Companhia paranaense de energia



Baixar 114.53 Kb.
Encontro02.07.2019
Tamanho114.53 Kb.




COMPANHIA PARANAENSE DE ENERGIA

Concurso Público - Edital n° 01/2005

Prova Objetiva - 12/06/2005



045 – 046 – 047 – 048 – 049 – Médico do Trabalho Júnior







INSTRUÇÕES


1. Aguarde autorização para abrir o caderno de provas.

2. Confira seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado.

3. A interpretação das 40 (quarenta) questões é parte do processo de avaliação, não sendo permitidas perguntas aos Aplicadores de Prova.

4. Nesta prova, as questões são de múltipla escolha, com cinco alternativas cada uma, sempre na seqüência a, b, c, d, e, das quais somente uma é correta.

5. Ao receber o cartão-resposta, examine-o e verifique se o nome nele impresso corresponde ao seu. Caso haja irregularidade, comunique-a imediatamente ao Aplicador de Prova.

6. Transcreva para o cartão-resposta a opção que julgar correta em cada questão, preenchendo o círculo correspondente com caneta de tinta preta. Não ultrapasse o limite do espaço destinado para cada marcação.

7. Não haverá substituição do cartão-resposta por erro de preenchimento ou por rasuras feitas pelo candidato. A marcação de mais de uma alternativa em uma mesma questão resultará na perda da questão pelo candidato.

8. Não serão permitidas consultas, empréstimos e comunicação entre candidatos, bem como o uso de livros, apontamentos e equipamentos (eletrônicos ou não), inclusive relógio. O não-cumprimento dessas exigências implicará a exclusão do candidato deste concurso.

9. Ao concluir a prova, permaneça em seu lugar e comunique ao Aplicador de Prova. Aguarde autorização para devolver o caderno de provas, o cartão-resposta, devidamente assinados, e o comprovante de inscrição.

10. O tempo para o preenchimento do cartão-resposta está contido na duração desta prova.

11. Se desejar, anote as respostas no quadro abaixo, recorte na linha indicada e leve-o consigo.
DURAÇÃO DESTA PROVA: 4 horas

Português


Conhecimento Específico




NÚMERO DE INSCRIÇÃO





TURMA




NOME DO CANDIDATO





ASSINATURA DO CANDIDATO





RESPOSTAS

01 -

06 -

11 -

16 -

21 -

26 -

31 -

36 -

02 -

07 -

12 -

17 -

22 -

27 -

32 -

37 -

03 -

08 -

13 -

18 -

23 -

28 -

33 -

38 -

04 -

09 -

14 -

19 -

24 -

29 -

34 -

39 -

05 -

10 -

15 -

20 -

25 -

30 -

35 -

40 -

Divulgação do gabarito provisório (até 24 horas após a realização da prova), no site www.nc.ufpr.br.
PORTUGUÊS
O texto a seguir é referência para as questões 01, 02 e 03.
O preço da liberdade
Da vasta correspondência que recebi por conta de minha coluna anterior, surgiu um apoio intrigante. Alguns leitores me escreveram para dizer que concordavam com a minha tese de que cabe ao indivíduo escolher seus próprios caminhos, exercendo a autonomia. Iam ainda mais longe e afirmavam que cada qual é livre para drogar-se, se for essa a sua opção, mas que os dependentes não deveriam ter direito de onerar o Estado com despesas médicas geradas pelo vício. Certos missivistas avançaram ainda mais e sugeriram que o poder público não deveria atender a alcoólatras, fumantes nem mesmo a pacientes de Aids.

Reconheço que há lógica por trás dessa argumentação, mas não posso concordar com ela. Acredito que, se uma dada sociedade renuncia a todos os princípios de solidariedade, como parece fazer aquela que nega tratamento médico para quem precisa, ela perde sua razão de ser. Não vivemos em grupo apenas porque calhou de sermos vizinhos. O gregarismo é elemento constitutivo da própria humanidade. Foi por viver lado a lado com outros de sua espécie, ajudando-os e sendo por eles ajudado, que nossos ancestrais puderam dispor de uma dieta rica em proteínas animais que foi fundamental para que seu cérebro se desenvolvesse da forma que o fez, tornando-os mais espertos que outros grupos de primatas.

Não estou, com isso, afirmando que o homem seja naturalmente bom, como o fez Rousseau, nem que a solidariedade seja a mais humana das virtudes. Muito pelo contrário, nossa espécie é violenta, agressiva e freqüentemente bastante estúpida. Mesmo assim, soube fazer alianças com base no altruísmo recíproco que a beneficiaram, levando-a a assenhorear-se do planeta. Agora que vivemos num ambiente bem menos hostil do que o de nossos antepassados, temos ainda menos razões para abandonar o princípio da aliança de ajuda mútua.

Voltando ao caso concreto, acho que o poder público deve prestar auxílio médico e previdenciário a quem dele necessite, independentemente das escolhas individuais que possam ter levado a pessoa ao estado de precisão.

É verdade que a esmagadora maioria dos dependentes químicos fez em algum momento uma opção consciente não pelo vício, é claro, mas por correr o risco de tornar-se dependente. Não era um cálculo absurdo. A maior parte dos que tomam um copo de uísque, fumam um baseado ou cheiram uma carreira de cocaína não se viciam. Já a minoria que o faz padece de uma doença. A partir de um certo momento, instala-se a dependência. Aí as escolhas feitas pelo indivíduo já são "menos livres". Os centros de recompensa do cérebro se voltam inteiramente para a droga. Sem ela, nenhuma atividade proporciona prazer. O mundo se torna sombrio e sem graça. Para que volte a ser um lugar tolerável, é preciso conseguir uma dose da substância, pela qual o dependente fará quase tudo, inclusive roubar, prostituir-se e outros pecados burgueses. Romper esse ciclo não é de modo algum impossível, mas costuma ser difícil. É uma tarefa trabalhosa, que pode exigir acompanhamento médico.

Não creio que devamos abandonar o dependente à própria sorte apenas porque, no passado, ele aceitou correr esse risco. Se levássemos esse argumento às últimas conseqüências, o Estado também não deveria prestar atendimento ao portador de câncer fumante ou ao cardiopata que abusava do churrasco. A sugestão de deixar de distribuir gratuitamente remédios para pacientes de Aids é ainda mais grotesca. Quem ainda acredita que essa moléstia é um castigo imposto por Deus aos de comportamento dissoluto e moral pecaminosa deveria lembrar que a via sexual não é a única forma de transmissão da doença. Esse, aliás, era um preconceito que eu em minha ingenuidade já imaginava extinto.

A rigor, não faz sentido pensar num atendimento médico que não seja universal. Até as mais insuspeitas das doenças apresentam características genealógicas que podem ser ligadas a fatores ambientais relacionados a estilos de vida. [...]

(Hélio Schwartsman, Folha Online, 9 dez. 2004.)


01 - O autor se contrapõe à tese de algumas pessoas que lhe escreveram. Que afirmações constituem argumentos utilizados pelo autor para defender seu ponto de vista?
I. A sociedade humana é violenta, agressiva e estúpida e fez de tudo para assenhorear-se do planeta, pois a solidariedade não é a mais humana das virtudes.

II. Romper um ciclo de dependência é uma tarefa que pode exigir acompanhamento médico. Não se deve abandonar o doente à própria sorte, só porque um dia ele aceitou correr o risco.

III. Até as doenças de características genealógicas, a rigor, podem ser ligadas a fatores ambientais relacionados a estilos de vida. Isso não é prerrogativa dos vícios.

IV. O dependente tem livre arbítrio para, a qualquer momento, decidir sua própria sorte.


Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras.

b) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras.

c) Somente as afirmativas II e III são verdadeiras.

d) Somente as afirmativas I e IV são verdadeiras.

e) Somente as afirmativas III e IV são verdadeiras.
02 - Em que alternativa as palavras e expressões retiradas do texto podem ser consideradas com sentido equivalente?
a) missivistas, dependentes, pacientes.

b) gregarismo, primatas, vizinhos.

c) extinto, grotesco, intrigante.

d) comportamento dissoluto, pecados burgueses, estado de precisão.

e) solidariedade, altruísmo, princípio da aliança de ajuda mútua.
03 - Foi por viver lado a lado com outros de sua espécie, ajudando-os e sendo por eles ajudado, que nossos ancestrais puderam dispor de uma dieta rica em proteínas animais que foi fundamental para que seu cérebro se desenvolvesse da forma que o fez, tornando-os mais espertos que outros grupos de primatas.
Tendo em vista o trecho acima, marque a alternativa em que o pronome grifado NÃO está corretamente relacionado com a expressão a que estaria se referindo.
a) outros de sua espécie → nossos ancestrais

b) ajudando-os → outros de sua espécie

c) por eles ajudado → outros de sua espécie

d) para que seu cérebro → de nossos ancestrais

e) tornando-os → outros grupos de primatas.
04 - Qual dos períodos abaixo está pontuado corretamente?
a) O mercado mundial de alimentos funcionais – principalmente Europa e Japão – movimentou, mais de 50 bilhões de dólares no ano passado, produzindo dentre outros margarinas e leites com alegações funcionais: diminuem o colesterol e protegem contra problemas cardíacos.

b) O mercado mundial, de alimentos funcionais, principalmente Europa e Japão, movimentou mais de 50 bilhões de dólares, no ano passado, produzindo, dentre outros, margarinas e leites, com alegações funcionais; diminuem o colesterol e protegem contra problemas cardíacos.

c) O mercado mundial de alimentos funcionais, principalmente Europa e Japão, movimentou mais de 50 bilhões de dólares no ano passado, produzindo, dentre outros, margarinas e leites com alegações funcionais: diminuem o colesterol e protegem contra problemas cardíacos.

d) O mercado mundial de alimentos funcionais, principalmente Europa e Japão movimentou mais de 50 bilhões de dólares no ano passado, produzindo dentre outros, margarinas e leites com alegações funcionais; diminuem o colesterol e protegem, contra problemas cardíacos.

e) O mercado, mundial de alimentos funcionais – principalmente Europa e Japão movimentou mais de 50 bilhões de dólares no ano passado, produzindo dentre outros, margarinas, e leites com alegações funcionais – diminuem o colesterol e protegem contra problemas cardíacos.
05 - Assinale a alternativa que desobedece a alguma norma da escrita.
a) Comunicamos a Vossa Senhoria que seu pedido referente à ocupação de uma garagem neste prédio foi deferido pela diretoria.

b) Encaminhamos a Vossa Senhoria, em anexo, as cópias dos contratos solicitadas, cujo conteúdo fornece os dados relevantes para a apelação.

c) De ordem do Sr. Delegado Regional, torno público que será feita comunicação à Procuradoria Geral, para fins de cobrança executiva de débitos de imposto de renda.

d) Tendo em vista as determinações contidas no último edital desta Secretaria, solicitamos providências de Vossa Senhoria no sentido de que os funcionários procurem a divisão em que são lotados para o devido cadastramento.

e) Serão efetivados automaticamente, na forma dos arts. 442, 443 e 451 da Consolidação das Leis de Trabalho, renovações de contratos de prazo determinado.
Foram selecionados alguns itens retirados de duas cláusulas do Contrato de Prestação de Serviço Público de Energia Elétrica da COPEL. As questões 06 e 07 referem-se a esses itens.
CLÁUSULA TERCEIRA: DOS PRINCIPAIS DIREITOS DO CONSUMIDOR

13. Ser informado, por escrito, com antecedência mínima de 15 (quinze) dias, sobre a possibilidade de suspensão de fornecimento por falta de pagamento;

14. Ter a energia elétrica religada, no caso de suspensão indevida, sem quaisquer despesas, no prazo máximo de até 3 (três) horas, a partir da constatação da CONCESSIONÁRIA ou da informação do CONSUMIDOR;

15. Receber, em caso de suspensão indevida do fornecimento, o maior valor entre o dobro da religação de urgência ou 20% (vinte por cento) do líquido da primeira fatura após a religação da unidade consumidora;

16. Ter a energia elétrica religada, no prazo máximo de 24 (vinte e quatro) horas, após informar o pagamento de conta pendente;

17. [...]

18. Ser informado sobre a ocorrência de interrupções programadas, por meio de jornais, revistas, rádio, televisão ou outro meio de comunicação, com antecedência mínima de 72 (setenta e duas) horas.
CLÁUSULA QUINTA: DA SUSPENSÃO DO FORNECIMENTO

Não se caracteriza como descontinuidade de serviço a sua interrupção em situação de emergência, conforme itens 1 a 3 abaixo, ou após prévio aviso, conforme os itens 4 e 5.


1. Razões de ordem técnica ou de segurança das instalações;

2. Procedimentos irregulares constatados na unidade consumidora;

3. Revenda ou fornecimento de energia a terceiros;

4. Impedimento do acesso de empregados e representantes da CONCESSIONÁRIA, para leitura e inspeções necessárias;

5. Falta de pagamento da fatura de energia elétrica.
06 - Considere as situações descritas abaixo.
I. Uma indústria mantinha uma ligação elétrica secundária com a oficina do terreno vizinho. O dono da oficina era irmão do dono da indústria. A concessionária da energia elétrica considerou a ligação ilegal e cortou o fornecimento da indústria, sem avisar previamente o seu dono.

II. Na casa do seu Mário, há dois cães muito bravos. Eles atacam qualquer pessoa que tenta entrar. O medidor de energia elétrica fica do lado de dentro do muro. A concessionária de energia elétrica cortou, sem avisar com antecedência, a energia da casa, pois seus técnicos não conseguiram fazer a leitura de gasto.

III. O seu Cláudio Costa enfrenta uma situação delicada. Teve o fornecimento de energia elétrica de sua casa suspendido, depois de ser previamente avisado, porque um homônimo seu deixou de pagar a fatura. Seu Cláudio reclamou e a empresa fornecedora, depois de cobrar a taxa de religação, consentiu que o fornecimento fosse normalizado.

IV. Durante uma inspeção de rotina, os técnicos da concessionária de energia elétrica perceberam que havia descarga elétrica anormal nas instalações elétricas de uma fábrica de papel, o que poderia provocar incêndio. Sem aviso prévio ao dono, cortaram o fornecimento de energia do local.


Em que caso(s) a concessionária de energia elétrica está amparada pelo contrato?
a) Nos casos I e IV, somente.

b) Nos casos I e II, somente.

c) Nos casos II e III, somente.

d) No caso IV, somente.

e) No caso III, somente.
07 - Considere a seguinte situação hipotética: Dona Marta Dias teve o fornecimento elétrico de sua casa suspenso por falta de pagamento. Depois de saldar o débito, ligou para a concessionária, pedindo a regularização do serviço. A concessionária pediu que ela escrevesse um ofício explicando a situação. O ofício deveria fazer referência ao Contrato de Prestação de Serviço Público de Energia Elétrica.
As alternativas apresentam diferentes versões do corpo do ofício. Supondo que a concessionária cumpre fielmente o contrato, qual das alternativas retrata adequadamente a situação e faz a solicitação corretamente?
a) Depois de ser informada sobre a ocorrência de interrupções, como reza o item 18 do contrato de prestação de serviços, o fornecimento de energia elétrica de minha casa foi suspenso. Informo aos senhores que já quitei as faturas em atraso e, portanto, aguardo a religação no prazo máximo de 24 horas.

b) Tendo deixado de pagar a fatura de energia elétrica por três meses, a concessionária, sem aviso prévio, como prevê a Cláusula Quinta do contrato, suspendeu o fornecimento. Agora, após quitação do débito, solicito a religação. Informo que estou obedecendo ao prazo mínimo de quinze dias para informação.

c) Embora tenha sido previamente informada da possibilidade de suspensão de fornecimento de energia elétrica, minha situação financeira, naquele momento, não me permitiu saldar a fatura. Como prevê o item 5, da Cláusula Quinta do contrato, tive o fornecimento suspenso. Neste mês, com a situação financeira normalizada, pude pagar as faturas pendentes e, assim, solicito a religação, com base no item 16 da Cláusula Terceira.

d) O fornecimento de energia elétrica de minha casa foi suspenso devido à falta de pagamento. Já estou em dia com o pagamento e solicito religação. Como houve descontinuidade de serviço, a energia terá que ser religada sem quaisquer despesas, conforme item 14 da Cláusula Terceira.

e) Deixei de pagar a fatura referente à energia elétrica durante três meses, o que acarretou a suspensão do fornecimento. Como a interrupção estava programada, fiquei sabendo pelo rádio. Agora que me coloquei em dia com o pagamento, peço a normalização do serviço e informo que, conforme o item 15 da Cláusula Terceira, tenho direito a ressarcimento, no valor do dobro da taxa de religação.
08 - Que alternativa estrutura corretamente as informações abaixo num único período?


  • A concessionária de energia elétrica tem procurado cumprir todas as cláusulas do Contrato de Prestação de Serviço.

  • A atuação da concessionária ainda está sob avaliação.

  • Os consumidores tiveram acesso ao Contrato de Prestação de Serviço nesta semana.

a) A concessionária de energia elétrica, que a atuação dela ainda está sob avaliação, tem procurado cumprir todas as cláusulas do Contrato de Prestação de Serviço a que os consumidores tiveram acesso nesta semana.

b) A concessionária de energia elétrica, cuja atuação ainda está sob avaliação, tem procurado cumprir todas as cláusulas do Contrato de Prestação de Serviço a que tiveram acesso os consumidores nesta semana.

c) O Contrato de Prestação de Serviço que os consumidores tiveram acesso nesta semana tem todas as suas cláusulas cumpridas pela concessionária, que tem uma atuação ainda sob avaliação.

d) O Contrato de Prestação de Serviço, cujos consumidores tiveram acesso nesta semana, tem sido cumprido pela concessionária que a atuação da mesma está ainda sob avaliação.

e) A concessionária de energia elétrica, cuja atuação está ainda sob avaliação, tem procurado cumprir todas as cláusulas do Contrato de Prestação de Serviço, do qual os consumidores tiveram acesso.


09 - Que palavras são acentuadas com base na mesma regra que manda acentuar cardíaco?
a) nutracêuticos, dietética, dólares.

b) vigilância, nutrólogo, fitoesteróis.

c) países, saúde, ômega.

d) agência, sanitária, está.

e) substância, também, indivíduos.

10 - Apesar das boas intenções, observadores independentes e organizações de defesa dos direitos humanos estão cautelosos.


Em que alternativa o período acima foi reescrito sem prejuízo de sentido?
a) Observadores independentes e organizações de defesa dos direitos humanos estão cautelosos, não obstante as boas intenções.

b) Os observadores independentes e organizações de defesa dos direitos humanos estão cautelosos, porque estão com boas intenções.

c) Como estão com boas intenções, observadores independentes e organizações de defesa dos direitos humanos estão cautelosos.

d) As boas intenções fazem com que observadores independentes e organizações de defesa dos direitos humanos estejam cautelosos.

e) Apesar de estarem com boas intenções, os observadores independentes e organizações de defesa dos direitos humanos estão também cautelosos.
CONHECIMENTO ESPECÍFICO
11 - Em relação ao médico do trabalho que atua em uma empresa, avalie as seguintes afirmativas:
I. Tem a faculdade de desenvolver programas de controle de doenças ocupacionais.

II. Realiza apenas os exames médicos obrigatórios por lei.

III. Está em condições de desenvolver programas de controle de doenças crônicas.

IV. Tem a capacidade de fazer controle do absenteísmo por tipo de doença e desenvolver medidas preventivas.


Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras.

b) Somente as afirmativas I, III e IV são verdadeiras.

c) Somente as afirmativas III e IV são verdadeiras.

d) Somente as afirmativas II e III são verdadeiras.

e) Somente as afirmativas I, II e III são verdadeiras.
12 - A síndrome dos edifícios doentes é caracterizada clinicamente por cefaléia, astenia, processos alérgicos, irritação nasofaríngea e dispnéia. O microorganismo desses sinais e sintomas é:
a) a legionela.

b) a salmonela.

c) o estreptococo.

d) o pneumococo.

e) o hemófilo.
13 - O adicional de periculosidade é devido a trabalhadores:
a) sujeitos às radiações ultravioletas.

b) que trabalham com eletricidade.

c) envolvidos em vigilância bancária.

d) que realizam suas atividades em hotéis e similares.

e) que executam seu trabalho em ambulatório médico.
14 - Uma alveolite alérgica extrínseca tipicamente ocupacional é:
a) talcose.

b) bagaçose.

c) bissinose.

d) aluminose.

e) sílico-tuberculose.
15 - Os casos de sensibilização de cimento, em geral, são imputados a:
a) sais de níquel.

b) sais de cromo.

c) alcalinidade do cimento.

d) sais de cádmio.

e) sais de chumbo.
16 - Os gases e vapores asfixiantes simples:
a) produzem alteração na respiração celular.

b) provocam odor fétido.

c) ocupam no ambiente de trabalho o lugar do oxigênio no ar inalado.

d) aumentam a concentração de carboxihemoglobina.

e) produzem metahemoglobina, se inalados.
17 - Constitui(em) restrição para o trabalho com exposição a níveis elevados de calor:
a) as doenças de Crohn.

b) a gastrite.

c) as doenças cardiovasculares.

d) a varicocele.

e) a hérnia de hiato.
18- É chamado de saturnismo o quadro clínico clássico de intoxicação por:
a) metais pesados: mercúrio, manganês, cromo, ou ainda, uma combinação entre eles, o que é mais freqüente em condições reais de trabalho.

b) cromo pentavalente.

c) chumbo orgânico.

d) gases asfixiantes, numa referência dos autores mais tradicionais às névoas venenosas dos anéis de Saturno.

e) chumbo metálico e seus compostos.
19 - Que doença está associada ao uso de ferramentas pneumáticas no trabalho com motosserras?
a) A artrite reumatóide

b) O fenômeno de Raynaud

c) A surdez tipo condutiva

d) O nistagmo

e) A extrassistolia atrital polifocal
20 - As associações mais freqüentemente encontradas entre portadores de pneumoconioses é:
a) asbestose e tuberculose.

b) bagaçose e hepatite.

c) silicose e lupus eritematoso disseminado.

d) asbestose e câncer de pleura.

e) antracose e pneumotórax.
21- Como é conceituado o trauma acústico?
a) Exposição a ruído intenso por curto espaço de tempo com instalação súbita.

b) Exposição a ruído intenso por curto espaço de tempo com instalação insidiosa.

c) Exposição a ruído intenso por longo espaço de tempo com instalação súbita.

d) Exposição repetida a ruído com instalação insidiosa.

e) Exposição repetida a ruído com instalação súbita.
22 - Nas séries abaixo, assinale a alternativa em que os três primeiros agentes correspondem a radiações ionizantes e os três últimos a radiações não ionizantes:
a) raios X, ultravioleta e infravermelho; laser, ruído e infravermelho.

b) infravermelho, ultravioleta e laser; raios gama, raios beta e raios X.

c) raios beta, raios alfa e raios gama; infravermelho, ultravioleta e ruído.

d) raios beta, raios gama e raios X; laser, infravermelho e ultravioleta.

e) raios X, ultra-som e eletromagnetismo; ondas curtas, laser e ultravioleta.
23 - Em relação às dermatoses ocupacionais, assinale a alternativa correta.
a) As dermatoses alérgicas são sempre de origem ocupacional.

b) As dermatoses ocupacionais poderão ser de contato por irritante primário ou alérgico de contato.

c) As dermatoses ocupacionais sempre são causadas por agentes químicos.

d) Não é possível caracterizar dermatose ocupacional; sempre há uma condição preexistente.

e) A úlcera do septo nasal e a lesão de pele nas mãos têm como causa o cobalto.
24 - Os trabalhadores com martelete pneumático podem estar expostos aos riscos de:
a) pneumoconiose, elaioconise e perda de sensibilidade tátil.

b) perda auditiva, síndrome de Raynaud e alterações nas articulações dos membros superiores.

c) perda da capacidade visual, síndrome de Parkinson e osteoporose.

d) síndrome de Gilbert, hepatite e perda de audição.

e) elaioconiose, acrosteólise e síndrome de Raynaud.
25 - Avalie as seguintes expressões:
I. zumbidos

II. perturbações hormonais neurovegetativas

III. fadiga mental e psíquica

IV. aumento do tônus e ausência de relaxamento


Que alterações o ruído pode causar ao trabalhador?
a) Somente II e III.

b) Somente III e IV.

c) Somente I e IV.

d) Somente I, II e III.

e) I, II, III e IV.
26 - Privilegiando o enfoque prevencionista, escolha a condição de trabalho mais INADEQUADA:
a) portador de Hepatite C trabalhando em cozinha industrial.

b) portador de hipertensão arterial trabalhando em ambiente com alta temperatura.

c) portador de epilepsia trabalhando em linha de montagem de brinquedos plásticos.

d) portador de surdez trabalhando em área de ruído com EPI (protetor auricular).

e) portador de rinite alérgica trabalhando em escritório.
27 - A elaboração, implantação e acompanhamento do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA), é obrigação:
a) do médico do trabalho.

b) do Centro de Referência da Saúde do Trabalhador.

c) do fiscal da Delegacia Regional do Trabalho.

d) da gerente de recursos humanos.

e) da empresa.
28 - Avalie os seguintes fatores biomecânicos:
I. força

II. repetitividade

III. compressão mecânica na coluna vertebral

IV. posturas inadequadas


São fatores biomecânicos importantes para o aparecimento de Distúrbios Osteomusculares Relacionados com o trabalho:
a) I e II apenas.

b) I e III apenas.

c) I, II e IV apenas.

d) II e IV apenas.

e) III e IV apenas.
29 - São conhecidos como cancerígenos humanos:
a) o cloreto de vinila, o benzeno e o amianto.

b) o amianto, o tricloroetileno e o monóxido de carbono.

c) o tetracloretileno, o dicloroetilbenzeno e o benzeno.

d) o cromo, o toluol e o metil-isobutil-cetona.

e) o metil-etil-cetona, o manganês e o hexano.
30 - A medida mais eficiente para proteger os trabalhadores expostos ao calor radiante é:
a) ventilação local forçada.

b) exaustão ambiental.

c) fornecimento de soluções hidroeletrolíticas.

d) umidificação do ambiente de trabalho.

e) anteparos refletores de alumínio.
31 - A síndrome do pintor, quadro clínico que cursa com fadiga, cefaléia, síndrome vertiginoso, ansiedade, depressão e labilidade emocional, se relaciona:
a) a fumos metálicos.

b) a pigmentos.

c) a solventes orgânicos hidrocarbonetos.

d) ao chumbo.

e) ao cromohexavalente.
32 - A dermatite de contato irritativa é considerada uma das doenças ocupacionais mais freqüentes, podendo ocorrer em diferentes processos produtivos. Com relação à dermatite de contato irritativa, é correto afirmar:
a) Os seus agentes causais não são os ácidos e álcalis fortes.

b) A realização do Patch Test é importante para o diagnóstico dessa patologia.

c) É uma doença relacionada ao trabalho enquadrada no Grupo I da Classificação de Schiling.

d) A epidemia é uma manifestação precoce das dermatites de contato por irritantes.

e) A presença de vesiculação descaracteriza a lesão como sendo de origem ocupacional.
33 - A indicação do medicamento atropina endovenosa como tratamento eficaz ocorre nos casos de intoxicação por:
a) inseticidas carbamatos.

b) inseticidas organoclorados.

c) inseticidas fosforados orgânicos.

d) inseticidas piretróides.

e) fungicidas mercuriais.
34 - Avalie as seguintes afirmativas:
I. Na exposição ao benzeno, são observadas alterações no hemograma após cessada a exposição ocupacional.

II. Os efeitos cancerígenos do benzeno estão relacionados aos produtos da sua biotransformação.

III. O benzeno é um mielotóxido que age através de três mecanismos fundamentais: depressão das células progenitoras primitivas e indiferenciadas, lesão do tecido da medula óssea e formação clonal de células primitivas afetadas.

IV. Os efeitos neurológicos e hematológicos do benzeno são suaves e podem passar despercebidos pelos trabalhadores por anos.


Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras.

b) Somente as afirmativas III e IV são verdadeiras.

c) Somente as afirmativas I e IV são verdadeiras.

d) Somente as afirmativas II e III são verdadeiras.

e) Somente as afirmativas I, II e III são verdadeiras.
35 - Avalie as seguintes afirmativas:
I. Os trabalhadores expostos ao asbesto no trabalho devem ser submetidos à telerradiografia do tórax no admissional e anual e espirometria no admissional e bienal.

II. Pneumoconiose é o quadro clínico resultante da inalação de gases ou vapores e as reações tissulares à sua presença são constantes.

III. A associação mais freqüentemente encontrada entre os portadores de pneumoconioses é a silicose e a tuberculose.

IV. Para o diagnóstico da asma ocupacional a história clínica é o item mais importante.


Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras.

b) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras.

c) Somente as afirmativas III e IV são verdadeiras.

d) Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras.

e) Somente a afirmativa III é verdadeira.
36 - Um paciente foi atendido em um pronto-socorro de Curitiba, relatando cólicas abdominais. Como o exame preliminar clínico e instrumental não permitiu que se chegasse a um diagnóstico, optou-se por laparotomia explorada. O responsável pela anestesia, ao iniciar a entubação, sugeriu suspender a cirurgia por suspeitar tratar-se de manifestação de doença profissional. Essa hipótese diagnóstica decorreu da presença na cavidade oral do paciente, de:
a) intensa gengivite, com perda dos incisivos superiores.

b) presença de linha preto-azulada junto à borda gengival dos incisivos (sinal de Burton).

c) presença de hemorragia da gengiva dos incisivos superiores.

d) desgaste da parte palatina dos dentes incisivos superiores.

e) consumo pelo atrito dos dentes incisivos superiores.
37 - Os fatores psicossociais do trabalho referem-se:
a) ao conteúdo do trabalho.

b) à organização do trabalho.

c) às percepções subjetivas que o trabalhador tem dos fatores biomecânicos relacionados ao trabalho.

d) ao ambiente de trabalho e condições de risco ocupacional.

e) às condições orgânicas dos trabalhadores.
38 - Assinale a alternativa correta.
a) Os equipamentos de proteção individual (EPI) devem ser pagos pelo trabalhador.

b) Os acidentes do trabalho apresentam origem multifatorial.

c) O fornecimento de EPI elimina a nocividade do ambiente de trabalho.

d) Os filtros das máscaras respiratórias devem ser substituídos após perderem sua eficiência e eficácia.

e) O EPI só pode ser colocado à venda após possuir o Certificado de Aprovação do Ministério do Trabalho e da Saúde.
39 - O direito à saúde, higiene e segurança dos trabalhadores é assegurado:
a) pela CLT – Consolidação das Leis do Trabalho.

b) pela Constituição Federal.

c) por decreto presidencial específico.

d) pela Portaria nº 3214/78.

e) pelo decreto-lei nº 5452 de 1943.
40 - Assinale falso (F) ou verdadeiro (V) e marque a alternativa correspondente.
( ) Conforme a Lei nº 8213 de 24/07/1991 a abertura de Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT) é prerrogativa da empresa, do sindicato e do médico-assistente.

( ) A estabilidade de um ano no emprego existe para todos os acidentados de trabalho.

( ) As Comunicações de Acidentes de Trabalho (CAT) devem ser preenchidas na suspeita de doença do trabalho.

( ) No estabelecimento de nexo de causalidade com os transtornos de saúde, o médico deve considerar a história clínica e ocupacional; estudo do posto e organização do trabalho e os depoimentos e experiências dos trabalhadores no posto da empresa responsável.


Assinale a alternativa correta.
a) VVFV

b) VFVV


c) FVFF

d) VVVV


e) VFFF







©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal