Boletim de anormalidade de cobilling bacb



Baixar 29.62 Kb.
Encontro01.10.2019
Tamanho29.62 Kb.




BOLETIM DE ANORMALIDADE









BOLETIM DE ANORMALIDADE

DE COBILLING - BACB

Don’t modifiy this line

Responsável: Grupo de Cobilling

Data da criação: 12/11/2003

Última atualização: 11/08/2005

Versão do Documento: Versão 2.0

INDICE

I. INTRODUÇÃO 3

II. PROCESSO DE GERAÇÃO 3

III. BOLETIM DE ANORMALIDADE DE COBILLING 3

IV. REGRAS DE PREENCHIMENTO 5



    1. INTRODUÇÃO

Constam desse documento o layout do Boletim de Anormalidade de Cobilling (BACB), a forma de preenchimento e o processo de geração do mesmo.



    1. PROCESSO DE GERAÇÃO

O BACB será gerado pelas operadoras de origem e enviado por e-mail para as operadoras de destino. O BACB é um arquivo texto, contendo os campos descritos no item II deste documento.


O e-mail contendo o BACB deve ter como nome o número do BACB.
Deve ser gerado um BACB para cada motivo de reclamação.
A operadora de destino deve ler o BACB, solucionar o problema dentro do prazo estipulado no item III e retornar o BACB com a descrição da solução, dentro do mesmo prazo, para a operadora de origem.

    1. BOLETIM DE ANORMALIDADE DE COBILLING

Ver próxima pagina.





BOLETIM DE ANORMALIDADES DE COBILLING


Número BACB: xxxxxx Data da Reclamação : DD/MM/AAAA HH:MM
Prazo para o Parecer / Solução: DD/MM/AAAA HH:MM + 5 DIAS UTEIS

Dados da Anormalidade
Contato : XXXXXXXXXXXX Telefone : XXXX-XXXX Email : xxxx@xxxxxxxxx.com.br
DSN dos arquivos: XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
Quantidade de chamadas com problema: XXXXX
Motivo da Reclamação : XXXXXXXXXXXX
Descrição Detalhada do Problema : XXXXXXXXXXXX (se possível, incluir uma linha de exemplo do problema, data em que o problema foi detectado e data em que o arquivo foi transferido).


Dados da Solução
Contato : XXXXXXXXXXXX Telefone : XXXX-XXXX Email : xxxx@xxxxxxxxx.com.br
Data do Parecer / Solução : DD/MM/AAAA HH:MM
Descrição Detalhada da Solução : XXXXXXXXXXXX
    1. REGRAS DE PREENCHIMENTO





  1. Número BACB “OPERADORA” - cada operadora deve gerar a numeração do BACB que der origem. Essa numeração é utilizada para controle tanto da operadora geradora do BSCB quanto para a operadora receptora do mesmo. A regra de numeração deve ser a seguinte:

NNNXXXXXX

onde: NNN – alfanumérico que identifica a operadora de origem

XXXXXX – numérico seqüencial


  1. Data da Reclamação – data de geração do BACB.




  1. Prazo – o prazo para a solução da ocorrência registrada no BACB é de 5 (cinco) dias úteis, contados a partir do envio do mesmo. Quando for dado um parecer e/ou solução, este comunicado deve ser feito no campo Descrição Detalhada da Solução.




  1. Contato – nome da pessoa responsável pelo processo na operadora de origem do BACB.




  1. DSN – Deve ser preenchido com o DSN dos arquivos de Remessa ou Retorno onde foram detectadas as anormalidades.




  1. Quantidade de chamadas com problema – quantidade de chamadas que passaram pela crítica e as quais foram detectados os problemas.




  1. Início da anormalidade - data em que a ocorrência foi detectada.




  1. Motivo de anormalidade – esse campo será preenchido com o motivo da anormalidade.

Exemplo:


DESCRITIVO

Código de Motivo de evento inválido

Integridade dos campos chaves

Campos inválidos desconhecidos para operadora de origem

Expiração indevida

CDR não enviada pela prestadora de origem

Status anterior incompatível

Códigos de rejeição



________________________________________________________________________________________________

Página de







©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal