As contribuiçÕes de c. B. Macpherson no estudo movimentos sociais e educaçÃo vieira, Leonardo Cardozo



Baixar 18.88 Kb.
Encontro06.10.2019
Tamanho18.88 Kb.

AS CONTRIBUIÇÕES DE C. B. MACPHERSON NO ESTUDO MOVIMENTOS SOCIAIS E EDUCAÇÃO
VIEIRA, Leonardo Cardozo*, OLIVEIRA, Neiva Afonso
* Acadêmico do 10º semestre – Biologia – UFPel: e- mail: bio.leo.mat@gmail.com
Palavras-Chave: Movimentos Sociais, Educação, Macpherson
1 INTRODUÇÃO
O desafio de estudar Movimentos Sociais e Educação começou em agosto de 2009, com a proposta de uma pesquisa orientada pela Professora Neiva Afonso Oliveira, com o título “Movimentos Sociais e Educação, contribuições de Crawford Brough Macpherson”.

Dentre as diversas leituras nestes primeiros doze meses de pesquisa, muitas outras possibilidades surgem, como, democracia, participação e educação popular. Segundo Gohn (1992), os movimentos sociais não são invenções das classes populares, dos capitalistas ou mesmo de intelectuais; eles nascem da insatisfação por parte de determinada classe ou grupo social e demonstram uma rebeldia individual ou coletiva, um protesto diante do confronto ideológico entre um e outro segmento social.




2 METODOLOGIA
A pesquisa bibliográfica está sendo realizada através das fases:

Fase 1 - Levantamento das fontes

– Levantamento e catalogação de bibliografias relacionadas ao projeto e as obras de e sobre Macpherson;



Fase 2 - Pesquisa bibliográfica

– Análise e fichamento das obras disponíveis em português, com o auxílio dos alunos colaboradores voluntários dos Grupos de Pesquisas;

– Tradução de obras do autor ainda não disponíveis em português;

Fase 3 - Redação e divulgação

– Produção de textos e artigos, e divulgação em congressos científicos;

– Elaboração de relatórios.

3 RESULTADOS E DISCUSSÕES
Macpherson, sociólogo canadense falecido em 1987, foi um crítico da democracia liberal, incentivador da democracia participativa e um representante extraordinário da filosofia política contemporânea. De suas obras, três foram traduzidas e encontram-se publicadas em português: A democracia Liberal: origens e evolução (1978), A teoria política do individualismo possessivo (1979), Ascensão e Queda da justiça econômica (1985).

Neste primeiro ano de pesquisa, algumas considerações já puderam ser levantadas, e produzidas, a partir de alguns resultados prévios, conforme citamos abaixo as produções:


Primeira: CIC da UFPel de 2009, em que relatamos os objetivos da pesquisa, e descrevemos brevemente como a mesma está sendo desenvolvida.

Segunda: XII Fórum deE Estudo: Leituras de Paulo Freire, PUC/RS, com o trabalho intitulado “A democracia na escola atual e suas raízes na democracia protetora: modelo proposto por Macpherson.

Terceira: O VI Ciclo de Estudos: Educação e Filosofia (FAE/UFPEL) trouxemos o texto “Educação e Movimentos Sociais: um encontro a favor da cidadania”, onde o objetivo foi estabelecer o elo principal da pesquisa, relacionando os Movimentos Sociais e suas contribuições na Educação formal.

Quarta: X Encontro de Investigação na Escola”, FURG, com o texto: “Relacionando a prática Docente de estágio supervisionado com a Democracia Protetora”, descrevendo um dos modelos de democracia proposto por C. Macpherson, no livro Democracia Liberal: origens e evolução (1978), e estabelecendo vínculos com a prática democrática na sala de aula, e o papel do educador, diante da autonomia da/na Escola.
4 CONCLUSÕES

Macpherson trabalhou com conceitos pertinentes à Filosofia Política. Sua teoria, além de representar uma critica à democracia liberal, formula posições sobre conceitos como propriedade, democracia e classes sociais.

A pesquisa baseada na obra de Macpherson nos trouxe outras instigações como o estudo das relações entre Movimentos sociais e educação. A pesquisa muito tem contribuído para o meu crescimento enquanto pesquisador, para repensar o ser professor, e muito mais que isso, repensar o histórico da Educação. É preciso aprender com os movimentos sociais a pensar e a construir uma pedagogia crítica que se realize nas práticas da educação popular e da escola pública implica ter intencionalidade política e pedagógica. Pois o processo educativo se dá na participação, no movimento, na práxis. Educar nessa perspectiva é promover a participação numa corrente coletiva que humaniza as pessoas.

5 REFERÊNCIAS

MACPHERSON, C. B. A Democracia Liberal: origens e evoluções. Rio de Janeiro: Zahar, 1978.


OLIVEIRA, N. A. Propriedade e Democracia Liberal: um estudo estribado em Crawford Brough Macpherson. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004. (Coleção Filosofia, nº. 185.)
OLIVEIRA, N. A. Propriedade e Contrato Social: um breve discurso no relacionamento entre estado e associações de trabalhadores a partir de C. B. Macpherson. Civitas, Porto Alegre, v. 4, nº 1, jan.- jun. 2004, 57-71p.
GOHN, Maria da Glória. Movimentos sociais e educação. São Paulo, Cortez, 2005.

GRAMSCI, Antonio. Os intelectuais e a organização da cultura. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1982.



JENISE, Edineide. Currículo e Movimentos Sociais. Disponível em < http://br.monografias.com/trabalhos912/curriculo-e-movimentos/curriculo-e-movimentos2.shtml> Acesso em 20 de julho de 2010.


Compartilhe com seus amigos:


©aneste.org 2020
enviar mensagem

    Página principal
Universidade federal
Prefeitura municipal
santa catarina
universidade federal
terapia intensiva
Excelentíssimo senhor
minas gerais
Universidade estadual
união acórdãos
prefeitura municipal
pregão presencial
reunião ordinária
educaçÃo universidade
público federal
outras providências
ensino superior
ensino fundamental
federal rural
Palavras chave
Colégio pedro
ministério público
senhor doutor
Dispõe sobre
Serviço público
Ministério público
língua portuguesa
Relatório técnico
conselho nacional
técnico científico
Concurso público
educaçÃo física
pregão eletrônico
consentimento informado
recursos humanos
ensino médio
concurso público
Curriculum vitae
Atividade física
sujeito passivo
ciências biológicas
científico período
Sociedade brasileira
desenvolvimento rural
catarina centro
física adaptada
Conselho nacional
espírito santo
direitos humanos
Memorial descritivo
conselho municipal
campina grande