Apostila de curativo funec – fundamentos II



Baixar 233.44 Kb.
Página4/7
Encontro29.11.2017
Tamanho233.44 Kb.
1   2   3   4   5   6   7

Modo de Utilização





  • Fazer a limpeza da ferida com Solução Fisiológica a 0,9 %.

  • Aplicar a colagenase de maneira uniforme na área lesada, com espessura de 2 mm.

  • Cobrir a lesão com gaze.

  • Fixar com adesivo.



Cuidados a serem observados


  • O curativo deve ser trocado diariamente ou sempre que necessário.

  • Reação alérgica aos componentes da fórmula. Ardência, dor, irritação, eczema, rubor, e reações de hipersensibilidade ao cloranfenicol são passíveis de ocorrer com o uso do produto.

  • Não utilizar detergentes, sabão ou solução anti-séptica, já que esses produtos inativam a ação da colagenase.

  • Deve ser removido a cada troca de curativo, todo o material necrótico desprendido.

  • Não associar a outros produtos



6.5 Fibrinolisina
Descrição
Emoliente formado pela associação de fibrinolisina e desoxirribonuclease, enzimas líticas de origem bovina, contendo 1% de cloranfenicol.
Modo de Ação
Age sobre a fibrina de coágulos sangüíneos e exsudatos fibrinosos.
Indicação


  • Limpeza enzimática de lesões superficiais;

  • Ulcerações e necrose formadas em úlceras varicosas, úlceras de pressão, feridas infectadas.



Modo de Utilização


  • Fazer a limpeza da ferida com Soro Fisiológico a 0,9%;

  • Aplicar a fibrinolisina de maneira uniforme, com espessura de 2mm;

  • Cobrir a lesão com gaze seca;

  • Fixar com fita adesiva.



Cuidados a serem observados





  • O curativo deverá ser trocado diariamente ou sempre que necessário.

  • Reação alérgica aos componentes da fórmula, ardência, dor, irritação, eczema, rubor, e reações de hipersensibilidade ao cloranfenicol são passíveis de ocorrer com o uso do produto.

  • Deve ser removido a cada troca de curativo, todo o material necrótico desprendido.

  • Não associar a outros produtos


6.6 Curativo de Alginato de Cálcio
Descrição
O curativo de alginato de cálcio é composto por fibras de não tecido provenientes de um polissacarídeo encontrado na parede celular e espaços intercelulares da alga marinha da espécie Laminari hyperbone, também conhecida como “alga marrom”. São curativos primários, absorventes, com apresentações em forma de placas e de fitas.
Mecanismo de ação
As fibras de alginato, em contato com o meio líquido alteram seu formato físico. Os íons de cálcio do curativo trocam de lugar com os íons de sódio da exsudação. Essa troca iônica desencadeia uma reação que faz a fibra de alginato transformar-se em gel suave, fibroso, não aderente e altamente hidrofílico que mantém o meio úmido ideal para o desenvolvimento do processo cicatricial e trocas livres de trauma para os tecidos recém – formados, oferecendo também outros benefícios como o auxílio ao processo de hemostase e a indução de agregação plaquetária.
Indicação


  • Feridas superficiais (placa) ou profundas (fita).

Podem ser utilizadas em:



  • úlceras de pressão,

  • úlceras arteriais,

  • úlceras venosas,

  • úlceras diabéticas,

  • em áreas doadoras de enxertos,

  • feridas traumáticas .


Modo de utilização


  • Limpar a ferida com Solução Fisiológica a 0,9%.

  • Aplicar o curativo de Alginato de Cálcio no espaço da ferida

  • Cobrir com curativo secundário.

  • Fixar com adesivo.


Cuidados a serem observados


  • O curativo pode permanecer até 5 dias, desde que não apresente sinais clínicos ou laboratoriais de infecção.

  • Nos curativos infectados, a troca deve ser realizada pelo menos uma vez a cada 24 horas;

  • Trocar toda vez que ocorrer um transpassamento pelo curativo secundário.

  • Nas feridas hemorrágicas trocar o curativo a cada 24hs;

  • O curativo de Alginato de Cálcio pode ser cortado de acordo com o tamanho da ferida.

  • O curativo de Alginato de Cálcio não pode ser utilizado como esponja cirúrgica, ou para controle de hemorragias abundantes.


6.7Curativo de Hidrogel Amorfo
Descrição
É um gel hidroativo incolor, amorfo, estéril e viscoso.

Composição


  • DuoDERM Gel® - Carboximetilcelulose Sódica, Pectina, Propilenoglicol e Água

  • Purioln Gel® - Água purificada, Carboximetilcelulose e Alginato

  • Intrasite Gel® - Carboximetilcelulose Sódica, Propilenoglicol e Água

  • SAF-GEL® - Carboximetilcelulose sódica e alginato de cálcio e sódio



Modo de Ação
O curativo com gel hidroativo promove a hidratação de áreas com necrose e tecido desvitalizado, favorecendo o desbridamento autolítico da ferida e estimulando a formação do tecido de granulação.
Indicação
O gel hidroativo é indicado para a hidratação de feridas secas com necrose e/ou fibrina auxiliando o desbridamento autolítico.
Modo de Utilização


  • Lavar a ferida com Solução Fisiológica 0,9% e secar a área adjacente.

  • Aplicar uma camada de aproximadamente 2mm do gel hidroativo sobre toda a lesão.

  • Nas feridas com crosta fazer uma escarotomia para maior penetração. No caso de ferida seca e profunda, preencher com o gel hidroativo, sem ultrapassar a margem da ferida.

  • Ocluir a ferida com cobertura secundária estéril.






1   2   3   4   5   6   7


©aneste.org 2017
enviar mensagem

    Página principal