Odontologia Farmacopeia Portuguesa

Preparação para exame laboratorial de Tecnologia Farmacêutica 1Preparação para exame laboratorial de Tecnologia Farmacêutica 1
Têm como objectivo estabelecer Padrões de Qualidade; as matérias-primas para a preparação de medicamentos têm de satisfazer requesitos próprios. Assim torna-se necessário haver um controlo e uma autorização das matérias usadas no fabrico. Farmacopeia Portuguesa
50.53 Kb. 1
ler
Apontamentos de tecnologia farmacêuticaApontamentos de tecnologia farmacêutica
Podem existir casos em que há multidose tendo a dosagem um critério seguido por um método mais prático. É necessário assinalar bem que a dosagem é um conceito diferente de dose. Farmacopeia Portuguesa
14.35 Kb. 1
ler
Apontamentos de tecnologia farmacêuticaApontamentos de tecnologia farmacêutica
Farmacopeia não são, como é óbvio, para um doente específico, como é referido na própria definição dos manipulados. Os preparados oficinais destinam-se apenas a utentes de uma farmácia e não a um doente determinado. Farmacopeia Portuguesa
7.51 Kb. 1
ler
Decreto-Lei nDecreto-Lei n
O presente diploma tem como objectivo a adaptação da legislação portuguesa ao direito comunitário em vigor, relativamente às matérias que podem ser adicionadas aos medicamentos, tendo em vista a sua coloração. Farmacopeia Portuguesa
7.44 Kb. 1
ler
Nesta seçÃONesta seçÃO
Regimento Interno aprovado nos termos do Anexo I da Portaria Nº 354 da anvisa, de 11 de agosto de 2006, republicada no dou de 21 de agosto de 2006, em reunião realizada em 30 de junho de 2009, e considerando o inciso XIX do art. Farmacopeia Portuguesa
11.88 Kb. 1
ler
Agência nacional de vigilância sanitáriaAgência nacional de vigilância sanitária
Diário Oficial da União; Poder Executivo, Brasília, df, 21 maio. 2009. Seção I, p. 53-4. Farmacopeia Portuguesa
22.68 Kb. 1
ler

  1


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal