Avaliação de meios de cultura líquidos, sólidos e bifásicos para a produção de Nomuraea rileyi (Farlow) Samson



Baixar 19.29 Kb.
Encontro14.05.2018
Tamanho19.29 Kb.



Avaliação de meios de cultura líquidos, sólidos e bifásicos para a produção de Nomuraea rileyi (Farlow) Samson
Camila Beatriz Santana (PIBIC/CNPq/Unioeste), Fabiana Gisele da Silva Pinto(Orientador), e-mail: camilabs_@hotmail.com
Universidade Estadual do Oeste do Paraná/Centro de Ciências Biológicas e da Saúde/Cascavel, PR
Grande área e área: Ciências Biológicas - Microbiologia
Palavras-chave: controle biológico, sistema bifásico, produção de fungos.
Resumo
O fungo entomopatogênico Nomuraea rileyi (Farlow) Samson é um importante agente de controle natural de lagartas. Visando a produção massal deste fungo a um baixo custo, o objetivo do trabalho foi avaliar a produção de N. rileyi em substratos líquidos e sólidos obtidos de resíduos e subprodutos da agroindústria. Os substratos líquidos e sólidos que proporcionaram os melhores resultados foram combinados, constituindo um sistema bifásico. Foi realizada a avaliação da atividade do fungo para o controle de Anticarsia gemmatalis. Para a obtenção dos meios líquidos, foram utilizados água do cozimento do arroz (ACA) pura e combinada com, melaço, melaço e extrato de levedura, sacarose, dextrose, água do cozimento do sorgo (ACS), combinada com dextrose, melaço, além de melaço puro, melaço com extrato de levedura e farinha de crisálida do bicho-da-seda com dextrose, sendo 4 repetições de cada meio líquido. O meio de cultura SMAY foi utilizado como controle. Os três meios líquido que produziram a maior biomassa seca, foram combinados com os meios sólidos: arroz, sorgo e arroz com sorgo, preparados em sacos de polipropileno que posteriormente foram inoculados 10 mL de fungos crescidos nos meios líquidos escolhidos. A mortalidade da A. gemmatalis influenciada pelo fungo apresentou eficácia de 25 a 80% de mortalidade. Entre os meios líquidos, o que proporcionou maior média de produção de biomassa seca foi o preparado com Farinha de crisálida de bicho-da-seda. Dentro do processo bifásico, o que obteve maior média de viabilidade e produção de conídios, foi arroz/SMAY.
Introdução
O padrão de desenvolvimento no mundo passou do extrativismo e da agricultura de subsistência para a exploração agroindustrial e a partir desta exploração intensa houve o aumento do uso de inseticidas químicos, gerando desequilíbrios biológicos. Entre os danos se destacam a resistência de insetos, o aumento de pragas secundárias (SOSA-GÓMEZ et al. 2002), resíduos no solo, na água e em alimentos, além de problemas na saúde pública. Essa realidade faz com que pesquisadores procurem alternativas para o uso dos defensivos agrícolas, portanto o controle microbiano de pragas ganha importância neste contexto, por se tratar do uso racional de patógenos (PARRA et al., 2002).

A utilização de micro-organismos entomopatogênicos para o controle de pragas, representa uma das alternativas mais eficientes e seguras ao uso de pesticidas químicos. Dentre os agentes utilizados no controle microbiano, os fungos entomopatogênicos apresentam-se como uma boa alternativa, pois se mostram eficazes no controle de diversas pragas agrícolas, portanto menos impactante ao meio ambiente quanto aos organismos não alvos (ALVES, 1998).

O Nomuraea rileyi (Farlow) Samson, é um fungo entomopatogênico promissor no controle biológico, pois sob condições ambientais favoráveis, como temperatura e umidade, demonstrou diminuir significativamente populações de insetos da família Noctuidae. Devido ao bom índice de controle natural observado, destaca-se a importância deste em programas de manejo de pragas (NUNES, 2010).

Como o N. rileyi demonstra ser eficiente no controle de lagartas, há uma tentativa da sua utilização como bioinseticida, tornando-se procedente a produção deste em larga escala, através de processos “in vitro”. Um dos principais fatores a se levar em conta, para o sucesso da utilização de fungos em larga escala é a produção de grande quantidade de conídios por um preço competitivo. Assim, o processo de produção deve ser de baixo custo e ao mesmo tempo produzir conídios virulentos. Neste contexto, são necessários estudos sobre o desenvolvimento do fungo em diferentes tipos de meios de cultura, sua viabilidade nestes, produtibilidade e outros fatores (ROBL et al., 2009).

O trabalho teve por objetivo avaliar a produção de N. rileyi em substratos líquidos e sólidos obtidos de resíduos e subprodutos da agroindústria. Os substratos líquidos e sólidos que proporcionaram os melhores resultados foram combinados, constituindo o sistema bifásico.
Materiais e Métodos
Foi utilizado o fungo N. rileyi (isolado UNIOESTE 82), isolado de lagartas A. gemmatalis contaminadas com o fungo. A produção inicial do N. rileyi foi realizada em placas de Petri contendo Meio de Esporulação. A inoculação dos conídios de N. rileyi foi realizada em câmara de fluxo laminar e posteriormente incubados a 27ºC. O preparo das suspensões de conídios foi realizado com água destilada mais uma solução surfactante (Tween 80® a 0,01%). A concentração de conídios foi verificada em câmara de Neubauer e as suspensões padronizadas a 1 × 108 conídios/mL para uso nos experimentos.

Foram utilizados substratos considerados resíduos ou subprodutos da agroindústria, obtidos com grãos de arroz e sorgo, melaço de cana, farinha de bicho-da-seda (Bombyx mori). Além do meio de cultura SMAY como padrão de controle e comparação.

O fungo foi adicionado a cada meio líquido e após 10 dias incubação, foram filtrados em funil a vácuo de Büchner e papel filtro. Os papeis filtro com a biomassa do fungo produzido, foram pesados em balança analítica, após serem secos em estufa a 60ºC sendo descontado o peso do papel filtro.

Para avaliação da produção de N. rileyi em processo bifásico, os 3 meios líquidos que produziram maior biomassa foram utilizados para crescimento do fungo, para posterior inoculação em meios sólidos (arroz, sorgo e arroz com sorgo).


Resultados e Discussão
Entre os diferentes meios testados, os que proporcionaram maior média de produção de biomassa seca foram os meios de cultura preparados com FARINHA DE CRISALIDA DE BICHO-DA-SEDA, MELAÇO COM EXTRATO DE LEVEDURA e ÁGUA DO COZIMENTO DO ARROZ COM MELAÇO E EXTRATO DE LEVEDURA, além do SMAY (controle). Houve diferença estatística significativa entre os meios testados, e os resultados não se encontraram em normalidade e homogeneidade.

Isto provavelmente se explica porque o melaço, a dextrose e a água do cozimento do arroz são ricos em carbono (C) e os fungos entomopatogênicos, os quais o N. rileyi se inclui, necessitam de substratos ricos neste composto, pois ele é primordial para a síntese de componentes celulares, além de ser uma importante fonte de energia. Em peso seco, uma célula normal é composta por 50% de C e cerca de 12% de nitrogênio (N). O N é constituinte de ácidos nucleicos, proteínas e outros compostos celulares (MADIGAN et al., 2010).

O fungo produziu conídios em todos os meios de cultura bifásicos e sólidos utilizados, destacando-se os tratamentos controle (SMAY) e os meios com FBS + dextrose.

O meio de meio cultura SMAY possui nutrientes indispensáveis para o bom crescimento do fungo, como fontes de nitrogênio e carbono. Alguns trabalhos testaram o crescimento de fungos entomopatogênicos em meios de cultura contendo concentrações controladas de fontes de carbono e nitrogênio, obtendo crescimento superior nestes meios, quando comparados com meios de cultura pobres nestes nutrientes (BARBOSA, 2002).


Conclusões
a) A produção de conídios de N. rileyi é influenciada pelo tipo de substrato utilizado para elaboração dos meios de cultura.

b) O meio líquido que produziu maior média de biomassa seca foi o de Farinha da crisálida do Bicho-da-Seda + dextrose, o qual pode ser uma alternativa ao meio de cultura SMAY.



c) O substrato que obteve média de produção de conídios e viabilidade mais satisfatória, quando comparado ao meio de cultura padrão utilizado na indústria (SMAY), foi o meio bifásico a base de arroz/Farinha da crisálida do Bicho-da-Seda + dextrose.
Agradecimentos
A Fundação Araucária pelo financiamento.
Referências
BARBOSA, C. C.; MONTEIRO, A. C.; CORREIA, A. do C. B.; PEREIRA, G. T. Crescimento e esporulação de isolados de Verticillium lecanii sob diferentes condições nutricionais. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.24, n.3, p.375-381, 2002.
JUNIOR, A. M. Controle microbiano de pragas. In: VENZON, M.; JUNIOR, T. J.; PALLINI, A. Controle Alternativo de Pragas e Doenças. Viçosa. UFV. p. 43-70, 2009.
MADIGAN, Michael T. et al. Microbiologia de Brock. 12. ed. Porto Alegre: ArtMed, 2010.
NUNES, A. R.; MARTINS, J. N.; FURLANETO, M. C.; BARROS, N. M. Produção de proteases degradadoras de cutícula por Nomuraea rileyi e sua virulência contra Anticarsia gemmatalis. Ciência Rural. Santa Maria, v.40, n.9, 2010.
PARRA, J.R.P.; BOTELHO, P.S.M.; CORRÊA-FERREIRA, B.S.; BENTO, J.M.S. Controle biológico: uma visão inter e multidisciplinar. In: PARRA, J.R.P.; BOTELHO, P.S.M.; CORRÊA-FERREIRA, B.S.; BENTO, J.M.S. Revista Brasileira de Entomologia. São Paulo: Manole. p.125-142, 2002.
ROBL, D.;SUNG, L. B.;NOVAKOVICH, J. H.;MARANGONI, P. R. D.;ZAWADNEAK, M. A. C.;DALZOTO, P. R.;GABARDO, J.;PIMENTEL, I. C.Spore production in Paecilomyces lilacinus (Thom.) samson strains on agro-industrial residues Brazilian Journal of Microbiology, v.40 p.296-300, 2009.
SOSA-GÓMEZ, D. R.; SILVA, J. J. da. (Org.). Fungos entomopatogênicos: catálogos de isolados. 32f. Londrina: Embrapa Soja, 2002.



: eventos -> eaicti -> eaictiAnais -> arquivos
arquivos -> Avaliação do efeito da clorexidina e do hipoclorito de sódio na cimentação adesiva de pinos – estudo in vitro
arquivos -> Análise clinicopatológica de tumores malignos de glândula salivar provenientes de uma casuística de Cascavel (PR) diagnosticados entre os anos de 2001 a 2015
arquivos -> Análise morfométrica dos tecidos gengivais de ratos castrados e com periodontite experimental
arquivos -> Eletrodo de hidroxiapatita para determinação de matéria orgânica
arquivos -> Aplicabilidade da acupuntura auricular no controle da dor, depressão e incapacidade em pacientes portadores de disfunção temporomandibular
arquivos -> Avaliação clínica comparativa entre duas técnicas cirúrgicas para recobrimento radicular em classes I e II de Miller
arquivos -> Análise do conhecimento a respeito da psiconeuroimunologia e do uso da abordagem holística pelos enfermeiros do município de Foz do Iguaçu-pr na prática diária
arquivos -> Estudo morfométrico do plexo submucoso do jejuno de ratos em modelo experimental de câncer tumor de Walker-256
arquivos -> Avaliação da compactação do solo em sistema semeadura direta submetido ao trafego de conjuntos de transbordos graneleiros
arquivos -> Cateter central de inserção periférica: análise do uso na unidade de tratamento intensivo neonatal do Hospital Universitário do Oeste do Paraná




©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal