Aula Prática 2 Cabeçalho, anamnese, mucosas aparentes, linfonodos, temperatura e contenção dos animais domésticos Suínos, caprinos, ovinos, bovinos e eqüinos



Baixar 171.49 Kb.
Página1/6
Encontro24.11.2017
Tamanho171.49 Kb.
  1   2   3   4   5   6

AULA PRÁTICA 1 - CABEÇALHO, ANAMNESE, INSPEÇÃO E CONTENÇÃO DOS EQÜÍDEOS – Profa Maristela Palhares

CABEÇALHO:

Proprietário: __________________________________________________________________

Endereço: ___________________________________________ Telefone: ______________

Nome/nº do animal: _____________________ Sexo: __________ Espécie: ______________

Raça: ___________ Pelagem: _____________ Idade: __________ Peso: ________________
Objetivos:


  1. conhecer e relacionar as possíveis causas da doença, de acordo com o sexo, a idade, a raça, a espécie e a procedência;

  2. Ter o nome e endereço do proprietário para contatos


ANAMNESE (informações do proprietário ___, tratador ___, outros (especificar)__________)

a) Histórico do paciente: duração da doença, tipo, evolução, circunstâncias, causa provável da doença (alimentação, manejo, trato, aptidão), vacinas e vermífugo (época, qual), afecções anteriores; medicações anteriores e atuais (via de administração, horário, dose, tempo de tratamento, quem realizou as medicações); efeito das medicações atuais sobre os sintomas clínicos


b) Histórico do rebanho: morbidade, mortalidade, letalidade, problemas comuns aos animais (época), mudança de pasto, introdução de novos animais no plantel (saúde do plantel de origem)
Objetivos:

  1. Conhecer o histórico da doença atual

  2. Conhecer o histórico de saúde do animal

  3. Conhecer o manejo do animal

  4. Conhecer o histórico do rebanho


INSPEÇÃO

  1. Comportamento (relação do animal com o ambiente)

  2. Postura (relação do animal e suas diferentes partes anatômicas com o solo)

  3. Condição nutricional (escore corporal 1 a 5, sendo 1 muito magro e 5 obeso)

  4. Condição física (relação da doença sobre a condição geral do paciente)

  5. Alterações anatômicas

Objetivos:



  1. Visualizar as alterações clínicas do animal baseado no exame visual


MÉTODOS DE CONTENÇÃO PARA EXAME CLÍNICO:

  1. Cabresto

  2. Tronco

  3. Cachimbo

  4. Mão de amigo

  5. Peias de contenção


AULA PRÁTICA 2: ÍNDICES PARAMÉTRICOS E EXAME DAS MUCOSAS E LINFONODOS DOS EQÜÍDEOS - Profa Maristela Palhares

REALIZAR:

  1. Preencher o cabeçalho

  2. Fazer a anamnese

  3. Fazer a inspeção

  4. Conter adequadamente o animal


ÍNDICES PARAMÉTRICOS:


  1. Temperatura retal: _______ºC (03 minutos - ângulo de 45º)

Valores normais: 37 a 38ºC adulto e 37 a 38,5ºC no potro


  1. MOVIMENTOS RESPIRATÓRIOS: _______ mpm (contar os movimentos inspiratórios, durante um minuto, em um ângulo de 45º a partir dos membros posteriores, lateramente; contar o número de expirações, com as mãos em forma de cunha, diretamente nas narinas, durante um minuto). Observar o tipo de movimento respiratório (normal: costo-abdominal).

Valores normais: adultos – 8 a 20 mpm; potros 20 a 40 mpm (dependendo da idade).


  1. BATIMENTOS CARDÍACOS: _________ bpm (contar durante um minuto o número de sístoles. Local: 3º - 4º espaço intercostal, lado esquerdo, 3 a 4 dedos abaixo de uma linha imaginária que passa pela articulação escápulo-umeral em direção caudal)

Valores normais: adultos: 28 a 40 bpm; potros: 30 a 60 bpm (dependendo da idade)


  1. PULSO: ______ ppm (contar durante um minuto, fazendo leve pressão sobre a artéria facial – ramo mandibular ou ramo orbital). Observar suas características de regularidade.

Valores normais: adultos: 28 a 40 bpm; potros: 30 a 60 bpm (dependendo da idade)


  1. TEMPO DE PREENCHIMENTO CAPILAR: ______ seg (pressionar os vasos periféricos - capilares da mucosa oral por cinco segundos e contar em segundo o tempo de reperfusão)



MUCOSAS


  1. Observar: Aspecto, coloração, brilho, grau de umidade, presença de secreções, presença de lacerações traumáticas ou úlceras;

  2. Examinar mucosa oral, ocular, palpebral, vasos esclera, plano nasolabial, plano anal, vulvar ou prepucial.

  3. Utilizar lanterna de luz branca; observar influência da fase do ciclo estral sobre a mucosa vulvar.

  4. Normal: mucosa rósea, úmida e brilhante; ausência de úlceras, secreções ou lacerações.


LINFONODOS

  1. Observar: Sensibilidade, mobilidade, consistência, tamanho, localização e temperatura.

  2. Verificar a simetria entre os mesmos linfonodos em lados opostos.

  3. Examinar linfonodos mandibulares, parotídeos, retrofaríngeo medial, cervical superficial e subilíaco


AULA PRÁTICA Nº 3: EXAME DA PELE DOS EQÜÍDEOS - Profa Maristela Palhares



REALIZAR:

  1. Preencher o cabeçalho

  2. Fazer a anamnese

  3. Fazer a inspeção

  4. Conter adequadamente o animal

  5. Mensurar os índices paramétricos

  6. Examinar mucosas e linfonodos


DETALHAMENTO DA ANAMNESE

(informações do proprietário ___, tratador ___, outros (especificar)___________

Queixa principal:__ coceira, __ erupções, __ seborréia, __ feridas, __ pele oleosa, __ vermelhidão____ perda de pêlos ___ Outros: ________________________________________

Idade do animal quando o problema foi detectado a primeira vez: _________________________

Os sintomas variam com a estação do ano? _____ Como? _______________________________

Como era o problema quando começou? _____________________________________________

Local onde começou: ____________________________________________________________

O problema tem se alastrado? ______________ Explique:_______________________________ _____________________________________________________________________________

O animal se coça, esfrega, lambe ou morde ? ________ Em qual (is) parte do corpo? __________

O que surgiu primeiro, o problema na pele ou a coceira? _______________________________

Outros animais ou pessoas da casa apresentam o problema de pele? ____ Descreva:___________ _____________________________________________________________________________

Descreva o ambiente do animal: ___________________________________________________

Quanto tempo ele permanece neste local? _____________ E em outros? ___________________

O animal foi castrado? _________ Com que idade? ____________

Se é fêmea “inteira”, apresenta cios normais? _______ Último cio: _____ Gestações? _________

Problemas na gestação? ________________ E no parto? _____________ Descreva: __________

Se é macho “inteiro”, apresenta interesse por fêmeas? ______ Cobre regularmente? ___________

O seu animal tem ou já teve pulgas? ____ Como você controlou as pulgas? (medicamento, como foi utilizado, freqüência de banhos) _________________________________________________

Você usa inseticida em sua casa ou jardim? ______ Qual? ____________ Como usou o produto? ______________________ Com que freqüência? ____________ Última aplicação: ___________

Como usou e quais medicamentos foram utilizados desde que o problema iniciou:
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

O problema melhorou ou piorou com o uso destes medicamentos? ________________________

Qual a alimentação do animal? _____________________________________________________

Ele toma vitaminas ou suplementos alimentares? _______________________________________

Demais informações:_____________________________________________________________
DESCRIÇÃO DAS LESÕES (DETALHAMENTO DA INSPEÇÃO)

Pêlo: __ normal; __ quebradiço; ___ oleoso; ___ sem brilho; ___ epila facilmente

Alopecia: __ localizada; ___difusa

Cascos: ___ variação da cor; ___ alteração da forma; ___ duro (a); ___ mole;

___ quebradiço (a); ___ solto (a); ___ firme

Lesões primárias: ___ pápula; ___ nódulo; ___ tumor; ___ vesícula; ___ bolha; ___ pústula;

___ eritema; ___ petéquia; ___ púrpura; ___ mácula; ___ acromia;

___ calosidade; ___ urticária

Lesões secundárias: ___descamação; ___crosta; ___úlcera; ___escoriação; ___ liquenificação

___espessamento; ___erosão; ___fissura; ___greta; ___hiperpigmentação

___comedão; ___cicatriz; ___necrose; ___edema; ___escara
Prurido: ___intolerável; ___moderado; ___leve; ___ausente

PALPAÇÃO GERAL
Espessura da pele: ___normal; ___aumentada; ___diminuida

Elasticidade da pele: ___normal; ___aumentada; ___diminuida

Temperatura no local das lesões: ___ normal; ___aumentada; ____diminuida

Sensibilidade no local das lesões: ___ normal; ___aumentada; ____diminuida

Mobilidade das lesões: ___normal; ___aderido; ___livre

Consistência: ___flutuante; ___pastosa; ___creptante; ___firme; ___pétria


Observações: ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
MAPA DERMATOLÓGICO
Realizar a descrição e localização das lesões.

EXAMES COMPLEMENTARES
1 - LÂMPADA DE WOOD

2 - RASPADO DE PELE

3 – BIÓPSIA

4 – CITOLOGIA

5 – CULTURA





  1   2   3   4   5   6


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal