Coletânea de pato-óssea



Baixar 27.13 Kb.
Encontro11.04.2018
Tamanho27.13 Kb.

Coletânea de PATO-ÓSSEA
Condrossarcoma - faixa etária, localizações.

Qualquer idade, ppte maiores de 20 anos. Raiz de membro,


Histiocitose de Células de Langerhans - formas, faixa etária, localizações, diagnósticos diferenciais, evolução (forma benigna).
Mieloma Múltiplo - faixa etária, localizações.
Osteocondroma - faixa etária, localizações, patogenia, indicações de ressecção cirúrgica.

Faixa etária: infância e adolescência

Local: Joelho (fêmur distal e tíbia proximal) na região metafisária ou em ossos chatos.

Patogenia: cresciemento hamartomatoso de osso medular com capa cartilagínea em região metafisária que cessa com o crescimento.

Cirurgia: Se dor, inflam, fratura ou se cresce após consolidação do esqueleto ( > risco de virar condrossarcoma)
Osteomielite - formas, diferenças, patogenia, diagnósticos diferenciais.

Formas:


  • Aguda: fco inicial difuso, dor + sinais flogísticos com derrame articular, podendo haver pseudoparesias e atitude antálgica, pode dar febre vômitos, calafrios e desidratação, neutrofilia com desvio à esquerda e VHS aumentado.

  • Crônica: Fístulas com exsudato purulento, podendo haver acantose ( que pode evoluir para carcinoma), seqüestros ósseos, aumento do volume ósseo por condensação da cortical formação de sarcófagos e cloacas, sintomas constitucionais

Patogenia: A região metafisária apresenta maior estase sanguínea estando mais vulnerável a proliferação bacteriana na ocorrência de bacteremia. Também pode ocorrer por Inoculação direta da bactéria e trauma.

Há formação de abcesso expansivo na cortical metafisária que descola o periósteo (levando a reação periostela laminar espessa), podendo levar a esclerose óssea irregular quando cronificada. Se compromete a região intraarticular pode levar a artrite aguda por comprometimento secundário.

Diag. Diferencial:


  • Febre reumática

  • Atrite séptica

  • Art. Reumatóide

  • Leucemia aguda

  • Celulite (erisipela)

  • Hiperostose cortical infantil

  • Hipervitaminose A

  • Viroses

Osteossarcoma



Central - faixa etária, localizações.

Central:


  • Predomínio na segunda década (+ velhos: secundário a dç de Paget e radiação)

  • Metafise de ossos longos: região distal do fêmur e proximal da tíbia

Periférico

  • + freqüente entre 20 e 40 anos

  • Tb mais comum em “joelho”

Quimioterapia - graus e importância.

HUVOS – grau de resposta a quimioterapia neoadjuvante (pré-ressecção)


  • I – até 50% de necrose tumoral

  • II – de 50 a 90%

  • III – Mais de 90%

  • IV – 100% , ausência de células neoplásicas viáveis

  • Importancia:

    • I e II – prognóstico ruim, maiores chances de evoluir para metátase

    • III e IV – 75% de chance de sobrevida, grandes possibilidades de cura total (pode até tumor diminuir de tamanho antes da cirurgia)

Sarcoma de Ewing - faixa etária, localizações, diagnósticos diferenciais.

  • Mais comum na primeira década de vida

  • Metáfise de ossos longos,” joelho”

  • Diag. Diferenciais: Osteomielite, histiocitose de céls de langerhans

Triângulo de Codman - definição, significado, importância, constituição.



  • Achado radiográfico que indica o levantamento do periósteo, indica crescimento de uma massa de dentro para fora do osso, indica um crescimento rápido, ou seja, há neoformação óssea, mas o osso ainda não se mineralizou abaixo do periósteo. Os 3 lados do triangulo correpsondem a , periósteo, osso normal e massa (tumoral ou inflamatória).

Tumor Gigantocelular - histiogênese, faixa etária, localizações, diagnósticos diferenciais.



  • Faixa etária: dos 20 aos 40

  • Localização: EPIFISÁRIA! De osso longo, “joelho”, rádio, fêmur e úmero proximal e tb em ossos chatos sacro e pélvis

  • Diag. Diferenciais: granuloma reparador de cels gigantes, tu marrom, fibrohistiocitoma, cisto ósseo aneurismático, osteossarcoma, metástase de carcinoma

  • Histiogenese: Caracterizadas por céls gigantes tipo osteoclatos (osteoclastoma) (acho que é isso que ela queria)

Casos


Paciente com menos de 12 anos de idade, com lesão osteolítica em região meta-diafisária de osso longo, que hipóteses devem ser feitas?

  • Osteomielite

  • Osteossarcoma central

  • Encondroma

  • Cisto ósseo aneurismático

  • Cisto ósseo simples

  • Defeito fibroso metafisário

  • Displasia fibrosa (?)

  • Faltou algum???

Menino, 15 anos, coxa distal com aumento de volume, lesão condensante, que ultrapassa a cortical e rompe o periósteo e aumento da fosfatase alcalina.

a- Qual o principal diagnóstico?

b- Descreva o exame anátomo-patológico do principal diagnóstico.

2) Histiocitose de Células de Langerhans

a- Formas

b- Idade da forma benigna

c- Local da forma benigna

d- Evolução da forma benigna

1) Preencha os espaços:






Faixa Etária

Localização Preferencial

Sarcoma de Ewing

1ª década

Metáfise de ossos longos (fêmur)

Osteossarcoma Central

2ª década

Metáfise de “joelho”

Tumor Giganto-Celular

20 a 40 anos

Epifisário de osso longo (“joelho”)

Osteocondroma (Exostose)

Infancia e adolescencia

Metáfise de joelho

1) Patogenia da Osteomielite hematogênica.


4) Histiocitose de Células de Langerhans:

a- Formas

b- Idade

c- Localização

d- Evolução

Prova de PATO ÓSSEA


1) Triângulo de Codman - significado, importância, constituição

Sinal radiográfico que ocorre em afecções como a osteomielite, granuloma eosinófilo, sarcoma de Ewing e outros tumores. Pode aparecer sempre que uma lesão ocorrer dentro de um osso e for crescendo para fora dele.
A lesão (ou pus, na osteomielite), ao ultrapassar a cortical do osso, provoca um deslocamento do periósteo que estava aderido à cortical. Há, portanto, crescimento da lesão e este deslocamento estimula o periósteo a produzir osso. Desta forma ocorre camada de mineralização como se formasse uma neocortical.
Este processo pode ocorrer sucessivas vezes formando verdadeiras camadas (lamelas) que podem ser finas (reação periostal lamelar fina -> crescimento rápido) ou grossas (reação lamelar grossa -> crescimento lento). Com a evolução da lesão ocorre uma ruptura desta tentativa de “barreira” e aparece radiograficamente um triângulo bem delimitado externamente pelo periósteo, internamente pela cortical do osso e na base pelo tumor em expansão.

2) Formas de Osteomielite Hematogênica e como se diferenciam. Qual a sua patogenia? Diagnósticos Diferenciais.

As bactérias chegam ao compartimento intravascular pelos vasos linfáticos ou pelas veias e são provenientes da pele e da tela subcutânea, trato genitourinário, trato gastrintestinal e aparelho respiratório. Na região metafisária, as artérias enovelam-se e formam uma alça de retorno, onde a articulação adota características sinusoidais, o que diminui a velocidade do fluxo sanguíneo, dificulta a chegada de macrófagos e aumenta a possibilidade de implante dos organismos patogênicos. O êmbolo de bactérias depositado impede o fluxo do sangue e causa necrose local, criando um meio propício para o desenvolvimento de mais microorganismos. A proliferação de bactérias faz com que a infecção invada a cortical do osso, evoluindo para deslocamento do periósteo (triângulo de Codman). Isso faz com que a nutrição diminua na parte externa, fazendo com que haja um seqüestro ósseo (caracterizando a osteomielite crônica).

Diagnóstico diferencial: febre reumática, artrite séptica, leucemia aguda, celulite (erisipela); na criança: sarcoma de Ewing, granuloma eosinófilo.
3) Graus de resposta à quimioterapia e sua importância

A avaliação da resposta à quimioterapia pré-operatória orienta o tratamento, tem valor prognóstico e é feita com o material ressecado na cirurgia. Essa avaliação é classificada em graus, a saber:

I – até 50% de necrose tumoral
II – entre 50% e 90% de necrose tumoral
III – acima de 90% de necrose tumoral
IV – 100% de necrose


III e IV tem bom prognóstico
4) Sarcoma de Ewing: Faixa etária, Localizações preferenciais, diagnósticos diferenciais

Faixa etária: 1ª décadas de vida
Localizações: metáfise e diáfise de ossos longos
Diagnósticos diferenciais: osteomielite, histiocitose de células de Langerhans

5) Osteocondroma: Faixa etária, Localizações preferenciais,



Faixa etária: até 20, 25 anos
Localizações: 50% se localizam no fêmur distal, úmero proximal, tíbia proximal e ossos chatos

6) Osteossarcoma central: Faixa etária, Localizações preferenciais?

Faixa etária: 2ª década de vida
Localização: metáfise de ossos longos

7) Tumor Gigantocelular: Histiogênese, Faixa etária, diagnósticos diferenciais

Profusão de células gigantes multinucleadas do tipo osteoclástico. Acredita-se que as células gigantes se formem por fusão de células mononucleares.
Acomete principalmente indivíduos entre 20 e 40 anos.
tem como diagnósticos diferenciais: cisto ósseo aneurismático, osteossarcoma, condroblastoma, hiperparatireoidismo.

8) Histiocitose de Células de Langerhans:
a- Formas

Granuloma eosinófilo
Hand-Schüller-Christian
Letterer-Siwe

b- Faixa etária, Localizações principais, diagnósticos diferenciais



Acomete principalmente crianças (1ª década), predominantemente no crânio, vértebras e diáfise ou metáfise dos ossos longos.
Tem como diagnósticos diferenciais: granuloma, sarcoma de Ewing, osteomielite.

Prova 3 (PATO)

- lesão osteolitica na diáfise em cça na 1ª década. Diagnosticos possíveis

-Osteocondroma solitário. Patogenia e condições pra ressecção cirúrgica.

-Osteossarcoma central. Faixa etária, localiz, graduação pra QT pré operatória.

- Osteomielite. Principais formas e características.
PATO 2008

1)Homem 30 a, tu na epífise prox da tíbia, osteolitico, agressivo , adelgaçamento e ruptura parcial da cortical.

HD principal e 2 diagn diferenciais

2) Mulher, 9 anos, lesão osteolitica na diáfise da tíbia.

a) HD

b) elemnetos anatomopat encontrados em cada hipotes



3) Pcte 16 anos masc, dor e redução mov inf D. Ao rx: lesão osteolitica na metáfise distal do fêmur.

a) conduta em ordem cronológica pro diagnostico

b)se neoplasia confirmada, qual orientação

c)quais procedimentos anatomopat por operatórios?



d)avaliação em relação ao progn

4) Patogenia da osteomielite hematogenica convencional e princips conseq.




©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal