De 4 Os Substantivos e suas classificações



Baixar 30.41 Kb.
Encontro19.02.2018
Tamanho30.41 Kb.



PA_Portugues_7_DE06
Flexão de grau do substantivo

Atividade 1: O que você já sabe
Nesta atividade inicial, peça que os alunos discutam o que sabem a respeito da flexão do substantivo. Levante as seguintes questões com a classe:


  • O que é o aumentativo e diminutivo de um substantivo?

  • Você lembra qual é o nome dado aos aumentativos e diminutivos?

  • Você sabe como formamos o diminutivo da palavra “gota?

Neste momento, aproveite para introduzir o conceito de flexão de grau. Você pode fazer uma lista de palavras apresentadas pelos alunos na lousa eletrônica


Aproveite para introduzir o conceito de uso popular e da norma culta.
Na norma popular, o aumentativo sintético é feito com os sufixos –ão, –zão e o diminutivo sintético com –inho, –zinho.
Na norma culta há outros sufixos para a flexão de grau como: –aço, –orra, –isco, –ejo.


Atividade 2: Peças que o ouvido prega
Os alunos devem realizar a leitura da introdução e do texto de Mário Prata. Você pode optar por realizar a leitura em conjunto com a turma.
Após a leitura, faça os comentários que julgar necessários sobre o texto.
O amor de Tumitinha era pouco e se acabou
De Mário Prata
Todo mundo conhece a música Ciranda-Cirandinha. Uma amiga minha me confessou que durante anos e anos, entendia um verso completamente diferente.

Quando a letra fala "o amor que tu me tinhas era pouco e se acabou", ela achava que era "o amor de Tumitinha era pouco e se acabou". Tumitinha era um menino, coitado. Ficava com dó do Tumitinha toda vez que cantava a música, porque o amor dele tinha se acabado.

E mais, achava que o Tumitinha era um japonesinho. Devia se chamar, na verdade, Tumita. Quando ela descobriu que o Tumitinha não existia, sofreu muito. Faz análise até hoje.

Atividade 3: Flexão de grau
Neste momento, você pode optar por acompanhar a leitura fazendo as explicações necessárias:

Os substantivos apresentam dois graus de significação: o aumentativo e o diminutivo. Podemos formá-los de dois modos distintos. Veja só:




Forma normal

menino

Aumentativo

meninão (sintético)

menino grande (analítico)




Diminutivo

menininho (sintético)

menino pequeno (analítico)

Ressalte as funções dos aumentativos e diminutivos para expressar carinho ou depreciação.


Atividade 4: Sufixos
Nesta atividade coloque na lousa eletrônica a poesia para apresentar os comentários sobre as flexões e os sufixos
Inho – Não!

De Tatiana Belinky
Andrezinho tem três anos

E já se acha bem grandão:

É por isso que não gosta

De diminutivo, e então

Não suporta que lhe digam

Dê a mãozinha” – (em vez de mão),



Ou que mandem:”A boquinha

Abre, come coração!”.

Inho”, “inha”, “ito”, “ita”,



São para ele humilhação,

O diminutivo o irrita:

O Andrezim prefere um “ão”

Chama “gala” a galinha,

Não aceita correção;

Escrivana” a escrivaninha,



E o vizinho é “vizão”;

Chama “coza” a cozinha,

O toucinho é “toução”

É “campana” a campainha

E ele próprio é o “Dezão”...
BELINKY, Tatiana. Um caldeirão de poemas. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2003.

Ressalte para os alunos a existência de palavras que perderam o grau de diminutivos ou aumentativos.


Peça aos estudantes que deem mais exemplos dessas palavras e promova a socialização dos exemplos para toda a classe.
Atividade 5: Treinamentão
Aqui, os alunos são solicitados a acessar as Questões OnLine e realizar uma série de exercícios. Depois de realizarem as tarefas, faça a correção na lousa eletrônica:

1) O Andrezinho da poesia fica irritado com o diminutivo, pois, como já sabemos, ele pode ter um significado pejorativo. Isso já aconteceu com você? Conte-nos uma situação em que o uso do diminutivo ou aumentativo não lhe agradou.
Resposta pessoal

2) Retire das frases o caráter pejorativo, passando as palavras para aumentativo ou diminutivo analítico.
a) Depois da mudança no governo, essa gentinha ficou sem estudo. (gente pequena)
b) Este livreco eu li bem rápido. (livro pequeno)
c) Aquela coisinha era um inseto muito estranho. (coisa pequena)
3) Algumas palavras, porém, já perderam o grau de aumentativo ou diminutivo. Marque com um X as frases em que as palavras grifadas não podem mais ser flexionadas, se não perdem o seu significado:
( ) O vaso quebrou.

(X) O caixão era menor que o defunto.

( ) O vozeirão saia do quarto

(X) O mecânico retirou as pastilhas de freio

(X) Ela deixou o portão aberto

( ) Ele subiu no caixote para falar

(X) Naquela época todas as mulheres vestiam corpete.

(X) Não enviaram nenhum cartão de natal.

( ) O livrinho era ótimo!



4) Substitua a expressão destacada por uma única palavra:
a) O pequeno homem vestiu um grande chapéu.
homenzinho/chapelão
b) Eles construíram um grande muro na China.

muralha
c) O grande esperto não passou pela pequena prova.

espertalhão/ provinha


Atividade 6: Exercício interativo
Ao final da DE, oriente os alunos para que façam um jogo caça-palavras.
Resposta correta:
Coisinha

Gentinha


Livrinho

Chapelão


Muralha

Vozeirão









©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal