Cirurgia plástic da face



Baixar 11.58 Kb.
Encontro27.10.2017
Tamanho11.58 Kb.

TRAUMA FACIAL
O atendimento do paciente com trauma facial obedece às regras gerais de qualquer trauma. A primeira preocupação é com a via respiratória que é a urgência máxima, seguida de sangramento ativo que pode ser também de alta prioridade.

Promover a remoção de coágulos, corpos estranhos, ventilação, entubação, traqueotomia, tamponamentos, ligadura de vasos e outras atitudes podem se fazer necessário e com extrema urgência.

Na ausência destas necessidades, a atenção deve ser voltada para os outros órgãos e sistemas vitais como o sistema nervoso central, globo ocular, vísceras toracoabdominais. Não esquecer que o atendimento é geralmente multidisciplinar.

As fraturas dos ossos da face não apresentam tanta urgência e podem ter seu tratamento postergado.

Embora os recursos de imagem ou outros exames sofisticados sejam de muita valia, o exame clínico é sem dúvidas o mais importante. Saber o tipo de trauma, direção, objeto envolvido, perda de consciência, vômitos, tonturas, respiração, sangramento e finalmente uma palpação cuidadosa fornece dados muito ricos.

Nas fraturas mais freqüentes a pirâmide nasal está envolvida e se houver desvios devem ser corrigidos rapidamente, pois o edema que se formar pode comprometer o diagnóstico e o resultado. Sé o edema já ocorreu, a redução cirúrgica pode ser realizada até quatro semanas depois, embora quanto mais tarde, mais complicada é essa redução.

No adulto este procedimento pode ser feito apenas com anestesia local.

As regras gerais dos procedimentos seguem uma lógica de refazer as pastes moles, reposicionar ossos e fixá-los o mais próximo possível da normalidade, seguindo os pilares da face e principalmente as arcadas dentárias que oferecem ótimos elementos de fixação.

CIRURGIAS PLÁSTICAS DA FACE
RINOSSEPTOPLASTIA
Todas ou quase todas as cirurgias plásticas da face nasceram dentro da Otorrinolaringologia geralmente com objetivos funcionais e estéticos.

A Rinoplastia está bem de acordo com estas idéias e desde 1897 foram estabelecidos os princípios que ainda hoje regem a feitura desta cirurgia.

É uma cirurgia que permite mudar a forma da pirâmide nasal para que a respiração seja melhorada, assim como a estética.

Por muito tempo esta cirurgia esteve divida entre duas especialidades médicas e os resultados eram geralmente pobres. A rinoplastia cuidava apenas da estética e a septoplastia com ou sem a turbinectomia, redução das conchas nasais, com objetivos funcionais. Eram freqüentes os narizes bonitos e obstruídos.

A tendência hoje é que a cirurgia seja feita de forma completa, RINOSSEPTOPLASTIA com ou sem turbinectomia pelo mesmo profissional.

O planejamento desta cirurgia obedece regras e medidas específicas, estabelecidas desde 1485 por Leonardo Davinci, propiciando resultados mais compatíveis com as dimensões da face.

O conhecimento desta cirurgia permite que o cirurgião possa resolver melhor os traumas da face, os tumores do centro da face, as obstruções severas por deformidades e também melhorar a estética, com influência muito grande na auto estima das pessoas.

Esta cirurgia pode ser feita com anestesia geral e mais adequadamente com anestesia local e sedação, diminuindo a permanência hospitalar, os edemas e provavelmente os riscos anestésicos.

OTOPLASTIA
É uma cirurgia que se propõe a corrigir deformidades do pavilhão auricular. A alteração mais freqüente é orelha de abano. Em alguns paises Budistas esta alteração é até aplaudida e as crianças não sofrem discriminação no convívio diário.

Em nossa cultura, o pavilhão afastado do crânio, tem sérias repercussões nas crianças, gerando traumas severos e deformidades psicológicas importantes.

A cirurgia é simples e por uma incisão na parte posterior da orelha, permite que a cartilagem seja trabalhada e colocada numa posição mais adequada.

Ao se atender uma família com uma criança portadora desta alteração, deve-se dar dois tipos de orientação: estimular a criança a usar cabelos compridos e evitar qualquer tipo de comentários sobre o fato no meio familiar.

Isto permite que criança se desenvolva de forma mais normal, até que na escola surjam os comentários inevitáveis entre as crianças já numa idade em que o procedimento cirúrgico possa ser realizado de forma mais fácil e com anestesia local por volta dos sete ou oito anos.
BLEFAROPLASTIA
É a cirurgia das pálpebras que visa remover o excesso de pele e reposicionar as bolsas de gordura com objetivos também estéticos e funcionais, uma vez que as dobras de pele da pálpebra superior em muitos casos interfere no campo visual.

É realizada com anestesia local, internação por algumas horas e a volta ao trabalho pode ocorrer do terceiro ao quinto dia. Esta cirurgia pode ser concomitante com as outras cirurgias faciais.

RITIDOPLASTIA
É uma cirurgia mais ampla e visa reposicionar os músculos da face juntamente com a pele que naturalmente caem pela ação da gravidade, contraturas e pela flacidez natural na idade.

Antigamente esticava-se a pele e o resultado era extremamente artificial. Ao se compreender que a pele apenas acompanhou a flacidez muscular, passou-se a dar importância ao reposicionamento dos músculos, retirando-se apenas o excesso de pele, sem traciona-la e assim a naturalidade fica preservada. Os resultados passaram a ser bem naturais com um rejuvenescimento muito importante da face.



É uma cirurgia muito procurada pela população que se sente cobrada pela mídia, pelo mercado de trabalho de forma exagerada e até cruel.

Na indicação de qualquer destas cirurgias, deve-se levar muito em conta o equilíbrio emocional destes pacientes e o ajuste de suas expectativas às possibilidades técnicas das cirurgias.


Compartilhe com seus amigos:


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
Universidade estadual
união acórdãos
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande