Da anotação – Emmanuel


CAPÍTULO XIX – 1ª PARTE ALMA E REENCARNAÇÃO



Baixar 0.5 Mb.
Página13/16
Encontro21.10.2017
Tamanho0.5 Mb.
1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   16

CAPÍTULO XIX – 1ª PARTE

ALMA E REENCARNAÇÃO



Brunir: aprimorar, dando melhor acabamento; polir, lustrar.
Cadinho: vaso metálico ou de material refratário, usado em operações químicas a temperaturas elevadas.
Célula: a menor unidade de função e de organização, nos seres vivos, que apresenta todas as características de vida.
Congênito: nascido com o indivíduo.
Corpo Espiritual: o perispírito, psicossoma.
Cromossômico: relativo ao cromossomo, cada um dos corpúsculos de cromatina (substância corável) que se evidenciam no núcleo da célula durante a divisão celular (mitose), os quais contêm os genes ou fatores hereditários.
Currículo: conjunto de dados pessoais e sobre os antecedentes relacionados com as qualificações de um indivíduo.
Desmandar: transgredir; abusar; cometer desregramento.
Dipsómano: alcoólatra; dipsomaníaco.
Disfunção: função que se efetua de maneira anômala.
Enunciar: manifestar, exprimir.
Faina: atividade intensa; agitação.
Fauna Microbiana: o conjunto dos microorganismos causadores de fermentações e doenças infecciosas, conhecidos como micróbios.
Fausto: que apresenta fausto, isto é, luxo, pompa.
Fibra: cada uma das estruturas alongadas que, dispostas em feixes, constituem os tecidos orgânicos.
Formas-pensamento: formas plasmadas pela mente, ou seja, produzidas e animadas pela energia mental que constitui o pensamento pensamento.
Ideologia: ciência que trata das idéias ou conceitos, cujas conseqüências podem influir na maneira de pensar de um indivíduo ou de uma classe.
Larva: forma pós-embrionária, em numerosos grupos de animais, correspondente ao estágio inicial de vida.
Limiar: início, começo.
Monoideísmo: estado de alma dominado por uma idéia central, fixa.
Morfinômano: viciado em morfina e outros alcalóides do ópio.
Organogênico: relativo à organogênese, do aparecimento e do desenvolvimento dos órgãos no ser vivo.
Ovoidização: transformar-se em “ovóide”. Em morfologia, ovóide é a qualificação de órgão ou parte maciça em forma de ovo; a que se assemelha o “ovóide” resultante da deformação perispiritual causada por uma idéia fixa (monoideísmo).
Patologia: parte da Medicina que se ocupa das doenças, suas origens, sintomas e natureza.
Pelourinho: coluna de pedra ou de madeira, em praça ou lugar público, junto da qual se expunham e castigavam os criminosos.
Plasmar: dar forma a algo.
Primórdio: aquilo que se realiza primeiro.
Psicossomático: relativo ao psicossoma (corpo espiritual ou perispírito).
Reflexão: processo mental em que o pensamento se volta sobre si mesmo e toma seus próprios atos como objeto de conhecimento.
Restringimento: ato ou efeito de diminuir o volume.
Retrota: vaso de vidro ou de louça com o gargalo recurvo, voltado para baixo, e que se usa em operações químicas.
Seqüela: sintoma ou efeito que permanece após certas doenças.
Simbiose: associação de dois seres de espécie distinta, com influência de um sobre o outro, ou de ambos entre si, podendo essas relações, ser úteis ou prejudiciais às duas partes, favoráveis ou nocivas para uma delas apenas.
Sinergia: ato ou esforço coordenado de vários órgãos na realização de uma função.
Sonoterapia: processo de cura em que o sono prolongado é usado como tratamento.
Sopesar: avaliar, ponderar resultados.
Tiranete: aquele que oprime os que dele dependem.

CAPÍTULO XX – 1ª PARTE


CORPO ESPIRITUAL E RELIGIÕES



Acrisolamento: ato ou efeito de acrisolar, isto é, purificar, aperfeiçoar, sublimar, submetendo-se a provas.
Alimária: animal irracional, besta de carga.
Angusto: apertado, estreito.
Anímico: pertencente ou relativo à alma; psíquico.
Antropomorfismo: crença ou doutrina que atribui a Deus forma ou atributo humano.
Atmosfera Vital: a atmosfera psíquica própria de cada ser.
Barbárie: estado de extremo primitivismo, com alto grau de incivilidade.
Biológico: relativo ao organismo vivo e suas condições de vida.
Cadinho: vaso metálico ou de material refratário, usado em operações químicas a temperaturas elevadas.
Compunção: pesar profundo, resultante da consciência de ter cometido má ação.
Corpo Espiritual: o perispírito, psicossoma.
Cósmico: relativo ao Cosmo (Universo) e suas propriedades. Nos meios espiritualistas, a concepção de Cosmo abrange todo o Universal, por admitir a inter-relação de tudo o que existe, com o sentido espiritual de integração, independentemente de espaço e tempo.
Doloso: em que há dolo, erro praticado conscientemente, de má fé.
Eflúvio: emanação de energia.
Eletromagnético: que apresenta o efeito da interação entre carga elétrica e campo magnético.
Excelsitude: sublimidade, elevação.
Exotérico: diz-se do ensinamento que era transmitido ao público sem restrição, ao contrário de esotérico, ensinamento reservado a poucos iniciados.
Fulgir: sobressair; brilhar, resplandecer.
Genealógico: relativo à genealogia, a qual trata da origem e linhagem dos seres.
Iniciação: ensinamento pelo qual se transmitiam, na Antiguidade, os conhecimentos relativos aos mistérios de uma religião.
Lato: amplo.
Mentação: ato de pensar, de representar mentalmente.
Mitológico: referente à mitologia, conjunto de mitos que fundamentaram as religiões politeístas.
Nômade: que pratica o nomadismo, vida errante, em que há constantes deslocamentos de uma região para outra.
Onda: forma de propagação de uma energia.
Organogênico: relativo à organogênese, a qual trata do aparecimento e do desenvolvimento dos órgãos no ser vivo.
Paleolítico: período do pleistoceno (quaternário), caracterizado pelo aparecimento dos mais antigos fósseis humanos e a presença de artefatos de osso e/ou de pedra fragmentada ou lascada; datando do final do período notáveis desenhos e pinturas ruprestes; período ou idade da pedra lascada. (Vide quadro “Idade da Terra” no final desta obra).
Pensamento Contínuo: pensamento constante, ininterrupto, que caracteriza a capacidade mental do homem, em oposição ao pensamento fragmentário (descontínuo), próprio dos animais irracionais.
Perspiração: ato de transpirar insensivelmente em toda a superfície.
Plasmar: dar forma a algo.
Primordial: que é dos primeiros tempos.
Raça Adâmica: segundo Emmanuel, no livro “A Caminho da Luz”, a raça adâmica foi formada com a encarnação de muitos milênios, de espíritos degredados de um dos orbes do sistema de Capela, estrela da constelação do Cocheiro. Essa raça deu origem às raças brancas, formando o grupo dos árias, a civilização do Egito, o povo de Israel e as castas da Índia, e lançando as bases de toda a organização necessária ao progresso das civilizações, com influência no seio das raças amarela e negra, que já existiam.
Reflexo: manifestação daquilo que encerra um sentimento, uma idéia.
Tebano: habitante de Tebas, cidade egípcia, capital do Alto Egito no segundo milênio a.C., situada à direita do rio Nilo, junto as atuais cidades de Lúxor e Carnaque.
Tentame: tentativa, ensaio.
Teológico: referente à teologia, estudo das questões pertinentes ao conhecimento da divindade, de seus atributos e relações com o mundo e com os homens.
Transformismo: doutrina biológica segundo a qual as espécies se formam por sucessivas transformações de organismos anteriores.
Vazado: tornado transparente, perceptível.
Védico: relativo ao conjunto de textos sagrados que constituem a mais antiga literatura religiosa da Índia, bem como o fundamento da sua tradição religiosa (bramanismo e hinduísmo) e filósofica, conjunto esse conhecimento como Vedas, que em sânscrito significa Saber.

CAPÍTULO I – 2ª PARTE





1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   16


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal