar pedras ou dardos de grande tamanho contra tropas e/ou fortificações inimigas. 2. Bras. Constr. Nav. Engenho muito usado a bordo de navios de guerra, sobretudo navios-aeródromos, para auxiliar aviões a levantarem voo num espaço pequeno, e constituído de um trilho montado numa plataforma especial, sobre o qual desliza em corrediça uma carreta (à qual o avião é preso) impulsionada pela detonação de uma carga explosiva ou por um sistema de ar comprimido ou de vapor de água.

Catarse - Purgação, purificação, limpeza. Efeito salutar provocado pela conscientização de uma lembrança fortemente emocional e/ou traumatizante, até então reprimida. Evacuação, natural ou provocada, por qualquer via. O efeito moral e purificador da tragédia clássica.

Catatonia - Tipo de esquizofrenia caracterizado por períodos de negativismo, excitação e atitudes ou atividades estereotipadas.

Catecolamina – Designação genérica da dopamina, adrenalina, noradrenalina e de certos compostos análogos e metabólicos destes, encontrados nas terminações dos nervos simpáticos e em medula suprarrenal.

Catecúmeno – 1. Aquele que se prepara e instrui para receber o batismo. 2. Fig. Aquele que acaba de ser admitido em determinada instituição e está cheio de entusiasmo por esse motivo.

Catilinária - Acusação violenta e eloquente como a que Cícero fez a Catilina (Lucius Sergius Catilina, político romano).

Catódico - Relativo ao cátodo.

Cátodo - Eletrodo negativo; eletrodo de onde partem elétrons e para onde se dirigem os íons positivos. (Também se diz catodo.)

Católico – Universal. Que pertence ao, ou professa o catolicismo. Aquele que pertence ao ou professa o catolicismo; católico romano. Fig.: Perfeito, certo, exato. Bem disposto, bem de saúde.

CatreLeito tosco e pobre; grabato; cama de viagem, dobrável, de lona.

Caulim – Argila pura, de cor branca; caulino, barro branco, barro forte.

Causídico – Defensor de causas; advogado.

Cautério – S. m. 1. Cir. Med. Meio químico (mediante substâncias cáusticas), ou físico (mediante ferro incandescente, corrente elétrica), de seção ou destruição de tecido. 2. Cicatriz de queimadura. 3. Fig. Correção enérgica; castigo.

Cauto – Acautelado.

Cavalo de tiro – Tiro refere-se ao animal que puxa um carro. Tiro significa também o tirante com que se atrela um animal a um veículo.

Cavilação – Astúcia, ardil, manha. Ironia maliciosa.

Caviloso – Em que há cavilação; capcioso, fraudulento.

Cavorteiro – Adj. S. m. Bras. S. 1. Diz-se de, ou indivíduo velhaco, manhoso, mentiroso, que vive de expedientes. 2. Diz-se de, ou cavalo arisco, falso, velhaqueador, cheio de manhas. [Var.: caborteiro.]

Cecal – Referente ao ceco.

Ceco - A primeira parte do intestino grosso.

Cefalalgia – Cefaleia. Dor de cabeça.

Celibato – O estado de uma pessoa que se mantém solteira.

Célula – Unidade estrutural e funcional, básica dos seres vivos, composta de numerosas partes, sendo as principais a membrana, o citoplasma e o núcleo. A menor unidade de matéria viva que pode existir de maneira independente, e ser capaz de reproduzir-se. [Elementos básicos: núcleo, citoplasma e membrana celular. Os cromossomos – filamentos formados por ácidos nucleicos e proteínas – situam-se no núcleo. Cada célula humana tem 46 cromossomos, que se apresentam em 23 pares: XY (para homens), XX (para mulheres.] Leia mais sobre o assunto: Enciclopédia Conhecer – vol. I, II, V, XI e XII, pp. 54, 270, 384, 1190, 2744, 2884 e 2966.

Célula glialPertencente à glia.

Célula hepática – Pertencente ao fígado.

Cenáculo - Sala em que se comia a ceia ou o jantar. P. ext.: Refeitório. Lugar onde Jesus teve a última ceia com seus discípulos. Ajuntamento de indivíduos que professam as mesmas ideias ou visam a um mesmo fim.

Cenestesia - Sentimento difuso resultante dum conjunto de sensações internas ou orgânicas e caracterizado essencialmente por bem-estar ou mal-estar.



1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   28


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal