Da anotação – Emmanuel


ALIMENTAÇÃO DOS DESENCARNADOS



Baixar 0.5 Mb.
Página14/16
Encontro21.10.2017
Tamanho0.5 Mb.
1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   16

ALIMENTAÇÃO DOS DESENCARNADOS



Alvéolo: alvéolo pulmonar, delicada estrutura em forma de saco que termina as últimas ramificações brônquicas, e que se encontra em íntima conexão com os capilares sangüíneos. É dos alvéolos que o oxigênio se difunde para o sangue e que se desprende o gás carbônico, no ciclo da respiração.
Anidrido Carbônico: gás carbônico, que é um gás pesado desprovido de odor, não tóxico, porém asfixiante, existente no ar numa proporção de 0,03%. É eliminado como resultado da respiração celular pelos seres vivos.
Assimilação: ação pela qual os seres vivos transformam substâncias alheias em sua própria substância, através da nutrição.
Biológico: relativo ao organismo vivo e suas condições de vida.
Coloidal: referente a colóide, substância gelatinosa constando de uma fase dispersante (como a água) e de outra dispersa (como a proteína); ex.: água com partículas de proteína dissolvidas.
Corpo Espiritual: o perispírito, psicossoma.
Cristalóide: substância que forma uma solução verdadeira e que, numa diálise, atravessa a membrana porosa. Diálise é a separação de substâncias coloidais e cristalóides num líquido, pela difusão através de uma membrana porosa.
Desasimilação: degradação de compostos ricos em energia, sendo o fenômeno realizado por oxidação, nos organismos, como meio importante para a obtenção da energia indispensável aos processos vitais.
Difusão Cutânea: absorção de uma substância mediante a passagem de suas moléculas através da superfície porosa da epiderme.
Difusível: que tem a propriedade de sofrer difusão, isto é, migração lenta das moléculas através de gases e líquidos, ou através de membranas porosas.
Emunctório: órgão, abertura ou canal por onde se eliminam os produtos excrementícios do organismo.
Essencialização: formação de essência a partir de uma substância.
Excreta: excreção, matéria expelida como resíduo inútil.
Exsudação: ato de exsudar, isto é, segregar em forma de gotas ou de suor.
Fisiológico: relativo ao corpo, levando-se em conta as funções orgânicas.
Fisiologista: especialista em fisiologia, parte da Biologia que investiga as funções orgânicas, processos ou atividades vitais, como o crescimento, a nutrição, a respiração, etc.
Glicemia: presença de glicose (açúcar) no sangue. A taxa normal de glicemia no sangue humano varia entre 80 e 120 mg/ml
Halo Vital: halo formado em torno do corpo pela energia psíquica.
Hematose: transformação do sangue venoso em arterial, nos pulmões, ao contato do ar respirado. Sangue venoso é o que circula nas veias antes de sofrer a hematose; sangue arterial é o que circula nas artérias e contém o oxigênio recebido dos pulmões.
Indifusível: que não tem a propriedade de sofrer difusão, não sendo, portanto, difusível.
Metabolismo: conjunto dos fenômenos químicos e físico-químicos no organismo, mediante os quais se faz a assimilação e a desassimilação das substâncias necessárias à vida.
Oxigênio: elemento gasoso, incolor e inodoro, não combustível, mas comburente (alimenta a combustão), indispensável à vida. É o elemento mais espalhado sobre a Terra; integra 89% do peso da água e ocupa 21% do volume do ar. Todo o oxigênio disponível no ar originou-se da fotossíntese (processo de alimentação) dos vegetais através dos milênios.
Plástico: relativo à massa dos tecidos orgânicos.
Psicossoma: o corpo espiritual ou perispírito.
Quimioletromagnético: referente ao produto obtido por processo químico decorrente do fenômeno eletromagnético (interação entre carga elétrica e campo magnético).
Respiração Celular: processo respiratório da célula, a menor unidade de função e de organização, nos seres vivos, que apresenta todas as características de vida. Na respiração celular ocorre a combinação do oxigênio com outros elementos e a eliminação do gás carbônico.
Simbiose: associação entre dois seres de espécie distinta, com influência de um sobre o outro, ou de ambos entre si, podendo, essas relações, ser úteis ou prejudiciais às duas partes, favoráveis ou nocivas para uma delas apenas.
Síntese: formação de uma substância mediante a combinação dos seus componentes químicos.
Somático: referente ao corpo físico.
Transubstanciar: transformar uma coisa em outra.

CAPÍTULO II – 2ª PARTE


LINGUAGEM DOS DESENCARNADOS



Circuito Fechado: analogia com o trajeto fechado (circuito fechado) percorrido pela corrente elétrica, nos condutores, de modo a permitir a contínua circulação da corrente produzida por um gerador.
Córtex Encefálico: camada externa do encéfalo (parte do sistema nervoso central contida na cavidade do crânio, onde estão centralizados os nervos que percorrem o corpo).
Espaço das Nações: zona do plano espiritual que se relaciona a cada nação no plano físico.
Expedir: transmitir.
Ideograma: símbolo que representa diretamente uma idéia.
Jugular: subjugar, oprimir, manter sob o jugo.
Linguagem Articulada: linguagem mediante articulações dos órgãos fonadores, resultando na pronunciação das palavras.
Plasmar: dar forma a algo.
Reflexão: ação de retratar, espalhar; de reproduzir, traduzir; de exprimir, transmitir.
Sintonia: reciprocidade de influência determinando uma ação perfeitamente coordenada entre duas partes. O termo está relacionado com freqüência vibratória, em que a sintonia é definida como a igualdade de freqüência entre duas fontes de vibração; freqüência é o número de vibrações por unidade de tempo, e vibração é o movimento periódico de um corpo que passa pelas mesmas posições em iguais intervalos de tempo (períodos).

CAPÍTULO III – 2ª parte


Corpo Espiritual e Volitação



Baço: glândula vascular sangüínea situada no hipocôndrio esquerdo (parte lateral do abdome), que tem por função armazenar o excesso de glóbulos vermelhos produzidos pela medula óssea (tutano), desintegrar os glóbulos vermelhos velhos e liberar hemoglobina (substância protéica dos glóbulos vermelhos, a qual contém ferro, e é o elemento que leva o oxigênio aos tecidos, deles trazendo o gás carbônico).
Binário: o que é constituído de dois elementos, de duas unidades..
Célula: a menor unidade de função e organização, nos seres vivos, que apresenta todas as características de vida.
Centro Esplênico: centro de força vital, no perispírito, relacionado com o plexo mesentérico e o baço, no corpo físico, que regula a distribuição e a circulação dos recursos vitais, e a formação e reposição das defesas orgânicas através do sangue. O plexo mesentérico é o entrelaçamento de ramificações nervosas localizadas na região do baço. (vide centro vital; do Capítulo II – 1ª parte).
Centro Vital: designação comum de cada um dos centros de força existentes no perispírito, cuja função é a de assimilar energias cósmicas e espirituais. (vide centro vital; do Capítulo II – 1ª parte).
Corpo espiritual: o perispírito, psicossoma.
Exteriorização da sensibilidade: processo de provocar, através de passes magnéticos em um sensitivo, a exteriorização do fluido ou agente transmissor das sensações ao cérebro, de modo a formar camadas sensíveis paralelas à superfície da pele. O sensitivo, em estado hipnótico, passa a acusar sensibilidade apenas através dessas camadas fluídicas formadas fora do seu corpo.
Hematopoético: relativo a hematopoese, processo orgânico de formação dos glóbulos sangüíneos.
Histogenese: formação e desenvolvimento dos tecidos orgânicos.
Histólise: destruição ou dissolução de tecidos orgânicos.
Injuriar: ferir, causar dano.
Librar: sustentar-se no ar.
Metamorfose: mudança de forma ou de estrutura, como o que ocorre durante fases da vida de alguns animais, como os insetos e anfíbios.
Onda: forma de propagação de uma energia produzida por um movimento periódico (vibração).
Ontogenético: referente à ontogênese, que é o desenvolvimento do indivíduo desde a fecundação até a maturidade para reprodução.
Organogenético: relativo a organogênese, estudo do aparecimento e do desenvolvimento dos órgãos no ser vivo.
Ovóide: em morfologia, ovóide é a qualificação de órgão ou parte maciça em forma de ovo, a que se assemelha o “ovóide” resultante da deformação perispiritual causada por uma idéia fixa (monoideísmo).
Ovoidização: transformar-se em “ovóide”.
Pensamento Contínuo: pensamento constante, ininterrupto, que caracteriza a capacidade mental do homem, em oposição ao pensamento fragmentário (descontínuo), próprio dos animais irracionais.
Plasmocinese: movimento do protoplasma (massa) da célula, que contribui para dar a esta as características de vida.
Regressão de Memória: processo de provocar em um paciente, através da hipnose, um retorno às condições ou estados por ele vivenciados no passado, de modo a faze-lo reproduzir com certa fidelidade tais condições ou estados, que de outra forma seriam impossíveis de ser reproduzidos pelo paciente.
Segmentação: divisão celular do óvulo fecundado, primeira fase do desenvolvimento ontogenético dos metazoários (animais pluricelulares), que costuma verificar-se simetricamente.
Sistema Circulatório: sistema de movimentação do sangue desde o coração até as diferentes partes do corpo e destas ao coração (grande circulação), e do coração ao pulmão e deste ao coração (pequena circulação), através de artérias e veias.
Sistema Nervoso: sistema que constitui o mecanismo que permite ao animal um contato permanente com o meio onde se situa, determinando mudanças e atitudes úteis ao seu organismo. No homem,, como nos animais vertebrados, compreende o sistema central e o sistema periférico.
Somático: relativo ao corpo físico.
Ubiqüidade: propriedade que tem o espírito de projetar-se por irradiação, para diferentes lados, dando a impressão de estar em muitos lugares ao mesmo tempo, sem prejuízo da sua indivisibilidade.
Volitação: deslocamento do corpo espiritual no meio etéreo, por um processo de locomoção que dá idéia de vôo.

CAPÍTULO IV – 2ª parte

Linhas Morfológicas dos Desencarnados
Ancianidade: velhice muito avançada.
Arcabouço: estrutura que sustenta a forma de um corpo.
Célula: a menor unidade de função e de organização, nos seres vivos, que apresenta todas as características de vida.
Circuito: sucessão de fenômenos periódicos.
Condição Inversiva: inversão psicológica de um indivíduo, em relação às suas características sexuais físicas.
Corpo Espiritual: o perispírito, psicossoma.
Desenlear: desprender, soltar o que está enleado (atado).
Lide: questão.
Metamorfose: mudança de forma ou de estrutura.
Morfológico: referente às características da forma.
Plástico: relativo à modelagem de um corpo.
Psicosfera: halo formado em torno do corpo pela atmosfera psíquica individual.
Psicossomático: relativo ao psicossoma (corpo espiritual ou perispírito).
Senectude: decrepitude, senilidade, velhice.

CAPÍTULO V – 2ª parte

Apresentação dos Desencarnados
Aglutinina: substância que faz com que as bactérias e os glóbulos sangüíneos se aglutinem (reunam); termo usado como analogia.
Célula: a menor unidade de função e de organização, nos seres vivos, que apresenta todas as características de vida.
Mento-psíquico: relativo ao fenômeno produzido pela mente sobre a organização psíquica.
Molécula: agrupamento definido e ordenado de átomos eletricamente neutros, formando a menor porção de uma substância capaz de existência independente sem perda das suas propriedades químicas.
Plasmar: dar forma a algo.
Plasticizante: referente ao que serve para plasmar.
Protéico: relativo a aparelho que auxilia ou aumenta uma função natural do corpo.
Psicossomático: referente ao psicossoma (corpo espiritual ou perispírito).

CAPÍTULO VI – 2ª Parte

Justiça na Espiritualidade
Ciência Social: designação das ciências sociais, as que estudam especialmente a sociedade humana e os fenômenos sociais, como Sociologia, a Ética Social, a Economia Política, etc.
Emaranhar: enredar, complicar.
Psicologia: ciência que estuda os fenômenos psíquicos e o comportamento humano, e suas reações a situações externas ou a necessidades internas.

CAPÍTULO VII – 2ª Parte

Vida Social dos Desencarnados
Aglutinar: reunir para formar um todo.
Burgo: arrabalde (cercanias) de uma cidade, vila ou aldeia.
Ditame: o que a consciência e a razão dizem que deve ser.
Egresso: que deixou de pertencer a uma comunidade da qual se afastou.
Enevoar: cobrir de névoa, obscurecer, sombrear.
Espaço das Nações: zona no plano espiritual que se relaciona com cada nação no plano físico.
Imanizar: imantar, submeter a um efeito semelhante ao da ação do imã.
Jungir: ligar, atar.
Liame: o que prende ou liga uma coisa a outra.
Medrar: crescer, desenvolver-se
Metrópole: cidade principal, capital de estado, cidade grande, ou importante.

CAPÍTULO VIII – 2ª parte





1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   16


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal