Colégio alexander fleming



Baixar 57.09 Kb.
Encontro14.08.2018
Tamanho57.09 Kb.

COLÉGIO ALEXANDER FLEMING


4º SIMULADO POLIEDRO– 3º Bimestre

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO – 3º Ano


Disciplina

Conteúdo

Física 1 – Rodrigo

  • Lançamento Oblíquo no Vácuo – Estabelecer as condições para nosso estudo de lançamento oblíquo no vácuo, como, por exemplo, considerar o campo gravitacional uniforme e desprezível à resistência do ar. Mostrar que o movimento oblíquo pode ser decomposto em dois movimentos simultâneos e independentes: um vertical uniformemente variado e outro horizontal uniforme.

  • Estabelecer as equações do movimento vertical a partir de um MUV com velocidade inicial vertical igual à decomposição da velocidade inicial em y. Estabelecer as equações do movimento horizontal a partir de um MU com velocidade inicial horizontal igual à decomposição da velocidade inicial em x. Mostrar que o movimento resultante é uma parábola, em que a resultante das velocidades vertical e horizontal é sempre tangente à trajetória. Deduzir o tempo de subida, a altura máxima, o alcance e a equação da trajetória.

  • Princípios de Dinâmica – Estabelecer o conceito de massa. Estabelecer o conceito de força, com direção, sentido e massa, bem como definir a resultante das forças que agem sobre um corpo.

  • Explicar e exemplificar o que são forças de contato e forças de campo. Formular a 1ª, a 2ª e a 3ª lei de Newton. Resolver exercícios clássicos: roldana fixa com um corpo sobre superfície horizontal e outro em movimento vertical; roldana fixa com um bloco de cada lado em movimento vertical; corpo em plano inclinado e roldana fixa em plano inclinado.

  • Princípios de Dinâmica – a) Mostrar como se chegou à lei de Hooke para molas, através da experiência em que se variou a força sobre uma mola, e, conseqüentemente, também variou a deformação. b) Mostrar que a lei de Hooke só é válida para a região elástica de deformação, ou seja, pequenas deformações da mola. Demonstrar a equação da constante de mola equivalente para uma associação de molas em série e em paralelo. Definir equilíbrio estático e dinâmico. Definir equilíbrio estável, instável e indiferente.

Física 2 – Rogério

  • Resolução de circuitos com duas ou mais malhas, as leis de Kirchhoff de tensão e de corrente, instrumentos de medidas elétricas, amperímetros, voltímetros e a ponte de Wheatstone de fio.

  • Campo magnético – Vetor indução B

  • Magnetismo, fenômenos magnéticos, ímãs, bússolas, o campo magnético, representação do campo magnético, campo magnético terrestre.

  • Interação entre carga elétrica e campo magnético uniforme, a regra da mão direita. Exercícios.

  • A corrente elétrica como fonte de indução magnética, experiência de Oersted, cálculo da indução magnética gerada por um fio retilíneo infinito, a regra da mão direita envolvente. Exercícios.

  • Cálculo da indução magnética gerada por uma espira circular, por uma bobina chata e por solenóide. Definição de indutância e de indutores.

  • Energia armazenada nos indutores, exercícios.

Física 3 - Juliano

  • Reflexão – Leis de reflexão. Espelhos planos (propriedades e aplicações).

  • Reflexão – Espelhos esféricos (determinação analítica e gráfica).

  • Lei de Gauss, aumento linear transversal. Exercícios sobre espelhos planos e esféricos.

  • Refração – I – Leis da refração. Dioptro plano. Lei de Snell-Descartes.

  • Ângulo limite. Reflexão total. Posição aparente.

  • Refração – II – Lâmina de faces paralelas (desvio mínimo e máximo).

  • Prisma (caminho percorrido pela luz). Fenômeno de Dispersão.

  • Exercícios sobre refração.

Matemática 1 – Marcos

  • Conceito de seno e co-seno no ciclo trigonométrico.

  • Função seno, função co-seno, definição, propriedades geométricas.

  • Sinais da função. Gráficos e período. Exercícios gerais.

  • Relação fundamental da trigonometria. Exercícios gerais de seno e co-seno. Simplificações de expressões utilizando a relação fundamental.

  • Tangente, co-tangente, secante e co-secante. Propriedades geométricas e suas relações com as funções básicas.

  • Função tangente, definição, propriedades geométricas, domínio da função. Construção do gráfico y = tg(x).

Matemática 2 – Valdivino

  • Progressão Aritmética – PA.

  • Progressão Geométrica – PG.

  • Classificação das progressões aritméticas e geométricas de números reais e soma da PG convergente.

  • Matrizes; definição, lei de formação, adição e mutiplicação.

  • Propriedades do produto de matrizes.

Matemática 3 – Marcos

  • Definição de circunferência e círculo. Elementos básicos do círculo. Conceito de tangência entre reta e circunferência. Posições relativas entre círculos. Circunferências tangentes internamente e externamente.

  • Condições de inscrição e circunscrição de um quadrilátero num círculo. Medidas de ângulos no círculo. Relações métricas no círculo (potência de ponto).

  • Conceito de área. Formulário das áreas das principais figuras planas.

  • Cálculo dos lados dos polígonos regulares inscritos e circunscritos a uma circunferência. Área do círculo e suas partes (setor circular e segmento circular). Exercícios envolvendo todo o formulário básico de área.

  • Relações métricas entre áreas. Equivalência de triângulos.

  • Triângulos de mesma altura possuem as áreas proporcionais às bases. Triângulos semelhantes possuem a razão entre as áreas igual ao quadrado da razão de semelhança.

  • Conceitos básicos para o entendimento da geometria espacial.

  • Postulados da existência, determinação da reta e do plano.

  • Paralelismo entre retas. Conceito de retas reversas. Reta perpendicular ao plano. Teorema das três perpendiculares. Retas ortogonais. Quadrilátero reverso.

Gramática - Márcio

  • Orações subordinadas substantivas – Associadas ao verbo e ao nome: análise e emprego no discurso indireto.

  • Orações subordinadas adjetivas – Emprego do relativo e tipos de adjetiva: pontuação, ambigüidade, regência.

  • Orações subordinadas adverbiais e orações reduzidas (causais, consecutivas, condicionais, conformativas, comparativas, concessivas, temporais, finais e proporcionais.

  • Regência verbal e nominal – Verbos assistir, visar, aspirar, obedecer, informar, ir, chegar, pagar, perdoar, querer, lembrar, esquecer etc. – variantes.

Literatura - Ivana

  • Arcadismo em Portugal: Bocage – O Arcadismo persegue o ideal de vida no campo, junto à natureza. Bocage foi o mestre do Arcadismo português e o maior sonetista do século XVIII.

  • Arcadismo no Brasil: Gonzaga e a “plêiade mineira” – O Arcadismo no Brasil é fruto de uma doutrina (o Iluminismo), de um tempo (a Conjuração Mineira) e de um lugar (Vila Rica do ouro e das pedras preciosas). A poesia árcade tem lemas importantes (fugere urbem, locus amoenus, carpe diem, aurea mediocritatis, inutilia truncat) e dois característicos: o pastoralismo e o bucolismo.

  • Romantismo: características gerais da época – a dor e a saudade, o subjetivismo e o patriotismo, os temas da solidão e da morte são apenas algumas das características dessa escola mediadora de águas para um novo tempo em que os sentimentos são a nota mais aguda e fundamental dos poetas e prosadores.

  • Romantismo em Portugal: o medievalismo, Garrett, Herculano e Camilo – O Romantismo português traz uma saudade antiga, medieva, de um tempo em que os heróis eram bons, fiéis e defendiam o reino e o rei; Alexandre Herculano é seu mais importante representante; Garret e Camilo Castelo Branco trazem o mundo de encantamento, de sonhos e fantasias, de amores perdidos e grandes desilusões do amor.

  • A poesia romântica portuguesa/ Romantismo no Brasil – características gerais – O Romantismo português gerou uma poesia triste e soturna, em virtude do momento histórico por que Portugal passava. As características mais importantes do romantismo no Brasil são opostas: o nacionalismo, o nativismo, a exaltação da brasilidade. Gonçalves Dias é um exemplo fundamental para essa época.

  • Romantismo no Brasil, poesia e prosa: Gonçalves Dias e Alencar – A poesia gonçalvina está dividida em lírica (indianista e nacionalista) e épica (o poema I-Juca Pirama é um dos exemplos mais belos do Romantismo da época); Alencar escreveu todos os tipos de romances: social (urbano), regionalista, histórico, indianista.

História 1 - Alexandre

  • Política Interna do Segundo Reinado – Os mecanismos políticos que marcaram a recuperação da estabilidade política ao longo do Segundo Reinado.

  • Economia do Segundo Reinado – O café e o crescimento e modernização econômicos que o Brasil conheceu ao longo da segunda metade do século XIX, bem como as transformações políticas e sociais advindas daí.

  • Política Externa do Segundo Reinado – Os grandes conflitos vividos pelo Brasil contra os países platinos, com ênfase na Guerra do Paraguai, bem como os desentendimentos entre o governo brasileiro e a Inglaterra.

  • O Abolicionismo e o Movimento Republicano – O enfraquecimento da Monarquia e das elites tradicionais e a luta das novas elites econômicas pela República, culminando com a queda da Monarquia.

  • A Proclamação da República – As questões religiosa e militar. A Lei Áurea.

  • O movimento militar e a Proclamação da República.

História 2 - Auxiliadora

  • Revolução Industrial – A mecanização da indústria e as transformações que o mundo conheceu em todos os níveis a partir daí. A consolidação do Capitalismo, da burguesia e do mundo industrial e urbano, com o surgimento do proletariado e do movimento

  • operário e das demais condições sociais e econômicas que sintetizam o mundo capitalista.

  • Iluminismo – As idéias de liberdade e igualdade como fruto da luta da burguesia contra o Absolutismo e os privilégios da nobreza. A base teórica das revoluções anti-absolutistas na Europa e das lutas pela independência nas colônias.

  • Independência dos Estados Unidos – A primeira das lutas pela independência nas colônias, fundamental para o desenvolvimento posterior dos Estados Unidos e para as independências das demais colônias na América.

  • Revolução Francesa: das origens à queda da monarquia – A mais importante revolução burguesa ocorrida na Europa, tanto pela sua dramaticidade quanto pela multiplicidade de manifestações sociais e políticas e por sua importância para o restante do mundo ocidental. Nessa semana, a análise enfoca suas origens e as primeiras manifestações políticas, ainda sob o controle político da burguesia.

  • Revolução Francesa – O terror e o diretório – A continuidade da Revolução, mostrando seu momento de radicalização popular, o Terror, e a reação da burguesia com a retomada do poder e o período do Diretório, até a ascensão de Napoleão Bonaparte ao poder.

  • Período Napoleônico e o Congresso de Viena – A consolidação da Revolução, com o sufocamento dos focos de oposição interna e a expansão dos interesses da burguesia francesa na Europa, as Guerras Napoleônicas, o conflito com a Inglaterra e o envolvimento indireto do Brasil, pela invasão de Portugal e a fuga da Família Real.

  • Congresso de Viena: a restauração da velha ordem após a derrota de Napoleão. A tentativa de reestruturar o Antigo Regime e o mapa político europeu sob o domínio das velhas dinastias que comandaram a vida européia na Idade Moderna.

Geografia 1 - Fábio

  • Biogeografi a 1: distribuição dos seres vivos na superfície terrestre, ecossitemas e biomas. Características e uso do bioma das fl orestas pluviais.

  • Biogeografi a 2: características naturais e uso dos biomas tropicais: vegetação mediterrânea, savanas, cerrados, caatinga e manguezais.

  • Biogeografi a 3: características naturais e uso dos biomas temperados e frios: fl orestas subtropicais (incluindo mata de Araucária), pradarias, fl orestas temperadas, taiga e tundra.

  • Questão ambiental 1: histórico dos principais acordos e negociações internacionais.

  • Questão ambiental 2: principais pontos da discussão ambiental atualmente (modelos de desenvolvimento, questão populacional e outras).

Geografia 2 - André

  • Geografia agrária 1: os fatores de produção e os modelos agrícolas.

  • Geografia agrária 2: modernização agrícola, desenvolvimento territorial, segurança alimentar e questão ambiental.

  • Geografia agrária 3: a questão fundiária no Brasil – concentração da propriedade da Terra, confl itos e reforma agrária.

  • Geopolítica e regionalização do mundo – a divisão do mundo em blocos: da Guerra Fria à nova Ordem Mundial.

  • Europa 1: histórico do processo de unifi cação europeu.

  • Europa 2: principais desafi os econômicos, políticos e culturais da União Européia e dos países europeus que permanecem fora do bloco.

Inglês – Marco Aurélio

  • Gerunds and infinitives II – Outros usos do gerúndio e do infinitivo: gerúndio/ infinitivo/ relações dos verbos mais usados.

  • Conditional sentences – If clauses/ wish/ formações principais/ usos/ casos especiais.ro Semana Aulas Assunto Proposto

  • Degrees of comparison – Graus de comparação de adjetivos e advérbios: comparativos x superlativos ⇒ tipos/ formações/ casos especiais.

Química 1 – Bean

  • Compostos oxigenados de cadeia homogênea – Nomenclatura, estrutura e propriedades físicas de aldeídos, cetonas, ácidos carboxílicos e seus sais, ésteres e haletos de acila.

  • Nomenclatura, estrutura e propriedades físicas de éteres, ésteres, aminas, amidas, nitrilas e funções mistas.

  • Isomeria plana – Isomeria de função, cadeia, posição, compensação (metameria) e dinâmica (tautomeria).

  • Isomeria espacial – Geométrica e óptica: isomeria geométrica em alcenos, ciclanos e seus derivados. Isomeria óptica para compostos com um carbono assimétrico (quiral).

  • Isomeria óptica em compostos com mais de um carbono assimétrico e em demais casos. Misturas racêmicas. Isômeros dextrógiros, levógiros e mesógiros. Exercícios gerais.

Química 2 - Ytalo

  • Reações de neutralização – Reações de neutralização total e parcial.

  • Reações de neutralização mista. Tabela de solubilidade dos sais.

  • Óxidos – Definição, formulação e classificação de óxidos. Óxidos ácidos, básicos, anfóteros, neutros (ou indiferentes), duplos (ou mistos), peróxidos, superóxidos, hidretos, carbetos: definição e reações.

  • Classificação de soluções e curvas de solubilidade – Definição de soluções. Classificação das soluções em insaturadas, saturadas, saturadas

  • com corpo de fundo e supersaturadas. Definição de coeficiente de solubilidade. Curvas de solubilidade.

  • Unidades de concentração – Definição e formulação de concentração comum, molaridade, título, fração molar do soluto e do solvente, molalidade.

  • Relações entre as unidades de medida de concentração.

  • Soluções – Diluição, mistura e titulação de soluções. Formulação de problemas e exemplificação numérica.

Química 3 - Mauro

  • Conceitos de equilíbrio químico – Reação reversível. Equilíbrio químico em relação às velocidades direta e inversa, concentração dos reagentes, comportamento macroscópico e energia do sistema.

  • A equação da constante de equilíbrio em termos de pressões parciais e de concentrações.

  • Problemas de equilíbrio que partem das concentrações iniciais – Resolução de problemas de equilíbrio que não fornecem quantidades iniciais. Quantidades iniciais. Quantidades que reagiram e que se formaram. Quantidades no equilíbrio.

  • Deslocamento do equilíbrio – O princípio de Le Chatelier aplicado às variações de pressão, temperatura e concentração de algum componente do sistema. Representação gráfica do deslocamento e restabelecimento do equilíbrio.

  • Equilíbrio iônico – Aplicação do conceito de equilíbrio químico a ácidos e bases fracos e moderados. Grau de ionização e dissociação.

  • Constante de ionização em função das concentrações molares e do grau de ionização.

  • pH e pOH – Auto-ionização da água. Produto iônico da água.

  • Potenciais hidrogeniônico e hidroxiliônico. Caráter ácido, básico e neutro das soluções.

Biologia 1 – Alexandre

  • Citoplasma – Hialoplasma e ribossomos.

  • Citoplasma – Retículo endoplasmático, sistema golgiense e lisossomos.

  • Citoplasma – Plastos, mitocôndrias, peroxissomos, centríolos, vacúolos, cílios e flagelos.

  • Metabolismo energético – O papel do ATP. Fotossíntese, fase clara e fase escura.

  • Metabolismo energético – Equações e determinantes de fotossíntese. Quimiossíntese.

  • Metabolismo energético – Respiração aeróbica.

  • Metabolismo energético – Respiração anaeróbica.

Biologia 2 – Sandra

  • Bactérias e cianobactérias – Características gerais.

  • Vírus – Características gerais.

  • Fungos e algas – Características gerais.

  • Vegetais – Classificação e ciclos reprodutivos (haplobionte, diplobionte e haplodiplobionte).

  • Briófitas – Características gerais e reprodução.

  • Pteridófitas – Características gerais e reprodução.

Biologia 3 - Alan

  • Fisiologia animal – Digestão: introdução e definições gerais.

  • Fisiologia animal – Digestão humana.

  • Fisiologia animal – Avitaminoses; adaptações do tubo digestório de vertebrados (peixes, aves e mamíferos ruminantes).

  • Fisiologia animal – Trocas gasosas, definições gerais e respiração humana (mecânica do movimento respiratório).

  • Fisiologia animal – Sistema circulatório e circulação nos vertebrados. Definições gerais.

Interpretação de Texto

  • Nível discursivo – Enunciação, pessoa, tempo, espaço. Efeitos de objetividade e subjetividade.

  • Nível discursivo – Texto figurativo: elementos do mundo natural, figuras do mundo.

  • Nível discursivo – Texto temático: categorias abstratas que classificam o mundo.

  • Nível discursivo – A intertextualidade e interdiscursividade.

  • Argumentação – Tipos de argumento – I.

  • Argumentação – Tipos de argumento – II.

  • Argumentação – Os argumentos e a teoria da comunicação.






Compartilhe com seus amigos:


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
Universidade estadual
união acórdãos
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande