Concurso público dados de identificaçÃo do candidato



Baixar 112.33 Kb.
Encontro02.07.2019
Tamanho112.33 Kb.

CONCURSO PÚBLICO



DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO
Não deixe de preencher as lacunas a seguir.


Nome






























































































Nº de Identidade Órgão Expedidor UF Nº de Inscrição



























































































Prédio Sala

























































































MÉDICO / HEMATOLOGIA

ATENÇÃO





  • Abra este Caderno, quando o Fiscal de Sala autorizar o início da Prova.

  • Observe se o Caderno está completo. Ele deverá conter um total de 40 (quarenta) questões, sendo 10 (dez) de Português e 30 (trinta) de Conhecimentos Específicos.

  • Se o Caderno estiver incompleto ou com algum defeito gráfico que lhe cause dúvidas, informe, imediatamente, ao Fiscal.

  • Uma vez dada a ordem de início da Prova, preencha, nos espaços apropriados, o seu Nome completo, o Número do seu Documento de Identidade, a Unidade da Federação e o Número de Inscrição.

  • Para registrar as alternativas escolhidas nas questões da prova, você receberá um Cartão-Resposta de Leitura Ótica. Verifique se o Número de Inscrição impresso no cartão coincide com o seu Número de Inscrição.

  • As bolhas do Cartão-Resposta para as questões de múltipla escolha devem ser preenchidas, totalmente, com caneta esferográfica azul ou preta.

  • Você dispõe de 4 horas para responder toda a Prova – já incluído o tempo destinado ao preenchimento do Cartão-Resposta. O tempo de Prova está dosado, de modo a permitir fazê-la com tranqüilidade.

  • Você só poderá retirar-se da sala 2 (duas) horas após o início da Prova.

  • Preenchido o Cartão-Resposta, entregue-o ao Fiscal juntamente com este Caderno e deixe a sala em silêncio.



B



OA SORTE !

PORTUGUÊS
TEXTO 01
A PANDEMIA DO MEDO
Nas últimas duas semanas, o alarde sobre a iminência de uma pandemia de gripe aviária colocou o mundo em prontidão. Focos de aves contaminadas pelo vírus H5N1, causador da doença, foram detectados na Rússia, Turquia, Romênia e Grécia - sinal de que ele avança sobre o Ocidente. Na China, seu reduto original, a gripe reapareceu e matou 2 600 pássaros no norte do país.

Governos de todos os continentes tentam definir estratégias de combate à disseminação do vírus. O medo de uma pandemia deflagrou uma corrida pela fabricação de vacinas contra o H5N1, ainda inexistentes, e pela compra e estocagem do único antiviral capaz de conter o vírus, o oseltamivir, vendido sob o nome comercial de Tamiflu. O governo brasileiro encomendou 9 milhões de kits do medicamento. As farmácias de todo o país quintuplicaram as vendas de Tamiflu desde a notícia de que uma possível pandemia estaria a caminho. Criou-se até um mercado ilegal do antiviral na Internet, em que o preço da caixa com dez unidades triplicou. Qual é, no entanto, o real tamanho do perigo a que o mundo está exposto ?

Até agora, apesar de todo o alarde, a única certeza é a de que o H5N1 é um agente de destruição em massa apenas de aves, em especial galinhas e frangos. O grande temor é que o vírus passe por mutações genéticas que dêem origem a uma cepa facilmente transmissível de homem para homem, como os micróbios de uma gripe comum. Essa possibilidade existe, mas, por enquanto, não passa de especulação. Segundo o médico americano Marc Siegel, professor da Universidade de Nova York : “Não existe nenhuma evidência direta de que o vírus H5N1 esteja prestes a sofrer esse tipo de transformação.” A única pandemia em curso, no momento, portanto, é a do medo.

BERGAMO, Giuliana. Saúde. Revista Veja. 26 de outubro de 2005. p.80.
01. Em uma das alternativas abaixo, existe uma mensagem que não está inserida no Texto. Assinale-a.
A) A gripe aviária é oriunda da China.

B) Inexistem as vacinas para combater esse tipo de gripe.

C) As autoridades brasileiras procederam à aquisição do antiviral para combater a gripe aviária.

D) A Internet contribuiu significativamente para promover a disseminação da gripe aviária.

E) Existe o risco de que o vírus da gripe aviária sofra determinadas mutações que resultem numa transmissão ao ser humano.
02. Assinale a alternativa em que o fragmento do texto denota a adoção de uma ação conjunta na tentativa de conter a gripe aviária.
A) “Na China, seu reduto original, a gripe reapareceu e matou 2 600 pássaros no norte do país.”

B) “Governos de todos os continentes tentam definir estratégias de combate à disseminação do vírus.”

C) “Essa possibilidade existe, mas, por enquanto, não passa de especulação.”

D) “A única pandemia em curso no momento, portanto, é a do medo.”

E) “Criou-se até um mercado ilegal do antiviral na Internet...”
03. Sobre o trecho abaixo:
Na China, seu reduto original, a gripe reapareceu e matou 2 600 pássaros no norte do país.”
É correto declarar que
A) a gripe aviária originou-se nos países nórdicos.

B) não há risco de a gripe extrapolar os limites territoriais da China.

C) a gripe, reincidente na China, dizimou uma relevante quantidade de aves no sul do país.

D) a gripe, proveniente da China, estende-se até o norte de nosso país.



E) a ação se repetiu em um determinado tempo passado; isso se percebe através do verbo “reaparecer”.
04. Sobre SINONÍMIA e ANTONÍMIA, analise os itens abaixo.
I. Iminência (Sinônimo: proximidade).

II. Disseminação (Antônimo: propagação).

III. Deflagrou (Sinônimo: impediu).

IV. Prontidão (Sinônimo: vigilância).

V. Especulação (Antônimo: hilaridade).


Assinale a alternativa que contém o(s) item (ns) acima que apresenta(m) correlação correta entre a palavra e o que está nos parênteses.
A) Apenas I e IV. B) Apenas IV. C) Apenas III e V. D) Apenas I, III e IV. E) Apenas II, III e V.
05. Sobre o emprego da CRASE, analise as justificativas de cada item.
I. “...o alarde sobre a iminência de um pandemia de gripe aviária...” – não se pode crasear, uma vez que existe a presença da preposição antecedendo o artigo “a”.

II. “Governos de todos os continentes tentam definir estratégias de combate à disseminação” – neste caso, a crase é facultativa.

III. “...que o vírus passe por mutações genéticas que dêem origem a uma cepa facilmente transmissível...” – não se craseia por estar diante de um pronome indefinido.

IV. “...desde a notícia de que uma possível pandemia estaria a caminho.” – não se craseia por estar diante de nome masculino.
Está (ão) correta (s)
A) apenas I. B) apenas I e IV. C) apenas III. D) apenas I, II e IV. E) Apenas III e IV.
06. Sobre PONTUAÇÃO, analise as proposições abaixo.
I. “Qual é, no entanto, o real tamanho do perigo...”

II. “A única pandemia em curso, no momento, portanto, é a do medo.”

III. “...e estocagem do único antiviral capaz de conter o vírus, o oseltamivir, vendido...”

IV. “...deflagrou uma corrida pela fabricação de vacinas contra o H5N1, ainda inexistentes, pela compra...”

V. “Na China, seu reduto original, a gripe reapareceu...”
Assinale a alternativa que contempla os itens nos quais o emprego da (s) vírgula (s) se justifica por separar termos que explicam o seu antecedente, denominados de aposto.
A) Apenas I e III. B) Apenas III e V. C) Apenas II e V. D) Apenas III, IV e V. E) Apenas II, III e V.
07. Observe os termos sublinhados dos itens abaixo.
I. “Focos de aves contaminados pelo vírus H5N1, causador da doença, foram detectados na Rússia...”

II. “...deflagrou uma corrida pela fabricação de vacinas contra o H5N1, ainda inexistentes...”

III. “...desde que uma possível pandemia estaria a caminho...”

IV. “Não existe nenhuma evidência direta ...”
Assinale a alternativa que contém uma afirmação correta.
A) No item I, os termos “causador” e “detectados” concordam em gênero e número com o termo “vírus”.

B) No item II, o termo sublinhado deveria estar no plural para concordar com nome a que se refere, “corrida”.

C) No item III, se o termo “pandemia” fosse substituído por “contágio” , mantendo o mesmo número, a palavra possível teria sua grafia alterada.

D) Se o termo “evidências” (item IV) se flexionasse no plural, seria correto dizer : não existe evidências diretas.

E) O termo “detectados” (item I) concorda em gênero e número com o nome a que se refere, “focos”.
08. Em qual das alternativas abaixo, o termo sublinhado denota que o autor se utilizou dessa palavra com sentido que não lhe é comum ou próprio, resultante de uma relação de semelhança, dando, assim, origem a uma figura de linguagem denominada de metáfora?
A) “Governos de todos os continentes tentam definir estratégias...”

B) “Qual é, no entanto, o real tamanho do perigo a que o mundo está exposto?”

C) “...deflagrou uma corrida pela fabricação de vacinas...”

D) “O grande temor é que o vírus passe por mutações genéticas...”

E) “A única pandemia em curso, no momento, portanto, é a do medo.”
09. Sobre REGÊNCIA NOMINAL e VERBAL, observe os termos grifados.
I. “...passe por mutações genéticas que dêem origem a uma cepa facilmente transmissível...”

II. “...em que o preço da caixa com dez unidades triplicou...”

III. “Qual é, no entanto, o real tamanho do perigo a que o mundo está exposto ?”

IV. “Governos de todos os continentes tentam definir estratégias de combate à disseminação ...”

V. “O governo brasileiro encomendou 9 milhões de kits de medicamento.”
Assinale a alternativa correta.
A) No item I, os termos sublinhados são complemento do verbo “originar”.

B) No item II, o termo sublinhado tem como complemento “dez unidades”.

C) No item III, os termos sublinhados completam o sentido do verbo “expor”.

D) No item IV, os termos sublinhados são complemento do substantivo “combate”.

E) No item V,o verbo sublinhado exige que o seu complemento seja regido de preposição.
10. Em qual das alternativas existe discordância entre o (s) termo (s) sublinhado (s) e o que se declara no parêntese em relação à ACENTUAÇÃO ?

A) “...sobre a iminência de uma pandemia de gripe aviária colocou o mundo em prontidão.” (a tonicidade de ambas as palavras grifadas recai na penúltima sílaba).

B) “...e estocagem do único antiviral capaz de conter o vírus...” (ambos os termos sublinhados são paroxítonos).

C) “...por mutações genéticas que dêem origem a uma cepa facilmente transmissível...” (o acento do termo sublinhado se justifica por ser paroxítona terminada em “l”) .

D) “As farmácias de todo o país quintuplicaram...” (no primeiro termo sublinhado, a tonicidade recai na penúltima sílaba; no segundo, na última sílaba.)

E) “Nas últimas duas semanas...” e “...desde a notícia de que uma possível pandemia estaria a caminho...” (as palavras sublinhadas são respectivamente proparoxítona , paroxítona e paroxítona).



CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
11. Sobre a plasticidade das células-tronco, podemos afirmar, exceto.
A) Refere-se ao mecanismo de apoptose encontrado em células humanas.

B) Possui grande potencial de aplicação clínica.

C) Uma única célula é capaz de se diferenciar em múltiplas linhagens.

D) As células diferenciadas são funcionais in vitro e in vivo.

E) As células, quando transplantadas, são consideradas robustas e persistentes.
12. Sobre a metahemoglobinemia, assinale a afirmativa correta.
A) A doença é considerada como ligada ao sexo.

B) A causa é geralmente devida à presença de auto-anticorpos.

C) Níveis de metahemoglobina acima de 60% causam sintomas leves.

D) O tratamento tem por base estimular a metahemoglobina redutase.

E) O tratamento com azul de metileno ou ácido ascórbico não é eficaz.
13. A anemia aplástica adquirida apresenta as seguintes características principais:
A) pancitopenia e medula hipercelular.

B) leucocitose e medula hipercelular. D) leucopenia e adenomegalia.

C) pancitopenia e medula hipocelular. E) anemia e esplenomegalia.
14. O que se espera encontrar no transplante de medula óssea para a anemia de Fanconi é(são)
A) sobrevida inferior a 60%.

B) maior sensibilidade dos pacientes a agentes alquilantes.

C) resistência dos pacientes à radiação ionizante.

D) índices elevados de rejeição.

E) persistência das alterações hematológicas no pós-transplante.
15. A indicação do transplante de medula óssea na deficiência imunológica grave é considerada
A) rotineira.

B) não recomendada. D) recomendada, mas os resultados não são satisfatórios.

C) como necessitando de melhores estudos. E) apenas como protocolo de pesquisa clínica.

16. As anemias megaloblásticas caracterizam-se por
A) boa resposta terapêutica a quelantes do ferro.

B) anemia com leucocitose e plaquetose. D) maior incidência em adolescentes.

C) anemia com hipoplasia medular. E) distúrbios da síntese do DNA.
17. Os seguintes fatores são considerados os principais influenciadores da variabilidade dos perfis de risco na transmissão de doenças através da transfusão de sangue, exceto.
A) A prevalência da doença na população.

B) A freqüência de doadores de repetição. D) O tipo de grupo sangüíneo.

C) O grau de cobertura da triagem sorológica. E) A sensibilidade dos testes realizados.
18. Sobre a anemia das doenças crônicas, assinale a afirmativa correta.
A) Caracteriza-se por aumento do ferro sérico.

B) Caracteriza-se por diminuição do ferro no sistema retículo-endotelial.

C) O mecanismo é unifatorial.

D) O diagnóstico não é de exclusão.

E) A eritropoietina é indicada no tratamento.
19. Qual o diagnóstico mais provável de uma criança com anemia microcítica hipocrômica, RDW diminuído e ferritina sérica aumentada?
A) Talassemia.

B) Anemia Falciforme. D) Leucemia Linfóide Aguda.

C) Anemia Ferropriva. E) Anemia por carência de ácido fólico.
20. A Leucemia Linfoma T do Adulto está freqüentemente associada à infecção pelo
A) HIV. B) CMV. C) HTLV-I. D) Vírus Epstein-Barr. E) Helicobacter pylori.
21. Todas são alterações características da hemofilia, exceto.
A) Inversão dos íntrons 1 e 22 do gene do fator VIII.

B) Presença de inibidores. D) Mutação do gene HFE.

C) Mutações no gene do fator IX. E) Teste de tromboplastina parcial alargado.
22. As anemias hemolíticas auto-imunes são mais freqüentemente causadas por
A) anticorpos frios do tipo IgM.

B) anticorpos IgG da hemoglobinúria paroxística a frio. D) aloanticorpos.

C) auto-anticorpos HLA. E) anticorpos quentes do tipo IgG.
23. Todos os mecanismos abaixo são causas de trombocitopenia, exceto.
A) Esplenectomia. B) Medicamentos. C) Infecções. D) Transfusões maciças. E) Auto-anticorpos.
24. Sobre a relação infecção e paciente imunocomprometido, assinale a afirmativa correta.
A) A história epidemiológica passada tem pouca relevância.

B) A antibioticoterapia empírica visa evitar o óbito precoce.

C) A imunidade celular específica compreende os neutrófilos e monócitos.

D) Os riscos da neutropenia crônica e aguda são semelhantes.

E) No pós-transplante de medula óssea, os tempos de reconstituição hematológica e imunológica são semelhantes.
25. Todas são consideradas reações transfusionais tardias, exceto.
A) Aloimunização.

B) Reação do enxerto-contra-hospedeiro. D) Contaminação bacteriana.

C) Hemossiderose. E) Púrpura pós-transfusional.


26. A aférese terapêutica possui indicação precisa nas seguintes condições, exceto.
A) Hipocalcemia.

B) Hiperleucocitose. D) Síndrome de Guillain-Barré.

C) Hiperviscosidade sérica. E) Púrpura trombocitopênica trombótica.
27. Sobre a Síndrome Retinóide, assinale a afirmativa correta.
A) A tríade clínica consiste de lesões de pele, hepatite e diarréia.

B) Quando não tratada, a mortalidade é em torno de 1%.

C) Em geral, ocorre nas primeiras 12 horas do tratamento.

D) Deve-se ao uso do alopurinol.

E) O tratamento inclui a suspensão do medicamento e o uso de corticoesteróide.
28. O rearranjo pml-rara é freqüentemente encontrado na
A) leucemia linfóide crônica.

B) leucemia mielóide crônica. D) leucemia aguda promielocítica.

C) leucemia linfóide aguda. E) anemia falciforme.
29. Nas síndromes mielodisplásicas, os achados mais freqüentes são
A) anemia microcítica e hipocrômica.

B) plasmocitose medular e periférica. D) leucocitose com desvio à esquerda.

C) pancitopenia e hiperplasia medular. E) leucocitose com eosinofilia.
30. Paciente com queixas de dores ósseas e quadro de insuficiência renal. Os exames mostraram anemia leve, rouleaux eritrocitário e 15% de plasmócitos na medula óssea. O diagnóstico mais provável é
A) metástase de câncer prostático.

B) leucemia linfocítica crônica. D) mieloma múltiplo.

C) infecção urinária grave. E) anemia falciforme.
31. Sobre as síndromes mielodisplásicas, assinale a afirmativa correta.
A) Não estão associadas à quimioterapia prévia.

B) Nas formas de novo as causas são bem conhecidas.

C) Incidem, preferencialmente, em pessoas idosas.

D) O diagnóstico está baseado na imunofenotipagem.

E) O transplante está indicado nos pacientes com idade acima de 50 anos.
32. Todas as seguintes condições são consideradas doenças mieloproliferativas crônicas, exceto.
A) Mielodisplasias.

B) Leucemia linfóide crônica. D) Trombocitemia essencial.

C) Policitemia vera. E) Mielofibrose.
33. Relacione a 2ª coluna de acordo com a 1ª.
(1) Síndrome Falciforme ( ) presença do gene da Hb S.

(2) Doença Falciforme ( ) presença do gene da HbS com outra hemoglobina anormal.

(3) Anemia Falciforme ( ) homozigose para o gene da HbS

(4) Traço Falciforme ( ) herança de um gene HbA e outro HbS

(5) Talassemia ( ) defeito na síntese de cadeia alfa ou beta da Hb

A seqüência correta é

A) 1, 2, 3 , 4 , 5. B) 2, 1, 4, 3, 5. C) 5, 2, 3, 1, 4. D) 3, 4, 2, 5, 1. E) 4, 5, 3, 1, 5.


34.Todos os seguintes tratamentos são usualmente utilizados na Leucemia Mielóide Crônica, exceto.
A) Ácido all-transretinóico.

B) Busulfano. D) Inibidor da tirosinoquinase.

C) Hidroxiuréia. E) Transplante de medula óssea alogênico.
35. Todos os seguintes fatores estão associados ao aumento no risco de trombose, exceto.
A) Mutação do gene HFE.

B) Neoplasia. D) Fator V Leiden.

C) Anticoncepcional oral. E) Protrombina mutante.
36. Nas tromboses, o controle laboratorial da heparina é usualmente realizado pelo
A) tempo de protrombina.

B) tempo de tromboplastina parcial. D) tempo de sangria.

C) tempo de coagulação. E) contagem de plaquetas.
37. Todos os fatores prognósticos são considerados para a leucemia linfóide aguda, exceto.
A) Resposta à indução.

B) Fosfatase alcalina leucocitária. D) Leucometria.

C) Rearranjo bcr-abl. E) Idade.
38. Sobre as eritrocitoses, assinale a afirmativa correta.
A) O aparecimento de esplenomegalia não é freqüente na policitemia vera.

B) A influência da altitude e das pneumopatias não se encontram estabelecidas.

C) O tratamento com imidazoquinazoline aumenta a produção das plaquetas.

D) A sangria é a terapêutica indicada para a maioria dos pacientes.

E) Fatores de alto risco para trombose incluem ausência de episódio anterior e idade inferior a 60 anos.
39. Relacione os tipos de reações abaixo com os seguintes mecanismos:
(1) Ac contra Ag de membrana eritrocitária ( ) reação hemolítica aguda.

(2) Ac contra Ag leucocitário do doador ( ) reação febril não-hemolítica.

(3) Ac do doador contra Ag leucocitário do doador ( ) lesão pulmonar aguda.

(4) Ac contra proteína plasmática do doador ( ) reação urticariforme.

( ) reação anafilática.

A sequência correta é

A) 1, 2, 3 , 4 , 4. B) 1, 4, 4, 3, 2. C) 4, 2, 3, 1, 2. D) 4, 3, 2, 4, 1. E) 4, 2, 4, 1, 3.


40. A contagem de reticulócitos corrigida é calculada através da fórmula
A) reticulócito (%) x (hemoglobina ÷ 45).

B) hemácia x (hemoglobina ÷ reticulócito).

C) reticulócito (%) x (hemácia ÷ 45).

D) reticulócito (%) x (hematócrito ÷ 45).



E) hemoglobina x (reticulócito ÷ 45).






©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal