Como fazer o seu jejum pessoal Defina o seu tipo de jejum



Baixar 13.05 Kb.
Encontro17.01.2018
Tamanho13.05 Kb.

Como fazer o seu jejum pessoal

Defina o seu tipo de jejum – nem todos podem fazer um jejum completo e ficar 40 dias sem comer. Alguns farão apenas uma refeição por dia; outros vão se abster de uma refeição diária; alguns farão a dieta de Daniel(legumes e verduras); outros se absterão de guloseimas, etc.

Há pessoas que criticam o fato de algumas pessoas deixarem de comer certo tipo de alimento, dizendo que isto não é o jejum bíblico. Realmente, o jejum bíblico é deixar de comer por um determinado tempo para concentrar o tempo e atenção nas coisas de deus. Porém, o fato de tirar algum tipo de alimento cria uma atmosfera de separação de um tempo para Deus, o que é importante, pois o que mais vale é a oraçào e o desejo de ver a nação transformada pelo Senhor.

Eu tenho recomendado o jejum de televisão. Que nestes 40 dias o povo não ligue televisão e utilize este tempo para orar e ter comunhão com sua família.

Defina sua hora de falar e ouvir a Deus – Estamos consagrando 40 dias para estar diante de Deus, portanto, é importante que você separe um tempo e um local especial onde estará buscando a Deus e ouvindo a sua voz. Pense num horário e num local livre de interrupções: pode ser de madrugada, ou tarde da noite, no seu carro, na sua sala, num parque, em qualquer lugar que você tenha liberdade de expressar a sua oração e ler a meditação diária.

Leia o texto diário e ore de acordo com os motivos apresentados – Para cada dia há uma meditação baseada nos princípios bíblicos sobre evangelismo e missões. Leia a meditação e depois veja os motivos de oração por você e pelos outros. Ore e clame a Deus por sua vida e por outras pessoas. No final há um versículo para memorização.

Nota: No site da CIBI, você encontrará os alvos e motivos de oração, bem como os textos bíblicos sugeridos para a leitura diária.



Passe o dia e comunhão com Deus – Procure manter a sua mente voltada para as coisas de Deus. Se puder, ouças hinos e canções com mensagens bíblicas, memorize o versículo bíblico, e procure meditar nele durante as suas atividades diárias. Compartilhe com algum amigo no trabalho ou na escola os princípios que você tem aprendido. Talvez haja uma oportunidade de ganhar vidas para Cristo.

Se puder, reúna-se com um grupo – se tiver oportunidade, aproveite estes 40 dias para reunir-se com a sua família e fazerem um devocional do livro, orando e aprendendo juntos. Talvez a sua igreja fará cultos durante todos os dias, tome o propósito de participar de todos. Talvez você participe de um grupo pequeno. Aproveitem para orarem juntos pelos motivos apresentados.

Se, dúvida, sua vida e a sua igreja nunca mais serão as mesmas depois destes 40 dias. Mas não fique apenas neste período. Mantenha e aprofunde mais sua comunhão com Deus. Assim, juntos, transformaremos nossa cidade, estado, nação e o mundo.

Pr. Edison Queiroz –



Quem somos:

O movimento dos 40 dias de Jejum e Oração surgiu como resultado de uma visão que uma senhora, membro da Primeira Igreja Batista em Santo André, recebeu da parte de Deus. Logo que compartilhou com o Pr. Edison Queiroz, houve um testemunho do Espírito Santo de que era para fazer este jejum.

O Pr. Edison preparou 40 mensagens devocionais para cada dia do período e imprimiu um livreto. Alguns pastores da região souberam do projeto e começaram a pedir copias do livreto. No ano seguinte o Pr. Edison acrescentou pedidos de oração pelo mundo no livro e o número de igrejas e pessoas participantes aumentou consideravelmente.

O movimento cresceu tanto que precisamos organizar uma agência para administrar. Então surgiu a ATG- Agência de Transformação Global, situada na cidade de Santo André, é uma entidade sem fins lucrativos que foi constituída em 02 de Outubro de 2008, possui uma diretoria composta por Pastores e Missionários de diversas denominações.



O que você ganha jejuando

Estamos iniciando mais um período de Jejum de 40 dias, como todos os anos temos feito. algumas pessoas entrarão conosco neste desafio, outras irão se comprometer, mas desistirão logo nos primeiros dias; outros, não terão disciplina para agir de forma metódica ao longo dos 40 dias, outros ainda, por não ter um objetivo claro em suas mentes, não serão capazes de levar adiante este propósito. Você sabe porque razão você deve jejuar e os benefícios que pode haver na prática do jejum?. Essa resposta você vai encontrar em Isaías 58.6-12. Esse é um texto maravilhoso sobre o jejum. Deus nos está convidando a praticar o jejum. Por quê?

O jejum traz para a cidade uma nova prática nos negócios (versículo 6) - Deixe-me explicar melhor: as pessoas têm um pensamento equivocado acerca do jejum. Elas pensam que é simplesmente ficar sem comer ou beber, mas não é só isso. Se o jejum da pessoa se resumir apenas ao ficar sem comer e beber, isso será somente uma dieta e talvez o único benefício que a pessoa vai ganhar sejam alguns quilos a menos.

O jejum vai além do ato de não comer e beber. Ele necessariamente leva o coração da pessoa a ser tocado por Deus. Quando o jejum é praticado, algumas transformações acontecem no coração da pessoa. Ela começa a experimentar mudanças que afetam toda a sua vida e, consequentemente, a vida das pessoas que estão do seu lado. É inevitável que as mudanças ocorram. Uma das mudanças é a que lemos no versículo 6 de Isaías 58, que diz que o jejum é “soltar as correntes da injustiça, desatar as cordas do jugo, pôr em liberdade os oprimidos e romper todo o jugo”. Isso que é jejum; é mudança de postura.

Isso significa que quando você pratica o jejum, você sente o desejo de não mais explorar as pessoas, de não mais reter o dinheiro que é do seu empregado, de não mais ganhar dinheiro às custas do mais pobre, do menos capacitado ou do menos habilitado no mundo dos negócios. Quando você pratica o jejum, você sente o desejo de ser honesto com os seus empregados, com os seus clientes, com os seus sócios e com todas as pessoas que vêm até você. Isso traz benefícios às pessoas que estão do seu lado, e, consequentemente, à sua cidade, que é abençoada com o seu jejum!

O jejum traz para a cidade uma nova prática da solidariedade (versículos 7,10) - O jejum é, sobretudo, uma tomada de postura para com o próximo. Se isso não acontecer, então não é jejum o que você está fazendo, pois ele necessariamente leva você a ficar mais solidário com o outro. Você quer saber se ele está bem, se a sua família está gozando saúde, se ele tem comida dentro de casa, se os seus filhos estão bem agasalhados, se ele precisa de alguma ajuda. O jejum é aquele que leva você a sair do seu mundo para entrar no mundo do outro a fim de ajudá-lo.



É isso que Deus fala sobre o jejum no versículo 7: “É partilhar sua comida com o faminto, abrigar o pobre desamparado, vestir o nu que você encontrou, e não recusar ajuda ao próximo?” O jejum arranca do coração do homem aquela mentalidade individualista que o faz viver preso no seu mundo, pensando somente nas suas coisas e cuidando apenas dos seus interesses – natureza egoísta e abominável a Deus. O jejum faz a pessoa perceber que ela não está sozinha no mundo e que existem outras pessoas com as quais ela pode se relacionar. E é por isso que o jejum abençoa toda uma cidade. Pense em você, crente, ajudando uma pessoa e depois, num segundo, saindo do próprio mundo; e um terceiro se libertando do egoísmo; e em dez pessoas fazendo o mesmo, cem, mil, duas mil, cinco mil, dez mil crentes que decidem jejuar! Todas essas pessoas vão abandonar o egoísmo, vão sair do próprio mundo, vão buscar a solidariedade, vão trazer bênção para a sua cidade!




©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal