Cosis coordenaçÃo-geral de sistemas e tecnologia da informaçÃO



Baixar 36.49 Kb.
Encontro01.06.2018
Tamanho36.49 Kb.



COSIS – COORDENAÇÃO-GERAL DE SISTEMAS E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO



pLANO E Memória de Reunião


1. PLANO DE REUNIÃO




TEMA – ASSUNTO PRINCIPAL DA REUNIÃO

Reunião de Kick-off do projeto de Integração entre SISTN, SIOPS e SIOPE



OBJETIVOS ESPECÍFICOS

1.

Apresentação do Grupo de Trabalho

2.

Definição dos passos da negociação

3.

Definição de papéis e responsabilidades

4.

Definição da agenda




2. MEMÓRIA DE REUNIÃO (ATA)

Data

Hora (início)

Hora (término)

Relator

20/08/2009

9h00

12h30

Abdsandryk

PARTICIPANTES


Nome

Órgão ou Coordenação


Nome

Órgão ou Coordenação

Abdsandryk Cunha de Souza

STN/COSIS

João Guilherme de M. Goulart

STN/CCONT

Alex Fabiane Teixeira

STN/CCONT

José Aírton Lacerda de Jesus

STN/CCONT

César Augusto Frantz Machado

MS/SE/DESD/SIOPS

Remo Nonato

STN/CCONT

Cristiano Cazita Soares

MEC/FNDE/SIOPE

Rita de Cássia Alencar da Silva

MS/DESD/SIOPS

Eduardo Henrique Scalia

CAIXA/GEAST







ASSUNTOS EM PAUTA/DESENVOLVIMENTO E CONCLUSÃO:

  1. Apresentação do Grupo de Trabalho




  • STN: Abdsandryk, José Aírton, Remo, Paulo Machado e João Guilherme

  • CAIXA: Eduardo

  • SIOPS: Rita de Cássia, César e equipe Datasus (para discussões mais técnicas)

  • SIOPE: Paulo Malheiro e Cristiano

  1. Definição dos passos da negociação

  • Orientação: durante o processo de construção da solução deveremos ter em mente a Motivação da integração: Por que integrar os referidos sistemas? Essa questão permeará toda a discussão e em momentos oportunos registraremos as demandas por melhorias que valorizem essa integração.

  • A negociação e a construção da solução passarão pelos seguintes passos:

    1. Benchmarking

      • Consulta a Tribunais de Contas que automatizam a coleta de informações contábeis dos Entes para levantamento de soluções similares – melhores práticas.

      • Recomendação: TCE-SP, TCE-RS e TCE-TO.

    2. Definição da metodologia e tecnologia

      • Como promover a integração?

      • Portas de entrada e saída: procedimentos de geração e carga das informações;

      • Forma de comunicação: definição do meio de transmissão ou do formato do arquivo de dados;

      • Tecnologia de referência.

      • SIOPS demanda a presença da equipe técnica para participar dessa discussão. As reuniões que abordarem o assunto deverão ser marcadas com antecedência mínima de 15 dias, para viabilizar a presença dos técnicos do Datasus/RJ.

    3. Definição do escopo de informações

      • O quê (que informações) e quando (que relatórios)?

      • Definição dos modelos de dados para trânsito entre os três sistemas;

      • Definição dos demonstrativos que serão objeto de importação e/ou exportação de dados, em virtude da periodicidade e do conjunto de informações que registram.

    4. Discussão sobre integração dos sistemas com o CAUC

      • Caso seja necessário, discutiremos impacto das mudanças e possíveis ajustes/melhorias na integração com o CAUC.

    5. Definição do processo de manutenção

      • Definição de processos, procedimentos e rotinas para garantir a manutenção da solução, sobretudo após cada atualização dos modelos de dados dos três sistemas.

    6. Construção da estratégia evolutiva:

      • Funcionalidades desejadas no novo contexto, como análise de consistência, relatório de divergências, etc.

      • Visão estratégica de implantação em longo prazo.

  1. Premissas

  • Deseja-se a construção de solução que, atendendo ao mandamento legal no prazo estabelecido, gere o menor impacto nos sistemas em questão.

  • Não haverá qualquer precedência ou interdependência entre os sistemas: os Entes poderão inserir as informações em qualquer sistema, na ordem que desejarem, mantendo assim a independência de SISTN, SIOPS e SIOPE.

  1. Levantamento dos dados dos sistemas

  • Para permitir uma análise comparativa e detalhada das informações dos sistemas, é preciso realizar o levantamento dos dados que os Entes inserem em cada sistema, em um formato que permita acordado entre o grupo.

    • O modelo de apresentação dos dados será discutido via e-mail e, após fechado, faremos um levantamento piloto de informações para então realizarmos uma reunião de alinhamento entre o grupo.

    • No levantamento piloto, serão registradas características de todas as células editáveis dos demonstrativos Anuais de Receita dos Municípios, visando à harmonização de conceitos, linguagem e forma de apresentação das informações. Verificaremos se, trabalhando dessa forma, conseguiremos definir que dados transitarão entre os sistemas.

    • A reunião de alinhamento foi agendada para o dia 31/08/2009.

  • Discutiu-se o fato de que, como o SISTN permite que se sinalize a declaração das informações demandadas em outro meio, muitas vezes o Ente, apesar de adimplente no CAUC, não insere seus dados no sistema. Dependendo do número de municípios que deixam de publicar suas informações no SISTN, teremos um grande impacto na transparência almejada por estes e outros sistemas que o governo vem definindo estrategicamente.

    • A CAIXA levantará o percentual de Entes que optam por sinalizar a declaração em outros meios e não inserem dados no SISTN.

  1. Agenda de Reuniões




  • As reuniões serão marcadas preferencialmente às quartas-feiras, pela manhã, no Ministério da Fazenda.

  • As primeiras reuniões serão marcadas em dias específicos, acordados nessa reunião, conforme Pendências, logo a seguir.

  • Os assuntos serão tratados na seqüência apresentada.

    • A análise e a discussão sobre os modelos de dados, que dependem de trabalhoso levantamento prévio, poderão ser adiadas, passando-se então para o passo imediatamente posterior.

  • Ratifica-se a demanda do SIOPS para que se agendem discussões mais técnicas, que demandem a presença da equipe de desenvolvimento, com pelo menos 15 dias de antecedência.




PENDÊNCIAS

  • [Cristiano]: Enviar contato no TCE-TO para STN/COSIS.

  • [Remo/César]: Enviar contatos nos TCEs de SP e TO para STN/COSIS.

  • [Abdsandryk]: Benchmarking – análise das soluções utilizadas pelos Tribunais de Contas de SP, TO e RS na automação da coleta de dados contábeis de seus municípios.

  • [Eduardo]: Levantar percentual de Entes que sinalizam declaração em outro meio e que não inserem os dados no SISTN.

  • [Abdsandryk/Aírton/César/Cristiano]: Fechar modelo para levantamento de dados.

  • [Aírton]: Levantar dados do SISTN e enviar para STN/COSIS.

  • [César]: Levantar dados do SIOPS e enviar para STN/COSIS.

  • [Cristiano]: Levantar dados do SIOPE e enviar para STN/COSIS.

  • Reunião 31/08/09: Alinhamento dos modelos de dados dos sistemas e verificação do levantamento piloto – Demonstrativos de Receitas Anuais dos Municípios.

  • Reunião 09-11/09/09: Definição de metodologia e tecnologia, com presença da equipe técnica do Datasus. Aproveitando a vinda dessa equipe, teremos reuniões até dia 11/09, sexta-feira, para fechar a questão, se for necessário.

  • Reunião 23/09/09: Negociação seguindo seqüência de passos proposta.

  • Reunião 30/09/09: Negociação seguindo seqüência de passos proposta.

  • Reuniões semanais – QUA: Negociação seguindo seqüência de passos proposta, até desenho completo da solução.

Ata de Reunião Página de





©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal