Cargo: administrador



Baixar 98.49 Kb.
Encontro04.12.2017
Tamanho98.49 Kb.


CONCURSO PÚBLICO

EDITAL 01/UFSC-UFFS/2009




CAMPO DE CONHECIMENTO: ENGENHARIA DE ALIMENTOS



Atenção: NÃO ABRA este caderno antes do início da prova.

Tempo total para resolução desta prova: 4 (quatro) horas.

I N S T R U Ç Õ E S

Confira, no cartão-resposta, seu nome, seu número de inscrição e o campo de conhecimento para o qual se inscreveu. Transcreva seu nome e seu número de inscrição nos campos abaixo. Transcreva também os números correspondentes ao local, setor, grupo e ordem. Assine no local indicado.

Verifique no caderno de prova se faltam folhas, se a sequência de questões está correta e se há imperfeições gráficas que possam causar dúvidas. Comunique imediatamente ao fiscal qualquer irregularidade.

Para cada uma das 20 (vinte) questões objetivas são apresentadas 5 (cinco) alternativas (de A” a “E”), das quais apenas 1 (uma) é correta.

A interpretação das questões é parte integrante da prova, não sendo permitidas perguntas aos fiscais. Utilize os espaços e/ou páginas em branco para rascunho. Não destaque folhas do caderno de prova.

Examine o cartão-resposta e veja se há marcações indevidas no campo destinado às suas respostas. Se houver, reclame imediatamente.

Transcreva com caneta esferográfica fabricada em material transparente, de tinta preta (preferencialmente) ou azul, as respostas das questões objetivas para o cartão-resposta, que será o único documento válido para efeito de correção.

Em nenhuma hipótese haverá substituição do cartão-resposta ou da folha oficial da questão discursiva por erro de preenchimento ou qualquer dano causado pelo candidato.

Questões objetivas em branco, que contenham mais de uma resposta, emendas ou rasuras, não serão consideradas.

A resposta da questão discursiva deverá ser transcrita, com caneta esferográfica de tinta preta ou azul e dentro do tempo de duração da prova, para a folha oficial de resposta, a qual não deverá ser assinada nem identificada pelo(a) candidato(a).

Não será permitida, durante a realização da prova, a comunicação entre candidatos, o porte nem a utilização de aparelhos celulares ou similares, de calculadoras ou similares, de relógios, de livros de anotações, de impressos nem de qualquer outro material de consulta, sendo eliminado do concurso o(a) candidato(a) que descumprir esta determinação.

Ao terminar, entregue ao fiscal o caderno de prova, o cartão-resposta e a folha de resposta da questão discursiva. Você só poderá se retirar definitivamente do grupo de realização da prova a partir das 16h30min (horário oficial de Brasília).

Para conferir suas respostas com o gabarito oficial, anote-as no quadro constante da última folha, o qual poderá ser destacado e levado com você.




INSCRIÇÃO




NOME DO(A) CANDIDATO(A)





ASSINATURA DO(A) CANDIDATO(A)





LOCAL / SETOR / GRUPO / ORDEM






QUESTÃO DISCURSIVA

A Lei n° 12.029, de 15 de setembro de 2009, que cria a Universidade Federal da Fronteira Sul, estabelece em seu Artigo 2° que “A UFFS terá por objetivo ministrar ensino superior, desenvolver pesquisa nas diversas áreas do conhecimento e promover a extensão universitária, caracterizando sua inserção regional mediante atuação multicampi, abrangendo, predominantemente, o norte do Rio Grande do Sul, com campi nos Municípios de Cerro Largo e Erechim, o oeste de Santa Catarina, com campus no Município de Chapecó, e o sudoeste do Paraná e seu entorno, com campi nos Municípios de Laranjeiras do Sul e Realeza”.


Considerando que a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) é uma instituição universitária comprometida com a promoção da extensão e com o desenvolvimento da região na qual se insere, e considerando que uma das atribuições do professor da UFFS será desenvolver atividades de extensão, apresente e discuta, em um texto de até 30 (trinta) linhas, uma proposta de extensão que possa produzir impacto positivo junto à sociedade e que, na sua maneira de ver, deva ser considerada prioritária pela UFFS. Explicite as razões que sustentam esta priorização, tendo em vista as contribuições que a sua área do conhecimento poderá trazer à região.




FOLHA DE RASCUNHO – QUESTÃO DISCURSIVA

ESTE RASCUNHO NÃO SERÁ CORRIGIDO!




TÍTULO

01




02




03




04




05




06




07




08




09




10




11





12




13




14




15




16




17




18




19




20




21




22




23




24




25




26




27




28




29




30





TRANSCREVA A questão discursiva DESTE RASCUNHO PARA A

FOLHA OFICIAL DA QUESTÃO DISCURSIVA.

PROVA OBJETIVA

01) A Instrução Normativa n. 51, de 18 de setembro de 2002, aprova os regulamentos técnicos de produção, identidade e qualidade dos leites tipo A, B, C, do leite pasteurizado e do leite cru refrigerado. Define que o leite pasteurizado deve ter aspecto líquido e cor branca. Se padronizado, deverá ter 3,0% de gordura, ausência de salmonela em 25 mL de amostra, não permitindo a utilização de aditivos nem coadjuvantes ao leite. Depois de pasteurizado, pode ser transportado em veículo próprio com isolamento térmico, desde que sua temperatura durante o transporte não exceda a 10 ºC. Com base no texto, analise as afirmativas abaixo.

  1. A afirmativa acima é totalmente correta.

  2. A temperatura de transporte do leite constante na afirmativa acima é incorreta, pois a Instrução Normativa n. 51 define o limite de 4 ºC para expedição de leite pasteurizado e 7 ºC para transporte até os pontos de consumo.

  3. A temperatura de transporte do leite da afirmativa acima é incorreta, pois a Instrução Normativa n. 51 define o limite de 7 ºC para expedição de leite pasteurizado, podendo acrescer no máximo 1 ºC durante o transporte até os pontos de consumo.

  4. Além da ausência de salmonela, a Instrução Normativa n. 51 define limites microbiológicos para Escherichia coli e Staphylococcus aureus em leites pasteurizados.

  5. Além do teor de gordura, a Instrução Normativa n. 51 define um padrão para lactose (entre 4,0 e 5,5 g/L-1).

  6. O desnate e aguagem, técnica utilizada por alguns produtores para coletar a nata flotada presente na superfície do leite, é permitido pela Instrução Normativa n. 51 desde que o leite, ao chegar ao laticínio, não apresente teor de gordura inferior a 3,0 % e seu índice crioscópico não exceda a -0,512 ºC.

  7. A Instrução Normativa n. 51 define que as práticas de higiene para elaboração do produto devem estar de acordo com o estabelecido no Código Internacional Recomendado de Práticas, Princípios Gerais de Higiene dos Alimentos (CAC/RCP I -1969, Rev. 3, 1997), além do disposto no "Regulamento Técnico sobre as Condições Higiênico-Sanitárias e de Boas Práticas de Fabricação para Estabelecimentos Elaboradores/Industrializadores de Alimentos", aprovado pela Portaria n. 368/97-MA, de 04 de setembro de 1997.

Assinale a alternativa que apresenta somente afirmativas CORRETAS.

  1. III, IV e VI

  2. I

  3. II e VII

  4. II, V, VI e VII

  5. III, IV, V e VII

02) A determinação de umidade e matéria volátil é um dos parâmetros utilizados na avaliação da qualidade de óleos e gorduras, podendo ser estabelecida por gravimetria (105ºC) até peso constante. Este não é o único parâmetro analisado na avaliação da qualidade.

Desta forma, assinale a alternativa CORRETA.



  1. Para acompanhamento da identidade e qualidade dos óleos e gorduras, pode-se utilizar a cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE), porém esta não determina triglicerídeos.

  2. Impurezas insolúveis em éter de petróleo, matéria insaponificável, acidez, rancidez, reação de Kreis, índice de peróxido, valor do ácido e índice de p-anisidina também são parâmetros de avaliação da qualidade dos óleos e gorduras estabelecidos pela legislação vigente.

  3. A RDC 30.691/05 define os padrões do Codex Alimentarius que devem ser atendidos quanto às características físico-químicas de óleos e gorduras.

  4. A RDC 275/05 altera a resolução 492/99 da ANVISA, que determinava os padrões de identidade e qualidade para óleos e gorduras.

  5. Em 2006, o Ministério da Agricultura e Abastecimento – MAPA editou a Instrução Normativa n. 41, a qual apresenta os padrões de identidade e qualidade para óleos vegetais refinados. Esta Instrução Normativa encontra-se em vigor.

03) Sobre o processamento de leite e derivados, é CORRETO afirmar que:

  1. durante a maturação de queijos fabricados com leite in natura, os coliformes competem com as bactérias lácticas quando o pH é elevado, sendo potencializado pela temperatura adequada. Com o aumento da acidez, a aW diminui e os coliformes começam a desaparecer com 3 a 4 meses de maturação.

  2. uma das dificuldades na utilização de Streptococcus thermophilus no processamento de leites fermentados probióticos é que este micro-organismo não metaboliza a lactose, impossibilitando a redução do pH durante o processo.

  3. a única diferença do leite em pó de dissolução instantânea em relação ao leite em pó tradicional é o tamanho e a densidade de suas partículas. Para que o leite em pó com dissolução instantânea possa se solubilizar em água quente ou fria com mais rapidez, suas partículas apresentam menor densidade e tamanhos menores em relação às do leite em pó tradicional.

  4. atualmente, a legislação vigente não permite que a técnica de normalização seja utilizada para padronização do conteúdo de gordura em natas.

  5. para o tratamento térmico de leites utilizando trocador de calor a placas, pode-se utilizar o método direto com injeção de vapor diretamente no produto e posterior retirada do excesso de umidade, desde que durante todo o processo a temperatura do leite não exceda a 75 ºC.

04) O leite é considerado uma fonte protéica, uma matéria-prima versátil utilizada na elaboração de derivados. Exemplo disso é seu destino ao fabrico de queijos.

Desta forma, pode-se afirmar que:



  1. a presença de altas cargas microbianas gera o aumento da concentração de ácido láctico no leite, reduzindo o pH a 4,9 (±0,1) (20 ºC), atingindo seu ponto isoelétrico e precipitando as proteínas. Esta é primeira fase do processo de fabrico de queijos.

  2. a contagem de células somáticas no leite é um parâmetro utilizado para detecção de mastite do úbere dos animais. Alterando a permeabilidade da membrana que separa leite/sangue e reduzindo a secreção de leite, esta doença inflamatória compromete a qualidade do produto, podendo ser detectada através de contagem de células somáticas ou da alteração de viscosidade do leite determinado com reagentes específicos.

  3. em função do tempo de exposição do leite a altas temperaturas utilizadas nos processos UHT, somente a fração protéica de α-lactoalbumina permanece totalmente íntegra, sem desnaturação, pois é uma proteína termoestável, com resistência térmica acima de 100 ºC.

  4. no processamento de queijos, o controle da temperatura é de fundamental importância, pois a caseína é uma proteína de alto valor biológico (VB = 127). Temperaturas acima de 77 ºC podem desnaturá-la reduzindo sua importância nutritiva.

  5. atualmente o processo de separação por membranas está sendo utilizado no processamento de leite e derivados. Com o objetivo de separar componentes por diferenças de massas molares, este método pode ser utilizado para retirar proteínas do soro do queijo. Uma membrana de microfiltração com tamanho médio de poro de 2 µm teria capacidade de reter no mínimo 95% das proteínas do leite.

  6. a lactose presente no leite é um dissacarídeo com baixo poder adoçante formado por glicose e galactose. Este açúcar isoladamente não tem destino tecnológico de interesse industrial por não ser consumido por micro-organismos mutantes.

  7. através de sistemas a vácuo e com agitação, o leite pode ser concentrado em temperaturas inferiores a 50 ºC.

Assinale a alternativa que apresenta somente afirmativas CORRETAS.

  1. II e VII

  2. I, II, III, V e VI

  3. II, IV, V e VI

  4. II, V, VI e VII

  5. I, II, IV, V, VI e VII

05) O ovo de galinha (Gallus domesticus) é um produto rico em proteína (± 13%) e gordura (± 11%), exigindo alguns cuidados em seu processamento e/ou conservação. Abaixo são apresentadas algumas características e cuidados na conservação de ovos.

  1. Possui peso médio entre 45 e 60g.

  2. Pode ser apresentado na forma in natura congelada e/ou desidratada. Se desidratada, poderá se apresentar inteiro, só a clara e/ou só a gema.

  3. Dentre os defeitos dos ovos, cita-se a putrefação negra, geralmente iniciada após um mês de estocagem; uma das características é o aparecimento de manchas verdes na clara, que apresenta odor pútrido e pode provocar a explosão da casca.

  4. Os ovos velhos possuem câmara de ar pequena, por isso apresentam maior densidade.

  5. O método do NaCL 1% é utilizado para determinar a densidade dos ovos e assim avaliar seu estado de conservação.

  6. Recomenda-se armazenar os ovos sob refrigeração a -2 ºC ou congelado abaixo de -2 ºC; pode-se também impermeabilizar os ovos formando película com óleo mineral.

  7. Em tratamentos térmicos, a temperatura máxima utilizada é determinada pela coagulação da clara. Se o pH for alterado para 7, as proteínas da clara ficam mais estáveis e em temperaturas de até 57 ºC não sofrem mudanças em suas propriedades funcionais.

Assinale a alternativa que apresenta somente afirmativas CORRETAS.

  1. I, II, III, V e VI

  2. I, II, III, VI e VII

  3. I, II, III, IV, V e VI

  4. II, III, IV, VI e VII

  5. I, II, III, V, VI e VII

06) Sobre atividade enzimática em cortes de carne maturada, assinale a alternativa CORRETA.

  1. Desmina, titina e nebulina pertencem ao grupo de proteínas que não são hidrolisadas por ação das calpaínas.

  2. Actina e miosina são proteínas da carne mais hidrolisadas por ação dos sistemas enzimáticos endógenos e, principalmente, por ação das calpaínas.

  3. Calpastatinas são enzimas inibidoras da atividade das catepsinas.

  4. As calpaínas possuem requerimento absoluto por cálcio para proteólise no pós-morten.

  5. Catepsinas e o complexo de proteases multicatalíticas (MCP) são as principais enzimas proteolíticas da estrutura miofibrilar.

07) Na última década aumentou significativamente a busca por alimentos de origem vegetal prontos para o consumo (PPC), compostos por vegetais minimamente processados e embalados com filme transparente para serem conservados sob refrigeração. Porém esta alternativa de consumo merece algumas reflexões:

  1. quando embalados em filme transparente com alta permeabilidade a oxigênio, pode ocorrer o escurecimento enzimático.

  2. se embalados em filmes com baixa permeabilidade a oxigênio por longos períodos, existe a possibilidade de crescimento microbiano, como é o caso do C. botulinum.

  3. o fato das frutas apresentarem pH abaixo do considerado favorável para o desenvolvimento bacteriano explica a ausência de bactéria no inicio dos processos de deterioração dos vegetais.

  4. dentre as dúvidas sobre conservação de vegetais ainda não esclarecidas, encontra-se o caso da pêra, que com pH entre 2,2 e 2,9 apresenta deterioração bacteriana.

  5. o micro-organismo patogênico mais preocupante no processamento de vegetais prontos para o consumo (PPC) é a Escherichia coli, devido à facilidade de contaminação via manipulador de alimentos.

  6. as frutas destinadas a consumo in natura devem ser manipuladas com cuidado, evitando danos físicos na colheita, transporte e armazenamento; geralmente são colhidas ainda verdes, impróprias para consumo. Após a colheita, podem ser tratadas com etileno ou acetileno gasoso, acelerando seu processo de amadurecimento.

Assinale a alternativa que apresenta somente afirmativas CORRETAS.

  1. I, II, III, IV e VI

  2. I, II, III, V e VI

  3. I, II, III e VI

  4. II, III, IV e VI

  5. II, III, IV e V

08) A evolução no desenvolvimento de embalagens para alimentos propiciou não somente a proteção e a estética, mas também a conservação e o transporte dos alimentos. Desta forma:

  1. com o desenvolvimento de embalagens ativas, foi possível a interação da embalagem com o produto, filtrando e/ou liberando compostos, ou informando o consumidor sobre o estado de conservação do alimento.

  2. atualmente as embalagens apresentam para a ciência e a tecnologia de alimentos uma relevância próxima ao alimento que embalam. Alguns materiais utilizados como matéria-prima apresentam baixa degradabilidade. Uma das alternativas é a utilização de embalagens biodegradáveis, dentre elas, as de poli-hidroxialcanoatos.

  3. atualmente os polímeros biodegradáveis apresentam altos custos de produção comparados aos materiais plásticos convencionais.

  4. para serem utilizados em embalagens de alimentos, os biopolímeros devem apresentar características mecânicas aceitáveis, o que é possível somente com composição monomérica idêntica, também chamados de homopolímeros.

  5. as propriedades como resistência à chama, cristalinidade, estabilidade térmica, resistência à ação química e propriedades mecânicas das embalagens plásticas utilizadas para alimentos são determinadas pelas estruturas químicas e pela massa molar do polímero.

  6. das matérias-primas plásticas convencionais utilizadas em embalagens de alimentos, cita-se o poli(tereftalato de etileno), também conhecido por polietileno de alta densidade HDPE (PEAD), utilizado para embalar vinagres, leites e óleos em geral.

Assinale a alternativa que apresenta somente afirmativas CORRETAS.



  1. I, II, III, IV e V

  2. I, II, III, IV, V e VI

  3. I, II, III, V e VI

  4. I, III, V e VI

  5. I, II, III e V

09) Em relação aos critérios de seleção e emprego de micro-organismos como culturas iniciadoras (starter) na produção de derivados de carne – fermentados crus – é CORRETO afirmar que eles:

  1. favorecem a formação de sabor, a redução de nitrato, a catalase negativa.

  2. devem ter relação adequada de crescimento em diferentes temperaturas, serem espécies homofermentativas, serem catalase positiva.

  3. têm capacidade homofermentativa, boa produção de ácido lático, capacidade de formar aminas biogênicas.

  4. são catalase positiva, têm baixa tolerância ao NaCl, possuem capacidade de redução de nitrato.

  5. são catalase negativa, contribuem com a formação de sabor, não formam aminas biogênicas.

10) Sobre o tema pescados, assinale a alternativa CORRETA.

  1. Análises de substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBA), histamina e bases voláteis são métodos de avaliação química de pescados relacionados ao frescor.

  2. As enzimas endógenas possuem pouca ação sobre o amolecimento do tecido muscular de peixes.

  3. O pré-rigor depende da quantidade de ácido lático e o rigor-mortis da quantidade de ATP.

  4. De todos os alimentos, o pescado é o menos susceptível à autólise, à oxidação das gorduras e à decomposição bacteriana.

  5. A histamina é resultante da descarboxilação da alanina por ação das bactérias.

11) Em relação às alfa-amilase e beta-amilase, assinale a alternativa CORRETA.

  1. Beta-amilases são exoenzimas que hidrolisam exclusivamente ligações alfa-1,4 a partir da extremidade não redutora.

  2. Ambas são produzidas por animais e vegetais.

  3. Alfa-amilases são exoenzimas que hidrolisam exclusivamente ligações alfa-1,4 a partir da extremidade não-redutora.

  4. Beta-amilases hidrolisam tanto ligações beta-1,6 como alfa-1,4.

  5. Alfa-amilases hidrolisam ligações alfa-1,4 somente de amiloses.

12) Em relação às peroxidases, assinale a alternativa CORRETA.

  1. São enzimas capazes de reduzir lipídeos na presença de metais, gerando radicais livres.

  2. São enzimas existentes apenas em células animais, encontrando-se apenas nas paredes celulares.

  3. São enzimas capazes de oxidar diferentes compostos na presença de peróxidos, gerando radicais livres.

  4. Contêm dois átomos de cobre (II) em seu sítio ativo.

  5. A principal característica das peroxidases é a termoinstabilidade.

13) Em relação à determinação de açúcares pelo método LANE-ENYON (FEHLING), é CORRETO afirmar que:

  1. o sulfato de cobre em meio ácido (Licor de Fehling) é reduzido a óxido cuproso, formando um precipitado vermelho.

  2. o ponto final da reação é indicado pelo azul de metileno que é reduzido a sua forma incolor por um pequeno excesso de sacarose.

  3. após a titulação da solução de FEHLING, o resultado é multiplicado pelo fator 0,9 para expressão do resultado em sacarose.

  4. a reação se baseia na redução de solução alcalina de CuSO4 em presença de tartarato de sódio e potássio.

  5. o método quantifica somente açúcares não redutores.

14) A composição química de um alimento apresenta:

Proteína 12 %

Substâncias voláteis (umidade) 10 %

Lipídios 06 %

Minerais (RMF) 01 %

Fibras 01 %

Com base nas informações acima e com relação ao valor calórico total por 100 gramas do alimento, assinale a alternativa CORRETA.


  1. 76 cal / 100 gramas.

  2. 184 cal / 100 gramas.

  3. 232 cal / 100 gramas.

  4. 30 cal / 100 gramas.

  5. 192 cal / 100 gramas.

15) Assinale a alternativa que responde CORRETAMENTE à pergunta abaixo.

No processo de salga da manteiga adiciona-se uma solução de salmoura para atender especificações do produto. O produto desejado deve ter em peso 13,6% de umidade e 2,4% de sal. A salmoura utilizada contém em peso 60% de água e 40% de sal. Qual é o conteúdo percentual de umidade em peso que a manteiga tem antes do processo de salga?



  1. 12,0 %.

  2. 13,0 %.

  3. 11,5 %.

  4. 12,5 %.

  5. 11,0 %.

16) Assinale a alternativa que responde CORRETAMENTE à pergunta abaixo.

Um volume de água é bombeado para um reservatório localizado 20m acima do eixo da bomba a partir de um tanque 2m abaixo do eixo da bomba. A perda de carga total por atrito corresponde a 8,0 m.c.a. A velocidade de escoamento é de 2m/s e a tubulação tem diâmetro nominal de 100mm. A eficiência da bomba é de 50%. Considere a densidade da água  = 1000 kg/m3. Qual é, aproximadamente, a potência em kW necessária para a bomba?

Observação: m.c.a. = metros de coluna da água;


  1. 8,2 kW.

  2. 12,4 kW.

  3. 9,3 kW.

  4. 6,5 kW.

  5. 7,5 kW.

17) Assinale a alternativa que responde CORRETAMENTE à pergunta abaixo.

Suco de laranja é concentrado a uma taxa de 3 kg/s em um evaporador de simples efeito de 20 a 30 °Brix. O suco é alimentado a 45 °C e no equipamento a temperatura de ebulição é de 55 °C. Vapor saturado é utilizado como meio de aquecimento fornecendo 2.250 kJ/kg de calor latente de condensação. A capacidade calorífica média do suco é de 4,0kJ/kgoC. Qual é o consumo de vapor aproximado (kg/s) do equipamento?



  1. 0,93 kg/s.

  2. 0,75 kg/s.

  3. 0,88 kg/s.

  4. 1,11 kg/s.

  5. 1,30 kg/s.

18) Assinale a alternativa CORRETA.

Brócolis são embalados a vácuo, carregados em um caminhão e transportados para um centro de comercialização. A quantidade transportada é 5.000 kg e a viagem dura 10 horas. A temperatura interna do baú é de 2 °C e a temperatura inicial do brócolis é de 4 °C. A capacidade calorífica do brócolis é de 4 kJ/kgoC. O calor de respiração do brócolis na faixa de temperatura do transporte (2 a 4 °C) é de 30x10-3 W/kg. A área das paredes do baú é de 100 m2 e o coeficiente global de troca térmica é de 0,2 W/m2 °C. A temperatura externa ao baú é de 27 °C.

Durante o transporte o calor removido corresponde ao resfriamento, à respiração e às perdas; desta forma, a quantidade aproximada de calor removido será:


  1. 46.500 kJ.

  2. 63.400 kJ.

  3. 56.800 kJ.

  4. 60.500 kJ.

  5. 41.600 kJ.

19) Assinale a alternativa que responde CORRETAMENTE à pergunta abaixo.

A taxa de destruição de micro-organismos pode ser expressa por uma equação de primeira ordem: , a partir da qual obtemos as equações: e , que permitem determinar os parâmetros operacionais do processo de pasteurização descrito a seguir.

Em uma planta de processamento está sendo trocado o equipamento de pasteurização. No equipamento antigo, suco com uma carga bacteriana de 5x105/mL era pasteurizado a 68 °C por 25 min. No novo equipamento o suco será processado a 80 °C e pretende-se obter o mesmo grau de letalidade das condições originais. O valor de D a 80 °C para a população é 0,05min. O valor de Z é 6 °C. Quanto tempo de pasteurização será necessário no novo equipamento?



  1. 18 s.

  2. 25 s.

  3. 15 s.

  4. 32 s.

  5. 96 s.

20) Assinale a alternativa que responde CORRETAMENTE à pergunta abaixo.

Em um estudo realizado por pesquisadores da EMBRAPA foram avaliados o rendimento e a eficiência da fermentação alcoólica na produção de Hidromel. Para produzir a bebida os pesquisadores utilizaram um mosto contendo aproximadamente 17,1% (m/v) de açúcares. Ao final da fermentação foi obtida uma bebida com cerca de 7,8 % (m/v) de etanol.

A eficiência da fermentação utilizada nos cálculos pelos pesquisadores é definida pela relação: E(%)=(álcool produzido/álcool teórico a partir dos açúcares consumidos)*100. Qual é a eficiência aproximada obtida neste processo fermentativo?

Considere, para os cálculos, a relação estequiométrica de conversão apresentada a seguir, onde os produtos obtidos em proporção equimolar são o etanol e o dióxido de carbono.



C6H12O6 2 C2H5OH + 2 CO2 - Massa molar: C =12; O =16 e H= 1

  1. 45 %.

  2. 80 %.

  3. 50 %.

  4. 95 %.

  5. 90 %.



GRADE DE RESPOSTAS (Somente esta parte poderá ser destacada)

QUESTÕES

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

RESPOSTAS

































































©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal