Aula 1 – o relatório clínico em Cirurgia. (11/10/2006) Estrutura geral e apresentação do plano orientador. A importância do interrogatório e do exame físico



Baixar 54.36 Kb.
Encontro29.11.2017
Tamanho54.36 Kb.

Sumários das aulas de Propedêutica Cirúrgica
Aula 1O relatório clínico em Cirurgia. (11/10/2006)

Estrutura geral e apresentação do plano orientador.

A importância do interrogatório e do exame físico na formulação do diagnóstico clínico ou das diversas hipóteses de diagnóstico dependentes da lista de problemas clínicos encontrados.

A solicitação de exames complementares para esclarecimento das dúvidas e tentativa de se encontrar o diagnóstico definitivo.


Aula 2Dor em cirurgia. (18/10/2006)

Fisiopatologia – Definição da dor; mecanismos periféricos e central; modulação da dor; dor neuropática; inervação visceral e somática da cavidade e órgãos abdominais.


História da dor – localização, modo de começo, intensidade, tipo de dor, progressão, factores calmantes ou de agravamento. Irradiação da dor, dor referida e migração da dor.
Aula 3Ventre agudo (25/10/2006)

Etiologia da dor abdominal.

Classificação de ventre agudo.

Sintomas e exame e exame físico abdominal.

Falso ventre agudo.

Exames complementares laboratoriais e imagiológicos.


Aula 4Apendicite aguda (8/11/2006)

Fisiopatologia

Diagnóstico: a) sintomas e b) exame físico.

Apendicite aguda no velho e na criança.

Diagnóstico diferencial.

Plastron apendicular.

As doenças ginecológicas e o problema do diagnóstico diferencial.

Exames complementares.

Os fundamentos da apendicectomia.
Aula 5Colecistite aguda, cólica biliar e colangite aguda (20/11/06)

a) Colecistite aguda -

Etiopatogenia.

Anatomia da vesícula e vias biliares.

História clínica: interrogatório e sintomas mais frequentes.

Exame físico geral e abdominal.

Diagnóstico diferencial

Exames complementares

b) Cólica biliar -

Sintomas e exame físico que caracteriza este quadro clínico.

História natural da litíase biliar

c) Colangite aguda:

Fisiopatologia e tríade de Charcot e pêntade de Reynolds.

Sintomas e exame físico.

Diagnóstico diferencial e exames complementares.
Aula 6Ventre agudo: perfuração de úlcera péptica e pancreatite aguda (25/11/06)

a) Perfuração de úlcera péptica -

Fisiopatologia.

Interrogatório e exame físico.

Perfuração de ulcera gástrica versus úlcera duodenal.

Perfuração de úlcera coberta.

Exames complementares

b) Pancreatite aguda -

Etiopatogenia

História e exame físico geral e abdominal.

Diagnóstico diferencial.

Exames complementares


Aula 7Oclusão intestinal (27/11/06)

Definições.

Fisiopatologia.

Etiologia: oclusão do delgado e do cólon.

Sintomas e exame físico.

Pseudo-oclusão intestinal (Síndrome de Ogilvie)

Exames complementares.

Aula 8 - O doente politraumatizado (4/12/06)


Prioridades e triagem.

a) Choque hipovolémico: definição , fisiopatologia e clínica.

b) Traumatismos craneanos e faciais (noções gerais)

c) Traumatismos cervicais.

d) Traumatismos torácicos –

Incidência e fisiopatologia.

Sintomas.

Exame físico dependente do tipo de lesões.

Fractura de costelas sem lesões pulmonares.

Fractura do esterno com ou sem estabilidade respiratória.

Hemotórax. Pneumotórax e hemopneumotórax. Pneumotórax tensional. Pneumotórax com ferida aberta do tórax.

Sequelas traumáticas cardíacas e tríade de Beck.

Lesões diafragmáticas e problemas de diagnóstico.
Aula 9 - Semiologia dos Traumatismos Abdominais (6/12/06)

Incidência.

Trauma abdominal aberto e fechado.

Tipos de lesões e órgãos mais vulneráveis.

História e exame físico.

Exames complementares.

Conceito do damage control

Síndrome do compartimento abdominal: diagnóstico e consequências fisiopatológicas.


Aula 10Semiologia da parede abdominal – Hérnias (11/12/06)

Definição.

Incidência.

Tipos de hérnias e sua constituição.

Anatomia da região inguinal e crural.

Classificação das hérnias.

História e exame físico.
Aula 11Semiologia da parede abdominal – Hérnias (2ª parte) (13/12/06)

Diferenças entre hérnia inguinal e crural.

Características do estrangulamento herniário.

Variedades de hérnias inguinais.

Hérnia inguinal na criança.

Diagnóstico diferencial de hérnia inguinal e crural.

Hérnia umbilical.

Hérnia epigástrica.

Eventração da pareda abdominal

Tratamento cirúrgico – evolução do tratamento cirúrgico e seus princípios gerais.


Aula 12 - Semiologia da cabeça e pescoço (1ª parte) (18/12/06)

Cabeça.

Lesões cutâneas frequentes; lesões traumáticas; lesões das pálpebras.

Pavilhão auricular e gânglios pré e retro auriculares.

Glândulas salivares e patologias mais frequentes.

Lesões mais frequentes da boca.

Tipos de facies características.



Pescoço.

Gânglios cervicais e patologias mais frequentes.

Quisto branquial, paraganglioma e divertículo da faringe.
Aula 13 - Semiologia da cabeça e pescoço (2ª parte) (20/12/06)

Tiróide - anatomia e fisiologia

História, exame físico e exames complementares.

Hipotiroidismo – tipos e manifestações clínicas.

Hipotiroidismo após tiroidectomia total – clínica e sinal de Trousseau e de Chevostek.

Tiroidite – tipos e clínica.

Hipertiroidismo – manifestações clínicas nas doenças associadas – doença de Graves, bócio multinodular tóxico e nódulo tóxico de Plummer.

Bócio mergulhante e manifestações clínicas.


Aula 14 - Semiologia da cabeça e pescoço (3ª parte) (3/1/07)

Carcinoma da tiróide. Aspectos clínicos nos tumores bem diferenciados (papilar e folicular), no carcinoma medular (esporádico e familiar) e no anaplástico.

Quisto do tiroglosso – manifestações clínicas.

Hiperparatiroidismo – diagnóstico clínico e laboratorial.

Noções gerais do tratamento cirúrgico.
Aula 15 - Semiologia da mama (1ª parte) (8/1/07)

Anatomia e fisiologia.

Anomalias do desenvolvimento

Doença fibroquística – caracterização clínica.

Tipos de dor mamária.

Interrogatório e exame físico – noções gerais e exemplos em patologia benigna e maligna.

Imagiologia mamária: mamografia, ecografia, TC e RM.

Noções gerais sobre rastreio do cancro da mama – mamografia.

Doenças benignas da mama – aspectos clínicos sugestivos de quisto mamário, fibroadenoma, ectasia ductal mamária, mastite e necrose gorda.
Aula 16 - Semiologia da mama (2ª parte) (10/1/07)

Factores de risco de cancro da mama.

Cancro da mama – tipos histopatológicos: invasivo, não invasivo e formas raras.

Apresentação clínica: assintomáticos e com manifestações clínicas sugestivas.

Estadiamento clínico e patológico (classificação TNM).

Evolução dos fundamentos do tratamento cirúrgico: mastectomia radical de Halsted, modificada de Patey e de Maden.

Cirurgia conservadora da mama.

Quimioterapia e terapêutica hormonal adjuvante – noções gerais.


Aula 17 - Semiologia do esófago (1ª parte) (15/1/07)

Anatomia e fisiologia.

Semiologia – disfagia com suas diversas características e dor.

Situações clínicas associadas a “dor torácica de causa não cardíaca” (DTNC).

Anéis e membranas esofáficas e síndrome de Plummer-Vinson.

Doenças da motilidade esofágica: disfagia orofaríngea, acalásia e espasmo esofágico difuso. Diagnóstico clínico e exames complementares – trânsitoesofágico, manometria e esofagoscopia.

Divertículos esofágicos.

Esofagite cáustica.

Perfuração esofágica – etiologia, sintomas e exame físico. Exames complementares.

Tumores esofágicos benignos.


Aula 18 - Semiologia do esófago (2ª parte) (17/1/07)

Carcinoma do esófago.

Factores de risco.

Manifestações clínicas.

Exames complementares de diagnóstico.

Carcinoma do cárdia e da hipofaringe – aspectos clínicos.

Tratamento cirúrgico – noções gerais.

Tipos de ressecções cirúrgicas e reconstrução após esofegectomia.

Fundamentos do tratamento neoadjuvante e adjuvante.

Tratamento paliativo.


Aula 19 - Semiologia do esófago (3ª parte) (22/1/07)

Hérnia do hiato e doença do refluxo gastroesofágico (DRGE)

Fisiopatologia.

Tipo de hérnias.

Sintomas e exame físico.

Exames complementares.

Tratamento – linhas gerais do tratamento médico e cirúrgico.

Hérnias paraesofágicas de tipo II e III: fisiopatologia, clínica, exames e tratamento.


Aula 20 - Semiologia gástrica (1ª parte) (26/2/07)

Anatomia e fisiologia.

Mecanismos da secreção gástrica, factores defensivos e agressivos da mucosa gástrica.

Úlcera péptica:

Epidemiologia, patogenia e manifestações clínicas na úlcera gástrica e na duodenal.

Complicações: perfuração, hemorragia e obstrução.

Síndrome de Zollinger-Ellison: clínica e exames de diagnóstico

Exames complementares – endoscopia digestiva alta, trânsito esófago-gastro-duodenal, gastrinémia, e pesquisa de H. pylori.

Tratamento: médico e cirúrgico.

Intervenções cirúrgicas: vagotomia troncular com piloroplastia, vagotomia superselectiva, vagotomia troncular e antrectomia, gastrectomia subtotal.

Tratamento cirúrgico das complicações da úlcera péptica.

Gastrite erosiva:

Fisiopatologia, clínica, diagnóstico endoscópico e tratamento.
Aula 21 - Semiologia gástrica (2ª parte) (28/2/07)

Carcinoma gástrico:

Epidiomiologia e factores de risco.

Tipos histopatológicos.

Sintomas e exame físico.

Diagnóstico e estadiamento.

Tratamento cirúrgico – princípios gerais.

Linfoma gástrico:

Sintomas, histopatologia, estadiamento e tratamento.

Sarcoma gástrico, gastrite hipertrófica e lesão gástrica de Dieulafoy: aspectos clínicos e patológicos.


Aula 22 - Alterações no equilíbrio hidro-electrolítico e ácido-base (5/3/07)

Líquidos e electrólitos extracelulares

Regulação do equilíbrio ácido-base

Descrição dos 4 paradigmas

Hiponatrémia

Hipernatrémia

Alterações no cálcio e magnésio
Aula 23 - Síndrome da resposta inflamatória sistémica (7/3/07)

Sépsis


Sépsis severa

Choque séptico

Choque cardiogénico.
Aula 24 - Semiologia do intestino delgado (1ª parte) (12/3/07)

Anatomia, embriologia e fisiologia.

Doença inflamatória intestinal (doença de Crohn):

Etiologia e histopatologia.

Manifestações clínicas.

Complicações: oclusão, perfuração, megacólon, degenerescência maligna.

Doença perianal.

Manifestações extraintestinais.

Exames complementares.

Diagnóstico diferencial.

Tratamento médico e cirúrgico – noções gerais
Aula 25 - Semiologia do intestino delgado (2ª parte) (14/3/07)

Neoplasias do delgado – factores de risco e clínica.

Exames complementares de diagnóstico.

Neoplasias benignas (lipomas, leiomiomas, GIST, hamartomas)

Neoplasias malignas (adenocarcinoma, GIST maligno, linfoma, metástases)

Carcinóide – etiopatogenia, síndrome clínico e tratamento.

Outras doenças: enterite radica, síndrome do intestino curto, compressão vascular do duodeno.
Aula 26 - Semiologia do cólon e do recto (1ª parte) (19/3/07)

Anatomia e fisiologia.

Doença diverticular e diverticulite

Doença inflamatória intestinal do cólon (Colite ulcerosa e doença de Crohn)

Colite ulcerosa:

Etiopatogenia e patogénese. Histopatologia.

Manifestações clínicas.

Diagnóstico endoscópico e biópsia.

Diagnóstico diferencial.

Risco de degenerescência maligna.

Indicações para tratamento cirúrgico.

Doença de Crohn do cólon:

Manifestações clínicas, diagnóstico e indicações cirúrgicas.

Colite isquémica – manifestações clínicas.


Aula 27 - Semiologia do cólon e do recto (2ª parte) (21/3/07)

Cancro colo-rectal – esporádico e hereditário.

Teoria da sequência adenoma-carcinoma.

Pólipos colo-rectais.

Síndrome de Peutz-Jeghers e polipose familiar juvenil.

Polipose adenomatosa familiar – manifestações clínicas intestinais e extra-intestinais, rastreio e cirurgia profiláctica.

Síndrome de Lynch – diagnóstico através da história familiar;

Critérios de Amesterdão e de Bethesda. Rastreio e tratamento cirúrgico.


Cancro do cólon:

Manifestações clínicas, diagnóstico e estadiamento.

Tratamento cirúrgico e tratamento adjuvante – fundamentos e tipos de intervenções.
Aula 29 - Semiologia do cólon e do recto (3ª parte) (26/3/07)

Cancro do recto:

Manifestações clínicas, diagnóstico e estadiamento.

Tratamento cirúrgico, tratamento neoadjuvante e tratamento adjuvante – fundamentos e tipos de intervenções.


Rastreio do cancro colo-rectal – seus fundamentos e como o realizar.
Doenças do pavimento pélvico: prolapso rectal, rectocelo e síndrome da obstrução defecatória.

Obstipação – definição e estudos fisiológicos e imagiológicos para a sua caracterização.



Aula 30 - Semiologia perianal (28/3/07)

Anatomia e fisiologia do canal anal.

Sintomas dominantes e alterações no exame físico e endoscópico (anuscopia e rectoscopia).

Incontinência anal – definição e etiologia.

Doenças ano-rectais benignas (manifestações clínicas e exame físico):

Hemorróidas

Fissura anal

Fístula perianal e supuração anal (abcesso).


Outras doenças menos frequentes (fístula recto-vaginal, condiloma acuminado, hidradenite supurativa e Crohn anal).

Neoplasias do canal anal.


Aula 31 - Semiologia do fígado (2/4/07)

Anatomia e fisiologia. Avaliação da função hepática.

Abcesso hepático piogénico – patogenia, clínica e diagnóstico diferencial.

Abcesso amibiano - patogenia, clínica.

Quisto hidático – patogenia e clínica.

Neoplasias benignas sólidas: adenoma, hiperplasia nodular focal e hemangioma hepático; aspectos clínicos e imagiológicos.

Quisto biliar.

Neoplasias malignas: hepatocarcinoma, colangiocarcinoma e metástases hepáticas; aspectos clínicos e imagiológicos.

Cirrose e hipertensão portal – etiopatogenia, clínica e exames complementares.
Aula 32 - Semiologia da vesícula e vias biliares (4/4/07)

Anatomia e fisiologia.

Coledocolitíase / litíase de via biliar principal – clínica e exames complementares.

Colangite esclerosante primária – clínica e exames de diagnóstico.

Quisto do colédoco.

Carcinoma da vesícula – clínica, diagnóstico e estadiamento.

Colangiocarcinoma – factores de risco, clínica, diagnóstico e estadiamento.
Aula 33 - Semiologia do pâncreas (11/4/07)

Anatomia e fisiologia.

Pancreatite crónica – etiopatogenia, sintomas, exame físico e imagiologia.

Tumores quísticos do pâncreas.

Carcinoma do pâncreas – incidência e patogenia. Clínica, exames complementares e estadiamento. Linhas gerais do tratamento cirúrgico.
Aula 34 Semiologia da icterícia (16/4/07)

Quadro clínico e biológico.

Hiperbilirrubinémia indirecta e directa – etiologia.

Diagnóstico diferencial entre icterícia “médica” e “cirúrgica”: interrogatório, exame físico e exames complementares.


Aula 35 – Semiologia das doenças arteriais dos membros
Aula 36 – Semiologia das doenças venosas e linfáticas.
Aula 37 Hemorragia digestiva aguda (18/4/07)

Avaliação inicial e orientação terapêutica.

Hemorragia digestiva alta – etiologia e critérios de gravidade clínicos e endoscópicos.

Hemorragia digestiva baixa – etiologia e exames de diagnóstico.

Hemorragia digestiva de causa oculta – etiologia.
Aula 38 Avaliação nutricional e do risco cirúrgico (23/4/07)

Tipos de malnutrição.

Avaliação clínica do grau de nutrição.

Avaliação nutricional do doente cirúrgico.

Conceito de risco cirúrgico e factores que o influenciam.
Aula 39 Fisiopatologia da agressão cirúrgica (30/4/07)

Estímulo do reflexo neuroendócrino – factores comtributivos.

Mediação neurohormonal e humoral da agressão cirúrgiga.

Resposta metabólica após a cirurgia e o trauma.

Alterações hidro-electrolíticas após a cirurgia.
Aula 40 - Lesões elementares do revestimento cutâneo (2/5/07)

Histologia.

Descrição das lesões cutâneas.

Trauma


Infecções.

Tumores benignos e malignos.


Aula 41 Semiologia dos órgão genitais masculinos e femininos (14/5/07)

Órgãos genitais masculinos:

Anatomia.

Alterações comuns no pénis.

Exame testicular e alterações comuns.

Toque rectal.

Órgãos genitais femininos:

Anatomia. Toque vaginal e bimanual.



Semiologia das alterações mais frequentes: bartholinite, carcinoma da vulva, carcinoma do colo, fibromioma uterino e quisto do ovário.




©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal