Autor: Tom Carney Fevereiro, 2013



Baixar 181.73 Kb.
Encontro15.09.2019
Tamanho181.73 Kb.


T h o u g h t L I n e

(Alimento para Reflexão)



Autor: Tom Carney Fevereiro, 2013



Nota: Eu tenho dois motivos para compartilhar este Thoughtline de Aquário de 1995 com vocês. Queria mostrar o enorme progresso que fizemos nos últimos 17 anos. E queria demonstrar o quão importante é o nosso pensar de cada dia.


Pelo fato de sermos meditadores nós vemos e compreendemos consistentemente mais do que imaginamos. Somos responsáveis por isso. Somos como avenidas através das quais pensamentos e introvisões de vanguarda avançam e penetram a corrente principal do plano mental. Deixamos, com frequência, de agir naquilo que vemos e compreendemos devido à preocupação com nossa imagem e nossa falta de vontade de introduzirmos mudanças.
Essa questão está mais uma vez diante de nós. Para sermos de fato co-criadores temos de estar dispostos a co-criar, não importando o preço a pagar. Trata-se daquela velha história Aquariana do jarro com água ... . A não ser que a despejemos, de nada serve. É tempo de transformar nossas visões e compreensões em ações. O que podemos dizer? O Grande Desdobramento avança continuamente. Ele ainda não acabou, e, nós também, devemos continuar a avançar continuamente.

Reiniciando O Sol Nascente




Algo está se aproximando. Alguma coisa Está para acontecer. Esta pairando no ar, aguardando, como um amanhecer. Podemos senti-lo no ar. Tornou-se a própria atmosfera. Como a maior parte de vocês, minha semana envolve participação em grupos de pessoas de todos os segmentos da vida, raça, classe e profissão. Eles estão todos esperando que alguma coisa aconteça. Encontro esse clima de expectativa praticamente por toda parte.

Embora muitas pessoas sejam um tanto vagas sobre o “quê” é que está se aproximando, a especulação é abundante. Há, naturalmente, aqueles que propagam o final dos tempos. Como saberíamos que estamos no planeta Terra se eles não existissem? No entanto, a vasta maioria das especulações que ouço diz que o que está se aproximando é algo bom. Portanto, a esperança permanece viva.


Quando as ocorrências acabam acontecendo, e poderíamos listar 10 ou 20 nos últimos 10 anos, eventos espetaculares, como a queda do Muro de Berlin e a transformação da União Soviética, inúmeras erupções vulcânicas e terremotos; quando eventos como estes ocorrem de fato, eles parecem incendiar e não aplacar as expectativas das pessoas. As pessoas veem estes eventos como anunciadores de acontecimentos vindouros ainda maiores, mais espantosos ou mundialmente mais abaladores.
Tenho ouvido especulações que vão desde colapso das bolsas de valores até a substituição do sistema econômico capitalista por um sistema de permuta, da invasão da Terra por gente dos Discos Voadores e os Clippers(1) vencendo o campeonato da NBA(2). Um de meus amigos pregadores de catástrofes favoritos está prevendo uma total evaporação da camada de ozônio provocando câncer de pele no mundo todo, o que, ela alega, é uma recompensa justa pelo modo que tratamos o planeta.
(1) e (2) NT - Clippers / NBA = Los Angeles Clippers é um time de basquete americano da Associação Nacional de Basquete (NBA) que nunca venceu um campeonato nos seus 42 anos de existência.
Porém todos concordam que alguma coisa está se aproximando ... Quando pensamos nisso sem levar em conta a questão específica de quando, algo está sempre se aproximando, e assim tem sido por muito, muito tempo. Muitas coisas tornam difícil ver o que se aproxima. Em primeiro lugar, estamos falando de períodos de tempo que praticamente paralisam a imaginação. Mesmo a atual visão materialista da História lida com idades e séculos, que em si são porções de tempo bem grandes. A visão subjetiva, não materialista, e muito mais realista dos pensadores que ao longo das idades geraram o campo do conhecimento que chamamos de ‘Sabedoria das Idades’, veem a História como uma evolução da consciência e não uma evolução de formas. Quando eles falam do tempo ou dos eventos em desenvolvimento que ocorrem e geram o tempo, eles têm em mente uma visão muito mais abrangente e profunda. Eles também falam em termos de idades, a Idade de Brahma, por exemplo. Um dia e uma noite da Idade de Brahma corresponde a 8.640.000.000 dos nossos anos. Existem 360 destes para um ano de Brahma, e 100 anos de Brahma perfazem uma Idade de Brahma. - “Um Tratado sobre o Fogo Cósmico” tomo I, § 39-40, pg.58-59 - [Obs. - apenas os dados foram extraídos desse livro, não o texto].
O primeiro ponto aqui é que muito poucas pessoas, quando avaliam ou analisam um evento em particular se dão ao trabalho de avaliar o acontecimento à luz de um período mesmo de 10 ou 20 anos quanto mais à luz de um período de cem ou duzentos anos ou dois mil anos. Esta visão restrita, miópica do Grande Desdobramento tende a nos cegar do que está de fato acontecendo. O segundo ponto, com o qual lidarei mais tarde, é que os eventos são vistos da perspectiva superficial do materialista.
O terceiro ponto é que dentro destes vastos períodos de tempo, há um ritmo cíclico para o processamento do Plano em desdobramento que é invisível à visão de pouco alcance da população em geral. O desdobramento avança como uma onda, e as ondas chegam em séries, exatamente como as ondas em nossos oceanos. Existe nas ondas uma construção e desconstrução das séries e períodos de avanço e recuo entre as ondas.
Para os de curta visão dentre nós, os aspectos de desconstrução e recuo deste ritmo parecem como se as Forças Trevosas estão crescendo à medida que as Forças de Luz estão diminuindo. E assim acontece, penso eu, que as Forças de retrocesso trabalham intensamente durante estes períodos de recuo da Luz. Portanto, nós temos fenômenos como ‘A Idade das Trevas’ (3) e o surgimento do Fascismo e do Nazismo. É durante estes períodos que ficamos mais vulneráveis às forças debilitantes do lado das trevas, pois tendemos a ficar desencorajados e caminhamos para a desesperança, esquecendo ou não estando cônscios do inevitável retorno da Luz.
(3) NT - Idade das Trevas = Este termo refere-se ao período da História da Antiga Grécia, entre 1200 e 800 a.C.. O mesmo termo foi cunhado pelos historiadores da era moderna - baseados na história da Grécia Antiga - e empregado inapropriadamente para designar a nossa época medieval, “A Idade Média”, pelo contraste desta com a época pós Renascença.
Tudo isto pode soar um tanto cósmico e extravagante, porém se quisermos obter uma perspectiva racional das “ocorrências”, uma visão mais ampla como esta, ajuda. E, apenas de forma passageira, há uma relação significativa entre ‘ritmo’ e ‘visão’. As pessoas dentro das quais um viver rítmico está estabelecido enxergam mais longe do que aquelas que, como velas com pavios inapropriados, trepidam e crepitam em seus esforços rítmicos. É difícil enxergar com uma luz bruxuleante.

Agora, o segundo ponto. A outra coisa, a coisa importante, o que torna difícil ver aquilo que se aproxima é a perspectiva materialista. Em nenhum outro lugar a superficialidade dessa visão é mais evidente do que na identificação das pessoas com seus corpos físicos e o intenso foco em si mesmas e seu meio ambiente físico mais próximo. Este foco superficial gera uma espécie de miopia intelectual.


É esta intensa identificação com o plano físico que torna os eventos, que estão se aproximando a décadas, tão surpreendentes. O aparentemente explosivo ou milagroso surgimento de um acontecimento, como a recente emergência da verdadeira África do Sul (4), é na realidade o resultado de décadas, e em alguns casos, séculos de vontade focada.
(4) NT - “... acontecimento recente na verdadeira África do Sul” = Como este boletim foi escrito em 1995, o autor aqui se refere ao fim (recente) do ‘Apartheid’ em 1993.
O que vemos como evolução é a implementação físico densa da Intenção e Propósito, através de um cuidadosamente pensado Plano em Desdobramento, de um Ser Criativo. No entanto,
“Encerrado dentro desses ossos,

Espiando através de olhos polposos,

Uma camada vive e o homem menos encarnado

Não pode ver o Plano em desdobramento.”

Ver o plano físico, vendo fatos que acontecem no plano físico como efeito ou resultado de forças e energias mais sutis não é uma coisa verdadeiramente comum. O pré-requisito no desenvolvimento deste tipo de visão é o autoesquecimento. Pois é com o autoesquecimento que aprofundamos nossa visão e “reunimos o que precisamos para auxiliar nossos semelhantes”.
Para fazer isto, para nos esforçarmos para ver, para compreender e trabalhar com as energias e forças que estão causando os efeitos físicos que as pessoas chamam ‘eventos’ é ser um esotérico. Se fizermos isso, ou tentarmos fazer isso, seremos diferentes da maior parte das pessoas com as quais vivemos e trabalhamos. Essa diferença não nos torna melhores ou mais merecedores do que nossos semelhantes. Porém, preferencialmente, cria uma demanda para buscarmos um nível superior, um nível muito mais alto de responsabilidade pelas nossas ações.
Portanto, como esotéricos e discípulos nós temos a tendência de ver não apenas a continuidade cíclica que sublinha essas ocorrências, mas os acontecimentos em si como manifestações exteriores de ocorrências interiores. E o que desejo fazer pelo restante deste ensaio é indicar alguns acontecimentos que são fora do padrão comum, não tão espetacular em termos bombásticos ou que mereçam manchetes, mas os quais são previsores ou arautos muito mais acurados do que está realmente se aproximando. Concluirei, naturalmente com minha especulação do que seja esse “ele” se aproximando, a conclusão final.
Para começar, é o esotérico em mim que vê o fato de que existe tanta gente que não são esotéricos que pressentem a aproximação de algo como um acontecimento muito significativo e evidencia por si aquilo que está se aproximando.
O que está se aproximando? Numa ampla visão, é o plano mental.
A humanidade está, há longo tempo, muito longo tempo, movendo-se para o plano mental em número grande o bastante para se tornar muito efetiva. Os humanos são destinados a serem seres mentais. Nós somos, em última análise, “filhos nascidos da mente do Cosmo”. Se, a propósito, ponderarmos algum dia no significado e importância da Lei das Corretas Relações Humanas, talvez devêssemos levar isto em consideração.
Para ilustrar este ponto, poderíamos focalizar um espaço de tempo de cem ou duzentos anos, porém apenas para torná-lo mais manobrável, vamos começar com o Sufrágio Feminino. O que encontramos por trás da maior parte dos acontecimentos sociais realmente espetaculares que ocorreram nos últimos 75 anos (1920-1995), é que as pessoas estão pensando. É à emergente presença e crescimento da capacidade de pensar e de ver e compreender abstrações que se deve os maiores progressos que nós como uma raça fizemos na área das relações humanas a qual é uma área que trata do nosso interagir com o resto do sistema no qual vivemos, nos movemos e temos o nosso ser.

Vamos olhar alguns destes gigantescos passos. Houve as leis do trabalho infantil, e as leis contra o abuso infantil. Vinte anos atrás não havia leis regendo o abuso infantil. Depois vieram algumas leis, mas elas foram inexequíveis. Foram somente nos últimos 10 anos que conseguimos começar realmente a lidar efetivamente com o abuso infantil. Existe a lei dos direitos do eleitor, a lei da Previdência Social, legislação sobre direitos civis de todos os tipos. Estes são apenas alguns poucos exemplos locais dos efeitos deste acontecimento maior. A ruptura feita no véu pelo Cristo por ocasião da crucificação separando os humanos de suas mentes está sob o impacto dos últimos dois mil anos de esforços, aumentando muito. Esses avanços nas corretas relações humanas são o resultado da energia da Luz derramando através da fenda.


O plano mental está começando a emergir na consciência em uma escala muito grande. Os efeitos disto não podem ser superestimados. À medida que mais e mais pessoas começam a pensar em vez de sentir ou dramatizar a respeito de suas vidas e as condições de vida, vastas mudanças resultarão em todos os segmentos da vida humana. Por longo, muito mais longo tempo do que a nossa atual versão miópica da história registrada, a humanidade tem sido “atormentada”, poderíamos quase dizer, com uma coisa chamada “kama-manas(5). Este é um termo em sânscrito que, a grosso modo, se traduz como “mente dos desejos”. Isto significa que nossos esforços mentais se misturaram com nossos seres emocionais e são, consequentemente, débeis, imprecisos, confusos, anuviados, pessoais, e assim por diante.

(5) NT - Kama-manas = Para expandir um pouco mais sobre este termo - ele representa a fusão dos princípios humanos Kâmico e Manásico, então se emprega kama-manas quando se quer designar a inteligência que opera em e com a natureza do desejo, afetando a alma animal e sendo afetada por ela. O termo “Kâmico” é relativo a “Kama”, ou seja, desejo, lascívia, paixão luxúria, concupiscência, enfim, apego à existência física.
Por muitos, muitos milhares de anos, a Humanidade vem transferindo seu foco do corpo emocional para seu corpo mental. Isto nos deu acesso às regiões superiores do plano mental e a uma mentalmente focada apreensão (NT - no sentido da percepção progressiva) do plano sem pensamento ou intuição que é chamado ‘plano búdico’ na literatura da Sabedoria das Idades. Consequentemente os humanos estão gradualmente se tornando ‘kama-búdicos’.
Como talvez seria de se esperar, as Forças de Retrocesso não são nem um pouco favoráveis a este desenvolvimento. Elas dependem muito do obscurecimento das ideias pela matéria emocional. Elas contam principalmente com as forças emocionais como o medo e o ódio e a ira para gerar vastas tempestades de medo e confusão as quais inibem o claro pensar e anuviam a visão. Porém elas também se utilizam de substância porosa como sentimentalismo e piedade.
Substância emocional de qualquer espécie, caso se torne mais densa, tende a embaralhar os processos pensantes e se colocar entre a luz da mente e o cérebro. As Forças do Retrocesso, alimentando-se da miragem e da ilusão, despende a maior parte de suas energias produzindo a raiva e a frustração.

Como indica Djwhal Khul, utilizando-se das “... vozes da propaganda enganadora, a Palavra da morte (...) e o som do aspecto mais denso em manifestação - o som do poder no reino mineral” eles trabalham para bloquear a luz e tentar emendar as rupturas. - “Os Raios e as Iniciações”, Tomo 1, parágrafo 192, pg. 166.


Assim, as forças que estão conduzindo os acontecimentos presentes são:

> os grandes desenvolvimentos sociais em direitos humanos

> a derrota de ditadores e fascistas

> o crescimento e a disseminação da democracia

> os esforços mundiais para acabar com a fome

> os esforços mundiais para limpar e prevenir novos holocaustos ambientais

> a difusão da energia da boa vontade

> a revelação e a diminuição da doença do racismo,
e muitas outras são a força do pensar humano.
Antes que seja presumido que eu penso que já saímos do buraco, deixe-me dizer que uma das coisas que devemos fazer para nos tornarmos esotéricos é deixarmos de ver as coisas cor de rosa. Esotéricos não podem ter um olhar discriminativo. Requer-se que eles olhem o prisma todo. Tudo não é cor de rosa. Qualquer um que preste atenção no noticiário diário sabe que as Forças de Retrocesso são uma ameaça muito real e muito séria à harmonia mundial e ao esforço da Humanidade para passar para a muito discutida nova era. Elas estão extremamente ativas neste momento, muito ruidosas e, se souberem procurar, muito visíveis. Quanto ao reconhecimento dos agentes destas forças, nós fomos orientados a ficarmos atentos aos “quase brancos”.
Um esotérico buscaria a causa desse crescimento dissonante, se perguntaria que força, que motivo e plano está por trás da geração de toda esta confusão e barulho. Eu penso que é o sol nascente se aproximando. Penso que as Forças do Retrocesso sentem isto também.
Eu penso que toda esta atividade frenética, que está beirando a histeria em muitos momentos, é indicativa do pressentimento delas da aproximação do sol nascente. Elas o pressentem, e estão apavoradas por ele. Elas estão fazendo tudo que está dentro de suas forças, que é uma força considerável, para impedi-lo, desviá-lo, retardá-lo. Acho que elas estão extremamente preocupadas com sua própria segurança e condição! “... onde a luz chega a Loja Negra tem de enfraquecer e desaparecer”. - “Os Raios e as Iniciações”, Tomo 1, parágrafo 189, pg. 164/5.
Eu hesito em usar termos tais como ‘Armagedon’, mas duas coisas fazem parte deste momento.
1. Estes momentos finais do século (1995) são inegavelmente muito importantes para a Humanidade como um todo. 2. Eu não me lembro de ter lido nada que dissesse que o ‘Armagedon’ terá de ser no plano físico.
Com estes pensamentos sóbrios em mente, permitam-me compartilhar outro aspecto do que se “aproxima”.
Embora seja difícil ver e ouvi-lo, dado todo o barulho gerado pelas Forças de Retrocesso, uma das coisas mais sutis que eu pressinto acontecendo neste exato momento é uma coalescência das Forças da Luz. Parece que está havendo uma mobilização, uma convocação acontecendo. Parece ter havido um influxo de força espiritual que reacendeu a chama na comunidade esotérica. Isto é novo. É uma espécie de anseio por energia nova. Ela não registra o mesmo como há 25 anos. Paira ainda um ar de esperança e muita alegria. Alegria não é uma emoção, amigos. “Alegria é uma sabedoria especial” e uma espécie de condição que resulta de um pensar intenso muito focado.
Eu extraio um bocado de energia e muita esperança disto, porém realmente vejo a emergência das Forças da Luz, que é o outro lado da fusão do homem com a mente, em muitas áreas. Existem aquelas já mencionadas acima, as arenas social, econômica e política. Existem as áreas da medicina, que apesar de sua atual inclinação muito materialista estão fazendo um grande progresso na melhoria da saúde das pessoas. Penso que o campo da medicina em geral será uma das primeiras a ser transformada sob o impacto da nova Luz que está entrando. Homens e mulheres serão novamente motivados por forças espirituais em vez de forças materialistas. Eles irão querer se tornar médicos para poderem curar e ajudar. A recompensa ou remunerações não serão os principais fatores em suas decisões de se tornarem curadores.
Apesar do barulho e confusão sendo gerado pelas “vozes da propaganda enganadora” eu consegui estabelecer argumentos semelhantes para cada arena do interesse humano. A exteriorização das Forças da Luz é universal. Ela perpassará cada aspecto de nossas vidas de modos que nem podemos imaginar.
Um dos aspectos mais interessantes desta fusão/emergência - (Lembrem-se, quando vamos de encontro à elas, elas nos atraem.) - pode ser observado no campo dos eletrônicos, especificamente no desenvolvimento da tecnologia do computador e a proliferação do computador pessoal (PC). Quando digo a emergência da mente, quero dizer exatamente isto. Como qualquer esotérico lhe dirá, a totalidade da área dos eletrônicos, desde as lâmpadas elétricas, o telefone e telégrafo à televisão dos dias atuais, e agora os computadores, é apenas a exteriorização na forma da mente inferior da humanidade.
E sua encarnação presente (fevereiro de 1995) o processador Pentium da Empresa Intel é capaz de processar 112 MIPS (milhões de instruções por segundo). Uma ‘instrução’ é uma computação matemática como 1+1. Espera-se que a próxima encarnação do Pentium irá processar de 250 a 300 MIPS, alcançando 1000 MIPS antes do final deste século. [Nota do autor: Em 2011, o modelo Intel Core i7 Extreme Edition 3960x (Hex Core) processa 177.730 MIPS à 3.33 GHz. (6)]
(6) NT - GHz é a abreviação de Gigahertz. Um GHz - que é uma unidade de frequência - corresponde a um bilhão de ciclos por segundo; sinais acima de GHz são chamados de microondas.
Estes desenvolvimentos irão mudar por completo o modo como vivemos. Através do uso do vídeo e do som eles irão colocar todos no planeta em contato “virtual” com todos os demais. Atualmente, qualquer um que possa comprar um computador de mil dólares, pode conectar-se à rede mundial (www) e conversar com qualquer um praticamente em qualquer lugar no planeta. [Nota do autor: Hoje, janeiro de 2013, o custo está em torno de $ 400 e inclui vídeo e áudio em tempo real num aparelho ‘smartphone’ sem fio.]
Nos primeiros 6 meses de 1994, o número de provedores mundiais saltou de cerca de 30 para 330. Espera-se que até o ano 2000 este número será de dezenas de milhares. Muito simplesmente, um “provedor” é um computador destinado ao armazenamento e preservação de tipos específicos de dados e ao recebimento e transferência de mensagens entre os usuários. [Nota do autor: Em 2013 - A maioria das Empresas e governos não publica dados sobre o número de provedores. Apenas o Google funciona com mais de 900.000 provedores. Estima-se que o número de provedores no mundo seja de aproximadamente um bilhão ou mais.]
Se pensarmos nas ramificações deste fenômeno, o dito antigo referente à proliferação da Luz e a revelação do mal talvez tenha para nós um novo sentido.
Novamente, nós precisamos perceber que a totalidade desta “explosão” das comunicações através do computador apenas aparenta ser dessa forma a aqueles que não enxergam, não somente “o quadro mais amplo”, mas o quadro subjetivo, a corrente de energia/força de causa e efeito. Essa “ocorrência” vem se adentrando a um longo, muito longo tempo. É a manifestação mais recente na forma do corpo mental da humanidade. Em breve, segredos, como nós os conhecemos agora tornar-se-ão virtualmente impossíveis de serem mantidos. [Vejam o fenômeno recente conhecido como “WikiLeaks” (7).] E também, parece inevitável que todo o conceito de alguém ser dono de uma ideia, a noção absurda de “direito sobre propriedade intelectual”, seguirá, por fim, o mesmo caminho. Ninguém pode ser proprietário da Mente sem forma, sem densidade, Cósmica!
(7) NT - WikiLeaks = é uma organização transnacional sem fins lucrativos sediada na Suécia que publica em sua página na Internet (site) postagens de fontes anônimas, documentos, fotos e informações confidênciais, vazadas de governos ou empresas, sobre assuntos sensíveis. A página (site) administrada pelo “The Sunshine Press” foi lançada em dezembro de 2006 e, em meados de novembro de 2007, já continha 1,2 milhão de documentos. Seu principal editor e porta-voz é o australiano Julian Assange, jornalista investigativo e ciberativista.
Como eu disse, o processador Pentium, 1995, da Intel Corporation é capaz de processar 112 MIPS. [Atualmente - em 2013 - 177.730.000 MIPS]. A velocidade em que o cérebro humano processa instruções é a mesma que a da velocidade da luz(8). (A mente superior, e a intuição, naturalmente, trabalham “sem velocidade”... . Elas simplesmente sabem.) E, o plano mental, tanto as suas dimensões formatadas e sem forma, das quais a mais complexa rede mundial (www) que possamos imaginar é apenas um pálido reflexo, somente acessível ao cérebro.

(8) NT - Velocidade da luz = Equivale a aproximadamente 300.000 km por segundo.
Tudo o que precisamos para acessar as frequências coerentes das dimensões superiores da consciência é o cérebro com o qual nascemos, uma dieta medianamente decente e algum treinamento básico de como pensar. Podemos ver por que as Forças de Retrocesso visam primordialmente os sistemas de suprimento de alimento, educação e cultural. Não foi por acaso que o ler e o escrever foram mantidos trancados nos monastérios durante séculos ou que a educação foi negada às mulheres por mais alguns séculos. A presente investida contra Empresas de Radiodifusão Pública é um bom exemplo de como elas tentam remendar as fendas no véu. Porém em face da infatigável pressão da Vontade Espiritual, estes esforços, por fim, falharam; e os esforços atuais para deter o sol nascente também irão falhar.

Vários amigos com os quais estou trabalhando estão implantando um plano que irá resultar na criação de uma “sala” no espaço cibernético dentro da qual podemos manter conversações e trocar informação sobre o lado espiritual ou da vida de questões importantes. Salas desse tipo já existem em todas as áreas de empenho científico e em numerosas outras áreas do interesse humano. Poderia esta comunicação eletrônica em tempo real ser o início da exteriorização da condição telepática subjetiva que já existe entre os discípulos e iniciados?


À medida que o Sol prossegue surgindo, a Humanidade irá se tornando um lugar mais e mais iluminado, e todos estes dinossauros barulhentos do retrocesso que não estão vivendo confortavelmente na luz irão simplesmente ter de ir embora. É disto que se trata a evolução, amigos. Os sábios vêm chamando isto de ‘evolução’ da consciência através de idades e idades de Brahma.
Portanto, o aspecto final. Todas essas coisas, todos esses indícios de progresso são o resultado de trabalho grupal. Os principais desenvolvimentos em qualquer segmento que queiramos observar são o resultado de grupos de irmãos e irmãs co-criando com o Grande Desdobramento. Para mim os principais promotores do desenvolvimento dos software e hardware de computadores, como a Microsoft, Intel, Apple e outros são excelentes exemplos de tais esforços cooperativos.

Grupos co-criadores estão trabalhando silenciosamente também na maioria das outras áreas da vida. Nós estamos bem cônscios dos esforços para trazer a co-criação e cooperação para a arena política. O progresso aí é muito lento, muito difícil e muito perigoso. É bem mais rápido nas áreas das ciências exatas.


Toda essa atividade cooperativa grupal é indicativo da exteriorização da consciência grupal da Hierarquia Espiritual. À medida que expandimos nela a nossa consciência, eles estão correspondentemente movendo-se para dentro de nós.
Portanto, resumindo, existe algo se aproximando. Possui dois aspectos principais, a reemergência ou talvez a revelação da Luz e Amor de Deus. Algumas pessoas se referem à estas como a Hierarquia e o Cristo.
É isto que está se aproximando. Está se aproximando mesmo enquanto falamos. Talvez tenhamos de ser cegos para vê-Lo, mas é assim mesmo.
Tom Carney

Aquário 2013





ThoughtLIne (Alimento para Reflexão) é um boletim mensal editado pela Arcana Workshops, com sede na Califórnia, USA.


Mail Adress: www.meditationtraining.org

P.O. Box 506 webdisciple@meditationtraining.org

Manhattan Beach,

CA 90267-0506

USA
Por autorização de seu autor Tom Carney

este boletim, ThoughtLine (Alimento para Reflexão),

está sendo publicado e distribuído, em língua portuguesa, no Brasil e em Portugal,

desde outubro de 2009


Fundação Cultural Avatar

Rua Dr. Pereira Nunes, 141 – Ingá – Niterói – RJ - CEP: 24210-430

Telefones: 021-2621-0217 e 3587-3463

E-mail: fc.avatar@hotmail.com



Site: http://www.nitnet.com.br/~fcavatar





Compartilhe com seus amigos:


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
Universidade estadual
união acórdãos
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande