Aula Prática 2 Cabeçalho, anamnese, mucosas aparentes, linfonodos, temperatura e contenção dos animais domésticos Suínos, caprinos, ovinos, bovinos e eqüinos



Baixar 171.49 Kb.
Página1/6
Encontro24.11.2017
Tamanho171.49 Kb.
  1   2   3   4   5   6

AULA PRÁTICA 1 - CABEÇALHO, ANAMNESE, INSPEÇÃO E CONTENÇÃO DOS EQÜÍDEOS – Profa Maristela Palhares

CABEÇALHO:

Proprietário: __________________________________________________________________

Endereço: ___________________________________________ Telefone: ______________

Nome/nº do animal: _____________________ Sexo: __________ Espécie: ______________

Raça: ___________ Pelagem: _____________ Idade: __________ Peso: ________________
Objetivos:


  1. conhecer e relacionar as possíveis causas da doença, de acordo com o sexo, a idade, a raça, a espécie e a procedência;

  2. Ter o nome e endereço do proprietário para contatos


ANAMNESE (informações do proprietário ___, tratador ___, outros (especificar)__________)

a) Histórico do paciente: duração da doença, tipo, evolução, circunstâncias, causa provável da doença (alimentação, manejo, trato, aptidão), vacinas e vermífugo (época, qual), afecções anteriores; medicações anteriores e atuais (via de administração, horário, dose, tempo de tratamento, quem realizou as medicações); efeito das medicações atuais sobre os sintomas clínicos


b) Histórico do rebanho: morbidade, mortalidade, letalidade, problemas comuns aos animais (época), mudança de pasto, introdução de novos animais no plantel (saúde do plantel de origem)
Objetivos:

  1. Conhecer o histórico da doença atual

  2. Conhecer o histórico de saúde do animal

  3. Conhecer o manejo do animal

  4. Conhecer o histórico do rebanho


INSPEÇÃO

  1. Comportamento (relação do animal com o ambiente)

  2. Postura (relação do animal e suas diferentes partes anatômicas com o solo)

  3. Condição nutricional (escore corporal 1 a 5, sendo 1 muito magro e 5 obeso)

  4. Condição física (relação da doença sobre a condição geral do paciente)

  5. Alterações anatômicas

Objetivos:



  1. Visualizar as alterações clínicas do animal baseado no exame visual


MÉTODOS DE CONTENÇÃO PARA EXAME CLÍNICO:

  1. Cabresto

  2. Tronco

  3. Cachimbo

  4. Mão de amigo

  5. Peias de contenção


AULA PRÁTICA 2: ÍNDICES PARAMÉTRICOS E EXAME DAS MUCOSAS E LINFONODOS DOS EQÜÍDEOS - Profa Maristela Palhares

REALIZAR:

  1. Preencher o cabeçalho

  2. Fazer a anamnese

  3. Fazer a inspeção

  4. Conter adequadamente o animal


ÍNDICES PARAMÉTRICOS:


  1. Temperatura retal: _______ºC (03 minutos - ângulo de 45º)

Valores normais: 37 a 38ºC adulto e 37 a 38,5ºC no potro


  1. MOVIMENTOS RESPIRATÓRIOS: _______ mpm (contar os movimentos inspiratórios, durante um minuto, em um ângulo de 45º a partir dos membros posteriores, lateramente; contar o número de expirações, com as mãos em forma de cunha, diretamente nas narinas, durante um minuto). Observar o tipo de movimento respiratório (normal: costo-abdominal).

Valores normais: adultos – 8 a 20 mpm; potros 20 a 40 mpm (dependendo da idade).


  1. BATIMENTOS CARDÍACOS: _________ bpm (contar durante um minuto o número de sístoles. Local: 3º - 4º espaço intercostal, lado esquerdo, 3 a 4 dedos abaixo de uma linha imaginária que passa pela articulação escápulo-umeral em direção caudal)

Valores normais: adultos: 28 a 40 bpm; potros: 30 a 60 bpm (dependendo da idade)


  1. PULSO: ______ ppm (contar durante um minuto, fazendo leve pressão sobre a artéria facial – ramo mandibular ou ramo orbital). Observar suas características de regularidade.

Valores normais: adultos: 28 a 40 bpm; potros: 30 a 60 bpm (dependendo da idade)


  1. TEMPO DE PREENCHIMENTO CAPILAR: ______ seg (pressionar os vasos periféricos - capilares da mucosa oral por cinco segundos e contar em segundo o tempo de reperfusão)



MUCOSAS


  1. Observar: Aspecto, coloração, brilho, grau de umidade, presença de secreções, presença de lacerações traumáticas ou úlceras;

  2. Examinar mucosa oral, ocular, palpebral, vasos esclera, plano nasolabial, plano anal, vulvar ou prepucial.

  3. Utilizar lanterna de luz branca; observar influência da fase do ciclo estral sobre a mucosa vulvar.

  4. Normal: mucosa rósea, úmida e brilhante; ausência de úlceras, secreções ou lacerações.


LINFONODOS

  1. Observar: Sensibilidade, mobilidade, consistência, tamanho, localização e temperatura.

  2. Verificar a simetria entre os mesmos linfonodos em lados opostos.

  3. Examinar linfonodos mandibulares, parotídeos, retrofaríngeo medial, cervical superficial e subilíaco


AULA PRÁTICA Nº 3: EXAME DA PELE DOS EQÜÍDEOS - Profa Maristela Palhares



REALIZAR:

  1. Preencher o cabeçalho

  2. Fazer a anamnese

  3. Fazer a inspeção

  4. Conter adequadamente o animal

  5. Mensurar os índices paramétricos

  6. Examinar mucosas e linfonodos


DETALHAMENTO DA ANAMNESE

(informações do proprietário ___, tratador ___, outros (especificar)___________

Queixa principal:__ coceira, __ erupções, __ seborréia, __ feridas, __ pele oleosa, __ vermelhidão____ perda de pêlos ___ Outros: ________________________________________

Idade do animal quando o problema foi detectado a primeira vez: _________________________

Os sintomas variam com a estação do ano? _____ Como? _______________________________

Como era o problema quando começou? _____________________________________________

Local onde começou: ____________________________________________________________

O problema tem se alastrado? ______________ Explique:_______________________________ _____________________________________________________________________________

O animal se coça, esfrega, lambe ou morde ? ________ Em qual (is) parte do corpo? __________

O que surgiu primeiro, o problema na pele ou a coceira? _______________________________

Outros animais ou pessoas da casa apresentam o problema de pele? ____ Descreva:___________ _____________________________________________________________________________

Descreva o ambiente do animal: ___________________________________________________

Quanto tempo ele permanece neste local? _____________ E em outros? ___________________

O animal foi castrado? _________ Com que idade? ____________

Se é fêmea “inteira”, apresenta cios normais? _______ Último cio: _____ Gestações? _________

Problemas na gestação? ________________ E no parto? _____________ Descreva: __________

Se é macho “inteiro”, apresenta interesse por fêmeas? ______ Cobre regularmente? ___________

O seu animal tem ou já teve pulgas? ____ Como você controlou as pulgas? (medicamento, como foi utilizado, freqüência de banhos) _________________________________________________

Você usa inseticida em sua casa ou jardim? ______ Qual? ____________ Como usou o produto? ______________________ Com que freqüência? ____________ Última aplicação: ___________

Como usou e quais medicamentos foram utilizados desde que o problema iniciou:
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

O problema melhorou ou piorou com o uso destes medicamentos? ________________________

Qual a alimentação do animal? _____________________________________________________

Ele toma vitaminas ou suplementos alimentares? _______________________________________

Demais informações:_____________________________________________________________
DESCRIÇÃO DAS LESÕES (DETALHAMENTO DA INSPEÇÃO)

Pêlo: __ normal; __ quebradiço; ___ oleoso; ___ sem brilho; ___ epila facilmente

Alopecia: __ localizada; ___difusa

Cascos: ___ variação da cor; ___ alteração da forma; ___ duro (a); ___ mole;

___ quebradiço (a); ___ solto (a); ___ firme

Lesões primárias: ___ pápula; ___ nódulo; ___ tumor; ___ vesícula; ___ bolha; ___ pústula;

___ eritema; ___ petéquia; ___ púrpura; ___ mácula; ___ acromia;

___ calosidade; ___ urticária

Lesões secundárias: ___descamação; ___crosta; ___úlcera; ___escoriação; ___ liquenificação

___espessamento; ___erosão; ___fissura; ___greta; ___hiperpigmentação

___comedão; ___cicatriz; ___necrose; ___edema; ___escara
Prurido: ___intolerável; ___moderado; ___leve; ___ausente

PALPAÇÃO GERAL
Espessura da pele: ___normal; ___aumentada; ___diminuida

Elasticidade da pele: ___normal; ___aumentada; ___diminuida

Temperatura no local das lesões: ___ normal; ___aumentada; ____diminuida

Sensibilidade no local das lesões: ___ normal; ___aumentada; ____diminuida

Mobilidade das lesões: ___normal; ___aderido; ___livre

Consistência: ___flutuante; ___pastosa; ___creptante; ___firme; ___pétria


Observações: ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
MAPA DERMATOLÓGICO
Realizar a descrição e localização das lesões.

EXAMES COMPLEMENTARES
1 - LÂMPADA DE WOOD

2 - RASPADO DE PELE

3 – BIÓPSIA

4 – CITOLOGIA

5 – CULTURA





Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
união acórdãos
Universidade estadual
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande