Campylobacter



Baixar 15.58 Kb.
Encontro26.10.2017
Tamanho15.58 Kb.

UFF - CCM – IB – MIP

Disciplina de Bacteriologia


CAMPYLOBACTER

1- Características gerais




  • Bastonetes Gram negativos encurvados ou espiralados

  • Móveis – flagelo polar

  • Microaerófilos (3 a 15% de O2 e 3 a 5% de CO2)

  • Termofílicos (42o C)

  • Não esporulados

2- Principais espécies


Campylobacter jejuni


50 tipos de Ag K e H
3- Patogenia

Ingestão de C.jejuni

Adesão à mucosa do intestino delgado e produção de toxina – diarréia secretória



Penetração e multiplicação no epitélio intestinal – jejuno, íleo, cólon

Invasão da mucosa intestinal e multiplicação na lâmina própria e linfonodos mesentéricos


* Gastroenterite caracterizada pela destruição das superfícies mucosas do jejuno, cólon e íleo

* Macroscopia: mucosa edemaciada e sanguinolenta

* Histologia: ulceração da superfície da mucosa compatível com processo invasivo:

Abscessos nas criptas e glândulas epiteliais

Infiltração para a lâmina própria (neutrófilos, mononucleares e eosinófilos)


4- Aspectos clínicos


  • Enterite aguda com diarréia (fezes aquosas ou pastosas), mal-estar, febre, dor abdominal, vômitos

  • Período de incubação: 2 a 5 dias

  • Duração: 7 a 10 dias, geralmente autolimitada

  • Possíveis complicações: colite (dor abdominal aguda e bacteremia), meningite, artrite, etc.

5- Fatores de virulência




  • Adesinas (flagelo, LPS, glicocálice e proteínas de membrana externa – OMPS)

  • Enterotoxina LT: semelhante à toxina de V.cholerae

  • Citotoxina: lesão tecidual

6- Epidemiologia




  • Reservatório: animais (portadores assintomáticos): cães, gatos, aves, suínos, bovinos, ovinos e roedores

  • Transmissão: consumo de alimentos (aves, leite) e água contaminados

fecal-oral (pessoa para pessoa)

contato com animais infectados



  • Ocorrência: EUA > 2 milhões de casos/ano

7- Tratamento



  • Eritromicina (enterite)

  • Aminoglicosídeos (infecções sistêmicas)



8- Prevenção e controle





  • Preparo adequado de alimentos (principalmente aves)

  • Consumo de leite pasteurizado

  • Evitar a contaminação da água

  • Cuidados higiênicos após o contato com animais ou produtos de origem animal


Campylobacter sp. - interesse em Odontologia
* Algumas espécies podem ser isoladas da microbiota normal bucal:
C.concisus

C.curvus

C. sputorum subsp. sputorum
* Campylobacter sp. pode também ser isolado em nº elevado em:


periodontite refratária

periodontite de adultos



pacientes com SIDA


  • Infecções ENDODÔNTICAS:

Ex.: infecções de canais radiculares


  • C.curvus – C.rectus – C.concisus  mais freqüentes





©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal